Categories
Canadá Dicas de viagem Irlanda Tudo sobre intercâmbio

9 melhores países para imigrar em 2022

Fala, galera! Tudo certinho? Aqui vai mais um post pra te ajudar a escolher seu próximo destino. Separamos os 9 melhores países para imigrar – e no final vamos te contar qual a melhor forma de entrar nestes destinos! Bora lá?

Você verá neste post:

  • Melhores países para imigrar em 2022
  • Qual o caminho mais fácil para imigrar

Melhores países para imigrar em 2022

Cada vez mais brasileiros tem saído do Brasil em busca de uma melhor qualidade de vida.

Segundo um artigo da CNN o número de brasileiros no exterior ultrapassou 4 milhões – ou seja, temos mais pessoas no exterior do que no Espírito Santo, dá pra acreditar?

Pensando nisso, hoje trouxemos os melhores países imigrar – principalmente para quem deseja estudar e trabalhar – assim você já pode ir se preparando para o intercâmbio!

Usamos como parâmetro de comparação os seguintes critérios:

  • Empregabilidade
  • Qualidade de vida
  • Salário mínimo (em relação ao custo de vida)
  • Facilidade de entrada no país

Preparado para conhecer o país dos seus sonhos?

1. Canadá

O Canadá é um país acima da média quando o assunto é bem-estar e segurança da população.

Com paisagens naturais bem preservadas, educação inovadora e de alta qualidade, – principalmente nas áreas de tecnologia – o Canadá conta com cinco universidades entre as 100 melhores do mundo de acordo com a Times Higher Education de 2019. Não é atoa que o Canadá é um dos destinos favoritos de pessoas do mundo inteiro, né?

Desde dezembro de 2021 foi estabelecido um novo salário mínimo no Canadá de CAD$15,00 por hora. Para um estudante que trabalha meio período, o valor acima resulta numa receita média de 300,00 dólares canadenses por semana – que bate perfeitamente com o custo de vida atual no país.

2. Nova Zelândia

Para quem busca qualidade de vida e paisagens deslumbrantes, a Nova Zelândia é um paraíso em terra firme.

As duas ilhas no oceano Pacífico abrigam belíssimas praias e montanhas, cenários ideias para quem curte esportes radicais, trilhas e trabalhos de campo!

Morar na Nova Zelândia é como viajar o mundo.

A Nova Zelândia tem uma das taxas de criminalidade mais baixas do mundo, universidades de alto nível e uma população amigável e receptiva, servindo de destino principal para estrangeiros do mundo inteiro, em especial da Ásia.

Se você fala inglês ou quer aprimorar seus conhecimentos na língua inglesa sem abrir mão de uma prainha, a Nova Zelândia é o seu destino!

Veja também:

Montreal Canadá: conheça a maior cidade de Quebec

Morar na Austrália é viver em um dos melhores países do mundo

3. Austrália

Com vinte Patrimônios Mundiais da UNESCO, a Austrália tem muito a ser explorado.

O país de dimensões continentais ocupa o quinto lugar no ranking da Numbeo, competindo pelo primeiro lugar em qualidade de vida, poder de compra, segurança, saúde e custo de vida com países como Dinamarca e Finlândia.

É referência nas áreas de Meio Ambiente e Conservação, e frequentemente a Austrália abre vagas para a entrada de mão de obra qualificada em cidades que estão com grande demanda. E pode ir sem medo, viu? Apesar de a Austrália ser conhecida pelos seus animais exóticos, quem vai morar lá não se arrepende.

4. Alemanha

A Alemanha oferece estabilidade e estrutura para seus moradores, pontos importantíssimos na hora de escolher entre tantos países para imigrar!

Com oito universidades entre as 150 melhores do mundo, a Alemanha é um paraíso para estudantes do mundo inteiro.

A Alemanha oferta cursos de graduação e pós-graduação em suas instituições públicas.

5. Irlanda

A Irlanda é de longe um dos países para imigrar mais buscados por brasileiros que buscam mudar de vida.

Com um mercado de trabalho com grande demanda, a Irlanda está de portas abertas para estrangeiros.

Para estudar e trabalhar no país basta se organizar direitinho. E se você ainda não domina o inglês, nem precisa se estressar! Dá pra estudar o idioma e ainda trabalhar meio período no país.

Gostou da ideia? Comece a planejar seu intercâmbio com a gente clicando aqui. Já consegue se imaginar recebendo em euro e viajando pela Europa, né?

More em Berlim: tudo sobre uma das cidades mais divertidas do mundo

Vantagens e desvantagens de fazer o intercâmbio em Dublin

6. Holanda

Morar na Holanda é uma experiência única. De todos os países para imigrar que foram citados aqui a Holanda é encantadora pela belíssima paisagem urbana e suas noites inesquecíveis.

Se você busca um lugar seguro, com boas condições de trabalho e qualidade de vida, sem deixar de lado a badalação das cidades grandes, a Holanda pode ser o destino perfeito para você.

Suas cidades são conhecidas por ruas cheias de bicicletas e flores, e também pela postura progressista em relação a comunidade LGBTQI+ e pautas como legalização do aborto e maconha, tornando-o dos melhores países para imigrar.

As universidades holandesas são referência mundial com sua didática que utilizada o método “problem-based-learning” em que o aluno é estimulado a resolver problemas com o objetivo de aprender.

E apesar de o idioma principal do país ser o holandês, é possível estudar inglês em cursos excelentes como British Language Training Center e o UVA Center.

7. Espanha

O espanhol é a quarta língua mais falada no mundo, e é considerada a segunda língua internacional mais importante, atrás somente do inglês.

Para quem deseja aprimorar o espanhol ou morar em um país europeu ensolarado e com excelentes faculdades, a Espanha é um excelente país para imigrar!

Os espanhóis são pessoas simpáticas e acolhedoras, e contam com um excelente sistema de saúde e educação no país.

Localizada na Europa, a Espanha ainda permite fácil acesso a outros países do continente, e com um bônus: brasileiros que residem no país podem adquirir a Cidadania Espanhola após 2 anos de moradia contínua na Espanha. É isso mesmo: você com cidadania europeia com apenas dois anos!

8. Uruguai

Sim, é possível viver bem na América Latina em 2022! E o Uruguai é o melhor país em qualidade de vida, segurança e economia do nosso continente.

A moeda principal do Uruguai é o dólar americano – além do peso uruguaio.

Além da alta qualidade de vida, um grande ponto forte do país é a facilidade de entrada de brasileiros, que não precisam de visto para residir no Uruguai – graças ao acordo entre as Repúblicas.

O ensino também não deixa a desejar, sendo o sistema público e universal. A Universidade ORT do Uruguai está entre as melhores do mundo segundo o ranking da THE.

E como consequência, a taxa de desemprego no país está bem equilibrada: cerca de 10% – no Brasil essa mesma taxa ultrapassa 13% – e o mercado de trabalho promete para 2022!

9. Malta

Malta é um paraíso na Europa localizado entre o sul da Sicília, na Itália, e o nordeste da Tunísia.

O arquipélago situado no Mar Mediterrâneo tem o maltês e o inglês como línguas principais e é um destino interessante para quem deseja imigrar ou fazer um intercâmbio.

O país ainda permite que estudantes estrangeiros trabalhem no país em cursos de mais de 3 meses de duração. Você pode conferir mais benefícios sobre morar em Malta aqui.

Qual o caminho mais fácil para imigrar

Existem diversas formas de imigrar para os países acima, porém a maneira mais efetiva de conseguir um visto para residir é através de um intercâmbio de estudo e trabalho.

Se você pensa em fazer uma graduação, pós ou até mesmo cursos profissionalizantes ou de idiomas, o intercâmbio é o melhor momento para isso.

Além de facilitar o processo de entrada no país, o visto de estudante facilita o ingresso no mercado de trabalho desses países – seja em estágios ou trabalhos de meio-período.

Por que você deveria estar fazendo um intercâmbio na Holanda

Como é morar em Barcelona: Descubra a Espanha 

Malta: Conheça a história e vida noturna [VÍDEO]

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Canadá Estude e trabalhe no exterior Tudo sobre intercâmbio

Custo de vida no Canadá em 2022: compare cidades

Confira o custo de vida no Canadá em 2022 e compare o estilo de vida em cidades como Vancouver e Toronto.

Você verá nesta postagem:

  1. O custo de vida no Canadá em 2022
  2. Canadá x Brasil: qualidade de vida
  3. As cidades do Canadá e a economia

O custo de vida no Canadá em 2022

Visão panorâmica de Toronto no Canadá
Cidade de Toronto

O custo de vida no Canadá pode variar de acordo com a sua localização no país, pois existem cidades com um custo de vida mais caro, enquanto outras têm um nível de consumo equilibrado em relação às necessidades básicas dos habitantes.

Abaixo, reunimos dados disponibilizados pela plataforma Numbeo, que reúne informações econômicas sobre diversas cidades, estados e países. Confira os valores médios de aluguel e gastos gerais, baseado em dados de Janeiro de 2022:

Custo de vida no Canadá mensal (sem aluguel):

TorontoVancouver
Família de 4 pessoasCAN$ 4.441,02CAN$ 4.455,14
1 pessoa CAN$ 1.218,92CAN$ 1.210,45

Aluguel Mensal

Toronto Vancouver
Apt no centro (1 quarto)CAN$ 2.020,61 CAN$ 2.103,25
Apt no centro (3 quartos)CAN$ 3.511,76 CAN$ 4.122,75
Apt distante do centro (1 quarto)CAN$ 1.708,33 CAN$ 1.699,94
Apt distante do centro (3 quartos)CAN$ 2.752,68 CAN$ 2.971,43

Valores médios (1 pessoa)

TorontoVancouver
RestauranteCAN$ 20,00CAN$ 20,00
CinemaCAN$ 15,00CAN$ 15,00
Passe mensal (transporte)CAN$ 156,00CAN$ 120,00
Gasolina (1L)CAN$ 1,39CAN$ 1,62
Mercado (19 itens)CAN$ 118,52CAN$ 137,47

Calculando as suas necessidades

Utilizando o salário mínimo de Ontario como base (C$ 15 por hora), podemos calcular que uma pessoa que trabalha 20 horas por semana terá em média C$ 300,00 ao final desse período de trabalho, o que significa que em um mês ela terá em média C$ 1.200,00.

É comum estudantes internacionais dividirem apartamentos ou morarem com Host Families, dessa forma os gastos mensais são divididos.

Nota: No Canadá, intercambistas com visto de estudante podem trabalhar até 20h/semanais.

Tendo a informação sobre os preços em diferentes setores e também o cálculo do salário mínimo, podemos concluir que o custo de vida no Canadá se mantém moderado, podendo até mesmo diminuir caso você estabeleça a sua moradia em uma cidade de baixo custo como Winnipeg em vez de Toronto, por exemplo, que além de ser a maior região metropolitana do Canadá, também é uma das cidades mais caras do mundo.

[Post] Profissões em alta no Canadá em 2022

O custo de vida é apenas um dos componentes do índice da Qualidade de Vida, que reúne outros fatores importantes para uma sociedade moderna e estima o quanto aquele determinado país, estado ou cidade é bem ranqueado.

Canadá x Brasil: qualidade de vida

O custo de vida no Canadá pode variar com as cidades
Torre CN, em Toronto

Quando falamos sobre qualidade de vida, precisamos entender que existem alguns fatores que fazem com que ela tenha um índice bom ou ruim, como por exemplo: Poder de compra, Segurança, Saúde, Clima e o próprio Custo de Vida.

Utilizando um pouco mais a Numbeo, criamos um comparativo entre Ottawa e Brasília, confira:

BrasíliaOttawa
Índice do poder de compraBaixo49.98Moderado85.32
Índice de segurançaBaixo38.42Alto74.21
Índice de saúdeModerado50.20Alto74.97
Índice do custo de vidaMuito Alto33.01Moderado71.85

Como podemos observar, a capital do Brasil não corresponde aos requisitos mínimos para uma qualidade de vida acima da média. O índice do custo de vida pode parecer alto, mas porque a plataforma compara os preços de São Paulo como uma média geral, fazendo com que Brasília pareça ter um custo de vida muito mais em conta.

Ottawa é a capital do maior país das Américas, e mesmo assim, mantém um custo de vida moderado, com um poder de compra totalmente acessível e com índices de saúde e segurança em altos níveis, o que significa ter uma qualidade de vida elevada enquanto se consegue prosperar economicamente.

[Post] Trabalhar no Canadá em 2021: saiba como imigrar da maneira adequada

As cidades do Canadá e a economia

Lago e montanha em Alberta no Canadá
Alberta, Canadá

Após concluir os seus estudos e já estando no Canadá por um bom tempo, é importante que você já esteja economicamente integrado com o país e sabendo todas as implicações que cada estado e cidade podem ter em relação à economia. Algumas cidades podem ser mais caras do que outras, o que pode impactar na sua estadia no país.

[Post] Como imigrar para o Canadá | Guia Prático

Assim como o custo de vida do Canadá, o salário mínimo também sofre alterações de acordo com a cidade em que você estiver inserido, o que significa que caso você deseje morar em Quebec por exemplo, o seu salário mínimo será de C$ 13,50 por hora, diferente da região de Alberta, que fica em torno de C$ 15.

O Canadá é um país com altos níveis de educação e com uma ótima qualidade de vida, basta fazer uma análise sobre onde você poderá se encaixar melhor e traçar um bom planejamento financeiro, assim, o seu futuro será muito mais tranquilo no país da Maple Leaf.

Nossos consultores especialistas estão sempre dispostos a te ajudar nesse processo de preparação para seu intercâmbio. Desde o planejamento financeiro, até assessoria de vistos, pode contar com a Dreams na hora de se preparar para seu intercâmbio.

Você também pode gostar de conferir:
Express Entry no Canadá: o que é, como funciona e como imigrar

Canadá agora tem maior facilidade para residência permanente

Como estudar no Canadá: passo a passo para ingressar nas melhores universidades do mundo

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Canadá Curiosidades Dicas de viagem

Morar em Toronto: tudo que você precisa fazer antes de viajar

Morar em Toronto é a escolha certa para você que busca mudar de vida, principalmente pelo fato de ela ser uma das melhores cidades do Canadá. Mesmo assim, algumas pessoas acabam não sabendo sobre como é a vida na cidade ou também sobre como podem ir morar por lá.

Por isso, elaboramos um conteúdo completo, não apenas sobre como é morar em Toronto, mas também sobre o melhor caminho para morar na capital de Ontário, confira abaixo:

Como é a vida na cidade de Toronto

Toronto é uma das melhores cidades do mundo para se viver, principalmente pela sua qualidade de vida, que é resultado de vários fatores importantes que vamos falar abaixo.

Para morar em Toronto, é importante saber como a vida funciona, certo? Por isso nós vamos falar um pouco sobre:

  • Cotidiano
  • Clima
  • Transporte 

O cotidiano é muito importante para entender a vida comum na cidade, como ela funciona normalmente, enquanto o clima e o transporte são fatores muito importantes para a composição da qualidade de vida, mas também muito úteis para quem deseja morar na cidade.

Abaixo, confira de forma rápida e completa sobre como é morar em Toronto:

A vida cotidiana em Toronto

A cidade de Toronto é um dos maiores centros multiculturais, não apenas do Canadá, mas do Mundo. Então, se você busca ter uma experiência completa, que reúna vár 

Toronto é simplesmente o maior centro financeiro do Canadá, sendo responsável pela principal bolsa de valores do país, que atualmente é uma das maiores do mundo.

Além disso, Toronto é o ponto central da região metropolitana, fazendo dela o foco das atenções quando o assunto é urbanização.

Dentro da vida em Toronto, também existe muita cultura, pois além de ser uma das cidades que mais produzem filmes e programas de televisão, é bem possível que você veja cenas de filmes e séries sendo gravadas pelas ruas da cidade.

Morar em Toronto

Indo um pouco mais para o lado cultural da cidade, se você gosta de esportes, Toronto não vai ficar devendo em nada, pois além do esporte ser algo cultural, a cidade é a casa de times que estão em todas as ligas profissionais norte-americanas, dentre eles estão:

  • Toronto Blue Jays (Baseball – MLB)
  • Toronto Argonauts (Futebol – (CFL)
  • Toronto Raptors (NBA)
  • Toronto F.C (MLS)
  • Toronto Maple Leafs (NHL)

São diversos times para torcer, com vários estádios para visitar.

Além disso, a economia é bem diversificada, com economia, design, artes, educação e tecnologia, sendo os setores que mais recrutam pessoas. 

Assim, com áreas diversificadas, acaba existindo mais espaço de ingresso no mercado, basta que você seja uma pessoa graduada e capacitada.

O Clima

Gosta de calor? Você vai adorar Toronto. Gosta de frio? Então você vai amar a cidade.

O clima de Toronto consegue agradar a todos os públicos, mesmo que de forma aleatória ao longo do ano, pois as altas temperaturas, mesmo em seu limite, chegam em 21º, enquanto no frio extremo, pode chegar a -30º.

Clima de Toronto

Mas como já dissemos acima, o clima é um pouco instável, então você pode estar curtindo um ótimo dia de sol na cidade hoje, mas dentro de alguns dias pode estar fazendo anjos de neve por causa da baixa temperatura. 

Se você gosta de viver experiências diferentes, de acordo com o clima, Toronto é a cidade perfeita para você!

Transporte

Não dá pra estudar, trabalhar ou até mesmo morar em Toronto sem um transporte que funcione, certo? 

O governo da cidade de Toronto sabe disso, e por isso, a Toronto Transit Comission disponibiliza as melhores rotas de ônibus, bondes e metrô, fazendo com que o transporte público de Toronto seja um dos melhores da América do Norte. 

Transporte em Toronto

São aproximadamente 400 linhas de ônibus e 12 linhas de bondes, fazendo com que a cidade de Toronto seja uma das maiores do mundo em relação a extensão do serviço de bondes.

Toronto também tem um sistema de metrô, composto por quatro linhas no formato da letra “U”. As linhas são: Yonge Street, Bloor-Danforth, Sheppard e Scarborough.

Atualmente, o metrô de Toronto é o meio de transporte mais utilizado na cidade.

Como morar em Toronto

Como turista, você pode até visitar Toronto, mas não terá a possibilidade de continuar na cidade por um maior período de tempo, o que elimina as suas chances de conseguir somar alguns pontos para morar no país.

O Canadá, como um todo, é um país que valoriza a educação, não é atoa que metade da população canadense tem um diploma acadêmico. Além disso, pouco mais de 90% do povo canadense é alfabetizado, o que só reflete o interesse do país em investir massivamente no setor educacional.

Agora que você já sabe disso, é importante que você tenha a mentalidade de que o Canadá valoriza pessoas que queiram crescer junto com o país, partindo sempre da educação como ponto inicial. Por isso, os colleges e universidades continuam sendo a porta de entrada para o país.

Toronto tem ótimas instituições de ensino, responsáveis pelo alto nível educacional que vem capacitando ao longo dos anos não apenas os nativos, mas também alunos estrangeiros que desejam imigrar para o país.

Estudando em um college, você consegue garantir permissões especiais, como o PGWP, que concede a permissão de trabalho após o término do curso. 

O intercâmbio em Toronto

Toronto é uma das melhores cidades do mundo para se viver,  não apenas por ficar em um país incrível como o Canadá, mas por entregar tudo o que um aluno estrangeiro busca: mudar de vida enquanto cresce profissionalmente.

Se você tem vontade de estudar em Toronto mas não sabe como, nós temos a resposta perfeita para você.

Basta clicar neste link para falar com um dos nossos especialistas! 

Categories
Canadá Estude e trabalhe no exterior

Províncias do Atlântico: programa de imigração do Canadá

Fala, galera! As províncias do Atlântico deveriam estar no seu radar se você deseja imigrar para o Canadá, pois existem alguns fatores muito importantes, que facilitam as suas possibilidades de imigração para o maior país das Américas.

Por isso, criamos um post completo, falando sobre as províncias e as suas facilidades de imigração para o Canadá.

Conheça as Províncias do Atlântico do Canadá

Se você quer imigrar para o Canadá, é importante que saiba que essas províncias são responsáveis pelo grande número de pessoas que têm imigrado para o Canadá ao longo dos anos. 

Quer saber em qual delas você se encaixa melhor? Então confira abaixo a geografia, o clima e qual é o setor que essas províncias mais valorizam:

New Brunswick

Se você gosta de lugares mais arborizados e com um clima mais ameno, com tendências de ser um local até um pouco mais frio, a província de New Brunswick é o local perfeito para você.

provincias do atlantico canada: New Brunswick

A província trabalha em larga escala com linhas de produção de bens, setor que é o grande responsável pela grande parcela de empregos no mercado da província, que atende a fabricação de certos produtos e também no setor de construção. 

No setor da produção de serviços, os trabalhadores costumam ocupar as profissões nas áreas de assistência social, comércio e saúde.

Nova Scotia

Sendo a segunda menor província do Canadá em extensão territorial e quase totalmente cercada pelo mar, a província costuma ter um clima mais temperado, com invernos bem mais frios que o normal e verões bem frescos, livre daquele calor complicado que acaba esquentando além do aceitável.

provincias do atlantico canada: Nova Scotia

A Nova Scotia trabalha com recursos naturais, sendo a pesca um dos setores que mais trouxeram lucro para a província, porém, como todo recurso natural, a pesca acabou sofrendo com o seu excesso no século 20, dando lugar a outros setores, com mais chance de lucro.

Atualmente, a província de Nova Scotia se destaca pela agricultura, pesca, extração de gás natural e a silvicultura, responsável pela extração de madeira das florestas ao mesmo tempo que gerencia o cultivo de plantação na região, para continuar a preservação do local.

[Post] Profissões em alta no Canadá em 2022

Newfoundland and Labrador

Ficando ao extremo leste do Canadá e sendo dividida pelo Estreito de Belle Isle, a província acaba ficando marcada por duas partes distintas, mas que fazem parte de um todo. A maior área da província, que faz parte do continente canadense, leva o nome de Labrador, enquanto a ilha mais abaixo leva o nome de Newfoundland (Terra Nova).

Assim como a sua irmã do Atlântico, Nova Scotia, Newfoundland and Labrador também é muito rica em recursos naturais, o que também fez com que a pesca fosse um grande recurso econômico da indústria local, mas que também sofreu com o excesso, fazendo com que uma nova variedade fosse criada.

Nessa variação dos setores da economia, temos a mineração, extração de óleo e desenvolvimentos de hidroelétricas.

[Post] Como conseguir emprego no Canadá: 5 dicas para se destacar nos processos seletivos

Prince Edward Island

A menor província do Canadá está ao norte da Nova Scotia e ao leste de New Brunswick, sendo um lugar bem mais tranquilo, com grandes campos verdejantes, colinas e bosque e enseadas. São lindas paisagens que retratam a calma do lugar, sendo até mesmo inspiração para algumas obras literárias, como a série da Netflix e livro Anne de Green Gables.

Prince Edward Island

Um dos maiores setores da Ilha do Príncipe Edward, é a agricultura, junto com o turismo, construção e a manufatura de recursos primários. 

Como imigrar para as Províncias do Atlântico do Canadá

Como vimos acima, as províncias têm qualidade únicas e que fazem delas diferentes pilares para a economia local. Por isso, existem diferentes demandas e necessidades para cada uma delas.

Porém, estas províncias sofrem com a falta de mão de obra qualificada para trabalhar em determinados setores, o que resulta em uma procura cada vez maior de trabalhadores estrangeiros qualificados.

Para imigrar, você precisa saber, primeiramente, quais são os programas responsáveis pela imigração de estrangeiros para o Canadá, para que você consiga entender qual é o processo e quais são as maneiras de se conseguir chegar ao final que você deseja.

O Programa de Imigração Atlântica tem a intenção de ser um caminho ou até mesmo atalho, para profissionais qualificados e internacionalmente graduados, que queiram trabalhar e viver em uma das 4 províncias do Atlântico do Canadá. 

O programa foi criado com o objetivo de que as empresas do Canadá Atlântico possam contratar pessoas qualificadas para funções que eles não conseguem preencher com pessoas de dentro da província.

[Post] Como estudar e trabalhar no Canadá

Províncias do Atlântico: requisitos de imigração

Para imigrar por meio deste programa, você precisa primeiramente receber uma oferta de trabalho por um empregador designado no Canadá Atlântico para participar do programa.

Após receber a oferta de emprego, você precisa ter em mãos uma cópia da confirmação de designação, que a empresa precisa ter para comprovar a sua elegibilidade para o programa.

Em caso da empresa não ser designada para o programa, você precisa pedir a ela que vá em busca da Confirmação de Designação.

Após esta etapa, você precisa atender aos seguintes requerimentos dos 3 programas que estão dentro do projeto de imigração. 

Você pode se qualificar para mais de um programa, mas você poderá aplicar para apenas um.

Atlantic International Graduate Program

Os requisitos para se aplicar:

  • Ter uma graduação, diploma ou outra credencial de uma instituição pública ou em uma província do Atlântico.
  • Ter vivido em uma província do Atlântico por pelo menos 16 meses em até 2 anos antes de obter seu diploma ou credencial.
  • Certificação em um teste de idioma para comprovar o seu nível.
  • Demonstrar que você pode sustentar a si mesmo e a sua família quando vier para o Canadá.

[Post] Como estudar no Canadá: passo a passo para ingressar nas melhores universidades do mundo

Atlantic High-Skilled Program

Neste programa você deve ter:

  • Trabalhado em um cargo de gestão, profissional ou técnico por pelo menos um ano
  • Diploma canadense de ensino médio ou educação equivalente
  • Teste de idioma para atestar o seu nível de inglês ou francês
  • Comprovação financeira em mãos, para comprovar que pode sustentar a si mesmo e também a sua família.

Atlantic Intermediate-Skilled Program

A aplicação deve seguir o seguinte:

  • Ter trabalhado em alguma função que requer ensino médio ou treinamento específico por pelo menos um ano
  • Diploma canadense de ensino médio ou educação equivalente
  • Teste de idioma para atestar o seu nível de inglês ou francês
  • Comprovação financeira para demonstrar que você pode sustentar a si mesmo e também a sua família no Canadá 

Como podemos observar, para que você tenha uma facilidade maior com os programas, é preciso que você tenha um diploma canadense de educação. 

Por isso, é importante que você comece desde já o seu planejamento de imigração para o Canadá por meio da educação.

Express Entry no Canadá: o que é, como funciona e como imigrar

Custo de vida no Canadá em 2022: saiba como será a sua vida no país

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Canadá Tudo sobre intercâmbio

Vancouver: guia completo sobre a cidade

Morar em Vancouver é o seu sonho? Bom, caso seja, você já fez a escolha correta sobre qual cidade deseja visitar. Porém, caso você ainda não saiba se Vancouver é uma boa cidade, ou se ela nunca passou pela sua mente para sonhar sobre uma viagem, neste post vamos deixar tudo bem claro sobre uma das cidades mais conhecidas não apenas no Canadá, mas também no mundo. 

Sabe o motivo dessa fama mundial? Não? Então leia até o final e saiba a resposta!

Como é morar em Vancouver

Sendo a cidade mais popular e também a maior cidade em extensão territorial da província de British Columbia, Vancouver é responsável pelo brilho nos olhos de todo intercambista que busca uma qualidade de vida maior, assim como um nível educacional acima da média.

E se formos começar falando sobre Vancouver, precisamos concordar que: generalizar algum assunto sempre é um problema, porque nem todos concordam sobre determinados pontos específicos, mas quando o assunto é cuidar do meio ambiente, todos concordamos que essa é a opção correta, certo? 

E para morar em Vancouver, você precisa saber que a cidade sabe que o meio ambiente é um dos bens mais importantes que podemos carregar ao longo da história da humanidade, por isso, a cidade iniciou um plano de se tornar cada vez mais arborizada, que carrega o nome de vancourverismo.

Com prédios agrupados e de tamanho médio, a circulação de ar em Vancouver se torna muito mais fluida e as pessoas conseguem ter condições climáticas muito mais proveitosas para a vida cotidiana, se tornando uma cidade totalmente independente climaticamente e que também serve de exemplo para todo o mundo como uma cidade sustentável.

A cidade tem lindas paisagens, com montanhas e clima aconchegante, um cenário que já serviu para diversos filmes que já assistimos ou ainda podemos assistir, como: Deadpool, X-Men:Origens – Wolverine e dois filmes da nova trilogia do Planeta dos Macacos. 

Montanhas de Vancouver
Montanhas de Vancouver

Por isso, é bem comum que você esteja caminhando para o seu curso ou faculdade e acabe se deparando com uma rua fechada para que uma cena de ação seja gravada nas ruas de Vancouver.

O transporte público

O transporte público em Vancouver é bem diversificado, sendo muito simples e também muito prático, já que ele se divide em 3 transportes principais, sendo eles: SeaBus (Ferryboat), Ônibus e o SkyTrain (metrô).

Shuffle Boat em Vancouver
Shuffle Boat

Mesmo sabendo dos tipos de transporte, é importante que você aprenda sobre o Compass Card, o cartão que automatiza as interações com o transporte público de Vancouver e tornando o transporte público muito mais prático.

O Compass Card funciona mensalmente, mas não da forma que já conhecemos. Em caso de você contratar o serviço em Janeiro, ele não valerá até alguma data de Fevereiro, mas sim até o final de Janeiro. Portanto, é importante que você contrate o serviço o mais cedo possível, para que consiga desfrutar do transporte público de forma completa e rentável para o seu bolso, certo?

SeaBus

O SeaBus ou Ferryboat é um dos transportes mais importantes para quem deseja morar em Vancouver, pois são as balsas que transportam as pessoas do centro da cidade até a zona norte de Vancouver da forma mais rápida, pelo fato de poder cruzar o Burrard Inlet em questão de minutos. 

Os ônibus de Vancouver 

Aqui no Brasil nós utilizamos ônibus com muita frequência, o que não quer dizer que seja 100% funcional. Mas em Vancouver, os ônibus são importantes e interligam toda a cidade, tendo como diferencial, o sistema do NightBus, os ônibus que segundo o TransLink, foram criados para transportar os cidadãos com segurança ao longo das cidades da região no período da noite.

O NightBus começa a sua trajetória de transportar as pessoas noturnas a partir das 2 horas da manhã, 7 noites por semana.

SkyTrain

O SkyTrain aparece por último por aqui, mas com certeza não menos importante, pois com as suas 3 linhas, o sistema de metrô de Vancouver consegue ser extremamente funcional e totalmente interligado. Abaixo, confira as 3 linhas:

Expo Line – Conecta o centro da cidade de Vancouver às cidades vizinhas de Burnaby, New Westminster e Surrey.

Millennium Line – Sai da região de East Vancouver em direção a Burnaby, Port Moody e Coquitlam.

Canada Line – Viagem do centro de Vancouver até o aeroporto da cidade e também à cidade de Richmond.

São viagens rápidas e que podem interligar toda a Vancouver, assim como facilitam a locomoção dos cidadãos para outras cidades vizinhas.

Você pode gostar:
Toronto ou Vancouver: entenda a diferença entre as duas cidades
eTa (Electronic Travel Authorization): tudo o que você precisa saber

A qualidade de vida em vancouver

Lá em cima, nós falamos sobre como Vancouver é uma cidade reconhecida mundialmente, e ela realmente é, mas não pelo vancourismo. Existem alguns outros atributos que fazem de Vancouver uma das melhores cidades do mundo.

Pois além de ser uma das cidades das províncias mais conhecidas do Canadá, um país que valoriza vários setores básicos, Vancouver também tem as suas qualidades únicas.

Cidade de Vancouver
Cidade de Vancouver

Em 2020, por exemplo, The Economist Intelligence Unit elegeu as 10 melhores cidades do mundo para se viver, contando com cidades de países já conhecidos pela qualidade de vida, como Finlândia, Áustria e Austrália. Vancouver figurou em 3º lugar, ficando atrás apenas de Melbourne e Viena, e na frente de cidades incríveis como Toronto, Calgary e Sydney.

A cidade tem a fama de ser um pouco mais cara do que a média no Canadá, mas isso pode ser revertido se você tiver um bom planejamento econômico. Além disso, é possível que dependendo da sua instituição de ensino, você consiga trabalhar enquanto estuda na cidade, o que pode melhorar ainda mais a sua situação econômica.

Chegando até aqui, eu aposto que você se interessou por fazer o seu intercâmbio em Vancouver, melhor ainda se quiser viver uma experiência incrível no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica no botão abaixo e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa!

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!