Categories
Estados Unidos Estude e trabalhe no exterior Graduação e Pós no Exterior Notícias

Medicina nos EUA: descubra como funciona o curso nos Estados Unidos

Fala, galera! Estudar medicina nos EUA é a realização de um sonho maior para muitas pessoas. O país possui as melhores instituições da área e tecnologia de ponta para seus profissionais e pacientes.

Pensando nisso, preparamos esse guia pra te ajudar a entender como será seu futuro enquanto estudante no país, dá uma olhada!

Como fazer medicina nos EUA

Se você está pensando em iniciar sua carreira de medicina nos Estados Unidos, tá no caminho perfeito!

De acordo com o U.S Bureau of Labor Statistics o salário médio de um médico americano em 2019 ultrapassou $200.00. Bom demais, né?

E para ingressar na carreira de medicina nos EUA, você precisará estar bem preparado pra aplicar para as instituições que deseja. O processo de aplicação inclui diversas documentações, incluindo sua carta de intenção – o que irá te diferenciar na disputa por sua vaga.

Como ser um médico nos EUA

Nos EUA, a carreira de um médico costuma seguir as seguintes etapas:

  1. Faça um bacharelado: e dê preferência para a área de saúde! Cursos como Pre-medicine e Biology são bem visto pelos Boards das Medical Schools estadunidenses. E claro, busque trabalhar com pesquisas durante sua graduação, isso irá destacar seu currículo!
  2. Passe no MCAT, exame de admissão pra estudar medicina nos EUA: nos Estados Unidos e Canadá a nota do MCAT é pedida para o ingresso em diversos cursos de saúde. No site da Hotcourses tem um guia bem legal sobre o teste.
  3. Aplique para Medical Schools: depois de ter sua nota do MCAT, você pode aplicar através da AMCAS, que simplifica o processo para estudantes ao redor do país. Normalmente estudantes aplicam durante o primeiro ano do College, quando fazem o bacharelado.
  4. Faça o exame para ser um médico licenciado (USMLE): O USMLE é a prova da OAB dos médicos americanos e você deve fazer antes de ingressar na sua residência médica.
  5. Aplique para sua residência médica: No ano final de seu curso, comece a aplicar para as residências das instituições que chamam sua atenção. Nesse guia da Medway você consegue entender melhor o funcionamento do sistema de saúde nos EUA e a residência.

Depois disso, você deve finalizar sua Medical School, iniciar sua residência e finalizar a última etapa prática do USMLE. Ao final de sua residência, você já estará preparado para ingressar nas melhores vagas de emprego nos melhores hospitais dos Estados Unidos.

[Post] Estudar fora do Brasil: passo a passo pra graduação no exterior

Como validar seu diploma de medicina brasileiros nos EUA

Caso você já tenha um diploma na área de saúde, mais especificamente de medicina, é possível sim aproveitar e revalidar seu diploma para atuar no exterior.

Nos Estados Unidos, você precisa fazer o USMLE, o United States Medical Licensing Examination, um exame separado em 3 etapas. Sendo elas:

  1. Step 1: O primeiro exame é uma prova que possui 308 questões de múltipla escolha dividida em 7 blocos de 44 questões. Cada bloco dura em média 1 hora e pode ser feita online em centros de aplicação especializado.
  2. Step 2: Aqui suas habilidades clínicas serão avaliadas com uma prova de múltipla escolha, com 8 blocos de 44 perguntas cada; e outra prática, simulando um atendimento da vida real.
  3. Step 3: Na última etapa estarão avaliando sua capacidade de praticar medicina sem supervisão. Com duas seções: Foundations of Independent Practice (FIP) e Advanced Clinical Medicine (ACM).

Além da prova, você precisará ter um nível de proficiência avançado no inglês pra poder atuar na profissão com facilidade.

Caso esteja inseguro com seu inglês ou queira se preparar melhor para a prova, existem cursos específicos e profissionalizantes que preparam os profissionais de saúde e você pode descobrir mais entrando em contato com nossos consultores aqui.

Melhores faculdades de medicina nos EUA

E não é atoa que o Estados Unidos é o melhor país pra você fazer uma graduação ou especialização na área de saúde.

A partir de uma análise das turmas de medicina, professores, satisfação de estudantes e contribuição com a pesquisa e desenvolvimento da área, trouxemos pra você as melhores universidades de medicina nos EUA. Dá uma olhada:

InstituiçãoPosição no
Ranking Global
Localização
Harvard UniversityCambridge
Stanford UniversityStanford
Johns Hopkins UniversityBaltimore
UCLALos Angeles
Yale UniversityNew Haven
MIT11ºCambridge
University of California,
San Francisco
13ºSan Francisco
Columbia University14ºNew York City
University of Pennsylvania15ºPhiladelphia
Duke University17ºDurham

Como estudar nos Estados Unidos?

De acordo com a Kaiser Family Foundation existem mais de 900 mil praticantes de medicina nos EUA, e segundo o American Immigration Council, o setor de saúde do país é o que conta com a maior participação de estrangeiros, sendo estes 15,6% dos profissionais da área. E parte desses profissionais são brasileiros.

No ano de 2021 o número de brasileiros que se tornaram cidadãos americanos bateu um recorde, dobrando o número do ano anterior: mais de 12 mil brasileiros alcançaram a dupla cidadania no país. 

E não para por aí: as emissões de green card também surpreendem, com 17.952 expedições para brasileiros, 44% desse número através de contratos de trabalho. Esses dados foram disponibilizados pela AG Immigration.

E qual a melhor forma de conseguir uma boa proposta de trabalho nos Estados Unidos se não através da educação superior no país?

Pensando nisso, nossa equipe de Assessoria Acadêmica é especializada no desenvolvimento de estratégias e suporte para aplicação nas melhores instituições do país. Te ajudamos a traçar uma rota rumo ao seu sonho, te dando todo o auxílio: de antes da aplicação até depois de você viajar.

Se você deseja conhecer mais da nossa equipe, entre em contato através do nosso WhatsApp clicando aqui.

Postagens que você também pode gostar de ver:

Medicina no Canadá: tudo que você precisa saber sobre a carreira

Estudar nos Estados Unidos: 7 vantagens de fazer intercâmbio nos EUA

Ivy League: tudo sobre as 8 universidades dos EUA

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Curiosidades Dicas de viagem Estados Unidos Estude um idioma fora do Brasil Tudo sobre intercâmbio

O que fazer em Orlando: 15 pontos turísticos que você precisa conhecer

Fala, galera! Está planejando uma viagem para os EUA e quer saber o que fazer na cidade? Separamos 15 pontos turísticos de Orlando incríveis que vão te fazer se apaixonar pela cidade… e não querer sair nunca mais!

O que fazer em Orlando: diversão na cidade

Apesar de ser conhecida pelos parques da Disney, a cidade de Orlando tem muito mais diversão para oferecer..

No verão, as ruas da cidade ficam lotadas de viajantes do mundo inteiro que buscam experiências únicas, e por conta da variedade em opções de entretenimento, hospedagem, restaurantes e instituições de ensino para quem deseja aproveitar a viagem pra colocar o inglês em dia, é importante se preparar.

Por isso, após ler esse post, já anote as atrações e compre os ingressos com antecedência. Assim, você irá economizar tempo e dinheiro.

Ah, e claro, não deixe de guardar algumas horas para conhecer as praias magníficas da Flórida, como Cocoa Beach, que está localizada há 45 minutos da cidade de Orlando.

[Post] Intercâmbio de 1 mês: dicas pra aproveitar as férias no exterior

Explore a galáxia no Kennedy Space Center

O Kennedy Space Center é uma pequena parte da NASA, a Agência Espacial Americana.

O espaço é um museu interativo, com programas e atividades que te permitem explorar o mundo espacial com que mais entende.

Esse ponto turístico de Orlando fica a 1 hora de Orlando e no caminho você passará por 4 pedágios no caminho. Ele costuma estar aberto todos os dias das 9h às 18h, e os ingressos custam US$50 para adultos e U$40 pra crianças.

O tour pelo centro inteiro precisará de um dia inteiro, mas quantas vezes você terá a chance de estar na NASA?

A Clássica Flórida no Old Town Kissimmee

Old Town Kissimmee ou Old Town Orlando é uma região que parece ter parado no tempo. Tudo lembra a uma Flórida antiga, com construções, carros e parques temáticos dos anos 60.

A atração é considerada por muitos a melhor experiência em Orlando e se você quiser conhecer, pode agendar seu passeio com antecedência aqui.

Adrenalina no Fun Spot America

Parques de diversões gigantes e com atrações radicais para toda a família? O Fun Spot America em Orlando tem!

Desde pistas de kart, carrinhos bate-bate, carrossel, jogos clássicos de videogame até montanhas-russas, esse ponto turístico de Orlando está pronto para receber você. Os ingressos você pode conferir aqui.

[Post] Como tirar seu Visto Americano em 2022

Natureza em Orlando

Mas não só de parques radicais vive Orlando! A cidade possui diversos pontos onde você pode estar em contato com a natureza.

No Exotic Animal Experience você tem a experiência de dividir um espaço natural com animais selvagens. Além disso, ainda pode tocar e acariciar as criaturinhas como lêmures, macacos e cangurus.

Outro espaço animal é o famoso parque dos jacarés, o Gatorland! Esse é para os mais corajosos, ein? Há apenas 8km dos parques da Disney, esse parque conta com jacarés de verdade e de mentira, tartarugas e pássaros.

Mas se jacarés não forem seus animais preferidos, sempre haverá o belíssimo SEA Life Orlando Aquarium. Aberto nos finais de semana, os ingressos custam U$25 para adultos e U$21 para crianças de 3 a 12 anos de idade.

O espaço é super interativo e permite belíssimas fotos com animais exóticos. Inclusive, você ainda pode ter a experiência única de acariciar anêmonas e estrelas do mar!

Hora de ir às compras!

Não podemos deixar de lado as compras, não é verdade? Orlando oferece diversos centros comerciais para seus visitantes. Aqui iremos destacar o The Florida Mall, um ponto turístico bem tradicional e localizado próximo ao Aeroporto Internacional de Orlando.

E pra curtir durante as compras, o Universal’s CityWalk, centro de entretenimento da Universal Studios não deixa a prometer! O espaço possui atrações e espaços super legais para fotos com os amigos.

A entrada é gratuita e você pode entrar andando sem nenhum estresse. É diversão garantida para os amantes de Hollywood.

[Post] Como levar dinheiro para o exterior em segurança

Aventuras? Em Orlando nós temos!

Achou as atividades muito paradas?! Que tal conhecer o Paddleboard Orlando, que oferece a experiência de praticar o Stant Up Paddle, um esporte-lazer onde você rema em cima de uma prancha de surfe?

Ou então, que tal inovar com um passeio de helicóptero com o Helicopter Tours, sobrevoando a cidade e enxergando suas belezas de um novo ponto de vista?

Mas, se mergulhar com golfinhos for seu sonho, a hora é agora! O Florida Dolphin Tours te permite acompanhar as belezas naturais do golfinhos de Orlando. Com certeza esse será um momento inesquecível pra toda a família.

Ainda no mar, um passeio de Jet Ski também é uma opção de curtição entre você e seus amigos! Pra isso, empresas como a Extreme Jet Ski of Orlando podem te auxiliar.

O que fazer na Flórida: visite os museus

Quer ver mais sobre a história e cultura pop local? Então você precisa conhecer este ponto turístico de Orlando, o Madame Tussauds Orlando.

O maior e melhor museu de cera do mundo, que conta com esculturas perfeitas de celebridades como Taylor Swift, Will Smith, Beyonce e personagens da Marvel.

Os ingressos custam U$36,99 e crianças menores de 3 anos não pagam! Você pode conferir mais sobre os valores aqui.

Ou talvez, um museu no estilo do filme Uma Noite do Museu pode ser o que você estava buscando! O Orlando Science Center é um programa incrível para famílias e amantes da ciência!

Os valores para conhecer estão por volta de:

  • Adulto (acima de 12 anos): US$27.
  • Criança (entre 3 e 11 anos): US$18.
  • Idoso (acima de 55 anos): US$24.
  • Bebê (2 anos ou menos): Não paga.

Para comprar os ingressos é só clicar aqui.

E pra fechar com chave de ouro, não deixe de visitar o The World of Chocolate Museum: cheio de esculturas de chocolate, é a própria Fábrica de Chocolate da vida real.

Postagens que você também pode gostar:

Custo de vida nos Estados Unidos em 2022: economize durante a viagem

Como estudar inglês sozinho: roteiro de estudos gratuito

Estudar nos Estados Unidos: 7 vantagens de fazer intercâmbio nos EUA

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Estados Unidos Estude e trabalhe no exterior Estude um idioma fora do Brasil Graduação e Pós no Exterior Tudo sobre intercâmbio

Estudar nos Estados Unidos: 7 vantagens de fazer intercâmbio nos EUA

Fala, galera! Os EUA são o destino preferido de quem procura experiências incríveis envolvendo artes e educação. E se você ainda está na dúvida se vale a pena ou não conhecer o país, não se preocupe! Separamos 7 vantagens de estudar nos EUA – e você vai se apaixonar ainda mais, pode ter certeza.

Por que estudar nos Estados Unidos?

Não é de hoje que os Estados Unidos vem ocupando o topo dos rankings em educação superior de qualidade.

O país investe muito em tecnologia e pesquisa, abrindo espaço para pesquisadores ao redor do mundo que buscam fazer a diferença em suas áreas.

Se você tem o sonho de estudar nos Estados Unidos mas ainda não sabe como começar, entre em contato com nossos especialistas! Eles estarão preparados para tirar suas dúvidas sobre o país e vão te ajudar a se planejar pra realizar esse sonho. Só deixar seu contato aqui.

Melhores instituições de ensino do mundo

Existem mais de 4.000 universidades pelos Estados Unidos, que oferecem opções diversas de cursos de graduação e pós, bem como cursos profissionalizantes e técnicas em alguns casos.

De acordo com o ranking da Top Universites, os Estados Unidos possui 5 universidades entre as TOP10 globais, ocupando o primeiro lugar mundial com a MIT (Massachusetts Institute of Technology).

Mas se você procura um curso de curta duração, idiomas ou técnico, não se preocupe. Não são apenas as universidades americanas que se destacam! A EC English e OHC English, por exemplo, são duas instituições renomadas que ocupam o Top10 de melhores escolas de inglês dos Estados Unidos.

Ivy League: tudo sobre as 8 universidades dos EUA

Conheça algumas das melhores e mais renomadas universidades do mundo localizadas nos Estados Unidos.

Variedade de cursos para estudantes internacionais

Você com certeza deve conhecer alguém que precisou fazer uma graduação inteira em uma área para depois se especializar na área de atuação de seu interesse.

Isso acontece porque as instituições de ensino costumam ofertar apenas cursos mais “gerais”. Hoje em dia é fácil encontrar um curso de jornalismo, mas são poucas as instituições que ofertam o curso de Relações Internacionais, por exemplo.

Bom, nos Estados Unidos é bem difícil que alguém precise passar por algo parecido. Isso porque com tantas instituições de ensino e investimento em educação e pesquisa, as opções para os estudantes são infinitas.

Traduzindo: se você deseja fazer um curso “diferente”, como neurociência, você pode – e sem precisar cursar uma graduação inteira de psicologia ou medicina antes. A universidade vai te preparar pra o mercado de trabalho que te interessa.

O melhor inglês para estudar

Tema polêmico!! Não é que exista realmente uma variação da língua inglesa melhor do que a outra, tá? Mas o inglês americano é o que mais vemos em filmes, séries, músicas… Os Estados Unidos domina a internet e suas linguagens, bem como o mundo das artes.

Vendo por esse lado, faz sentido que o inglês americano seja o melhor para estudar, né? Você estará aprendendo com o que é mais ouvido e usado ao redor do mundo.

Além disso, estudando nos EUA você estará em contato com pessoas do mundo inteiro. Ou seja, estará praticando o idioma e colocando em prática suas habilidades com pessoas com diferentes sotaques e vocabulários. Dá pra ver que estudar nos Estados Unidos é uma experiência completa de aprendizado, né?

Ainda não fala inglês fluentemente? Não se preocupe! É possível fazer cursos de inglês intensivos (e preparatórios) para as instituições de ensino superior fora do Brasil – tudo isso fora do Brasil.

Estudar nos Estados Unidos: vantagens de fazer ensino superior no país

Além das instituições renomadas globalmente, um diploma americano tem a vantagem do reconhecimento internacional.

Um bom profissional formado nos EUA se destaca no mercado de trabalho de qualquer país que deseje morar, em especial nas áreas de tecnologia e saúde – que estão recebendo incentivo ainda mais significativo no país durante os últimos anos.

Como estudar no exterior: passo a passo para graduação fora do Brasil

Tecnologia: os Estados Unidos é 3º país mais inovador do mundo

Segundo o Global Innovation Index de 2021 os Estados Unidos ocupa o terceiro lugar em inovação, demonstrando a resiliência do país e preocupação com o tema mesmo durante a pandemia.

O index de 2021 comparou 132 economias e os EUA ultrapassou até mesmo países como Alemanha, Japão, China e Austrália. O Brasil ocupou o 57º lugar no mesmo ranking global e 4º na América Latina.

E os resultados não poderiam ser diferente: EUA é berço de grandes empresas de tecnologia (fintechs), startups e centros comerciais.

Além da universidade: atividades extracurriculares

O sistema de ensino americano valoriza não apenas as habilidades em sala, mas também a vida dentro e fora do campus. Atividades como teatro, esportes e música são apenas algumas das opções que os estudantes possuem pra expandir seus horizontes.

E não se engane: as atividades extracurriculares são essenciais pra sua experiência de intercâmbio.

Tanto por facilitar a integração entre os estudantes e o networking, mas também pra fazer novos amigos e ter a oportunidade de conhecer o país através dos olhos de quem já está por lá há mais tempo.

Bolsas de estudo para estudantes internacionais nos EUA

O ensino superior nos Estados Unidos abre suas portas para estudantes qualificados do mundo inteiro.

Por conta dos valores elevados de suas instituições mais famosas, diversas bolsas de estudo são ofertadas todos os anos. E mais: qualquer um pode estar apto para ingressar através das bolsas de estudos, basta estar preparado pra realizar esse sonho.

Por isso, aqui na Dreams Intercâmbios oferecemos uma Assessoria Acadêmica de ponta, guiando estudantes brasileiros no processo de ingresso em grandes instituições internacionais, com ou sem bolsa de estudos.

Como planejar seu intercâmbio: 5 passos pra tirar seu sonho do papel

Multiculturalidade: conheça pessoas do mundo inteiro

Como já dissemos antes, os Estados Unidos é um país com grande número de estrangeiros. Vindos de todos os continentes, a população multicultural do país é aquecedora.

Grandes cidades como Nova York são compostas por diferentes aromas, cores e personalidades. A cada rua, a cada bairro, você será arrematado por uma nova experiência inesquecível.

Fazer intercâmbio em um país multicultural como os Estados Unidos é uma oportunidade de conhecer um pouquinho de cada parte do mundo. Cada pessoa nova abrirá novas portas cheias de experiências pra você!

Postagens que você também pode gostar de ver:

Melhores cidades dos EUA: 5 locais pra morar durante seu intercâmbio
Custo de vida nos Estados Unidos em 2022: economize durante a viagem
Estudar Fora: checklist com 10 itens pra estar em dia antes de estudar no exterior

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Curiosidades Estados Unidos Graduação e Pós no Exterior

Ivy League: tudo sobre as 8 universidades dos EUA

Fala, galera! O sonho de estudar fora do país é comum em muitos brasileiros que buscam mudar de vida. Por isso, preparamos esse guia sobre as universidades da Ivy League, consideradas as melhores do mundo.

A Ivy League é composta por Harvard, Yale, Princeton, Darthmouth, Penn, Columbia, Brown e Cornell. Excelência em educação e tradição, grandes personalidades como Barack Obama e Meryl Streep estudaram nas escolas que fazem parte.

Você verá nesta postagem:

  1. O que é a Ivy League?
  2. Como estudar em Harvad e Ivy League

O que é a Ivy League?

Se você é apaixonado por filmes e séries com certeza já viu muitas histórias sobre jovens que sonham em estudar em grandes universidades nos Estados Unidos, como no filme Legalmente Loira ou A Barraca do Beijo.

Também já deve ter percebido os casacos e suéteres que são vestidos com orgulho pela comunidade acadêmica, bem como familiares e amigos.

Isto porque no exterior, e principalmente para os estadunidenses, estudar em universidades renomadas da Ivy League é alcançar um novo patamar, ingressar em um mundo de luxo educacional – e monetário também, haha!

A Ivy League, ou The Ancient Eight (As oito anciãs) é um conjunto de 8 universidades que estão localizadas, em sua maior parte, no nordeste dos Estados Unidos, sendo elas: Harvard, Cornell, Brown, Princeton, Dartmouth, Yale, Columbia e a Universidade da Pensilvânia.

Brasões das universidades da Ivy League

A liga de universidade surgiu quando a NCAA – National Collegiate Athletic Association, criou a Divisão A-1, que reunia apenas a elite das instituições que participavam do futebol americano e basquete.

E mesmo sem utilizar o nome “Ivy League” na época do surgimento, o elitismo dessas escolas já se mostrava.

Todas as equipes mantinha um alto nível de performance dentro de campo. Com o passar dos anos, as universidades foram ganhando fama para além dos esportes, formando também mentes grandiosas.

Nos Estados Unidos, e também no mundo, estas instituições são vistas como a elite educacional que aceita apenas o melhor dos melhores.

Com processos rigorosos de admissão, assim como o oferecimento de bolsas de estudo para alunos nativos e internacionais, estudantes da Ivy League são preparados pra se destacar no mundo, em qualquer área que desejem atuar.

Universidades da Ivy League

Você já aprendeu sobre o que é a Ivy League, agora é hora de saber quem são as universidades que compõem este grupo seleto de universidades, que até hoje são popularmente relevantes a nível mundial de qualidade de ensino.

Universidade de Harvard, em Massachussetts

Harvard logo - Ivy League

Sendo a universidade mais antiga dos Estados Unidos da América, Harvard é uma instituição privada fundada em 1636. a universidade de Harvard fica localizada em Massachusetts, com o campo principal na cidade de Cambridge.

 A universidade de Harvard tem costume de sempre figurar na primeira posição de diversos rankings mundiais sobre instituições de ensino superior, o que resulta no seu grande prestígio, fazendo dela uma das universidades mais famosas do mundo.

Os cursos de direito, ciências sociais, saúde e literatura são apenas alguns dos que se destacam. Harvard é a melhor instituição para quem pretende ingressar na carreira de pesquisador.

Também é possível fazer cursos de extensão na instituição, além da graduação e pós. Atualmente, você pode estudar na universidade de Harvard de graça, através de cursos online em sua plataforma digital. Para conferir é só clicar aqui.

Cornell University, em Nova York

Cornell University logo

Localizada em Nova York e fundada em 1865 por Ezra Cornell e Andrew Dickson White, a Universidade de Cornell é uma instituição de pesquisa privada e parceira da State University of New York.

A universidade conta com mais de 119 mestres em seu corpo docente e expõe o compromisso de abranger todos os campos de conhecimento dentro das suas paredes.

Em seu campus, existem alunos de diversas partes do mundo, com destaque nos cursos de graduação – que segundo o site oficial da universidade – possui 50% de estudantes internacionais.

[Post] Como estudar no exterior: passo a passo para graduação fora do Brasil

Brown University, em Rhode Island

Brown University - Logo

A Brown University foi fundada em 1764, quando os Estados Unidos nem mesmo eram independentes da Inglaterra.

Desde então, a universidade localizada em Providence, tem se provado como uma das melhores instituições de ensino do país, responsável pela graduação de diversos famosos que já conhecemos das grandes telas, como Emma Watson, John Krasinski, Julie Bowen e Laura Linney.

Inovação, impacto e colaboração guiam os estudantes e docentes que povoam os campos de Brown.

Com cursos de graduação, pós-graduação, profissionalizantes e especializações, a Universidade de Brown é um centro educacional acolhedor para estudantes do mundo inteiro.

Universidade de Princeton, Nova Jersey

Princeton University - Ivy League

Assim como a universidade de Harvard e Yale, você com certeza já deve ter ouvido falar na universidade de Princeton em filmes e séries, como no sucesso dos anos 2000: Gilmore Girls.

Fundada em 1746, a universidade de Princeton, atualmente, no ranking National Universities, está em 1º lugar, deixando para trás a renomada Harvard, a tradicional Columbia e o grande MIT. Além disso, Princeton é uma instituição de referência no curso de direito.

A universidade além de formar grandes profissionais, também se preocupa com sua inclusão no mercado de trabalho. O Centro de Desenvolvimento de Carreira de Princeton oferece oportunidades para networking, bem como conselheiros e estágios em grandes empresas.

Além disso, esta universidade da Ivy League apoia o empreendedorismo entre seus alunos, contando com um Hub que serve de incubadora para diversos projetos internos. No verão, os alunos ainda podem participar de uma imersão de 10 semanas focada no aprendizado e desenvolvimento de startups. Incrível, né?

Dartmouth College, New Hampshire

Dartmouth College - Ivy League

Fundada em 1769 e tendo um clima muito mais voltado ao ar livre nos campos de New Hempshire, a Dartmouth College é conhecida por ser uma instituição menor, com um estilo único de ensino.

Com salas pequenas, que consequentemente tem menos alunos, a dinâmica em sala de aula é bem mais personalizada – e rigorosa.

E por conta do clima intimista que existe na instituição, o networking entre alunos e professores é ainda maior.

Por ser um college, o ensino na instituição é muito mais focado em áreas do conhecimento específicas. Se você deseja se especializar nas “Liberal Arts” – engenharia, ciências sociais, cinema, música, e mais – Darthmouth é o caminho.

[Post] Melhores cidades dos EUA: 5 locais pra morar durante seu intercâmbio

Universidade de Yale, Connecticut

Yale Logo - Ivy League

Sendo uma instituição privada, a segunda mais antiga dos Estados Unidos e fundada em 1701, Yale está localizada em New Haven, Connecticut.

Yale é considerada uma grande e ótima casa para quem ama a arte da atuação, música, ciências sociais, ciências biológicas e biomédicas, história, engenharia, matemática e estatística.

Segundo o site oficial da universidade, os alunos internacionais nos campus vem de cerca de 120 países ao redor do mundo.

E com é de costume das instituições da Ivy League, muitas bolsas de estudo são cedidas. A universidade liberou os dados de que mais de 3 mil bolsas já foram doadas à alunos, garantindo uma inclusão e diversidade ainda maior nos campus.

Columbia University, New York

Columbia University - Ivy League

Fundada em 1754, a Columbia University tem um campus de característica mais urbana e utiliza as cores azul e branco como o grande destaque do seu brasão.

A universidade se orgulha de ter em seu histórico alunos que marcaram época e que fazem parte do hall da fama da instituição, incluindo 4 presidentes, 46 campeões olímpicos, 84 ganhadores do prêmio Nobel e mais de 90 ganhadores do Pulitzer.

E além dos cursos de graduação e pós na instituição, ainda é possível estudar inglês como segunda língua e fazer cursos profissionalizantes. Imagina você estudando em uma universidade Ivy League!

Universidade da Pensilvânia, Pensilvânia

University of Pennsylvania - Ivy League

Há 281 anos, a Universidade da Pensilvânia ganhava vida em um local que você já pode imaginar. Isso mesmo, na Pensilvânia.

Em 1740 era fundada a universidade responsável por ministrar e promover a graduação nos cursos de Business, administração, marketing, ciências sociais, ciências biológicas e biomédicas, engenharia, filosofia, estudos religiosos e muitas outras possibilidades. 

Além da excelência em educação e inserção no mercado de trabalhando, a universidade investe cerca de US$ 1.1 bilhões por ano em pesquisa. Os estudantes da instituição recebem todo o apoio pra se manter ao longo de suas pesquisa.

E você, já pensou em investir em sua carreira de pesquisador nos Estados Unidos?

Como estudar em Harvad e Ivy League

O caminho para estudar nas melhores universidades do mundo não é fácil, porém é super possível.

Nesta postagem falamos um pouco mais sobre as vantagens do ensino superior nos Estados Unidos.

Diferente do que muitos imaginam, conseguir uma vaga em uma dessas instituições Ivy League, bem como suas bolsas de estudo disponibilizadas para estrangeiros, precisa de mais planejamento e estratégia do que qualquer outra coisa.

Seu desenvolvimento acadêmico no Brasil será levado em conta em sua aplicação, bem como seu nível de inglês, mas o mais importante é seu diferencial.

Universidades americanas procuram estudantes que façam a diferença em sua comunidade, que tenham interesse não apenas em tirar boas notas, mas em atividades extracurriculares, como viagens, voluntariados, artes, esportes e mais!

Aqui na Dreams oferecemos uma Assessoria Acadêmica que te ajuda durante todo o processo de aplicação, traçando o melhor caminho pra você atingir seu sonho.

E se não for hoje, quando você vai começar a ir atrás do seu futuro? Entre em contato com a gente através do link abaixo e fale com nossos especialistas.

Leia também:

Visto Americano: tudo que você precisa saber para entrar nos EUA

Nova York: 11 lugares que você precisa conhecer no seu intercâmbio

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Alemanha Austrália Canadá Dicas de viagem Estados Unidos Estude um idioma fora do Brasil Inglaterra Itália Malta

Intercâmbio de 1 mês: dicas pra aproveitar as férias no exterior

Fala, galera! Estão chegando suas férias e você está pensando em fazer um intercâmbio de 1 mês, né? Não se preocupe! A gente te conta tudo que você precisa saber: custos, prós e contras e o mais importante: quais os melhores destinos pra um intercâmbio de curta duração. Continua lendo!

Você verá nesta postagem:

  • Melhores destinos para um intercâmbio de 1 mês
  • Intercâmbio de 1 mês vale a pena: vantagens e desvantagens

Melhores destinos para um intercâmbio de 1 mês

Fazer um intercâmbio de 1 mês é a saída pra quem não tem muito tempo e quer aproveitar as férias em outro país, conhecendo uma nova cultura e colocando um novo idioma em prática.

Você sabia? Durante seu intercâmbio de curta duração você também pode aproveitar para se especializar em sua área de atuação, com cursos profissionalizantes e qualificantes em instituições renomadas ao redor do mundo.

Por isso, escolher o destino ideal pra você é tão importante! Separamos os 10 melhores destinos para brasileiros ao redor do mundo que vão te permitir aproveitar essas 4 semanas ao máximo.

Na lista abaixo, você pode conferir os idiomas falados no local e a melhor época do ano para visitar.

Melhores DestinosIdiomasMelhor época para conhecer
Vancouver, CanadáinglêsMarço à Maio
San Francisco, EUAinglêsMarço à Junho / Setembro à Dezembro
Montreal, Canadáfrancês e inglêsMaio, Junho e Setembro
Munique, Alemanhainglês e alemãoAbril e Outubro
Liverpool, InglaterrainglêsJunho à Agosto
Valência, EspanhaespanholMaio e Junho / Setembro à Novembro
Valletta, Maltainglês e italianoAbril à Julho
Gold Coast, AustráliainglêsSetembro à Fevereiro
Auckland, Nova ZelândiainglêsOutubro à Abril
Capetown, África do SulinglêsDezembro à Março

[Post] Países que não precisam de visto para brasileiro

Intercâmbio de 1 mês vale a pena: vantagens e desvantagens

O número de brasileiros buscando intercâmbios de curta duração aumenta a cada ano.

Por conta da vida corrida no trabalho e a necessidade de aprender e praticar outros idiomas, como o inglês, muitos profissionais e estudantes se aventuram por outros países nos meses de férias.

[Post] Intercâmbio ou curso de inglês: como atingir a fluência mais rápido

Se seu plano é morar de vez fora do país, um intercâmbio de curta duração é interessante por te permitir conhecer seu destino dos sonhos e a cultura local.

Outra grande vantagem é pra quem quer melhorar o currículo e se destacar no mercado internacional: como dissemos antes, é possível estudar o idioma enquanto faz um curso de especialização na sua área. Além das experiências inesquecíveis no país, você ainda cresce profissionalmente!

Para famílias, Winter e Summer Camps são grandes divisores de águas: é um momento para se reconectar e criar memórias com quem você mais ama, em destinos inesquecíveis.

A grande desvantagem do intercâmbio de 1 mês é que ele passa rápido… e você vai se apaixonar pelo seu destino, pode ter certeza!

Intercâmbio de curta duração: dicas pra aproveitar ao máximo

Por ser um tempo relativamente curto, é interessante se organizar para sua viagem.

Se você for para Malta ou Espanha, por exemplo, uma Eurotrip é quase que obrigatória!

Na Europa os preços das passagens de avião entre os países do continente são muito baratas – chegando a custar 60 ou 70 reais! dá pra imaginar!? – por isso, é interessante aproveitar a oportunidade e viajar mesmo!

Procurar locais para alugar em Airbnbs e hostels também pode te ajudar a economizar e fazer amigos. Conhecer outros intercambistas e nativos vai multiplicar suas chances de diversão – então não tenha medo de fazer amizades!

[Vídeo] Como fazer uma Eurotrip | Principais dicas e dúvidas!

Já está pensando em fazer sua viagem? Não perde tempo e comece a planejar suas próximas férias com a gente. No link abaixo você pode deixar seu contato para que nossos consultores entrem em contato com você pelo WhatsApp ou Email.

Tudo de graça e sem cobranças, nossos consultores especialistas vão te ajudar com suas dúvidas e a realizar esse sonho.

Você também pode gostar de ver:

Viajar sozinha: 5 melhores destinos ao redor do mundo

7 lugares para conhecer no Canadá em 2022: como viajar para o país da Maple Leaf

Como planejar seu intercâmbio: 5 passos pra tirar seu sonho do papel

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Estados Unidos Estude e trabalhe no exterior Graduação e Pós no Exterior Tudo sobre intercâmbio

Melhores cidades dos EUA: 5 locais pra morar durante seu intercâmbio

Fala, galera! O destino mais sonhado pelos brasileiros é os Estados Unidos. Pensando nisso, preparamos essa postagem com as 5 melhores cidades dos EUA para você morar durante seu intercâmbio. Vamos lá?!

Você verá nesta postagem:

  • 5 Melhores cidades dos EUA para morar durante o intercâmbio
    • Boston, Massachusetts
    • Seattle, Washington
    • São Francisco, Califórnia
    • Orlando, Flórida
    • Nova York
  • Como escolher a melhor cidade para seu intercâmbio nos EUA

5 Melhores cidades dos EUA para morar durante o intercâmbio

Os Estados Unidos da América (EUA) é um país de proporções continentais, composto por 50 estados e outros territórios, como a Samoa Americana, Porto Rico e as Ilhas Virgens Americanas.

Cenário para filmes clássicos e premiadíssimos, as cidades americanas se destacam entre os intercâmbistas. Isso porque as diversas culturas que povoam o país agregam à experiência algo “a mais”.

Para esta postagem separamos 5 cidades que se destacam entre os intercâmbistas, por conta das oportunidades no mercado de trabalho, cultura e custo de vida. Se liga!

Boston, Massachusetts

Boston é uma das cidades mais buscadas por ser destaque em inovação – berço do Facebook, por exemplo -, qualidade de vida e economia.

Massachusetts Institute of Technology – MIT

A cidade ainda é lar de duas das maiores universidades do mundo, Harvard e MIT. Dá pra acreditar? Não é atoa que trouxemos Boston entre as melhores cidades para morar nos Estados Unidos – se você busca ensino superior de alta qualidade e se conectar com as pessoas mais influentes da sua área, esse é seu destino.

Qualidade de vida em Boston

Boston já foi eleita algumas vezes uma das 10 melhores cidades americanas para se morar, por conta do alto poder de compra, baixo nível de poluição e uma boa segurança para seus moradores em comparação a outras Grandes cidades dos EUA. Confira abaixo:

Índice de qualidade de vidaNível
Poder de compramuito alto
Segurançaalto
Poluiçãobaixo
Informações retiradas do Numbeo

Uma das cidades mais antigas dos Estados Unidos, Boston é cheia de atrações históricas, incluindo a Freedom Trail – rota que passa por 16 pontos que contam um pouco da revolução americana.

Como é o custo de vida em Boston para estudantes

Como uma cidade tão procurada e tão próxima de Nova York – apenas 3 horas de carro! – é natural que o custo de vida em Boston seja um pouco mais alto que em outras cidades menos famosas. Confira abaixo:

Valor
Custo de vida total (sem aluguel)US$ 1,163.32
Combo no McDonaldsUS$ 10
Transporte público (mensal)US$ 90
Salário mínimo (hora)US$ 14.25

Um estudante internacional pode trabalhar até 20 horas semanais no país, resultando em uma renda média mensal de US$1140.

Buscando formas de economizar nos gastos e dividindo apartamento ou ficando em uma Homestay, é super possível se manter na cidade!

Fica a dica: nossa equipe Dreams disponibiliza planilhas e materiais para você se planejar financeiramente antes e durante seu intercâmbio! Se quiser saber mais sobre seu intercâmbio nos Estados Unidos, deixe seu contato aqui que falaremos com você.

Mas se você ainda está em dúvida sobre o intercâmbio por ainda não falar inglês fluentemente, não se preocupe.

Você pode estudar o idioma na cidade enquanto aprende mais sobre a cultura local. Nossas escolas parceiras estão preparadas para lidar com intercâmbistas que, como você, buscam aprender na prática!

Seattle, Washington

Estudar em Seattle é estar em uma cidade grande… com clima de interior! Mais acolhedora e menos populosa do que Boston e Nova York, a cidade é super bem desenvolvida e sede da Microsoft e Amazon.

Seattle, Washington

Qualidade de vida em Seattle

Limpa, arborizada e verde – essa é a descrição de Seattle. Educação de alto nível, um bom transporte público e uma taxa baixa de violência são apenas alguns dos diferencias para seu intercâmbio.

Índice de qualidade de vidaNível
Poder de compramuito alto
Segurançamoderado
Poluiçãobaixo

Seattle é autêntica e há apenas 3 horas de carro de Vancouver, no Canadá, já imaginou você conhecendo dois países diferentes no seu intercâmbio? Pois é!

E quando o assunto é ensino superior, o South Seattle College se destaca no ensino, sendo muito buscado por estrangeiros querendo morar na cidade. Cursos de diversas áreas, como saúde, artes, tecnologia e linguagens, multiculturalidade e excelência são apenas alguns dos pontos altos desse college.

[Post] Intercâmbio para os Estados Unidos: descubra como estudar no país

Como é o custo de vida em Seattle para estudantes

O custo de vida em Seattle varia muito dependendo da região em que você morar, porém o salário mínimo é um dos mais altos entre as melhores cidades dos EUA. Confira:

Valor
Custo de vida total (sem aluguel)US$ 1,222.34
Combo no McDonaldsUS$ 10.12
Transporte público (mensal)US$ 99
Salário mínimo (hora)US$ 17.27

São Francisco, Califórnia

São Francisco ou San Francisco é uma cidade localizada na costa oeste (West Coast), no estado da Califórnia.

Famosa por ser um paraíso para empreendedores, artistas, ativistas e a comunidade LGBTQIA+, San Francisco se destaca quando o assunto é qualidade de vida.

Outros grandes destaques da cidade são suas colinas íngremes, os famosos bondinhos elétricos (Cable Cars) e o bairro de Chinatown.

Bondinhos em São Francisco, Califórnia

Com o Vale do Silício localizado ao sul da cidade, ela fica próxima do maior centro de tecnologia do mundo, onde você encontra startups e grandes empresas como Google, Microsoft, Facebook e Apple; San Francisco também é um grande centro financeiro americano, estando entre as 10 cidades mais ricas do país.

Qualidade de vida em São Francisco

Separamos alguns dos principais índices de qualidade de vida para analisarmos sobre a cidade de San Francisco, com base nos dados disponibilizados pela plataforma Numbeo. Dá uma olhada:

Índice de qualidade de vidaNível
Poder de compramuito alto
Segurançamoderado
Poluiçãomoderado

O índice de qualidade de vida da cidade é alto, de acordo com as informações dispostas em Março de 2022.

A cidade ainda abriga grandes instituições de ensino como a University of San Francisco, destaque nas áreas de artes e ciências. Para quem busca estudar inglês no país e se aprimorar, existem grandes escolas como:

Apesar de ser um grande destaque entre as cidades americanas, San Francisco possui um dos custos de vida mais altos da Califórnia. Observe na tabela abaixo:

Como é o custo de vida em San Francisco para estudantes

Abaixo, confira o custo de vida para uma pessoa solteira/estudante na cidade de São Francisco, na Califórnia, em 2022:

Valor
Custo de vida total (sem aluguel)US$ 1,263.82
Combo no McDonaldsUS$ 10
Transporte público (mensal)US$ 81
Salário mínimo (hora)US$ 16.32

Como você pode ver, o custo de vida em San Francisco é bem elevado, sendo o preço dos aluguéis o mais “salgado” no orçamento. Ainda assim, é possível economizar dividindo apartamento ou morando em casa de família.

[Post] Visto Americano: tudo que você precisa saber para entrar nos EUA

Orlando, Flórida

Orlando é a cidade preferida de brasileiros nos Estados Unidos. Com excelentes escolas de idiomas, parques de diversão, clima, moradias, segurança e um bom custo de vida, Orlando se destaca facilmente entre as melhores cidades nos Estados Unidos para fazer seu intercâmbio.

A cidade de Orlando, Flórida

Além das escolas de idiomas, alguns colleges se destacam, como o Vallencia College – com mais de 100 programas disponíveis para estudantes internacionais.

Qualidade de vida em Orlando

Com suas belíssimas paisagens, Orlando é uma das cidades mais sustentáveis dos Estados Unidos.

Parque da Disney em Orlando

Segundo a plataforma Numbeo, todos os índices de qualidade de vida da cidade vão de moderado à altamente positivo. Bom demais, né? Trouxemos alguns desses pra você dar uma olhada:

Índice de qualidade de vidaNível
Poder de compramuito alto
Segurançamoderado
Poluiçãobaixo

Como você pode ver, o berço dos parques Disney é um local seguro e cheio de vantagens, e o custo de vida não fica atrás.

Como é o custo de vida em Orlando para estudantes

Apesar de ter um salário mínimo consideravelmente mais baixo que em outras cidades americanas, Orlando possui um custo de vida aproximadamente 41,79% menor do que em São Francisco, por exemplo. Confira:

Valor
Custo de vida total (sem aluguel)US$ 912.53
Combo no McDonaldsUS$ 8
Transporte público (mensal)US$ 50
Salário mínimo (hora)US$ 10

Segundo a Numbeo, o valor dos alugueis na cidade é cerca de 40,60% menor do que em Seattle.

Assim, o valor do salário mínimo é proporcional ao necessário para se viver na cidade, fazendo de Orlando um bom local para iniciar a vida no exterior. Principalmente se você busca trabalhar durante seu intercâmbio.

[Post] Como viver viajando: 10 ideias para trabalhar enquanto viaja

Nova York

Nova York é uma das cidades mais conhecidas do mundo. Com seus grandes letreiros brilhosos na Times Square, o enorme Central Park e centros artísticos como a Broadway, a cidade é única.

Times Square, em Nova York

Porém, o que realmente atrai estudantes para essa cidade dos Estados Unidos, são as universidades, como a NYU que ainda aceita a nota do ENEM.

Qualidade de vida em Nova York

Apesar da incrível cultura novaiorquina, lojas maravilhosas, universidades e colleges – Nova York não se destaca em qualidade de vida.

Por conta do número elevado de moradores, o nível de poluição e violência é bem alto. O trânsito também não fica atrás nas reclamações dos moradores, porém, quem conhece a cidade costuma deixar tudo isso de lado e vestir sua camisa “I Love New York”.

Índice de qualidade de vidaNível
Poder de compraalto
Segurançamoderado
Poluiçãomoderado

Como é o custo de vida em Nova York para estudantes

Nova York

O custo de vida em Nova York também é bem alto, por isso, se programar financeiramente é essencial para aproveitar seu intercâmbio.

Valor
Custo de vida total (sem aluguel)US$ 1,369.90
Combo no McDonaldsUS$ 10
Transporte público (mensal)US$ 129
Salário mínimo (hora)US$ 10.50 a 11

Como escolher a melhor cidade para seu intercâmbio nos EUA

Agora que te apresentamos algumas das melhores cidades dos EUA para morar, chegou a hora de fazer sua escolha.

A verdade é que o que é melhor pra você só você vai saber dizer, mas nós podemos te guiar nesse processo.

Normalmente, os ponto principais para pensar antes de escolher seu destino do intercâmbio são:

  1. Objetivo do intercâmbio

    Você está pensando em fazer um intercâmbio de idiomas ou um curso superior? Neste post aqui falamos um pouco mais sobre as possibilidades nos Estados Unidos.

  2. Duração e custo do intercâmbio

    Um mês, dois ou seis meses? Quanto você pode dispor para o intercâmbio? É possível economizar bastante dependendo dos custos na cidade e valor da escola, por exemplo.

  3. Como será sua vida na cidade

    Pesquise sobre a cultura, pontos turísticos, receptividade com brasileiros e clima do local. Agora, pode não parecer tão importante, mas esses são os pontos cruciais para que você tenha a melhor experiência possível.

Após ter em mente esses pontos, a escolha fica muito mais fácil, pode ter certeza! E seu intercâmbio será tudo que você sempre sonhou.

[Post] Como planejar seu intercâmbio: 5 passos pra tirar seu sonho do papel

Postagens que você também pode gostar de ver:

Brasileiro pode fazer faculdade nos Estados Unidos?
Intercâmbio de estudo e trabalho: quem pode fazer e quais os melhores países para brasileiros
Nova York: 11 lugares que você precisa conhecer no seu intercâmbio 

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Dicas de viagem Estados Unidos

Custo de vida nos Estados Unidos em 2022: economize durante a viagem

Fala, galera! Sabemos que viajar para os EUA é um grande sonho de todo brasileiro. Por isso, preparamos um guia completo e rapidinho pra te ajudar a se preparar para sua viagem e/ou intercâmbio.

Confira aqui o custo de vida nos Estados Unidos em 2022 e compare o estilo de vida entre Nova York e Boston .

Você verá nesta postagem:

  1. O custo de vida nos Estados Unidos em 2022
  2. Como economizar durante o intercâmbio nos Estados Unidos
  3. Como fazer intercâmbio para os Estados Unidos

O custo de vida nos Estados Unidos em 2022

Os Estados Unidos possuem dimensões continentais, por isso, para que você realmente tenha uma ideia de quanto precisará para ficar no país, é essencial analisar o destino que te interessa.

Pensando nisso, trouxemos dois dos destinos mais buscados por estudantes e turistas brasileiros: Nova York, a cidade que nunca dorme e Boston, famosa por suas universidades.

Abaixo, reunimos dados disponibilizados pela plataforma Numbeo, que reúne informações econômicas sobre diversas cidades, estados e países. Confira os valores médios para se manter nas cidades, baseado em dados de Março de 2022:

Gastos mensais totais (sem aluguel):

Nova YorkBoston
Família de 4 pessoas$ 5,032.60$ 4.191,55
1 pessoa $ 1,369.40$ 1,166.77
valores em dólar americano

Valores médios (1 pessoa)

Nova YorkBoston
Restaurante (simples)$20$20
Cinema$17$14.50
Passe mensal (transporte público)$129$90
Gasolina (1L)$0.86$0.77
Mercado (19 itens – quinzenal) $129.47$122.73
TOTAL:$296.33$248

Como você pode ver, o custo de vida entre as duas cidades não muda tanto para uma pessoa solteira. O que vai fazer a diferença no orçamento serão suas escolhas ao longo do processo.

Outro destino muito buscado por brasileiros é Orlando, na Flórida. Abaixo, separamos uma postagem completinha com o custo da estádia na cidade onde ficam os parques da Disney.

Como economizar durante o intercâmbio nos Estados Unidos

O que mais pesa no bolso do intercâmbista é a estadia. Isso porque os aluguéis de casas inteiras costumam ser muito “salgados”. Mas, calma! Existem formas mais baratas de ficar pelo país.

Morar em casas de família é uma boa forma de economizar tanto com alimentação quanto estadia, além de facilitar na hora de conhecer gente nova no país!

Você também pode economizar com aluguel procurando por quartos e casas compartilhadas em sites como Airbnb.

Outras maneiras de reduzir gastos é buscar comer em casa ou preparar seus lanches e almoços antes de sair. Optar pelo transporte público ou bicicleta também são uma boa maneira de manter o orçamento em dia.

Como fazer intercâmbio para os Estados Unidos

Existem diversas maneiras de fazer intercâmbio para os EUA, porém, o que mais atrai brasileiros é a educação superior no país.

Isso porque o país é o lar das maiores e mais antigas universidades do mundo, com excelência no ensino em áreas como saúde, direito e negócios.

Estudar nos Estados Unidos é, também, uma das melhores formas de ingressar no país. Quem opta por fazer um college ainda pode conseguir um visto que permite trabalhar. Já consegue se imaginar construindo sua carreira em Nova York e ainda recebendo em dólar?

Postagens que você também pode gostar de ver:

Brasileiro pode fazer faculdade nos Estados Unidos?
Morar em Boston: por que eu deveria estar lá?
Nova York: 11 lugares que você precisa conhecer no seu intercâmbio 

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Estados Unidos Estude e trabalhe no exterior Graduação e Pós no Exterior Tudo sobre intercâmbio

Faculdade nos Estados Unidos: como um brasileiro pode estudar nos EUA

Você quer estudar em uma faculdade nos Estados Unidos mas não sabe se pode estudar em uma, ou como ela funciona?

Abaixo, confira como funciona uma faculdade nos Estados Unidos e se você pode estudar por lá. Espero por você no final!

Como funciona o ensino superior nos Estados Unidos

Se você está aqui, provavelmente já sonhou em viver o sonho americano, de estudar em uma boa faculdade, ter um diploma e desfrutar da ótima qualidade de vida que os Estados Unidos tem a oferecer como um país que tem evoluído cada vez mais ao longo dos anos.

E essa evolução se deve ao grande investimento que o país coloca em seu setor educacional, e não à toa, as suas universidades figuram entre as posições mais altas dos rankings mundiais.

Porém, o ensino superior estadunidense não é feito apenas de universidades, as suas faculdades também são uma grande referência, tendo diferenciais e ótimas qualidades para quem deseja conquistar um diploma nos EUA.

Para saber como funciona uma faculdade nos Estados Unidos, você precisa saber que o ensino superior se divide entre 2 tipos distintos de instituições, os Community Colleges e as Universidades.

A diferença entre faculdade e universidade nos Estados Unidos

Saiba agora, de maneira rápida e definitiva, quais são as diferenças entre uma faculdade (Community College) e uma universidade nos Estados Unidos, entendendo o tempo de duração e os seus benefícios.

Community College

Procurada geralmente por quem deseja entrar no mercado de trabalho, a faculdade estadunidense, ou Community College, é responsável pela educação superior de fácil acesso nos Estados Unidos, oferecendo cursos de até 2 anos, o que acelera o processo da acessibilidade ao mercado de trabalho dos EUA.

Dentre a vantagens de se fazer um Community College, estão:

Economia – Um Community College pode ser até 60% mais barato do que uma universidade estadunidense.

Fácil acesso – O processo de admissão é muito mais acessível, o que facilita o ingresso dos alunos.

Multiculturalidade – Diversos imigrantes costumam priorizar o Community College, o que resulta em uma diversidade muito maior de culturas e possibilidades sociais.

Faculdade nos Estados Unidos

Universidade

As universidades são, não apenas o complemento do ótimo ensino básico que os EUA busca promover, mas também uma grande fonte de investimento, sejam elas particulares ou públicas. Nas universidades americanas, você pode conseguir um diploma de graduação, mestrado, doutorado ou aquele tão sonhado PhD. 

As universidades nos Estados Unidos se dividem entre as privadas e públicas. Nas privadas, temos as famosas: Universidade de Princeton, Universidade Georgetown, Universidade de Notre Dame, assim como as gigantes já conhecidas: Harvard, MIT, Yale e muitas outras. 

Nas públicas, temos a Universidade da Califórnia – Berkeley, Universidade de Michigan – Ann Arbor, Universidade da Flórida – Gainesville e também muitas outras, que melhor se adequam ao que o aluno deseja alcançar academicamente.

Dentre os benefícios de se fazer uma universidade estão:

Maior aceitação do mercado – Como já dito, as universidades dos Estados Unidos são muito respeitadas, por isso, ter uma delas no seu currículo, costuma pesar na decisão das empresas.

Maior variedade de graduações – Ao contrário de um Community College, as universidades permitem que você vá além de uma graduação comum, podendo chegar até um PhD.

Incentivo a pesquisa – As universidades recebem investimentos constantemente, o que reflete nos programas de pesquisa, que costumam ser bem mais robustos.

Faculdade nos Estados Unidos

Brasileiro pode fazer faculdade nos Estados Unidos?

Sim, o cidadão brasileiro pode fazer faculdade nos Estados Unidos e isso é algo bem comum para quem sai do Brasil em direção aos EUA, com o sonho de conquistar um diploma estadunidense de graduação.

Popularmente, os alunos estrangeiros, sendo eles brasileiros ou não, costumam ingressar nos Community Colleges, por uma série de fatores que contribuem muito mais para a sua estadia, economia e qualidade de vida.

Além disso, como já foi dito acima, um Community College é muito mais barato do que uma universidade americana, o que resulta em cada vez mais alunos que ingressam nesse tipo de instituição com o objetivo de ter economia ao mesmo tempo que conseguem prosseguir com os seus estudos no ensino superior do Estados Unidos.

Mas, como isso funciona na prática?

Essa pergunta é bem fácil de se responder e agora você vai entender o porquê:

Em uma universidade, você tem a duração de 4 anos para conseguir o seu diploma, devido aos 2 primeiros anos de ensino, que se baseiam nos requisitos gerais de educação, como: matemática, história, inglês e outras matérias básicas, independente da sua área de atuação.

Assim, entram os Community Colleges, cumprindo essa carga de 2 anos de educação geral, com mensalidades muito mais acessíveis e que permitem ao estudante a criação de um atalho. Após o término do Community College, o aluno pode se transferir para uma universidade e concluir os 2 últimos anos específicos da sua área de atuação, economizando com os 2 anos iniciais.

Deu pra entender o quanto você pode economizar e o quão acessível pode ser fazer uma faculdade nos Estados Unidos?

Qual é o melhor caminho?

O seu sonho não precisa se limitar apenas ao que você pensa enquanto dorme. Se você já sabe em qual cidade quer estudar, o curso, os seus objetivos e quanto tempo deseja passar estudando naquela instituição, você já tem as respostas básicas para começar o seu planejamento.

Você também pode gostar:
Visto Americano: tudo que você precisa saber para entrar nos EUA (ATUALIZADO)
Morar em Boston: por que eu deveria estar lá?
Nova York: 11 lugares que você precisa conhecer no seu intercâmbio

Curtiu o conteúdo? Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Estados Unidos Estude e trabalhe no exterior Tudo sobre intercâmbio

Intercâmbio para os Estados Unidos: descubra como estudar no país

O intercâmbio nos Estados Unidos é uma das melhores experiências que você pode ter na vida. Por isso, preparamos um post completo sobre como é o intercâmbio nos Estados Unidos e o que você tem a ganhar com ele.

Os tipos de intercâmbio nos Estados Unidos

Para fazer um intercâmbio, primeiramente, você precisa saber qual tipo se adequa a sua realidade atual e também aos seus objetivos do futuro. Além disso, escolher o seu tipo de intercâmbio determina quais caminhos e decisões você terá que tomar para ter uma vida mais tranquila na terra do Tio Sam.

Idioma

O intercâmbio de idioma é indicado para aquelas pessoas que buscam aprender inglês ao mesmo tempo que podem desfrutar do que os EUA tenha de melhor para oferecer como um dos maiores países da Américas.

Um dos maiores benefícios desse tipo de intercâmbio é a sua praticidade ele se propõe, já que você quer aprender inglês, em um país que fala inglês, com costumes diferentes e cultura cotidiana diferente da nossa aqui no Brasil, aproveitando o entretenimento e também os seus pontos turísticos.

Community College

O college é o tipo de instituição de ensino que mais tem crescido entre os intercâmbistas de todo o mundo, pelo simples fato de que ele nos EUA equivale a um ensino técnico aqui no Brasil. Com um curso técnico, o estudante consegue “colocar a mão na massa” ao mesmo tempo que já consegue se inserir no mercado de trabalho.

Os colleges nos Estados Unidos duram até 2 anos e costumam ser a porta de entrada para estudantes que desejam imigrar para os Estados Unidos, sendo uma ótima escolha para quem deseja ingressar no mercado de trabalho de forma direta, pois logo depois, você pode ingressar na universidade, diminuindo muito o preço que será pago a longo prazo.

Universidade

As universidades são a “menina dos olhos” dos Estados Unidos. Responsáveis pelas graduações, mestrados, doutorados e projetos de pesquisa, que fazem dos Estados Unidos uma grande potência educacional, o que resulta em um país cada vez mais desenvolvido por meio da educação.

Os Estados Unidos tem as melhores universidades do mundo. E se você quiser ver com seus próprios olhos, confira esta postagem sobre a Ivy League.

Já pensou em ter um diploma credenciado por uma universidade de um dos melhores países do mundo? O seu eu do futuro já está agradecendo por ser um profissional muito bem sucedido.

Intercâmbio nos Estados Unidos: Universidade de Cambridge

Os benefícios de um intercâmbio nos Estados Unidos

Conhecer os EUA é o sonho de muita gente que cresceu assistindo filmes e séries que retratam a vida no país, mas fazer um intercâmbio nos Estados Unidos, além de permitir que você viva a experiência dessas produções, traz benefícios que você com certeza não deve deixar de lado. Confira abaixo:

Qualidade de vida

A qualidade de vida é um fator super importante, que nós, aqui na Dreams, gostamos de destacar para todo mundo que tem o sonho de estudar em um país desenvolvido. Com uma qualidade de vida melhor, você terá acesso a segurança, saúde, educação, transporte e muitos outros itens de extrema importância.

O seu currículo no topo

O mundo todo reconhece os Estados Unidos como um país que é referência em diversos setores, sendo alguns deles a educação e o desenvolvimento das suas indústrias e mercado de trabalho. Caso o seu plano seja se graduar, trabalhar para reunir uma boa renda e voltar para o Brasil ou morar em algum outro país ao redor do mundo, a sua vida profissional será muito mais fácil com um diploma americano.

Viva o sonho americano

Como citamos acima, tudo aquilo que você sempre viu nas grandes telas ou na sua TV, pode ser vivido por você na terra do Tio Sam, basta que você tome a primeira decisão importante: fazer um intercâmbio nos Estados Unidos

Lá você pode fazer parte do sistema de ensino ao mesmo tempo que troca experiências com os alunos nativos, além de conhecer alunos de outras partes do mundo, que também estarão na mesma condição que você, um aluno estrangeiro que busca crescer profissionalmente dentro dos EUA.

Você estará em contato com as maiores empresas do mundo

Independente da cidade em que você more no Brasil, o comércio regional ou até mesmo os shoppings podem não oferecer tudo aquilo que você precisa.

Nos Estados Unidos, as redes de alimentação e varejo estão presentes em cada esquina, com serviços de delivery para atender a alta demanda populacional. Empresas como a própria Amazon, costumam fazer entregas de qualquer produto em menos de 12 horas.

Então, se você tiver algum desejo, basta pegar o celular e tudo estará na palma da sua mão, com uma entrega sem demoras e com grande variedade de produtos.

Por que fazer um intercâmbio nos Estados Unidos?

Para ter uma vida fora do Brasil, não basta apenas comprar a passagem, pois existem políticas rígidas para cada país e como ele lida com cada pessoa que deseja se tornar um habitante. Um visto de turista pode fazer com que você coloque os pés nos Estados Unidos, mas além de não permitir certos benefícios, expira a validade antes mesmo de você começar a se divertir no país.

O melhor caminho é por meio do visto de estudante, mostrando que você deseja se tornar um cidadão que visa a evolução acadêmica e também profissional. Um estudante que pode investir na economia estadunidense e se tornar um cidadão muito rentável no futuro. 

Você também pode gostar:

SISU 2022: use sua nota do ENEM para estudar fora do Brasil

Estudar fora: checklist com 10 itens para estar em dia antes de estudar no exterior

Nova York: 11 lugares que você precisa conhecer no seu intercâmbio

Curtiu o conteúdo? Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.