Categories
Vistos e documentações

Quais países precisam de visto?

Oláaa Dreamers, tudo bem com vocês?! No texto de hoje, explicamos de maneira super breve sobre quais países precisam de visto. Falamos mais especificamente de 7 países, que são os mais procurados quando se trata de intercâmbio para países de língua inglesa. Então vamos nessa! 😉

Quais países precisam de visto?

Primeiramente, começamos pela Nova Zelândia. Para entrar lá não é preciso visto para quem vai turistar ou vai estudar num período de até três meses. Entretanto, se você quiser estudar mais de três meses já é preciso um visto de estudo, que também serve para quem quer trabalhar. Todavia, é possível que você vá para lá como turista sem o visto, e quando passarem os três meses faça o pedido de visto de estudo. Mesma coisa na Inglaterra, em Malta e na Irlanda, com uma diferença, nesses países o prazo é de seis meses. Ou seja, se você for a turismo ou para estudar por um período de seis meses, não é preciso visto.

Em contraste com a Nova Zelândia e a Inglaterra, para entrar nos Estados Unidos, no Canadá (nesse link tem explicando todo o processo do Canadá) e na Austrália é preciso de visto! Independe o que você for fazer lá e do período que vai ficar, é necessário. Porém, vale lembrar que o visto estadunidense também vale para o Canadá, mas o canadense não vale para os Estados unidos, já que o processo de retirada de visto americano é o mais complicado de todos, tendo até que se passar por uma entrevista formal para retirá-lo.

PRESTE ATENÇÃO NAS MUDANÇAS!

Lembrando que esse texto foi publicado no dia 31/10/2019. Portanto, fique de olho em qualquer mudança que possa ter ocorrido no futuro que você está agora lendo nosso blog sobre quais países precisam de visto rsrsrsrs. Qualquer dúvida, comente em baixo ou nos envie em nosso insta @dreamsintercambios. Para solicitar um orçamento, estaremos deixando uma aba aqui em baixo para você preencher e entrarmos em contato! 🙂

Categories
Intercâmbio Estudo e Trabalho

ESTUDO E TRABALHO NO INTERCÂMBIO

Muitas pessoas buscam um programa de estudo e trabalho no intercâmbio . Porém nem todas sabem como conseguir um emprego quando lá fora… Hoje vamos dar algumas dicas em relação a isso.

Livros, Biblioteca, Educação, Literatura, Pilha, Estudo

Sobre a língua:

Primeiramente, caso você não domine completamente a língua do país, não seja fluente, é bem difícil conseguir um trabalho na sua área ou no seu curso de formação. Portanto, é bom que você comece procurando por empregos que são mais facilmente disponíveis para os intercambistas, de tal forma que pague um salário mínimo. Só para exemplificar: limpeza, atendimento, entregador, caixa, recepcionista, camareira, garçom,entre outros. E futuramente, a medida em que você vai melhorando no  idioma e se empenhando, consegue também progredir de emprego.

O emprego:

Para se conseguir o emprego, é bom dizer que os currículos lá fora são diferentes do Brasil. Cada país tem um modelo de currículo que acaba sendo diferente. Dessa forma, é necessário que você faça o seu com o molde do país onde você está, e que ele seja condizente com o emprego que você está procurando. Isto é: se você quer um emprego de faxineiro, não se deve colocar que tem experiência em contabilidade. É bom colocar seus atributos e características que vão realmente pesar para o trabalho. Assim sendo, experiências que você já teve naquela área.

É bom também que você não coloque foto nem a data de nascimento para deixá-lo mais simples. Se possível vá pessoalmente nos lugares onde você tem interesse em trabalhar para entregá-lo. Nessa hora é importante deixar a vergonha de lado e mostrar sua desenvoltura, ao mesmo tempo mostrando ao máximo o seu domínio do idioma.

Trabalhar durante o intercâmbio é excelente experiência, e normalmente uma ótima ajuda na hora de pagar as suas contas e gastos, além da maior imersão cultural que vai proporcionar.

Ahhh sim, se você quiser saber mais sobre os 4 países onde é possível trabalhar enquanto estuda, dá uma olhadinha nesse texto!

Se preferir, também tem vídeo no canal sobre programa de estudo e trabalho no intercâmbio!

Categories
Intercâmbio Estudo e Trabalho

Melhores países para trabalhar enquanto estuda Inglês

Os melhores países para trabalhar enquanto estuda inglês são os de língua inglesa, que geralmente são os mais procurados na hora de fazer um intercâmbio. Mas são apenas quatro desses países que permitem que você possa trabalhar enquanto estuda: Irlanda, Austrália, Nova Zelândia e Malta. Em suma, hoje nós vamos falar um pouco sobre como isso funcionam os 4 países para trabalhar enquanto estuda Inglês.

Expediente dos melhores países para estudo e trabalho:

Primeiramente, em todos os 4 países, durante o período em que você está estudando só é permitido que se trabalhe 20 horas por semana (o que é igual a quatro horas por dia), a diferença entre os 4 países para estudo e trabalho é a quantidade de meses de férias e o valor do salario mínimo.

Na Irlanda, se suas férias caírem nos meses de: Junho, julho, agosto, setembro ou no período de 15 de dezembro a 15 de janeiro, é possível trabalhar 40 horas por semana (jornada completa de trabalho), são seis meses de estudo para dois meses de férias, o salario mínimo irlandês é de 9 euros por hora. Como resultado, mais ou menos a R$ 37 reais por hora.

Temple bar, bairro famoso em Dublin
Temple Bar, bairro famoso em Dublin

Austrália e Nova Zelândia:

Na Austrália, em contrapartida a Irlanda, só se tem um mês de férias. Da mesma forma, você também pode trabalhar 40 horas por semana, independentemente do mês em que caírem suas férias, lá eles tem o maior salario mínimo do mundo que é de 16 dólares australianos, que é igual a mais ou menos a R$ 40 reais a cada uma hora. Já na Nova Zelândia você não terá direito as férias e só poderá trabalharas 4 horas por dia, com o salário mínimo de 14 dólares neozelandeses a hora, o que equivale a mais ou menos R$ 34 reais.

Malta:

Em Malta o processo é diferente, você só pode começar a trabalhar depois de ter estudado três meses e ainda assim apenas as 20 horas por semana.

Malta, Arquitetura, Fora, Água, Pier, Navegação
Malta
Casa de um Hobbit na Nova Zelândia
Hobbit House – Nova Zelândia

E você, já decidiu onde vai ficar durante seu intercâmbio? Comenta ai e conta pra gente!

Quer saber mais? Dá uma olhadinha neste vídeo!