Categories
Alemanha Canadá Estados Unidos Europa Graduação e Pós no Exterior

Lugares para conhecer no exterior: As ruas mais bonitas do mundo!

Fala galera! Já se imaginou descobrindo lugares para conhecer no exterior e achar as ruas mais bonitas do mundo durante seu intercâmbio? Imagina, no futuro, olhar as fotos tiradas nesses lugares e lembrar do sentimento?! Pensando em você, selecionamos 4 ruas de destinos diferentes para você poder explorar durante a sua viagem de intercâmbio!

O que você verá:

  1. Lombard Street (São Francisco, Califórnia)
  2. Rue du Petit Champlain (Quebec, Canadá)
  3. Matoyianni Street (Mykonos, Grécia)
  4. Avenida Cherry Blossom, na Alemanha

Lugares para conhecer no exterior- Lombard Street – São Francisco, Califórnia

Uma das ruas mais bonitas do mundo, a Lombard Street em São Francisco!

A Lombard Street é considerada uma das ruas mais bonitas do mundo por diversas revistas e pelos turistas e locais dos EUA que já passaram pela rua. Por isso nós a recomendamos como um dos lugares para você conhecer no exterior!

Ela se tornou um sucesso depois de ter sido usada para driblar uma inclinação de 27 graus que causava acidentes na rua. Um morador local decidiu sugerir a criação uma zigue-zague em curva e a solução deu certo.

Assim, em 1922, a Lombard Street ganhou 8 curvas que se tornaram extremamente famosas. A rua até já apareceu em filmes e séries de muito sucesso.

O ponto turístico é imperdível. São diversas pessoas subindo e descendo as escadas laterais da rua, tirando foto, e carros descendo as curvas bem devagar.

Dica dreamer: Não suba a rua, desça ela. Tenha piedade das sucas canelas! Isso porque é uma ladeira enoorme, e vai ser muito mais proveitoso começar de cima, aproveitar a vista e ir devagarzinho descendo a rua!

Como chegar à Lombard Street?

  • De ônibus: Você vai procurar a linha 30, ela sai da Union Square. No ônibus você espera até chegar na Columbus x Lombard, usando esse meio você desce na parte de baixo da rua, e terá de subir. Preço ($2.25)
  • De bondinho: Pegar a linha Powell-Hyde até a frente da Lombard Street é a melhor forma de chegar até o destino.
  • A pé: Chegar até lá a pé, é ótimo, mas é um longo caminho. Saindo de Fisherman’s Wharf fica fácil de encontrar a Lombard, é bem perto.

Rue du Petit Champlain (Quebec, Canadá)

Rue du petit champlain é também considerada uma das ruas mais bonitas do mundo.

A graciosa Rue du Petit Champlain também está nas listas das ruas mais bonitas do mundo, e não é para menos né?! No inverno Canadense então a rua tem um ar ainda mais bonito. Ela é um dos lugares que você deve conhecer no exterior!

A rua é comercial, estreita e possui chão de paralelepípedos. As lojas da rua são das mais variadas, lojas de souvenires, roupas, acessorios, joias, galerias de artes, restaurantes, lanchonetes, cafés, pubs e mais!

A rua é um lugar muito bom para comprar lembrancinha para os queridos que ficaram no Brasil. Além disso, seus restaurantes e cafés são deliciosos, ótimo para visitar depois da aula.

A estética da rua resgata todo um charme europeu antigo que outros lugares do Canadá não consegue repassar. É uma visita imperdível.

Em todas as estações do ano a rua oferece uma nova versão de si mesma que encanta.

No inverno, coberta de neve, a rua traz à vida os sentimentos natalinos, e fica especialmente nostalgica nessa época do ano.

Mas no verão, primavera e outono, a mudança das folhas e o clima do ambiente conseguem trazer outros sentimentos à tona. Inclusive, a rua é perfeita apenas para andar e passear em tardes bonitas de primavera e outono.

Como chegar à Rue du Petit Champlain?

  • Pelas pontes Pierre Laporte ou Quebec de carro: Basta cruzar uma das pontes e seguir para o Boulevard Champlain.
  • De ônibus: Ande até a 46e Rue e espere o ônibus 801 pointe-de-sainte-foy quest e desça na De Ste-Hélène, ande até a Dorchester pegue o segunto ônubus (1 Gare Fluviale/ Cap-Blanc SUD), desça na Trav. Qc-lévis e ande até a Rue Du Petit-Champlain

Lugares para conhecer no exterior – Matoyianni Street (Mykonos, Grécia)

Diferente e encantadora, Matoyianni é considerada uma das ruas mais bonitas do mundo.

Mykonos, na Grécia, é uma cidade perfeita para quem quer curtir tudo de bom que o país tem para oferecer e ainda visitar lugares encantadores.

Fora que, existem muitas opções de compra também, e não dá para dispensar um bom souvenir grego.

Matoyianni deve ser uma das suas opções de lugares para visitar no exterior! A sua rua mais linda é a de Mykonos, que é considera uma das mais bonitas do mundo.

Oferecendo pistas estreitas e um verdadeiro labiritinto de casas brancas e brilhantes. A rua também é recheada de botiques de grife, lojinha de souvenirs, bares, cafés e restaurantes.

A estética branca, misturado com azul é predominante. As vezes o vermelho traz um aspecto vivo para a rua.

Inclusive por ser uma rua com muitas boutiques e lojas de pordutos de marca, muitas vezes é possível também ver celebridades visitando o local e fazendo compras.

Como chegar à Matoyianni Street

  • A pé depois de pegar a balsa ou chegar de Navio: A rua fica a cerca de dez minutos da área das docas.
  • De ônibus: Pegar o Fabrika bus!

Lugares para conhecer no exterior – Avenida Cherry Blossom (Bonn, Alemanha)

Cherry Blossom Avenue é a última rua do nosso post de ruas mais bonitas do mundo!

A última mas não menos importante é a lindíssima Blossom Avenue, no oeste da Alemanha! Essa belezinha tem que estar na sua lista de lugares para conhecer no exterior!

Imagina, andar por essa que é uma das ruas mais bonitas do mundo na primavera? De turistas à residentes, esse túnel cor de rosa encanta a todos.

A rua está localizada no centro histórico da cidade de Bonn. E essa parte, que é a mais antiga da cidade, é recheada de cafés, estúdios, ateliês de artistas e mais.

Por si só, os entretenimentos da avenida fazem dela fanstástica. Mas durante os dez dias de primavera que as flores de cerejeira brotam, a rua consegue ficar ainda mais especial.

E quando as flores caem? Aí, quem passa pela rua, se depara com uma grande tapete rosa de flores no chão.

Não só na lista de ‘As ruas mais bonitas do mundo‘ está Cherry Blossom, mas também na lista de ‘Dez mais belos túneis de árvores do mundo‘.

Ademais, como é bem localizada, é super tranquilo de visitar durante os fins de semana ou depois da aula! E as datas de quando as flores florescem variam, mas normalmente em algum período de abril!

Como chegar à Cherry Blossom Avenue?

  • A pé: A rua fica a apenas quinze a vinte minutos a pé da maioria das principais atrações turísticas do centro da cidade!
  • De ônibus: Todas essas rotas 537, 550, 551, 602, 604, SB55 te levam até lá!

Eaí, consegue se imaginar visitando essas belas ruas após um dia de aula no intercâmbio? Existem muitas outras ruas e lugares lindos em outros países também! Nós da Dreams temos os melhores e mais variados destinos, quer conhecê-los? Entre em contato com a gente!

Curtiu o conteúdo sobre lugares para conhecer no exterior?
Fica mais um pouco! E não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Curiosidades Estados Unidos

Curiosidades sobre o halloween ao redor do mundo

Fala galera! A época mais assustadora do ano está chegando, e você precisa preparar sua fantasia assustadora de halloween! Então para combinar com o climinha de terror, trouxemos para você 3 curiosidades sobre o halloween ao redor do mundo!

O que você verá nesse post:

  1. A origem do halloween
  2. As abóboras do Halloween
  3. Doces ou Travessuras?

1. Curiosidades sobre o Halloween: Sua origem

Sempre associamos o halloween aos EUA, e é claro que de fato o holiday é extremamente popular no país. Mas sabia que sua origem é Celta?

Isso mesmo, o que hoje é parte forte da cultura norte americana, começou a muitos anos atrás em algum momento entre o século XIV e o século XVIII na Irlanda e era chamado de Samhain.

O Samhain celebrava a colheita, o fim do verão e sua celebração tinha muitas fogueiras. Interessante, né? A tradição foi repassada e chegou na terra de Tio Sam em meados do século XIX, quando aconteceu a imigração em massa de irlandeses.

Com os anos as coisas foram se adaptando mais e mais até chegar ao que é hoje!

2. As abóboras do Halloween

No folclore americano, existe uma lenda sobre Jack O’lantern. Que fala que Jack bebia muito e encontrava o diabo várias vezes. Sempre que podia, Jack enganava-o para que o coisa-ruim não o levasse para o inferno.

Um dia, infelizmente, Jack bebeu tanto que morreu. Por causa do que ele aprontou com o diabo na terra, sua entrada estava negada no céu e principalmente no inferno. Desde então, o espírito de jack começou a vagar em velas dentro de nabos (como era feito na Irlanda na época do Samhain).

As abóboras foram sendo usados mais nos EUA após os Irlandeses chegarem e perceberem que elas eram mais abundantes. Por isso, passaram a usa-las assim e com o tempo a lenda se adaptou. As velas em abóboras hoje são usadas para iluminar os caminhos dos mortos.

3. Doces ou Travessuras?

Outras curiosidades sobre o Halloween vem do livro Holiday Symbols and Customs. No século XVI na Inglaterra, era muito comum que os necessitados pedissem comida para as pessoas no Dia dos Finados.

Além disso, nos EUA e no Canadá, era comum nos séculos XVIII e XIX durante o natal, uma tradição chamada belsnickling que era simlar ao trick ou treat.

A tradição funcionava assim:

Grupos de participantes mascarados iam de casa em casa para realizar pequenas travessuras em troca de comida e bebida.

Outras descrições anteriores afirmam que as pessoas davam as guloseimas muitas vezes e tinham de adivinhar as identidades dos foliões disfarçados.

Além disso, depois do fim da segunda guerra quando o racionamento de comida foi liberado, os bairros do suburbio foram se desenvolvendo. Dessa forma as crianças tinha mais facilidade para brincar pela vizinhança.

Essas e outras coisas, foram atribuidas ao surgimento dessa tradição que na década de 50, acabou se tornando mais popular e sendo hoje um dos feriados mais lucrativos dos EUA!

Eaí, ficou ansioso para viver o halloween na pele, fazer umas lanternas de abóboras e se fantasiar? Então entra em contato com a gente e faça seu intercâmbio dos sonhos no próximo outono.

Veja também:

Confira dicas incríveis para estudar e trabalhar na Irlanda

Curiosidades do Reino Unido para saber

Curiosidades sobre o Canadá: 20 fatos que vão explodir sua mente

Curtiu as curiosidades?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Estados Unidos Estude e trabalhe no exterior Estude um idioma fora do Brasil Graduação e Pós no Exterior Vistos e documentações

Universidades nos Estados Unidos: Entenda como ingressar!

Fala galera! Você quer muito estudar em universidades nos Estados Unidos, mas não sabe como fazer isso? Então vem ler esse post para entender como ingressar numa universidade nos EUA!

E caso seu interesse seja em universidades na Europa, pode clicar nesse post do blog para ler tudo a respeito!

O que você verá nesse post:

  • Introdução
  • Aplicação nos EUA
  • Melhores universidades EUA
  • Cursos mais populares
  • Acompanhamento e Auxílio
  • Documentos

Introdução

Com um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e exigente, muitos sentem a necessidade de incrementar o currículo. A qualificação no exterior é um grande diferencial para avançar na carreira e conquistar novos espaços.

O ensino superior nos Estados Unidos abre portas para diversas oportunidades inigualáveis, principalmente de uma perspectiva profissional/acadêmica.

Segundo o QS World University Rankings e o THE World University Rankings que são rankings que avaliam instituições de ensino superior, os Estados Unidos possuem muitas instituições nas primeiras colocações.

Os rankings levam em consideração coisas como:

  • Reputação acadêmica
  • Reputação da Instituição no mercado de trabalho
  • Proporção de docentes estrangeiros
  • Empregalidade dos seus alunos formados
  • Orçamento para pesquisas
  • Reputação de todas as pesquisas produzidas na universidade e mais!

Além disso, você aumenta seu networking, estuda em um país com altísssimo nível de educação e tem um acesso mais fácil a empresas internacionais, sendo possível até estágios nelas.

Pensando na sua vontade de realizar seu american dream, reunimos informações essensicais sobre o processo de aplicar para universidades nos Estados Unidos. Vamos lá?

Aplicação em universidades nos Estados Unidos

As universidades no exterior normalmente aceitam estudantes de todo o mundo, e isso não é muito diferente nos EUA. O que difere quanto ao processo de aplicação de universidades dos Estados Unidos e as do Brasil é como você é aceito.

Aqui, nós temos o ENEM e você pode contatar diretamente as universidades privadas para saber como elas aceitam seus alunos, que normalmente passam por uma avaliação para entrar.

As universidades lá fora são bem seletivas, principalmente as com alta reputação para assim manter sua excelência.

A instituição precisa de alunos preparados e talentosos, não só para no futuro serem excelentes profissionais, mas também para que esses alunos consigam acompanhar o nível e o ritmo da escola

Assim, não basta só ter o dinheiro e os documentos exigidos, isso não é garantia de que você será aceito, a universidade tem que querer você como parte dela e ela vai te avaliar para isso.

Isso remete aos documentos exigidos, como histórico escolar e carta de apresentação/intenção. Esses são apenas dois dos vários documentos exigidos, mas não se preocupe, listaremos todos no final da postagem.

E para aqueles que não sabem o que é uma carta de intenção/apresentação, é uma carta escrita pelo estudante onde você irá provar para a instituição que ter você como estudante é uma ótima ideia.

Já seu histórico escolar é um documento que mostrará seu desempenho na escola desde o ensino fundamental até o ensino médio. Como já mencionado, ser um estudande dedicado é um requisito básico.

Dica dramer: As universidades tem prazo para as suas aplicações, é preciso estar ciente do deadline de suas universidades de escolha, por isso entre em contato com a gente para te ajudar com isso!

Agora que você entendeu por cima, como funciona o processo, vamos ao primeiro passo.

Melhores universidades nos Estados Unidos

O primeiro passo para estudar em universidades nos Estados Unidos é estudar sobre suas opções de universidades.

Conhecendo a história delas, os cursos, os custos, quais os programas disponíveis e os tipos de certificados e diplomas que a instituição oferece. Isso vai te ajudar a escolher uma instituição que seja o que você deseja.

Nos EUA, temos muitas universidades que estão entre as melhores do planeta, como por exemplo:

Por isso, não é muito difícil achar universidades americanas que atendam suas metas pessoais e se alinhe com o que você procura acadêmicamente.

Dica Dreamer: Para as Universidades nos Estados Unidos, você precisa que elas te aceitem, e o número de aprovação, dependendo da instituição pode ser BEM pequeno. Dito isso, sempre tenha várias opções de onde você quer estuda.

Cursos mais populares

Visando facilitar sua pesquisa, trouxemos alguns dos cursos mais populares das universidades mencionadas acima para você:

  • Harvard –  Social Sciences, General; Biology/Biological Sciences, General; Mathematics, General; Computer and Information Sciences, General; History, General; Physical Sciences, General; Psychology, General; Engineering, General; and Foreign Languages and Literatures
  • Yale – Social Sciences; Biological and Biomedical Sciences; Mathematics and Statistics; Multi/Interdisciplinary Studies; Computer and Information Sciences and Support Services; History; Engineering; Area, Ethnic, Cultural, Gender, and Group Studies; Psychology
  • Princeton – Social Sciences; Engineering; Computer and Information Sciences and Support Services; Public Administration and Social Service Professions; Biological and Biomedical Sciences; Physical Sciences; History; Foreign Languages, Literatures, and Linguistics
  • Standford – Computer Science Major. Economics Major. Human Biology Major. Management Science and Engineering Major. Symbolic Systems Major. Political Science Major. Mechanical Engineering Major. Electrical Engineering Major.
  • Columbia –  Computer Science, Econometrics and Quantitative Economics, Political Science and Government, General, Research and Experimental Psychology, Other, History, and General
  • Pennsylvania – Business, Management, Marketing, and Related Support Services; Social Sciences; Health Professions and Related Programs; Biological and Biomedical Sciences; Philosophy and Religious Studies
Acompanhamento e Auxílio

Agora que você já restringiu suas opções de universidades que você quer estudar nos Estados Unidos, encontre um time preparado para te auxiliar no processo de inscrição.

Existem muitas documentações, burocracias e papeladas envolvidas em viagens internacionais e aplicação para universidades no exterior, e isso pode tornar o processo massivo.

Então, para ter a melhor experiência e a menos estressante nesse processo, entre em contato com nosso time!

Documentos

Uma vez que você fez essa escolha, é preciso focar nos estudos e atividades extracurriculares. Essa parte é bem importante já que um dos documentos necessários para aplicação em universidades nos Estados Unidos é o histórico escolar.

Ademais, as universidades lá fora, selecionam estudantes dedicados, com potencial e determinados, para isso eles precisam que você prove ser esse aluno.

Ainda sim, o histórico escolar é apenas um, dos vários documentos exigidos, fizemos uma lista reunindo todos:

  • Passaporte válido (com prazo de validade com mais de seis meses);
  • Visto de estudante;
  • Carta de recomendação;
  • Carta de apresentação; 
  • Passagem de ida e volta;
  • Comprovante de estadia;
  • Extrato bancário; 
  • Certificado de proficiência( TOEFLou IELTS);
  • Seguro de saúde; 
  • Diploma de ensino superior (em casos de pós-graduação).

Dica Dreamer: É sempre bom lembrar que apesar da lista, as universidades nos estados unidos tem autônomia para exigir quaisquer outras documentações necessárias. Entre em contato diretamente com elas ou leia no site para não esquecer de nenhum documento essencial.

Outras preparações

Existe uma forma de obter uma nota com avaliação padronizada que não serve para entrar na universidade mas é parte do processo de admissão.

Os testes SAT, ACT e SAT II não podem ser comparados ao o ENEM pois mesmo se o aluno tirar a nota máxima na prova, essa não vai ser garantia de entrada na universidade.

O exame SAT avalia os conhecimentos e habilidades dos alunos através da matemática (math), linguagem e interpretação de textos (critical reading) e (essay) redação.

A pontuação máxima é de 2.4000 pontos. O tempo total que se tem para efetuar o exame, é de 3 horas e 50 minutos incluindo a redação (essay).

Uma outra possível exigência é a entrevista. Ela serve para que a instituição conheça seus candidatos e saibam suas intenções e mais.

Nem todas as universidades pedem entrevista mas a maioria delas sim, e esse processo é levado bem a sério, primeiras impressões importam!

As perguntas feitas durante a entrevista são das mais variadas e elas dependem de sua área de curso.

Uma das perguntas já feitas para estudantes da área de biologia foi, “Se você tivesse que escolher entre salvar as barreiras de corais ou as florestas tropicais, qual você escolheria?

As exigências são muitas né? E pode ser difícil dar conta de tudo sem auxílio. Ter um time qualificado e atencioso faz toda diferença nesse processo, por isso, entre em contato com a gente!

Veja também:

Estudar nos Estados Unidos: 7 vantagens de fazer intercâmbio nos EUA

Faculdade nos Estados Unidos: como um brasileiro pode estudar nos EUA

Ivy League: tudo sobre as 8 universidades dos EUA

Curtiu o conteúdo sobre como ingressar numa universidades nos Estados Unidos?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.


Categories
Estados Unidos Europa Graduação e Pós no Exterior Inglaterra

Conheça as melhores universidades para estudar música!

Eai galera! Você sonha em estudar música nas melhores instiuições de música que existem? Então esse post é para você! Vamos te falar as insituições mais renomadas e prestigiadas ao redor do mundo, vem com a gente!

Você verá:

  1. The Juilliard School
  2. Universidade de Música e Artes Cênicas de Vienna
  3. Royal College
  4. Curtis Institute of Music
  5. Royal Conservatoire of Scotland

Estudar música na Juilliard School

A Juilliard foi fundada em 1905. Ela é internacionalmente conhecida por formar músicos e interpretes excepcionais e reconhecidos, como Nina Simone e Aretha Franklin.

A universidade não é só musical mas sim artística, e além de estudar música você pode estudar atuação, dança e performance.

Os cursos mais populares da universidade são:

  • Musical Instruments
  • Dance
  • Acting
  • Voice and Opera
  • Music Theory and Composition
  • Stringed Instruments
  • Jazz/Jazz Studies
Juilliard School é considerada por muitos a melhor universidade para se estudar música no mundo!

Um motivo pelo qual Juilliard tem o prestígio que tem, é porque a instiuição foi fundada em uma época em que a ideia de um conservatório tinha acabado de se tornar algo positivo e sério.

Além disso a universidade foi capaz de fazer construções significativas nos anos 30, quando construir era barato.

Ademais, por ser uma escola de poucos estudantes e com turmas pequenas, os professores tem que oferecer um ensino muito mais intimista e aprofundado.

Essa seletividade contribui em rankings como QS World University Rankings by Subject que avalia a escola como a melhor em artes performativas desde 2016.

Por fim, a missão da Juilliard School é fornecer o mais alto calibre de educação artística para músicos, dançarinos e atores talentosos de todo o mundo.

Assim eles tem a possibilidade de alcançar seu potencial máximo como artistas, líderes e cidadãos globais.

Universidade de Música e Artes Cênicas de Vienna

Talvez a Áustria não tenha sido um país que você pensou ver nessa lista, mas quando o assunto é estudar música, a Universidade de Música e Artes Cênicas de Vienna é um paraíso.

Não só para estudar música mas também artes dramáticas, plásticas e aplicadas. A universidade proporciona um espaço perfeito para discussões de arte também.

Fundada em 1817, a instiuição é considerada uma das maiores universidades de artes do mundo. São muitos departamentos e uma infraestrutura impecável para seus estudantes.

A Instituição organiza cerca de 10 competições, incluindo uma competição internacional de piano de Beethoven. Ela também apresenta um aclamado festival de cinema dos alunos a cada dois anos.

A Universidade de Música e Artes Cênicas de Viena é uma das universidades de maior prestígio para quem sonha em estudar música.

Os cursos mais populares da universidade são:

  • Composition and Music Theory
  • Conducting 
  • Bowed Instruments and Other String Instruments 
  • Wind and Percussion Instruments 
  • Music Therapy 
  • Instrumental Music Education
  • Film & Television 

Ademais, a universidade que possui 3.000 alunos que vem de cerca de 70 países diferentes, tem 115 programas de estudo artístico.

E para finalizar, a universidade tem se mantido no top 3 melhores universidades de artes performaticas do mundo desde 2019 pela QS Top University.

Estudar música na Royal College of Music

Música não é só quem aprende, mas também quem ensina, e aqueles que desejam ensinar música para os outros tem um lugar especial na Royal College of Music.

Localizada na Inglaterra, a faculdade não só ensina música, mas também cursos para aqueles que desejam ser maestros, compositores ou intérpretes.

A Royal é um dos maiores conservatórios do mundo, com mais de 900 alunos de mais de 50 países. E além disso, faculdade possui professores incríveis com carreiras músicais inigualáveis.

A Royal College of Music está no top 5 do ranking a QS World Unisity Hankings no quesito Performing Arts desde 2019.

Royal College of Music possui os programas mais ricos para se estudar música.

Os cursos mais populares da universidade são:

  • Composition & Contemporary Music
  • Music
  • Musical Theatre
  • Jazz
  • Timpani & Percussion
  • Piano Accompaniment
  • Vocal Studies
  • Harp
  • Opera

No mais, a faculdade é localizada em South Kensington que é um importante distrito cultural no centro de Londres.

E para finalizar, a faculdade possui um museu, muito legal né? Esse museu é um dos mais ricos e possui uma das mais relevantes coleções de artigos musicais na Europa.

Curtis Institute of Music

Com sua filosofia de “aprender fazendo’‘ a Curtis Instituite of Music em Philly, EUA, traz um jeito personalizado de se estudar música.

Sua missão é educar e treinar jovens músicos excepcionalmente talentosos. Assim eles podem envolver uma comunidade musical por meio do mais alto nível de arte.

Curtis é uma instituição de alta seletividade sendo considerada uma das mais seletivas dos Estados Unidos de acordo com US News & World Report.

Isso acontece porque com exceção de compositores, maestros, pianistas, organistas e violonistas, a admissão é concedida apenas ao número de alunos necessários para preencher uma única orquestra.

Curtis Institute of Music é inovador e tradicional, possui otimos programas de graduação e pós para aqueles que desejam estudar música.

Os cursos mais populares da universidade são:

  • Voice and Composition
  • Keyboard Instruments
  • String Instruments
  • Brass Instruments
  • Timpani and Percussion
  • Woodwind Instruments

Os alunos da Curtis tem acesso a uma incrível infraestrutura, com salas, palcos, estúdios e uma acustica de altíssimo nível.

Como resultado da sua estrutura os estudantes desfrutam de mais de 200 programas de orquestra, ópera e música solo e de câmara.

Por consequência disso, a instituição permite que artistas causem impacto profundo na música, no palco e em suas comunidades.

Estudar música no Royal Conservatoire of Scotland

Conservatório de música, teatro e escola de dança fundado em 1847. Tudo isso é o Royal Conservatoire of Scotland que é super interdisciplinar.

Muito colaborativa no mundo, a escola trabalha juntamente com a University of Glasgow, University of St Andrews, University of Edinburgh e outras.

Essas colaborações dão muitas oportunidades de aprendizado para seus alunos. Seus ex-alunos, em segundo lugar, não ficam para trás causando impacto dentro e fora do palco.

Royal Conservatoire of Scotland oferece incríveis cursos nas áreas mais variadas, principalmente para aqueles que sonham em estudar música.

Os cursos mais populares da universidade são:

  • Art & Design
  • Liberal Arts & Social Sciences
  • Music
  • Creative Writing
  • Performing Arts
  • Literature

A universidade é considerada uma das melhores da sua área pelo QS World University Rankings. Ademais ela também é lar de populares atores como James McAvoy, Tom Ellis e David Tennant.

Uma coisa curiosa sobre a universidade é que sua taxa de aceitação não é divulgada publicamente. Mas estima-se que esteja em 43% baseado na taxa de admissão de instituições de mesmo ranking e nível.

Publicamente, alunos já mencionaram como “Não há nada a reclamar sobre a instituição, é como viver um sonho”.

Os professores levaram méritos para além do seu currículo, e seus alunos se referem à eles como gentis e receptivos além de altamente qualificados.

Se você quer aplicar para essas universidades ou quem sabe descobrir outras intituições onde você também pode estudar música e outras formas de arte, então entra em contato com nosso time para realizar o seu sonho!

Veja também:

Graduação no Exterior: conheça 4 exames de proficiência em inglês

Confira 5 países que permitem estudar e trabalhar

Tipos de Vistos Pós-Estudo pelo mundo

Curtiu o conteúdo sobre as melhores universidades para se estudar música?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Curiosidades Estados Unidos Estude e trabalhe no exterior Estude um idioma fora do Brasil Graduação e Pós no Exterior

Celebs que estudaram em Universidades Ivy League!

Eai Dreamers! Você já sonhou em estudar nas melhores universidades do Estados Unidos? Sabe aquelas universidades que aparecem nos filmes e séries populares como Legalmente Loira ou Gossip Girl? Pois é, essas universidades são reais, e muito prestigiadas, inclusive muitos famosos já foram alunos dela. Por isso separamos para você famosos que frequentaram universidades Ivy League para você se inspirar!

Curtiu? Então continua lendo para saber como elas são e como aplicar para essas universidades!

Você Verá:

  1. Você sabe o que é Ivy League?
  2. Shonda Rhimes
  3. John Legend
  4. Lupita Nyong’o
  5. John Krasinski
  6. Joseph Gordon-Levitt

Você sabe o que são universidades da Ivy League?

Se você caiu nesse post meio perdido sem saber o que são as universidades Ivy League, pode ficar tranquilo que a gente vai te explicar.

A Ivy League ou The Ancient Eight (As 8 anciãs) são um conjunto de universidades (oito, como mencionado a cima) que estão em sua maioria localizadas no nordeste dos EUA.

Elas são:

  1. Harvard;
  2. Cornell;
  3. Princeton;
  4. Brown;
  5. Dartmouth;
  6. Yale;
  7. Columbia
  8. University of Pennsylvania

Elas surgiram quando a NCAA (National Collegiate Athletic Association) criou a divisão A-1 que agrupava apenas as melhores instituições que participavam do futebol americano e basquete.

Essas equipes tinham performances incríveis em campo e com o passar dos anos essas oito universidades foram ganhando fama para além dos esportes, formando grandes profissionais.

Por esses motivos, essas escolas são admiradas e consideradas como a elite educacional, onde apenas mentes grandiosas entram e se formam nelas.

Agora, vamos mostrar as mentes brilhantes que frequentaram essas universidades Ivy League? Vem com a gente!

Shonda Rhimes – Dartmouth College

Para quem gosta de séries como: Scandal, Grey’s Anatomy ou até mesmo Bridgerton então você tem muito o que agradecer a Shonda Rhimes!

A poderosa roteirista, cineasta e produtora de televisão frequentou a incrível universidade de Dartmouth em New Hampshire. Lá ela fez o curso de inglês com enfoque em escrita criativa.

na universidade ivy league: Dartmouth, Shonda Rhimes aprendeu a ser uma líder.

Darthmouth é uma instituição de prestígio, Shonda mesmo já deu discursos na universidade e falou do impacto dela na sua vida. No mais, existem outros cursos muito bons na universidade, sendo eles:

  • Social Sciences
  • Biological and Biomedical Sciences
  • Computer and Information Sciences and Support Services
  • Engineering
  • Mathematics and Statistics
  • Area
  • Ethnic, Cultural, Gender, and Group Studies
  • English Language and Literature/Letters
  • History & mais!
Dartmouth College é uma das universidades ivy league

Além disso, quando falamos de dados, Dartmouth foi classificada em 13º lugar entre os programas de graduação em universidades nacionais pelo U.S. News & World Report em seu ranking de 2021.

O US News também classificou a escola como a 2ª melhor para veteranos, empatada em 5ª melhor em ensino de graduação e 9ª em “melhor valor” em universidades nacionais em 2020.

Finalizando, conseguimos entender que Dartmouth te dá benefícios inconstáveis, é um ambiente sem desculpas: você tem acesso a tudo, a recursos, a pessoas, a informações. Vamos para a próxima universidade?

John Legend – University of Pennsylvania

John Legend é um dos famosos que frequentaram uma das universidades ivy league!

O queridíssimo, John Legend, também frequentou uma das universidades Ivy League, a University of pennsylvania.

Conhecido por ser cantor, ator, produtor, compositor e pianista, John deve ter frequentado a universidade para estudar música, certo? Na verdade, não. John estudou Inglês. Isso mesmo, inglês com foco na literatura afro-americana.

O dono de hits como, All of me e minefileds disse muitas coisas boas sobre a universidade, e os dados também não mentem.

Por isso ela é consistentemente classificada como uma das melhores universidades dos EUA e do mundo. Todos os anos, o US News & World Report classifica a Penn entre as 10 melhores do ranking nacional de Melhores Faculdades.

Conhecida pelo ambiente propício a descobertas e inovações, a universidade deu ao mundo novidades como o primeiro computador eletrônico de uso pessoal, em 1946, e vacinas para rubéola e hepatite B.

Massa, né? A estrutura é maravilhosa também, e os cursos são dos mais variados, entre os mais populares estão:

  • Finance
  • Registered nursing/registered nurse
  • Economics
  • Political science and government
  • Business administration and management
  • Computer and information sciences
  • Management science
  • Biology/biologicals ciences
  • Philosophy
  • Neuroscience
  • Computer science
  • Marketing/marketing management
  • Statistics
  • Communication and media studies
  • English language and literature
A incrível estrutura de Upenn, umas das favoritas entre as universidades ivy league.

E para finalizar, atualmente, a UPenn é uma das 20 melhores universidades do mundo, ficando na 13ª colocação global do QS World University Rankings 2022

Não é a toa que sua excelência em educação gerou tantas pessoas bem sucedidas, até hoje 36 ganhadores do Nobel e 16 vencedores do Pulitzer foram associados à universidade.

Lupita Nyong’o – Yale School of Drama

Lupita Nyong'o estudou em Yale, uma da suniversidades Ivy League.

Os fãs da Marvel talvez não saibam que a nossa linda atriz de Pantera Negra é formada em uma das mais incriveis universidades da Ivy League, Yale. A ganhadora do oscar estudou Drama e se formou em em 2012.

Em entrevistas, Lupita menciona como a base educacional de Yale foi relevante para o aprimoramento de suas habilidades artisticas.

É claro que Yale, é uma universidade incrível, e é provavel que você já tenha ouvido falar dela muito antes desse posts, até mesmo em filmes e séries. Mas o que faz Yale, Yale?

Bom, a instituição possui excelentes programas de teatro e música, que chegam fora da sala de aula com organizações estudantis como Yale Whiffenpoofs, um famoso grupo a cappella, e a Yale Dramatic Association.

Além disso, a universidade está em terceira posição no top 3 melhores univerisdades dos EUA, e está no top 15 melhores universidades do mundo pela QS University Ranking.

Yale University Ranking 2022: Latest National and World Ranking 2022, 2021  & 2020

Cursos populares:

  • Econometrics and quantitative economics
  • Political science and government
  • History
  • Cell/cellular and molecular biology
  • Computer and information sciences
  • Neuroscience
  • Anthropology
  • Music

A universidade também é reconhecida pela qualidade das pesquisas científicas produzidas e pelo seu alto nível de empregabilidade entre os seus ex-alunos.

Já no ranking de empregabilidade da QS, Yale figura como a 13.ª universidade do mundo mais respeitada pelo mercado de trabalho

Prestígio e excelência são os sobrenomes da universidade já teve como estudantes cinco ex-presidentes americanos (dentre eles George Bush pai e filho, e Bill Clinton), além de dezenas de líderes mundiais e mais de 60 ganhadores do prêmio Nobel.

John Krasinski – Brown University 

John Krasinski: 5 produções icônicas do ator de Um Lugar ...

Conhecido por interpretar Jim Halpert em The Office e dirigirir e atuar em A quiet Place o querido John Kransinski frequentou Brown, uma das mais populares universidades Ivy League.

Inclusive, em 2019 John foi convidado para dar um discurso para a classe de 2019, e falou “Foi, sem dúvida o começo de tudo“. E realmente, existe muito que Brown pode oferecer para seus estudantes.

Para te provar isso aqui estão alguns dos rankings internacionais das melhores universidades do mundo, onde Brown se destaca:

A beleza de Brown, uma das universidades ivy league

Agora vamos para os seus cursos populares:

  • Liberal Arts
  • Computer Science
  • Econometrics and Quantitative Economics
  • Biology/Biological Sciences
  • General Political Science and Government,
  • Engineering
  • General History

Inclusive, na edição mais recente do THE World University Rankings, a Universidade Brown ocupa a 61.ª posição, na frente de outras importantes instituições do mundo, como a Universidade de Queensland (na Austrália), e a Universidade de Montreal (no Canadá).

Ah! E só para finalizar a Universidade foi classificada em 14º lugar no U.S. News and World Report e obteve notas altas em uma série de classificações de ensino superior focadas em experiência acadêmica, pesquisa de graduação, retorno do investimento e muito mais.

Universidades Ivy league: Columbia University – Joseph Gordon-Levitt

10 coisas que eu odeio em você é uma daquelas comédias românticas mais maravilhosas que você vai ver, e 500 dias com ela? Você já viu? O Joseph Gordon-Levitt que estrela nesses filmes, e você com certeza deve reconhece-lo.

Arquivo para Joseph Gordon-Levitt - MacMagazine

O ator, produtor e diretor estadunidense frequentou, das universidades ivy league, a Columbia University.

Essa, também é daquelas universidades muito mencionadas em filmes e séries norte-americanos (assim como a maioria das universidades dessa lista).

A reputação dessas universidades realmente a precendem,  Columbia é uma das melhores universidades do mundo e está classificada entre as 20 melhores nos rankins QSTimes Higher Education

Existem muitas vantagens de estudar em Columbia, e apesar de ser difícil de ser aceito nessa universidade (ou em todas as outras mencionadas nesse post), existem muitos estrangeiros inclusive brasileiros que frequentam a instituição.

Por falar nisso, existem bolsas especificamente para alunos Brasileiros em certos programas de mestrado profissional. Interessante não?

Além disso, a universidade é localizada em Nova York, que é uma cidade que muitos turistas sonham em visitar, com muitos lugares clássicos como a Broadway ou a Estátua da liberdade.

E em empregabilidade, a Columbia não falha, ela é a 24.ª melhor universidade no ranking de empregabilidade da QS. Entre os destaques estão os resultados dos ex-alunos e a reputação da universidade entre os empregadores.

Vamos te mostrar alguns dos cursos oferecidos pela Columbia:

  • Computer science
  • Econometrics and quantitative economics
  • Political science and government
  • History
  • Social sciences
  • Research and experimental psychology
  • English language and literature
  • Operations research
  • Neuroscience
  • Mechanical engineering

Por fim, dá para reconhecer com esse post como as universidades Ivy League são renomadas e importantes para os EUA. As personas citadas e os dados mostrados são só alguns dos motivos que separamos para te inspirar!

E se você estiver se perguntando como aplicar para essas universidades, entre em contato com a gente, nós temos um time incrivel e super bem preparado para auxiliar você no seu intercâmbio para as universidades ivy league!

Veja também:

Como tirar seu Visto Americano em 2022

Nova York: 11 lugares que você precisa conhecer no seu intercâmbio

Curtiu o conteúdo sobre Universidades Ivy League?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Dicas de viagem Estados Unidos Estude um idioma fora do Brasil

Road Trip USA – 5 dicas para a sua melhor viagem!

Fala galera! Você quer saber como se organizar direitinho para sua road trip USA? No post de hoje vamos dar dicas práticas e essênciais para você que quer ter a melhor viagem. Cola com a gente para se preparar para sua viagem dos sonhos!

O que você verá:

  1. Diferenças importantes
  2. Planejamento
  3. Hospedagem Vs Camping
  4. Destinos
  5. Fazendo roadtrip durante seu Intercâmbio

Diferenças importantes

Antes de começar, aqui estão coisas importantes para saber sobre sua road trip para o USA, a primeira é o sistema métrico.

Em média, o limite de velocidade nas estradas é de 70 milhas por hora, mas isso significa que são 115km/h, por isso, saber a conversão de milhas para km é essencial.

Além disso, as estradas possuem rest areas, com vending machines, lugar planejado para as paradas de quem viaja à carro.

Basicamente, rest areas são áreas pensadas para quem viaja e precisa de um lugar para descansar, e os vending machines são máquinas com lanches e bebidas para quem quiser.

rest areas são áreas feitas para seu descanso durante sua road trip USA

É ideal especialmente para quem tem crianças no carro e precisa descansar e comer um lanche.

Quanto aos postos de gasolina, há uma grande sinalização nas estradas que informam a que distância fica o próximo posto. Isso é super importante para planejar paradas ao banheiro, por exemplo.

Planejamento

Outro ponto importante da sua road trip USA é o planejamento, ele tem que ser feito com bastante antecedência.

Ele deve incluir coisas básicas que não devem ser esquecidas para a viagem, abaixo listamos algumas coisas.

Os primeiros 5 passos do planejamento da Road Trip USA:

  1. Permissão para dirigir no país. É importante saber como você vai poder dirigir um carro em outro país. Normlamente a escolha é o PID (Permissão Internacional para Dirigir) que você pode solicitar em qualquer orgão de trânsito local, a taxa pode variar de acordo com o estado. (possivel video no yt link colocar)
  2. Definir datas – Definindo suas datas e destino você consegue calcular custos antecipadamente como, gasolina, mantimentos, hospedagem, e se for acampar, a previsão do tempo.
  3. Se informar – Leia sobre outros brasileiros que fizeram road trip nos USA, no youtube e no site roadtrippers você consegue acessar muito conteúdo que pode te dar dicas valiosas.
  4. Bolsa térmica – Nunca se sabe quanto tempo pode levar para ver uma lojinha de conveniência de novo durante a estrada. É importante ter comidinhas no carro e uma bolsa térmica que ajude a manter as bebidas e petiscos frescos.
  5. Considere Acampar – Para aqueles que não conseguem arcar com os gastos de dormir em hotéis ou airbnbs, alugar um carro grande e acampar é uma ótima opção, é mais barato e mais fácil. No USA também existem muitos lugares seguros para acampar com seu carro, como os campings.

Os outros 5 passos do planejamento da sua road trip USA

  1. Qual Carro? – Saber o seu tipo de viagem e destino te diz qual tipo de carro você vai precisar. É importante alugar com antecedência e optar por quilometragem ilimitada.
  2. Regras de Trânsito – É do seu interesse consultar as regras de trânsito do país antes de simplesmente sair por aí. No site do gov do USA você encontra informações e dicas a respeito das regras de cada estado.
  3. Baixe apps! – Procure saber que aplicativos podem ser importantes e te auxiliar durante sua road trip USA. Além disso é importante também comprar um chip do país afim de sempre te acesso à internet.
  4. Música – Você passará horas e horas dirigindo pelos mais diversos cantos, então, crie uma paylist musical pensando nisso. Inclua podcasts, audiobooks, pense na trilha sonora da sua inesquecível road trip USA.
  5. Se divirta! – Acima de tudo uma viagem como essa é feita para criar lembranças, histórias que serão contadas para amigos e família. Escolha bem sua compainha, suas distrações e se divirta nessa aventura!
Saiba dicas essenciais para sua road trip USA!

Hospedagem vs Camping

Saber onde se hospedar é obviamente uma parte importante do seu planejamento e viagem, é necessário pensar em conforto e segurança.

Existe uma variedade de opções, nós já falamos brevemente sobre Hospedagem e Camping durante sua road trip USA mas vamos mais adentro no assunto.

Ambas as opções podem ser divertidas, mas existem diferenças, vantagens e desvantagens em cada uma delas.

Camping durante sua road trip tem benefícios como:

  • Mais barato
  • Proximidade com natureza
  • Trazer pets
  • Proximidade com pontos turisticos
  • Atividades ao ar livre
  • Fogueiras à noite
  • Facilidde para conhecer pessoas locais

estudos que comprovam que acampar também pode fazer bem para sua saúde física e mental pois dá acesso fácil ao sol, natureza, ar mais limpo e influencia no exercício físico.

Estar em um hotel também há muitas vantagens, como por exemplo:

  • Menos planejamento
  • Controle climático do ambiente
  • Privacidade
  • Comforto garantido
  • Sem necessidade de limpar tudo

Como vimos acima, não existem muitas desvantagens em ficar num hotel a não ser o possível custo, como as road trips costumam ter muitas paradas é possível que muito dinheiro seja gasto em hóteis diferentes.

Destinos para sua road trip USA

Caso você esteja procurando inspirações e ideias de destinos e caminhos para sua viagem, separamos aqui uma lista com lugares liiindos ao redor de todo os EUA para você conhecer.

 Grand Teton National Park – O lugar perfeito para acampar, fazer trilhas, atividades de pesca, canoagem, escaladas e mais. O tempo mínimo para aproveitar bem o local seria de 3 dias.

Grand Teton National Park (U.S. National Park Service) o parque ideal para sua road trip USA!

Oregon Coast – O litoral de Oregon é um ótimo caminho para viajantes de carro, cheio de florestas, praias, montanhas, as paisagens são de tirar o fôlego. O tempo mínimo para aproveitar a costa é de 5 à 7 dias.

Oregon Coast - visite a costa durante a sua road trip USA!

Badlands National Park – Ao sul de Dakota, Badlands é perfeito para quem gosta de admirar incríveis paisagens no horizonte, rochas, cores, vida selvagem. O tempo mínimo recomendado para aproveitar o local é de 2 dias.

Imperdível na sua Road Trip USA, visite o Parque Nacional de Badlands.

Las Vegas – A super querida e adorada Las Vegas é um destino super interessante também para quem quer visitar as inúmeras opções de diversão da cidade. Além de seus cassinos e hotéis. Nevada também possui uma natureza linda. O tempo médio para aproveitar com calma é de 5 dias.

A imperdível Las Vegas também deve estar dentro da sua road trip USA!

Rota 66 – Você deve reconhecer essa estrada que além de muito tradicional em road trips pelos USA é também muito popular em séries de TV e filmes. A rota é a principal ligação entre Leste e o Oeste do país, começando em Chicago (Illinois) terminando em Santa Mônica (California).

A Rota 66 é um ótimo caminho para tomar durante sua Road Trip USA!

Fazendo roadtrip USA durante seu Intercâmbio

Existem muitas vantagens em fazer intercâmbio para USA, inclusive temos um post sobre as vantagens de fazer intercâmbio no país, mas mais uma dessas vantagens é a road trip.

E sim, é possível fazer uma road trip durante seu intercâmbio USA basta se planejar direitinho.

Muitos destinos podem ser feitos de carro, ônibus ou avião e também é possível ver grupos de excursão que efetuam esse tipo de viagem no país. O trip advisor é um bom local para procurar suas opções.

É possível conversar com sua agência de intercâmbio sobre sua organização de road trip USA pós as finalizações das aulas no intercâmbio, ou até mesmo planejar com seus colegas de intercâmbio para realizar esse sonho durante as férias.

De qualquer forma, a Dreams intercâmbios pode te dar dicas, além de te auxiliar em todos os quesitos durante sua viagem, se você quer realizar essa viagem com o melhor time, entre em contato com a gente!

Veja também:

Custo de vida nos Estados Unidos em 2022: economize durante a viagem

Como comprar passagens aéreas baratas: tudo que você precisa saber pra economizar

Como planejar seu intercâmbio: 5 passos pra tirar seu sonho do papel

Curtiu o conteúdo sobre Road Trip USA?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Estados Unidos Estude um idioma fora do Brasil Tudo sobre intercâmbio

Razões para fazer intercâmbio High School no EUA!

Fala galera! No post de hoje, a gente vai te mostrar motivos do porquê você deve fazer um intercâmbio High School nos EUA, esse país que recebe milhares de estudantes internacionais todos os anos e que espera por você!

Diversas opções de estudo

Por ser um país super habituado a receber estudantes internacionais, os EUA oferecem muitas oportunidades de estudos, cursos, e projetos para diversos níveis de aprendizagem e duração. Isso permite que cada estudante único possa procurar o que funciona melhor para ele! É o país perfeito para seu High School, não é?

Pensando em fazer intercâmbio High School numa das maiores potências mundiais? Continua lendo para saber porque você deve investir nesse sonho!

Costumes & Clima similar

Diferente da maioria dos Europeus, os estadunidenses têm uma natureza mais calorosa e parecida com a do Brasileiro do que pode parecer. A rotina, a alimentação, a maneira de portar, o amor por esportes e celebração.

Que tal ser imerso numa cultura diferente durante seu intercâmbio High School?

Além de que os EUA por ser um país grande oferece uma vasta opção de clima, fazendo com que você possa ir para um lugar com a sua ideia de clima ideal! Imagina fazer High School em Los Angeles por exemplo? Onde o clima é bem ensolarado e fresco, perfeito para pessoas que gostam ou estão mais acostumadas com o calor.

Referência em Educação

Os EUA é um dos países que mais investe em educação no mundo! Tanto o ensino básico (ex. High School) quanto o ensino superior por exemplo, inclusive algumas das melhores universidades do mundo como Harvard, Yale, Columbia e mais!

Uma das melhores educações do mundo os EUA espera você para um experiência intercâmbio High School.

A terra do Uncle Sam também carrega consigo o título de melhor ensino superior do mundo, ficando na frente de países como Suíça, Suécia e Dinamarca. Em 2015 o país investiu ao total cerca de 700 bilhões de dolares em seus alunos, e diferente do Brasil, a educação privada e pública são ambas de alta qualidade

Oportunidade de trabalho durante Intercâmbio High School

Se depois do seu High School você se interessar por universidades dos EUA saiba que os intercâmbios para o país abrem muitas portas para isso, e facilita a criação de vínculos com boas instituições.

Porque não fazer um intercâmbio High School nos EUA e abrir seus horizontes?

A aproximação de empresas e negócios com as faculdades e universidades locais também ajudam os estudantes a ingressarem em carreiras internacionais no futuro. O país é lar de muitas multinacionais e tem um vasto mercado à procura de profissionais qualificados.  

Multicultura durante o intercâmbio

Os EUA é super conhecido no mundo pelo comércio, isso movimenta muito a economia, gerando trabalho, turismo, estudo e vivências essenciais para quem pisa naquela terra.

Diversidade e pluralismo são adjetivos que não faltam para estudantes  de intercâmbio High School durante seu período nos EUA.

Esse polo de comércio atrai pessoas do mundo inteiro fazendo com que seja praticamente impossível não conhecer pessoas de diversos lugares do mundo durante sua estadia no país, principalmente em programas de intercâmbio por exemplo. Aproveite essa oportunidade para aumentar sua bagagem cultural durante seu intercâmbio High School!

Agora que você viu as vantagens de realizar um High School nos Estados Unidos que tal ficar um passo mais perto de realizar esse sonho? Entre em contato com a gente e nos siga em nossas redes sociais!

Estudar nos Estados Unidos: 7 vantagens de fazer intercâmbio nos EUA

Custo de vida nos Estados Unidos em 2022: economize durante a viagem

Educação nos Estados Unidos: Como funciona

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Dicas de viagem Estados Unidos Estude e trabalhe no exterior Estude um idioma fora do Brasil Graduação e Pós no Exterior Tudo sobre intercâmbio Vistos e documentações

Educação nos Estados Unidos: Como funciona

Fala galera! Hoje nós preparamos um post super completo sobre educação nos Estados Unidos, a gente sabe que o país é uma potência crescente que recebe milhares e milhares de estudantes de todo mundo e por isso é super importante entender como funciona a educação por lá.

O que você verá nesse post:

  1. Educação nos EUA
  2. Como funciona o Ensino Superior nos EUA
  3. Melhores Universidades
  4. Estudando e Trabalhando

Educação nos Estados Unidos

A educação é algo que é prioridade nos EUA, mais da metade de sua população possui diploma, mas como imigrante é importante entender como funciona o sistema de educação superior do país, já que ele difere do Brasileiro.

Na parte primária, o ensino nos EUA começa na faixa dos seis anos de idade no país, contudo, cada estado possui suas próprias regras em relação à admissão dos pequenos nas escolas, alguns estados, como o de Nova York , aceita crianças de 5 anos, Massachusetts começa o ensino das crianças aos 3 anos, o famoso “Pre-K”.

O período de estudo normalmente dura sete horas, com intervalo de uma hora, existem também disciplinas optativas e sempre é um professor responsável por todas as disciplinas.

Algo super importante para se ter conhecimento sobre é o GPA (Grade Point Average) é que ele é basicamente o histórico escolar do país, ele registra as notas desde o início até o fim da escola secundária, os números dessas notas passam por uma conversão para letras para que o desempenho seja qualificado.

O GPA também possui uma média que avalia esse desempenho que o aluno teve durante sua vida escolar, e ele serve para que os alunos possam ser aceitos nas universidades.

Golden Gate é um dos lugares mais famosos dos EUA, e super vale a pena visitar durante seu periodo de educação no país.

Como Funciona a educação superior nos EUA

Sobre educação superior nos Estados Unidos, existem duas opções, College ou University, para ingressar na faculdade é preciso informações acadêmicas, como notas, atividades, testes padrões, redações e entrevistas. Para estrangeiros é também exigido aquele famoso teste de proficiência em inglês, só assim eles terão segurança de que você entenderá as aulas sem dificuldade de compreensão da língua.

A educação lá dura entre 4 a 6 anos e não existem faculdades de graça que nem aqui, há faculdades públicas que ainda sim exige gastos significativos, contudo, existem bolsas de estudos, programas de financiamento e também existe a universidade comunitária que dura e custa menos. 

Há cursos com forma diferente do padrão, como Med. Veterinária, Medicina, Direito e etc. Todos os outros seguem as mesmas etapas de graduação, mestrado e doutorado. Ainda que os nomes sejam iguais, existem divergências como por exemplo:

Temos de modo geral três grandes áreas acadêmicas sendo elas, humanidades, ciências sociais e ciências de saúde e as algumas disciplinas são opcionais, essas 3 áreas estão divididas entre Associated Degrees e Bachelor’s Degrees

Estudar Fora: checklist com 10 itens pra estar em dia antes de estudar no exterior

Associated Degrees & Bachelor’s Degrees

Associated Degrees são cursos superiores com curta duração, programas acadêmicos feitos para serem concluídos em dois anos, os créditos obtidos nesses programas são reconhecidos em instituições de educação como parte das licenciaturas de quatro anos.

Nesse período você aprende teoria, complementa com disciplinas específicas, e com ele é possível trabalhar em áreas como enfermagem, áreas de educação, saúde e tecnologia.

Licenciatura e Bacharelado, por outro lado, são cursos universitários que assim como aqui no Brasil, duram quatro anos, nos quais o aluno cumpre com os créditos para a função de especialidade escolhida.

Os cursos são das áreas de Humanas, ciências sociais, filosofia, religião, estudos interdisciplinares ou cultura recebem licenciatura ou Bacharel em Artes (B.A). Para cursos de matemática, física e ciências exatas no geral eles podem receber uma licenciatura em ciências ou um B.S (Bacharelado em ciências).

Não dá para falar de educação superior nos EUA sem falar de Harvard uma das universidades mais importantes do país e do mundo,

Graduação

Os anos de graduação nos Estados Unidos são divididos em 4, freshman, sophomore, junior e sênior que correspondem respectivamente ao primeiro, segundo, terceiro e último ano. Apenas no terceiro ano, “Júnior”, o estudante decide em que curso ele vai se tornar bacharel, antes disso as disciplinas são mais de conhecimento gerais, assim o aluno consegue ter tempo para refletir em que ele realmente quer se formar.

Uma coisa importante para se ter em mente durante seu período de educação superior nos EUA, é que no país, o sistema de educação é baseado em horas e não em anos! Por isso, existem carga horárias diferentes para Major e para Minor, sendo 60 horas e 30 horas respectivamente.

Assim que se chega no nível Junior você escolhe a habilitação na qual pretende concluir seu curso de bacharel, para ela se dá o nome de Major e você também pode, depois disso, escolher o Minor que permite a escolha de cadeiras eletivas relacionadas a sua habilitação. Por exemplo, se você escolhe o curso de jornalismo como Major, o Minor pode ser Jornalismo Investigativo.

Para cursos como medicina, direito, você não escolhe sua habilidade específica quando se torna um Junior, em medicina por exemplo se escolhe se faz “Pre-Med” ou “Pre-Vet”, para direito tem “Pre-Law” que são um preparo inicial do curso que o estudante deseja se formar.

Após o seu quarto ano, Sênior, é feito um exame para avaliar seus conhecimentos e após a aprovação o aluno é encaminhado para uma escola profissional onde se conclui o restante dos estudos, na “Professional School” a duração desses cursos específicos (medicina, direito, med, vet, odonto) variam de 4 a 8 anos.

Melhores Universidades

  1. Harvard University
  2. Stanford University
  3. Yale University
  4. Columbia University
  5. Princeton University
  6. New York University
  7. University of Pennsylvania
  8. Brown University
  9. Massachusetts Institute of Technology (MIT)
  10. University of Chicago

Estudando e Trabalhando

Existe a possibilidade de estudar e trabalhar nos EUA como estudante internacional utilizando programas Work & Travel, mas é preciso ficar atento às restrições pois existem algumas.

Existem os vistos para estudantes internacionais como F-1 e o M-1 que permitem que o estudante estrangeiro trabalhe no campus da sua faculdade ou em programas de treinamento, não é permitido trabalhar fora do campus durante o seu primeiro ano.

Além desses vistos existe também o OPT (Optional Pratical Training), ele é uma autorização de trabalho temporária que permite com que estudantes que tem o visto F-1 possam trabalhar na sua área de estudo e adquirir experiência, depois da graducação. Ele pode ser aplicado toda vez que você subir um nível de educação, então ele pode ser aplicado em nível Bacharel por doze meses, e depois por doze meses novamente no mestrado e por aí vai.

Para programas certificados em STEM (ciência, tecnologia, engenharia, matemática), os alunos internacionais podem obter uma extensão de até 24 meses, pelo total de 36 meses.

Existe também um programa que permite você trabalhe enquanto estuda, ele é o CPT – (Curricular Practical Training), que autoriza estudantes estrangeiros com visto F-1 a fazerem estágios remunerados, não remunerados, ou terem algum tipo de treinamento profissional e ele só é feito antes da graduação.

Você somente poderá aplicar para o OPT se fizer meio período de CPT. Ou seja estudantes que aplicaram o CPT para tempo integral não podem aplicar o OPT.

Dessa forma os alunos estudam e trabalham, o trabalho dura cerca de 20 horas por semana ou menos ou de forma integral 20 horas por semana ou mais, o programa acadêmico do CPT serve para que os estudantes tenham a experiência prática do seu futuro profissional.

Os empregos, geralmente estágios (no caso de alunos de graduação), podem ser dentro ou fora do campus – neste caso, o estudante deve conseguir o emprego por conta própria, mas muitas faculdades e universidades os ajudam a encontrar as melhores vagas.

Há também o Non-Required CPT, que pode ser completado como crédito acadêmico, ainda sim não é obrigatório, estudantes que participarem de um programa como CPT devem fazê-lo de forma integral e valendo crédito acadêmico para manter o status do visto F-1.

De qualquer forma os estudantes estão autorizados a trabalhar até 20 horas semanais no campus durante o curso e 40 horas por semana nas férias. Nestes casos, a permissão está atrelada ao visto de estudo e o aluno internacional não precisa trabalhar na área de estudo.

Agora que você já sabe como funciona a educação superior nos estados unidos, e está mais que preparado não deixe de entrar em contato com a gente para realizar esse sonho!

Veja também:

Estudar nos Estados Unidos: 7 vantagens de fazer intercâmbio nos EUA

Custo de vida nos Estados Unidos em 2022: economize durante a viagem

Ivy League: tudo sobre as 8 universidades dos EUA

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Estados Unidos Estude e trabalhe no exterior Graduação e Pós no Exterior Notícias

Medicina nos EUA: descubra como funciona o curso nos Estados Unidos

Fala, galera! Estudar medicina nos EUA é a realização de um sonho maior para muitas pessoas. O país possui as melhores instituições da área e tecnologia de ponta para seus profissionais e pacientes.

Pensando nisso, preparamos esse guia pra te ajudar a entender como será seu futuro enquanto estudante no país, dá uma olhada!

Como fazer medicina nos EUA

Se você está pensando em iniciar sua carreira de medicina nos Estados Unidos, tá no caminho perfeito!

De acordo com o U.S Bureau of Labor Statistics o salário médio de um médico americano em 2019 ultrapassou $200.00. Bom demais, né?

E para ingressar na carreira de medicina nos EUA, você precisará estar bem preparado pra aplicar para as instituições que deseja. O processo de aplicação inclui diversas documentações, incluindo sua carta de intenção – o que irá te diferenciar na disputa por sua vaga.

Como ser um médico nos EUA

Nos EUA, a carreira de um médico costuma seguir as seguintes etapas:

  1. Faça um bacharelado: e dê preferência para a área de saúde! Cursos como Pre-medicine e Biology são bem visto pelos Boards das Medical Schools estadunidenses. E claro, busque trabalhar com pesquisas durante sua graduação, isso irá destacar seu currículo!
  2. Passe no MCAT, exame de admissão pra estudar medicina nos EUA: nos Estados Unidos e Canadá a nota do MCAT é pedida para o ingresso em diversos cursos de saúde. No site da Hotcourses tem um guia bem legal sobre o teste.
  3. Aplique para Medical Schools: depois de ter sua nota do MCAT, você pode aplicar através da AMCAS, que simplifica o processo para estudantes ao redor do país. Normalmente estudantes aplicam durante o primeiro ano do College, quando fazem o bacharelado.
  4. Faça o exame para ser um médico licenciado (USMLE): O USMLE é a prova da OAB dos médicos americanos e você deve fazer antes de ingressar na sua residência médica.
  5. Aplique para sua residência médica: No ano final de seu curso, comece a aplicar para as residências das instituições que chamam sua atenção. Nesse guia da Medway você consegue entender melhor o funcionamento do sistema de saúde nos EUA e a residência.

Depois disso, você deve finalizar sua Medical School, iniciar sua residência e finalizar a última etapa prática do USMLE. Ao final de sua residência, você já estará preparado para ingressar nas melhores vagas de emprego nos melhores hospitais dos Estados Unidos.

[Post] Estudar fora do Brasil: passo a passo pra graduação no exterior

Como validar seu diploma de medicina brasileiros nos EUA

Caso você já tenha um diploma na área de saúde, mais especificamente de medicina, é possível sim aproveitar e revalidar seu diploma para atuar no exterior.

Nos Estados Unidos, você precisa fazer o USMLE, o United States Medical Licensing Examination, um exame separado em 3 etapas. Sendo elas:

  1. Step 1: O primeiro exame é uma prova que possui 308 questões de múltipla escolha dividida em 7 blocos de 44 questões. Cada bloco dura em média 1 hora e pode ser feita online em centros de aplicação especializado.
  2. Step 2: Aqui suas habilidades clínicas serão avaliadas com uma prova de múltipla escolha, com 8 blocos de 44 perguntas cada; e outra prática, simulando um atendimento da vida real.
  3. Step 3: Na última etapa estarão avaliando sua capacidade de praticar medicina sem supervisão. Com duas seções: Foundations of Independent Practice (FIP) e Advanced Clinical Medicine (ACM).

Além da prova, você precisará ter um nível de proficiência avançado no inglês pra poder atuar na profissão com facilidade.

Caso esteja inseguro com seu inglês ou queira se preparar melhor para a prova, existem cursos específicos e profissionalizantes que preparam os profissionais de saúde e você pode descobrir mais entrando em contato com nossos consultores aqui.

Melhores faculdades de medicina nos EUA

E não é atoa que o Estados Unidos é o melhor país pra você fazer uma graduação ou especialização na área de saúde.

A partir de uma análise das turmas de medicina, professores, satisfação de estudantes e contribuição com a pesquisa e desenvolvimento da área, trouxemos pra você as melhores universidades de medicina nos EUA. Dá uma olhada:

InstituiçãoPosição no
Ranking Global
Localização
Harvard UniversityCambridge
Stanford UniversityStanford
Johns Hopkins UniversityBaltimore
UCLALos Angeles
Yale UniversityNew Haven
MIT11ºCambridge
University of California,
San Francisco
13ºSan Francisco
Columbia University14ºNew York City
University of Pennsylvania15ºPhiladelphia
Duke University17ºDurham

Como estudar nos Estados Unidos?

De acordo com a Kaiser Family Foundation existem mais de 900 mil praticantes de medicina nos EUA, e segundo o American Immigration Council, o setor de saúde do país é o que conta com a maior participação de estrangeiros, sendo estes 15,6% dos profissionais da área. E parte desses profissionais são brasileiros.

No ano de 2021 o número de brasileiros que se tornaram cidadãos americanos bateu um recorde, dobrando o número do ano anterior: mais de 12 mil brasileiros alcançaram a dupla cidadania no país. 

E não para por aí: as emissões de green card também surpreendem, com 17.952 expedições para brasileiros, 44% desse número através de contratos de trabalho. Esses dados foram disponibilizados pela AG Immigration.

E qual a melhor forma de conseguir uma boa proposta de trabalho nos Estados Unidos se não através da educação superior no país?

Pensando nisso, nossa equipe de Assessoria Acadêmica é especializada no desenvolvimento de estratégias e suporte para aplicação nas melhores instituições do país. Te ajudamos a traçar uma rota rumo ao seu sonho, te dando todo o auxílio: de antes da aplicação até depois de você viajar.

Se você deseja conhecer mais da nossa equipe, entre em contato através do nosso WhatsApp clicando aqui.

Postagens que você também pode gostar de ver:

Medicina no Canadá: tudo que você precisa saber sobre a carreira

Estudar nos Estados Unidos: 7 vantagens de fazer intercâmbio nos EUA

Ivy League: tudo sobre as 8 universidades dos EUA

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Curiosidades Dicas de viagem Estados Unidos Estude um idioma fora do Brasil Tudo sobre intercâmbio

O que fazer em Orlando: 15 pontos turísticos que você precisa conhecer

Fala, galera! Está planejando uma viagem para os EUA e quer saber o que fazer na cidade? Separamos 15 pontos turísticos de Orlando incríveis que vão te fazer se apaixonar pela cidade… e não querer sair nunca mais!

O que fazer em Orlando: diversão na cidade

Apesar de ser conhecida pelos parques da Disney, a cidade de Orlando tem muito mais diversão para oferecer..

No verão, as ruas da cidade ficam lotadas de viajantes do mundo inteiro que buscam experiências únicas, e por conta da variedade em opções de entretenimento, hospedagem, restaurantes e instituições de ensino para quem deseja aproveitar a viagem pra colocar o inglês em dia, é importante se preparar.

Por isso, após ler esse post, já anote as atrações e compre os ingressos com antecedência. Assim, você irá economizar tempo e dinheiro.

Ah, e claro, não deixe de guardar algumas horas para conhecer as praias magníficas da Flórida, como Cocoa Beach, que está localizada há 45 minutos da cidade de Orlando.

[Post] Intercâmbio de 1 mês: dicas pra aproveitar as férias no exterior

Explore a galáxia no Kennedy Space Center

O Kennedy Space Center é uma pequena parte da NASA, a Agência Espacial Americana.

O espaço é um museu interativo, com programas e atividades que te permitem explorar o mundo espacial com que mais entende.

Esse ponto turístico de Orlando fica a 1 hora de Orlando e no caminho você passará por 4 pedágios no caminho. Ele costuma estar aberto todos os dias das 9h às 18h, e os ingressos custam US$50 para adultos e U$40 pra crianças.

O tour pelo centro inteiro precisará de um dia inteiro, mas quantas vezes você terá a chance de estar na NASA?

A Clássica Flórida no Old Town Kissimmee

Old Town Kissimmee ou Old Town Orlando é uma região que parece ter parado no tempo. Tudo lembra a uma Flórida antiga, com construções, carros e parques temáticos dos anos 60.

A atração é considerada por muitos a melhor experiência em Orlando e se você quiser conhecer, pode agendar seu passeio com antecedência aqui.

Adrenalina no Fun Spot America

Parques de diversões gigantes e com atrações radicais para toda a família? O Fun Spot America em Orlando tem!

Desde pistas de kart, carrinhos bate-bate, carrossel, jogos clássicos de videogame até montanhas-russas, esse ponto turístico de Orlando está pronto para receber você. Os ingressos você pode conferir aqui.

[Post] Como tirar seu Visto Americano em 2022

Natureza em Orlando

Mas não só de parques radicais vive Orlando! A cidade possui diversos pontos onde você pode estar em contato com a natureza.

No Exotic Animal Experience você tem a experiência de dividir um espaço natural com animais selvagens. Além disso, ainda pode tocar e acariciar as criaturinhas como lêmures, macacos e cangurus.

Outro espaço animal é o famoso parque dos jacarés, o Gatorland! Esse é para os mais corajosos, ein? Há apenas 8km dos parques da Disney, esse parque conta com jacarés de verdade e de mentira, tartarugas e pássaros.

Mas se jacarés não forem seus animais preferidos, sempre haverá o belíssimo SEA Life Orlando Aquarium. Aberto nos finais de semana, os ingressos custam U$25 para adultos e U$21 para crianças de 3 a 12 anos de idade.

O espaço é super interativo e permite belíssimas fotos com animais exóticos. Inclusive, você ainda pode ter a experiência única de acariciar anêmonas e estrelas do mar!

Hora de ir às compras!

Não podemos deixar de lado as compras, não é verdade? Orlando oferece diversos centros comerciais para seus visitantes. Aqui iremos destacar o The Florida Mall, um ponto turístico bem tradicional e localizado próximo ao Aeroporto Internacional de Orlando.

E pra curtir durante as compras, o Universal’s CityWalk, centro de entretenimento da Universal Studios não deixa a prometer! O espaço possui atrações e espaços super legais para fotos com os amigos.

A entrada é gratuita e você pode entrar andando sem nenhum estresse. É diversão garantida para os amantes de Hollywood.

[Post] Como levar dinheiro para o exterior em segurança

Aventuras? Em Orlando nós temos!

Achou as atividades muito paradas?! Que tal conhecer o Paddleboard Orlando, que oferece a experiência de praticar o Stant Up Paddle, um esporte-lazer onde você rema em cima de uma prancha de surfe?

Ou então, que tal inovar com um passeio de helicóptero com o Helicopter Tours, sobrevoando a cidade e enxergando suas belezas de um novo ponto de vista?

Mas, se mergulhar com golfinhos for seu sonho, a hora é agora! O Florida Dolphin Tours te permite acompanhar as belezas naturais do golfinhos de Orlando. Com certeza esse será um momento inesquecível pra toda a família.

Ainda no mar, um passeio de Jet Ski também é uma opção de curtição entre você e seus amigos! Pra isso, empresas como a Extreme Jet Ski of Orlando podem te auxiliar.

O que fazer na Flórida: visite os museus

Quer ver mais sobre a história e cultura pop local? Então você precisa conhecer este ponto turístico de Orlando, o Madame Tussauds Orlando.

O maior e melhor museu de cera do mundo, que conta com esculturas perfeitas de celebridades como Taylor Swift, Will Smith, Beyonce e personagens da Marvel.

Os ingressos custam U$36,99 e crianças menores de 3 anos não pagam! Você pode conferir mais sobre os valores aqui.

Ou talvez, um museu no estilo do filme Uma Noite do Museu pode ser o que você estava buscando! O Orlando Science Center é um programa incrível para famílias e amantes da ciência!

Os valores para conhecer estão por volta de:

  • Adulto (acima de 12 anos): US$27.
  • Criança (entre 3 e 11 anos): US$18.
  • Idoso (acima de 55 anos): US$24.
  • Bebê (2 anos ou menos): Não paga.

Para comprar os ingressos é só clicar aqui.

E pra fechar com chave de ouro, não deixe de visitar o The World of Chocolate Museum: cheio de esculturas de chocolate, é a própria Fábrica de Chocolate da vida real.

Postagens que você também pode gostar:

Custo de vida nos Estados Unidos em 2022: economize durante a viagem

Como estudar inglês sozinho: roteiro de estudos gratuito

Estudar nos Estados Unidos: 7 vantagens de fazer intercâmbio nos EUA

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.