Categories
Curiosidades Estados Unidos HighSchool

Ensino médio nos Estados Unidos: entenda o intercâmbio de High School!

Ícones Dreams Intercâmbios

Fala, Dreamer! O sistema de ensino médio nos Estados Unidos é único e oferece uma série de vantagens para estudantes internacionais que desejam fazer um programa de high school no país. Curioso pra viver uma experiência que nem a dos filmes no seu intercâmbio?

Os principais destinos escolhidos pelos brasileiros para intercâmbio de high school são Canadá, Estados Unidos, Austrália, Irlanda e Reino Unido.

Então, neste post, exploraremos como funciona o ensino médio nos EUA e as razões pelas quais isso pode ser benéfico para estudantes estrangeiros.

Ensino médio nos Estados Unidos

Alunos de ensino médio nos Estados Unidos assistindo a uma aula

O ensino médio nos Estados Unidos, conhecido como High School, difere do sistema brasileiro em diversos aspectos. No High School americano, o ensino médio dura 4 anos, sendo que o 9º ano já é considerado parte do ensino médio, ao contrário do Brasil, onde o ensino médio tem duração de 3 anos.

Cada ano do High School tem um nome específico: Freshman (9º ano), Sophomore (10º ano), Junior (11º ano) e Senior (12º ano). Uma característica marcante do High School é a flexibilidade curricular, com disciplinas obrigatórias e eletivas, permitindo aos alunos escolherem matérias alinhadas com seus interesses vocacionais, o que totaliza mais de 300 opções de disciplinas eletivas.

Além disso, o sistema educacional americano incentiva a participação em atividades extracurriculares, como esportes, artes e clubes estudantis, proporcionando aos estudantes uma formação mais abrangente e enriquecedora.

O calendário escolar nos EUA inclui um longo período de férias de verão, entre maio e julho, e o ano letivo geralmente inicia entre julho e setembro. Outro destaque é a ênfase no esporte, com atletas destacados tendo a oportunidade de obter bolsas de estudo.

Destinos mais procurados nos EUA para High School

Os destinos mais procurados nos Estados Unidos para fazer high school incluem:

  • Dallas, Texas: As escolas públicas são bem avaliadas, e oferecem uma educação de excelência e uma ótima infraestrutura.
  • Virginia: A Thomas Jefferson High School for Science and Technology é considerada uma das melhores escolas de High School nos EUA, oferecendo uma infraestrutura completa e segura para os alunos, aulas criativas e envolventes, e uma vasta equipe de professores capacitados.
  • Arizona: A Basis Scottsdale e a Basis Tucson são escolas que se destacam por sua qualidade de ensino e infraestrutura moderna.
  • Boston, Massachusetts: Conhecida por ser uma cidade universitária, Boston abriga algumas das maiores universidades do mundo como Harvard. É o destino ideal para quem quer a experiência e as vantagens de um curso profissionalizante no exterior.
  • Miami, Flórida: A cidade é o destino perfeito para os amantes de artes, design, moda e arquitetura que querem se especializar e melhorar o inglês de forma prática.
  • Nova York: A cidade que nunca dorme é a escolha certa para quem sonha em viver o estilo de vida agitado de uma das maiores metrópoles do mundo.

Esses destinos oferecem uma combinação de qualidade de ensino, infraestrutura moderna, oportunidades de liderança estudantil, e uma rede de apoio para estrangeiros que desejam aprimorar seus conhecimentos em escolas nos EUA.

Por que fazer Ensino Médio nos Estados Unidos?

Alunos de high school deixando a escola

Para estudantes internacionais, fazer um programa de High School nos Estados Unidos oferece diversas vantagens. A imersão na cultura americana proporciona um aprendizado acelerado do idioma, já que os estudantes estão constantemente em contato com a língua.

Além disso, a flexibilidade curricular e a variedade de disciplinas eletivas permitem aos estudantes explorar áreas de interesse específicas e se preparar para o ensino superior de forma mais personalizada.

O sistema educacional americano valoriza a participação dos estudantes em atividades extracurriculares, como esportes, artes e clubes estudantis, proporcionando uma formação mais completa e enriquecedora.

Frequentar o ensino médio nos Estados Unidos pode ser uma excelente preparação para a faculdade. Os estudantes internacionais têm a chance de se familiarizar com o sistema educacional americano, adquirir habilidades acadêmicas essenciais, como pensamento crítico e resolução de problemas, e se preparar para os rigores do ensino superior nos EUA.

Curtindo o conteúdo? Então leia mais:

Pré-requisitos para fazer ensino médio nos Estados Unidos

Alunos no gramado do campus do ensino médio nos Estados Unidos

Para estudar no High School americano como intercambista brasileiro, existem alguns pré-requisitos importantes a serem considerados. De acordo com as fontes fornecidas:

  1. Idade: Geralmente, os estudantes intercambistas devem ter entre 15 e 18 anos para participar do programa de High School nos Estados Unidos.
  2. Escolaridade: É necessário estar cursando o ensino médio nacional com bom aproveitamento escolar para ser elegível para o programa de ensino médio nos Estados Unidos, ou ter tido boas notas na conclusão do ensino fundamental para os que iniciarão o primeiro ano.
  3. Nível de Conhecimento de Inglês: É exigido um nível intermediário de conhecimento de inglês para garantir uma comunicação eficaz durante o período de estudos nos EUA.

Qual a diferença entre os vistos para Ensino Médio nos Estados Unidos?

As principais diferenças entre os programas de ensino médio nos Estados Unidos com vistos J-1 e F-1 são:

Visto J-1

  • As famílias hospedeiras são voluntárias e não recebem incentivo financeiro.
  • O estudante não pode escolher o local onde vai estudar.
  • Duração máxima de 1 ano letivo, sem possibilidade de prorrogação.
  • Não há garantia de participação em esportes e outras atividades extracurriculares.
  • Não oferece aulas de inglês para reforço.
  • Inscrições apenas com antecedência, com prazo mais curto.
  • Pode não oferecer diploma de High School.
  • Idade mínima de 15 anos.
  • Custo aproximado de US$6.000 por semestre.

Visto F-1

  • As famílias hospedeiras recebem ajuda financeira.
  • O estudante pode escolher o distrito escolar e até mesmo a escola específica.
  • Permite participação em esportes e outras atividades extracurriculares.
  • Oferece aulas de inglês para reforço e ajuda nos estudos.
  • Inscrições com prazo mais estendido.
  • Oferece certificado de diploma de High School.
  • Idade mínima de 14 anos.
  • Custo aproximado de US$20.000 por semestre.

Apesar das diferenças, ambos os programas proporcionam uma experiência enriquecedora de imersão na cultura americana através do convívio na escola, família e comunidade. A escolha dependerá das preferências e possibilidades financeiras de cada estudante e sua família.

Além disso, é fundamental estar ciente dos requisitos específicos de cada programa de intercâmbio e das agências responsáveis pela organização do High School nos Estados Unidos. Esses pré-requisitos visam garantir que os estudantes estejam preparados para aproveitar ao máximo a experiência de estudo no exterior e se adaptar com sucesso ao sistema educacional americano.

Saiba mais: Faça seu High School com a Dreams

Imagem do escritório da Dreams Intercâmbios

Você está pronto para dar o próximo passo em direção ao futuro acadêmico dos sonhos? Nossos especialistas em intercâmbio estão aqui para tornar sua jornada de estudo no High School americano uma realidade inesquecível. Não deixe essa oportunidade única passar!

Não espere mais para viver a experiência de uma vida e expandir seus horizontes acadêmicos e culturais. Um futuro brilhante te aguarda! Estamos ansiosos para fazer parte da sua jornada e sabemos que podemos realizar o seu sonho! 

Clique no link abaixo e entre em contato conosco hoje mesmo para alcançar seus objetivos educacionais nos Estados Unidos. Nossa equipe experiente e dedicada está pronta para guiá-lo em cada etapa do processo, desde a seleção do programa até a sua chegada ao país.

Categories
Estados Unidos Graduação e Pós no Exterior Universidades

Universidade de Nova York: a porta de entrada para um futuro brilhante nos EUA!

Ícones Dreams Intercâmbios

Fala, Dreamer! Se você está considerando estudar nos Estados Unidos, a Universidade de Nova York é uma instituição que merece sua atenção. Considerada uma das melhores universidades particulares de Nova York e dos Estados Unidos, a NYU se destaca por sua excelência acadêmica, inovação e localização privilegiada.

Neste post, vamos explorar detalhadamente o que torna a NYU uma das principais universidades do mundo e por que estudar lá pode ser uma experiência transformadora.

Confira a seguir o que trouxemos especialmente para você neste texto:

  • Estudar na Universidade de Nova York: conheça a universidade
  • A história da universidade
  • Ranking mundial: Universidade de Nova York
  • Estudar em Nova York: como entrar?
  • Saiba mais: Assessoria acadêmica Dreams

Estudar na Universidade de Nova York

Imagem da fachada de um dos prédios da Universidade de Nova York, com bandeiras da logo da instituição penduradas

Seu espírito pioneiro faz da Universidade de Nova York uma das instituções de pesquisa mais proeminentes do mundo, oferecendo programas acadêmicos de alto nível.

Ancorada na cidade de Nova York e com campi que concedem diplomas em Abu Dhabi e Xangai, além de 12 sedes de estudo no mundo todo, a NYU é líder em educação global, com o maior número de estudantes internacionais e de alunos que estudam no exterior entre todas as universidades americanas.

Como a maior universidade particular de pesquisa dos EUA, a NYU oferece uma educação rigorosa e exigente para mais de 65.000 estudantes e realiza pesquisas anuais no valor de US$ 1,27 bilhão. Conta entre seu corpo docente com ganhadores das mais altas honrarias acadêmicas e é uma das principais produtoras de patentes e receitas de licenciamento entre as universidades americanas.

A história da universidade

Fundada em 1831 para ser uma universidade metropolitana acessível a uma classe média emergente, a Universidade de Nova York inicialmente lutou para cumprir as ambições de seus fundadores. Enquanto o programa de graduação enfrentava desafios, suas escolas profissionais e de pós-graduação em áreas como direito, medicina e odontologia prosperaram, contribuindo significativamente para o crescimento comercial de Nova York.

Por meio de investimentos estratégicos, melhorias no corpo docente e requisitos rigorosos de admissão, a NYU emergiu como uma universidade de pesquisa de alto nível nas décadas seguintes. Parcerias globais e a criação de campi em Abu Dhabi e Xangai solidificaram sua posição como líder em educação global.

Curtindo o conteúdo? Então leia mais:

Ranking mundial: Universidade de Nova York

Rua da Universidade de Nova York movimentada por estudantes

A NYU figura entre as melhores universidades do mundo em diversos rankings prestigiados.

  • Classificada como a 38ª melhor universidade global no QS World University Rankings 2024.
  • Recebeu a máxima pontuação de cinco estrelas QS, atingindo notas máximas nas categorias de pesquisa, inovação, instalações e critérios especializados.
  • Reconhecida pelo excelente desempenho no Graduate Employability Rankings 2017, indicando que seus graduados são altamente valorizados pelo mercado de trabalho.

Além disso, a NYU se destaca em rankings por área de estudo, estando entre as melhores do mundo em:

  • Contabilidade e finanças
  • Matemática
  • Direito e estudos jurídicos
  • Psicologia
  • Filosofia

Estudar em Nova York: como entrar?

A NYU é um caldeirão de culturas e perspectivas, com alunos provenientes de mais de 130 países. Essa diversidade enriquece o ambiente acadêmico e oferece aos alunos a oportunidade de aprender e crescer com pessoas de todo o mundo.

Para ingressar na NYU, os candidatos devem passar por um processo seletivo competitivo. A universidade aceita menos de um em cada oito candidatos, o que reflete seu alto padrão acadêmico e seu compromisso com a excelência educacional.

Para se candidatar à NYU, você precisará enviar os seguintes documentos:

  • Formulário de inscrição online
  • Histórico escolar completo
  • Transcrições oficiais de todas as instituições que frequentou
  • Pontuações de testes padronizados (SAT ou ACT)
  • Cartas de recomendação
  • Redação pessoal
  • Suplemento de currículo

Dicas para obter sucesso na sua aplicação para a Universidade de Nova York

  • Comece a se preparar para o processo de admissão com antecedência.
  • Pesquise os programas acadêmicos da NYU e escolha aqueles que mais se alinham com seus interesses.
  • Demonstre seu entusiasmo pela NYU em seu ensaio pessoal e nas cartas de recomendação.
  • Destaque suas realizações acadêmicas e extracurriculares.
  • Mostre sua paixão por aprender e sua capacidade de contribuir para a comunidade da NYU.

A NYU oferece uma variedade de recursos para ajudar os candidatos no processo de admissão. Você pode visitar o site da NYU para obter mais informações, participar de webinars ou agendar uma consulta com um conselheiro de admissão.

Saiba mais: Assessoria acadêmica Dreams

Imagem interna do escritório sede da Dreams Intercâmbios com os dizeres "Do you have a Dream?" adesivados na parede.

A oportunidade de estudar numa universidade reconhecida internacionalmente pode abrir portas para carreiras globais de sucesso. Determinados programas e instituições podem até oferecer possibilidade de trabalho!

O ideal é que você tenha um profissional qualificado pra te ajudar nesse processo, pra que você seja bem-sucedido nesse passo para iniciar sua educação internacional!

É por isso que estamos aqui para oferecer orientação especializada, experiência e suporte individualizado para tornar o seu sonho de estudar no exterior uma realidade.

Nossos serviços de assessoria acadêmica são o trampolim para o sucesso do seu sonho. Aqui na Dreams, entendemos que a busca por uma educação de qualidade é uma jornada desafiadora. Mas esses desafios não são maiores que o seu sonho!

Estamos ansiosos para fazer parte da sua jornada cursando seu Ensino Superior nos Estados Unidos. Clique no link abaixo para iniciar uma conversa gratuita com os nossos especialistas sobre como podemos ajudá-lo a transformar seus sonhos em realidade.

Categories
Estados Unidos Tudo sobre intercâmbio Vistos e documentações

Quanto custa tirar visto americano de turismo? Entenda os gastos do seu processo de visto!

Ícones Dreams Intercâmbios

Fala, Dreamer! Tirar o visto americano é o primeiro passo para realizar o sonho de visitar os Estados Unidos. No entanto, muitas pessoas têm dúvidas sobre os custos envolvidos nesse processo. Neste texto, vamos explorar em detalhes quanto custa tirar visto americano para brasileiros e quais são os principais gastos envolvidos.

Visto americano de turismo: para que serve?

Imagem de visto americano. Quanto custa tirar visto americano?

Os vistos de não-imigrante são necessários para viagens temporárias aos Estados Unidos. Isso inclui turismo, trabalho temporário, estudo e intercâmbio. Todos os brasileiros necessitam de um visto para visitar os Estados Unidos. A maioria dos viajantes brasileiros de turismo e negócios precisam de um visto do tipo B1/B2.

Ao compreender o processo e estar bem preparado, você aumenta suas chances de obter o visto americano com sucesso. Isso permite que você desfrute de uma viagem tranquila e inesquecível para a terra dos sonhos.

Quanto custa tirar visto americano de turismo?

Dólares americanos sobre uma mesa. Quanto custa tirar visto americano.

O principal custo associado ao processo de visto americano é a taxa de solicitação do visto. Atualmente, essa taxa consular é de US$ 185 (cento e oitenta e cinco dólares americanos) por pessoa, aplicada a todos os países. No entanto, é importante estar ciente de que essa taxa pode sofrer alterações ao longo do tempo, por isso é fundamental verificar o valor atualizado no momento da solicitação.

Vale salientar que você precisará de um passaporte válido para iniciar o processo, então caso o seu esteja expirado ou você ainda não tenha um, precisará iniciar.

Renovação de visto americano de turismo: quanto custa?

O processo de renovação do visto americano prevê a mesma taxa consular de 185 U$$, mas a depender do caso, você não precisará de uma nova entrevista.

Curtindo o conteúdo? Então leia mais:

Saiba mais: Assessoria de visto americano

Mulher comemorando e referência ao visto americano.

Sabemos que o processo de tirar um visto para estudar nos EUA pode ser longo e estressante. As exigências e a possibilidade de ter o visto negado podem gerar ansiedade e insegurança. É aí que nós, da Dreams Intercâmbios, entramos para fazer toda a diferença!

Com uma aprovação de nossos clientes do nosso serviço de 95% e um índice de aprovação de vistos americanos de 81%, nossa assessoria especializada é a parceira ideal para te guiar nessa jornada.

Entendemos os desejos dos nossos clientes, e trabalhamos incansavelmente para tornar o processo mais ágil e eficaz. Nossa equipe de especialistas conhece profundamente as nuances do processo. Isso nos permite oferecer orientações personalizadas e precisas, garantindo que cada detalhe do seu processo seja cuidadosamente tratado.

Ao escolher a Dreams, você terá a tranquilidade de estar sendo acompanhado por uma equipe experiente, comprometida em transformar o seu sonho de estudar nos Estados Unidos em realidade.

Acreditamos que a jornada não precisa ser complicada, e estamos aqui para tornar essa experiência mais agradável e segura. Deixe-nos cuidar de toda a burocracia para que você possa focar no que realmente importa: planejar sua viagem e aproveitar ao máximo tudo o que os Estados Unidos têm a oferecer.

Não espere mais, entre em contato com a gente e comece a sua jornada rumo aos Estados Unidos hoje mesmo:

Categories
Estados Unidos Vistos e documentações

Visto americano de turismo: guia completo pra tirar o seu!

Ícones Dreams Intercâmbios

Fala, Dreamer! Pronto pra desbravar o mundo e realizar seu sonho de conhecer os Estados Unidos mas não sabe por onde começar? Nesse guia completo a gente te conta tudo que você precisa saber sobre o visto americano de turismo!

Entenda a seguir como realizar sua jornada rumo a tanta cultura, pessoas diferentes e atrações que você só encontra na terra do Tio Sam.

O que saber para tirar o visto americano de turismo?

Antes de iniciar o processo, é crucial entender alguns detalhes importantes sobre o visto americano. Os solicitantes deverão comparecer presencialmente a uma entrevista no consulado ou embaixada americana, presentes nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Recife e Porto Alegre.

Além disso, para evitar problemas, e evite fazer reservas não reembolsáveis ou comprar passagens antes de garantir a aprovação do seu visto.

Durante a entrevista, prepare-se para fornecer todas as informações possíveis que comprovem seus vínculos com o Brasil. Você falará sobre família, emprego estável, e capacidade de arcar com os custos da viagem.

O visto de Não-imigrante para os EUA

Os vistos de não-imigrante são necessários para viagens temporárias aos Estados Unidos. Isso inclui turismo, trabalho temporário, estudo e intercâmbio. Todos os brasileiros necessitam de um visto para visitar os Estados Unidos. A maioria dos viajantes brasileiros de turismo e negócios precisam de um visto do tipo B1/B2.

Ao compreender o processo e estar bem preparado, você aumenta suas chances de obter o visto americano com sucesso. Isso permite que você desfrute de uma viagem tranquila e inesquecível para a terra dos sonhos.

Taxas e validade do visto

O valor da Taxa do Visto Americano de turismo e negócios (B1/B2) é de US$185 por pessoa. Esse valor corresponde a aproximadamente R$910,00, dependendo da cotação do dólar no dia do pagamento. O visto de turista tem validade de 10 anos. Ele permite múltiplas entradas, com um prazo de permanência de até 180 dias por viagem.

Passo a passo para tirar o visto americano de turismo

  1. Determine o tipo de visto necessário: Verifique o visto que se enquadra ao seu padrão de viagem, como turismo (B-2), estudo, ou negócios.
  2. Preencha o formulário DS-160: Acesse o site do Consulado dos Estados Unidos e preencha o formulário DS-160 em inglês, com muita precisão e atenção aos detalhes.
  3. Pague a taxa de Visto: O valor para tirar o visto americano de turismo é de US$185, que pode ser pago por boleto bancário ou cartão de crédito.
  4. Crie uma conta no site do Consulado dos EUA: Isso te permitirá agendar a sua entrevista de visto.
  5. Agende a entrevista de visto: Após o pagamento da taxa, aguarde 2 dias úteis para fazer o agendamento da sua entrevista no Consulado americano, que pode ser feito online ou por telefone.
  6. Visite o CASV: Compareça ao Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) mais próximo, levando seu passaporte válido e o formulário DS-160, para coleta de foto e impressões digitais.
  7. Entrevista de Visto: Compareça à entrevista no consulado ou embaixada no dia e horário agendados, onde será questionado sobre sua viagem, planos nos EUA, motivos e vínculos com o Brasil.
  8. Aguarde a decisão: Após a entrevista, aguarde a decisão do oficial consular, que pode ser imediata ou levar alguns dias ou semanas.
  9. Entrega do visto (se aprovado): Caso aprovado, seu passaporte com o visto poderá ser retirado em uma das Centrais do CASV. Ele também pode ser enviado via Correios.

Curtindo o conteúdo? Então leia mais:

Motivos para a recusa do visto americano

Ao solicitar um visto para os Estados Unidos, é essencial compreender os motivos que podem levar à sua recusa.

A seguir, confira alguns dos motivos mais comuns para a recusa do visto, para ajudá-lo a evitar esses obstáculos durante sua solicitação:

  • Intenção de Imigração
  • Falta de Vínculos Sociais e Financeiros
  • Informações Falsas ou Inconsistentes
  • Histórico Criminal
  • Documentação com Problemas
  • Histórico de Violação de Vistos Anteriores
  • Razões de Saúde ou Segurança

Saiba mais: Assessoria de vistos Dreams

Sabemos que o processo de tirar um visto para estudar nos EUA pode ser longo e estressante. As exigências e a possibilidade de ter o visto negado podem gerar ansiedade e insegurança. É aí que nós, da Dreams Intercâmbios, entramos para fazer toda a diferença!

Com uma aprovação de nossos clientes do nosso serviço de 95% e um índice de aprovação de vistos americanos de 81%, nossa assessoria especializada é a parceira ideal para te guiar nessa jornada.

Entendemos os desejos dos nossos clientes, e trabalhamos incansavelmente para tornar o processo mais ágil e eficaz. Nossa equipe de especialistas conhece profundamente as nuances do processo. Isso nos permite oferecer orientações personalizadas e precisas, garantindo que cada detalhe do seu processo seja cuidadosamente tratado.

Ao escolher a Dreams, você terá a tranquilidade de estar sendo acompanhado por uma equipe experiente, comprometida em transformar o seu sonho de estudar nos Estados Unidos em realidade.

Acreditamos que a jornada não precisa ser complicada, e estamos aqui para tornar essa experiência mais agradável e segura. Deixe-nos cuidar de toda a burocracia para que você possa focar no que realmente importa: planejar sua viagem e aproveitar ao máximo tudo o que os Estados Unidos têm a oferecer.

Não espere mais, entre em contato com a gente e comece a sua jornada rumo aos Estados Unidos hoje mesmo:

Categories
Estados Unidos Vistos e documentações

Renovação de visto americano: como funciona?

Ícones Dreams Intercâmbios

Fala, Dreamer! O processo de renovação de visto americano pode ser um procedimento desafiador para muitas pessoas, mas com o passo a passo correto e algumas dicas úteis, é possível tornar esse processo mais fácil e rápido do que você imagina. Você pode até recorrer a uma assessoria!

Neste texto, a gente compartilha com você todas as informações necessárias para renovar o seu visto sem complicações em 2024!

Como renovar o visto americano?

Passaporte brasileiro sobre mesa.

O processo de renovação do visto americano é relativamente simples e pode ser dividido em algumas etapas:

  1. Preencha o formulário DS-160 online, reservando pelo menos 30 minutos para completá-lo.
  2. Pague a taxa consular, que é a mesma para a emissão do primeiro visto.
  3. Agende o atendimento no CASV, onde você renovará a sua foto e entregará o seu passaporte válido para a confecção do novo visto.
  4. Pague a taxa adicional de entrega, se desejar receber o visto em casa por Sedex.

É importante ressaltar que não há mais entrevista para renovação do visto americano, o que agiliza significativamente o processo.

Renovação de visto americano

Mulher segurando passaporte com seu visto americano. Renovação de visto americano.

Qual o prazo?

Você pode renovar o seu visto americano até um ano antes do vencimento ou até 48 meses após o vencimento. Por conta das circunstâncias da pandemia, o consulado flexibilizou temporariamente o período de renovação para vistos vencidos há até 48 meses. Isso significa que se você deixou o seu visto expirar por mais tempo, essa é uma excelente oportunidade para renová-lo!

O tempo necessário para renovar o visto americano pode variar de acordo com a agenda da cidade escolhida. No entanto, é possível concluir todo o processo, incluindo a entrega dos documentos e a devolução do passaporte com o visto, em cerca de uma semana, sem a necessidade de realizar uma entrevista. Por precaução, é recomendável considerar um prazo de no mínimo um mês para todo o processo.

Onde fazer a renovação de visto americano?

O pedido de renovação do visto americano é feito pela internet. No entanto, a entrega dos documentos deve ser feita pessoalmente em um dos Centros de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) disponíveis em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre ou Recife. Se você não mora próximo a uma dessas cidades, será necessário planejar uma viagem para a data de agendamento da entrega dos documentos.

Curtindo o conteúdo? Então leia mais:

Dicas extras para renovação de visto americano

Para agilizar o processo, ter uma assessoria de vistos colaborando pode facilitar a sua vida. É importante estar atento aos passos cruciais do processo de renovação de visto americano:

  • Preencha o formulário DS-160 e pague a taxa consular o mais rápido possível.
  • Verifique diariamente o site para verificar se foram liberadas novas datas de agendamento no CASV, para adiantar o processo.
  • Considere agendar o atendimento em um CASV de outra cidade se houver maior disponibilidade de agenda.
  • Não se esqueça de pagar a taxa adicional de entrega para receber o seu visto em casa.

Com essas dicas, você poderá renovar o seu visto americano de forma rápida e sem complicações, permitindo que você se concentre no planejamento da sua próxima viagem aos Estados Unidos.

Saiba mais: Assessoria de vistos Dreams

DS-160 dentro de passaporte brasileiro. Renovação de visto americano.

Sabemos que o processo de tirar um visto para os Estados Unidos pode ser longo e estressante. As inúmeras exigências e a possibilidade de ter o visto negado podem gerar ansiedade e insegurança. É aí que nós, da Dreams Intercâmbios, entramos para fazer toda a diferença!

Com um NPS Score de 95% e um índice de aprovação de vistos americanos de 81%, nossa assessoria especializada é a parceira ideal para te guiar nessa jornada.

Entendemos os desejos dos nossos clientes, e trabalhamos incansavelmente para tornar o processo mais ágil e eficaz. Nossa equipe de especialistas conhece profundamente as nuances do processo. Isso nos permite oferecer orientações personalizadas e precisas, garantindo que cada detalhe do seu processo seja cuidadosamente tratado.

Ao escolher a Dreams, você terá a tranquilidade de estar sendo acompanhado por uma equipe experiente, comprometida em transformar o seu sonho de visitar os Estados Unidos em realidade.

Acreditamos que a jornada não precisa ser complicada, e estamos aqui para tornar essa experiência mais agradável e segura. Deixe-nos cuidar de toda a burocracia para que você possa focar no que realmente importa: planejar sua viagem e aproveitar ao máximo tudo o que os Estados Unidos têm a oferecer.

Não espere mais, entre em contato com a gente e comece a sua jornada rumo aos Estados Unidos hoje mesmo:

Categories
Estados Unidos Graduação e Pós no Exterior Universidades

Universidades dos Estados Unidos: conheça as melhores universidades da terra do tio Sam

Ícones Dreams Intercâmbios

Fala, Dreamer! Sonha em estudar nas melhores universidades dos Estados Unidos? Você vai mergulhar em um mundo de oportunidades acadêmicas excepcionais, pesquisa de ponta e comunidades vibrantes.

Descubra os segredos por trás do sucesso dessas instituições renomadas e explore os diversos caminhos que elas podem te levar.

A seguir, você confere nossa seleção especial de cinco das melhores universidades do país!

5° lugar: Universidade de Yale | Universidades dos Estados Unidos

Fachada da Universidade de Yale. Universidades dos Estados Unidos.

Se você está em busca de uma educação que combina tradição, inovação e excelência, estudar em Yale é o ideal pra você!

Localizada na pitoresca cidade de New Haven, em Connecticut, Yale é um dos pilares do ensino superior nos Estados Unidos e no mundo. Com uma história que remonta a mais de três séculos, é sinônimo de educação de alto nível e oportunidades intelectuais incomparáveis.

O alcance de Yale é tanto local quanto internacional. Ela colabora com sua cidade natal para fortalecer a comunidade e a economia da cidade. Ela interage com pessoas e instituições em todo o mundo na busca por promover a compreensão cultural, melhorar a condição humana e treinar a próxima geração de líderes mundiais.

A Universidade de Yale destaca-se como uma das melhores universidades privadas dos Estados Unidos, com uma posição incrível no QS World University Rankings 2024, ocupando a posição #16.

Você pode conferir mais sobre a história da universidade e seu processo de admissão no nosso post completo sobre ela, clicando aqui!

4° lugar: Universidade da Pensilvânia

Vista aérea da UPenn, a Universidade da Pensilvânia nos Estados Unidos

O campus, situado em West Philadelphia, se estende por mais de 279 acres. Ele oferece um ambiente acadêmico enriquecedor, com ênfase em aprendizado interdisciplinar e pesquisa. Com uma divisão equitativa entre alunos de graduação e pós-graduação, Penn cria um ambiente diverso e estimulante para o estudo.

A Penn é a quarta instituição mais antiga de educação superior nos Estados Unidos. Com uma admissão altamente competitiva, reflete seu compromisso com a diversidade, representando 46% de alunos de diferentes grupos étnicos.

Os programas em artes e ciências da Penn figuram consistentemente entre os 10 melhores nacionalmente. Seus alunos desfrutam de museus e centros culturais únicos, fortalecendo a importância das artes na vida estudantil.

Ela também leva a sério esportes e recreação, oferecendo uma ampla gama de atividades esportivas e recreativas. Seus alunos participam de esportes competitivos e instrucionais, proporcionando um equilíbrio saudável entre estudo e lazer. A Penn também é dedicada a promover uma cultura sustentável, e implementa diversas políticas favoráveis ao meio-ambiente.

Sendo uma das mais prestigiadas universidades dos Estados Unidos, conquistou uma posição de destaque, figurando em 12º lugar no prestigiado QS World University Rankings de 2024. Essa classificação também consolida a Penn como uma referência global em educação superior.

Para saber mais sobre a Universidade da Pensilvânia, e se inspirar a tomar a decisão de estudar por lá, clica aqui pra ler o nosso texto exclusivo sobre ela!

3° lugar: Universidade da Chicago | Universidades dos Estados Unidos

Sala de estudos da tradicional Universidade de Chicago

Universidade privada de pesquisa com sede no centro urbano da cidade de Chicago, a UChicago, como também é chamada, é uma das melhores universidades da América e do mundo.

Ela possui, além de uma faculdade de graduaçãocinco divisões de pesquisa de pós-graduação. A Universidade de Chicago conta ainda com diversos centros adicionais em lugares como Londres, Paris, Pequim e Hong Kong.

Os alunos, professores e funcionários da UChicago incluem 97 laureados com o Nobel. Entre os membros do corpo docente e ex-alunos da faculdade também estão 27 vencedores do prêmio Pulitzer, 8 medalhistas olímpicos e 29 graduados em listas de bilionários.

Segundo a edição de 2023 do QS World University Rankingspublicação anual de rankings universitários mais lida do mundo que nomeia as melhores universidades, a Universidade de Chicago é a 10° melhor unversidade para estudar no mundo. Ela também é considerada a 5ª dentre as melhores universidades dos Estados Unidos.

Também temos um conteúdo especial sobre a Universidade de Chicago aqui no nosso blog! Você pode lê-lo clicando aqui.

Curtindo o conteúdo? Você pode ler mais sobre intercâmbio nos Estados Unidos nos textos a seguir:

2° lugar: Universidade de Stanford

Campus da universidade de Stanford. Universidades dos Estados Unidos

Universidade de Stanford é uma instituição de ensino superior que vai além dos padrões convencionais. Com suas sete escolas de graduação, ela abrange uma ampla variedade de disciplinas, desde negócios até ciências. Estudar em Stanford é uma jornada de aprendizado, onde a busca por grandes ideias transcende fronteiras disciplinares.

Aqui, a educação é mais do que aulas e livros didáticos; é uma experiência transformadora que desafia o convencional. Os programas acadêmicos inovadoresprofessores de renome mundial e cultura de pesquisa implacável preparam os estudantes para se destacarem no mundo.

Dentro da diversidade da comunidade Stanford, a criatividade é alimentada e a inovação é impulsionada. Celebrando as diferenças, Stanford vê a diversidade como fonte de força.

Localizada na Baía de São Francisco, a universidade oferece oportunidades únicas de aprendizado, indo além das salas de aula tradicionais. A proximidade com empresas de tecnologia líderes e centros de pesquisa de renome torna a educação em Stanford uma experiência enriquecedora para além dos livros.

Estudar na Universidade de Stanford é mais do que buscar um diploma; é uma jornada para moldar seu futuro e contribuir para o mundo, e é claro que a gente tem um conteúdo super especial sobre a universidade no nosso blog, que você pode ler clicando aqui.

Universidade de Stanford conquista um lugar de destaque no cenário acadêmico internacional. Na edição de 2024, a instituição brilha no 5º lugar no QS World University Rankings.

1° lugar: Universidade de Massachussets (MIT) | Universidades dos Estados Unidos

MIT, universidade de Massachussets, nos Estados Unidos

MIT é uma instituição privada de ensino dos Estados Unidos. Sua reputação é excepcional nas áreas da ciência, tecnologia e pesquisa. Localizado em Massachusetts, surgiu como resultado da visão de William Barton Rogers, que acreditava na criação de um instituto dedicado à tecnologia e à inovação.

O lema do MIT, “Mind and Hand” (Mente e Mão), reflete sua missão de avançar o conhecimento em ciência, tecnologia e áreas acadêmicas que contribuam para a melhoria do mundo. Desde sua fundação, o MIT cresceu significativamente e ganhou destaque, com mais de 11.000 estudantes de graduação e pós-graduação.

O MIT é consistentemente classificado como uma das melhores universidades do mundo. Para 2024, foi classificado como a melhor universidade no QS World University Rankings, em 1° lugar. Essa posição de destaque é um testemunho da excelência acadêmica e da dedicação à pesquisa que fazem parte do DNA do MIT.

O nosso texto completo sobre o MIT você lê clicando aqui.

Saiba mais: Assessoria acadêmica Dreams

Imagem interna do escritório sede da Dreams Intercâmbios com os dizeres "Do you have a Dream?" adesivados na parede.

A oportunidade de estudar em universidades dos Estados Unidos reconhecidas internacionalmente pode abrir portas para carreiras globais de sucesso. As instituições americanas e sua Ivy League são referência mundial em educação internacional.

O ideal é que você tenha um profissional qualificado pra te ajudar nesse processo, pra que você seja bem-sucedido nesse passo para iniciar sua educação internacional!

É por isso que estamos aqui para oferecer orientação especializada, experiência e suporte individualizado para tornar o seu sonho de estudar no exterior uma realidade.

Nossos serviços de assessoria acadêmica são o trampolim para o sucesso do seu sonho. Aqui na Dreams, entendemos que a busca por uma educação de qualidade é uma jornada desafiadora. Mas esses desafios não são maiores que o seu sonho!

Estamos ansiosos para fazer parte da sua jornada cursando seu Ensino Superior nos Estados Unidos. Clique no link abaixo para iniciar uma conversa gratuita com os nossos especialistas sobre como podemos ajudá-lo a transformar seus sonhos em realidade.

Categories
Estados Unidos Estude um idioma fora do Brasil Tudo sobre intercâmbio

Fort Lauderdale: um paraíso na Flórida para o seu intercâmbio

Ícones Dreams Intercâmbios

Fala, Dreamer! Fort Lauderdale, na Flórida, é conhecida por suas praias paradisíacas, mas oferece muito mais do que isso aos visitantes. Nesse texto especial que preparamos pra você, vamos te apresentar a cidade da maneira ideal para o seu intercâmbio!

Com uma história rica, um clima agradável e uma variedade de atrações, Fort Lauderdale é um destino perfeito para todos os gostos.

Veja o conteúdo que trouxemos para você nesse texto:

  1. Conheça a cidade de Fort Lauderdale
  2. A história de Fort Lauderdale
  3. O clima na cidade de Fort Lauderdale
  4. Saiba mais: Lugares para visitar em Fort Lauderdale

Conheça a cidade de Fort Lauderdale

Vista aérea da cidade de Fort Lauderdale, destacando o mar azul e as construções

Fort Lauderdale é uma cidade vibrante e cosmopolita, com uma população de mais de 180.000 habitantes. A cidade está localizada na costa sul da Flórida, a cerca de 48 km ao norte de Miami.

A cidade é um importante centro de negócios e turismo. A sede da Carnival Cruise Line, a maior empresa de cruzeiros do mundo, está localizada em Fort Lauderdale. A cidade também é um destino popular para turistas de todo o mundo, atraídos por suas praias, parques, museus e galerias de arte.

A qualidade de vida em Fort Lauderdale também é considerada alta, de acordo com vários rankings internacionais. Com baixas taxas de criminalidade, também proporciona segurança para seus moradores e visitantes.

A história de Fort Lauderdale

Fotografia em preto e branco de Fort Lauderdale antigamente.

Fort Lauderdale, na Flórida, é uma cidade com uma história rica e diversificada. Fundada há mais de 4.000 anos pelos índios Tequesta, a região passou por mãos espanholas, inglesas, estadunidenses e confederadas até a chegada dos primeiros colonos europeus no século 19.

Em 1838, foi construído o Forte Lauderdale, uma fortificação erguida para proteger a região dos ataques dos índios Seminoles. O forte foi abandonado em 1842, mas a área permaneceu praticamente deserta até o final do século 19.

A chegada da ferrovia da Costa Leste da Flórida, em meados dos anos 1890, foi o marco inicial do desenvolvimento de Fort Lauderdale. A cidade foi incorporada em 1911 e se tornou a sede do Condado de Broward em 1915.

A Segunda Guerra Mundial trouxe uma reviravolta com a instalação de uma importante base da Marinha dos EUA na cidade. Ao final da guerra, o retorno dos militares à região deu início a uma explosão populacional ainda maior que a do boom dos anos 20.

Hoje, Fort Lauderdale é um importante centro de iatismo, um dos maiores destinos turísticos dos Estados Unidos e o coração de uma região metropolitana de 1,8 milhão de habitantes. A cidade abraça sua história diversificada, preservando locais históricos como o New River Inn e o Bonnet House Museum and Gardens.

Ao desbravar as areias macias da cidade, lembre-se que cada onda carrega consigo o eco de guerreiros indígenas, colonizadores aventureiros e pioneiros visionários que moldaram a cidade que conhecemos hoje.

Curtindo o conteúdo? Então leia mais:

O clima na cidade

Praia em Fort Lauderdale, destacando palmeiras, a areia e o horizonte do mar

Fort Lauderdale, na Flórida, tem um clima subtropical, com verões quentes e úmidos e invernos suaves. As temperaturas médias variam de 25 °C a 32 °C no verão e de 15 °C a 25 °C no inverno. A cidade recebe uma média de 2.500 horas de sol por ano, o que faz de Fort Lauderdale um destino popular para os amantes do sol.

No verão, com temperaturas bastante elevadas, a umidade é alta. Isso pode causar sensação térmica ainda mais elevada. O sol brilha forte a maior parte do tempo, com chuvas ocasionais.

No inverno, o clima é mais agradável. O sol brilha forte a maior parte do tempo, com chuvas ocasionais.

A temporada de furacões na Flórida vai de junho a novembro. Fort Lauderdale está localizada na zona de risco para furacões, mas a cidade tem um plano de resposta a emergências bem definido.

Confira uma tabela especial pra você sobre o clima de Fort Lauderdale:

EstaçãoMesesTemperatura média (°C)O que fazer?
VerãoJunho a Agosto25° a 32°Praias, esportes aquáticos, festivais locais.
OutonoSetembro a Novembro23° a 29°Caminhadas em parques, eventos culturais.
InvernoDezembro a Fevereiro15° a 25°Passeios de barco, visitas a museus.
PrimaveraMarço a Maio20° a 28°Jardins botânicos, festivais de música.

Confira também algumas dicas que podem te ajudar a aproveitar o clima:

  • Para o verão, use roupas leves e respiráveis e beba bastante água para se manter hidratado.
  • No inverno, leve um casaco leve ou um suéter para se proteger do frio.
  • Use protetor solar todos os dias, mesmo no inverno.
  • Esteja atento à previsão do tempo e aos alertas de furacões.

Saiba mais: Lugares para visitar em Fort Lauderdale

Orla de praia em Fort Lauderdale, onde um ciclista pedala.

Fort Lauderdale oferece uma variedade de atrações para todos os gostos, então você pode desfrutar de excelentes experiências gastronômicas e culturais. Algumas das principais atrações da cidade incluem:

  • As praias de Fort Lauderdale: As praias da cidade são algumas das mais bonitas da Flórida. A cidade abriga mais de 36 km de praias de areia branca e águas cristalinas.
  • O Riverwalk: O Riverwalk é um calçadão de 4,5 km que margeia o rio New River. Ele oferece uma vista panorâmica da cidade e é um ótimo lugar para passear, andar de bicicleta ou fazer um piquenique.
  • Museum of Discovery and Science: O Museum of Discovery and Science é um museu interativo que oferece exposições sobre ciência, tecnologia e história natural.
  • Broward Center for the Performing Arts: O Broward Center for the Performing Arts é um centro de artes cênicas que abriga apresentações de teatro, música e dança.

Além das atrações mencionadas acima, a cidade oferece uma variedade de outras atrações que valem a pena visitar, incluindo:

  • Bonnet House Museum and Gardens: Este museu e jardins históricos abrigam uma coleção de arte e artefatos do século 19.
  • Sawgrass Mills: Este grande shopping center é um ótimo lugar para fazer compras e encontrar entretenimento.
  • Jungle Queen: Este passeio de barco pelo rio New River oferece uma visão única da cidade.
  • Broward County Zoo: Este zoológico abriga mais de 3.000 animais de todo o mundo.

E aí? Ficou com vontade de se aventurar por Fort Lauderdale no seu intercâmbio enquanto aprimora seu inglês ou até mesmo aprende do zero num país estrangeiro? Clica no link abaixo pra garantir sua consultoria de intercâmbio gratuita com os nossos especialistas!

Categories
Estados Unidos Graduação e Pós no Exterior Tudo sobre intercâmbio

Universidade de Princeton: conheça uma das melhores universidades do mundo

Ícones Dreams Intercâmbios

Fala, Dreamer! Preparado para desbravar a extraordinária Universidade de Princeton? Neste post da nossa série sobre universidades, exploraremos os corredores da excelência educacional, desvendaremos sua rica história e mergulharemos nos motivos que fazem dela uma das instituições mais prestigiadas globalmente.

De rankings a ex-alunos notáveis, você vai conhecer tudo o que torna estudar em Princeton uma experiência singular e transformadora. Preparado para essa imersão no universo da sabedoria e inovação?

Então confira o que preparamos para você nesse texto:

  1. Estudar em Princeton: conheça a universidade
  2. A história da universidade
  3. Ranking mundial: Universidade de Princeton
  4. Estudar na Universidade de Princeton: como entrar?
  5. Saiba mais: Personalidades notáveis da Universidade de Princeton

Estudar em Princeton: conheça a universidade

Estudar em Princeton: conheça a universidade

Princeton é uma universidade de ensino e pesquisa de classe mundial. Comprometida em garantir que todos os estudantes possam se formar com pouca ou nenhuma dívida, oferece um programa de auxílio financeiro para atender às necessidades dos estudantes aceitos, permitindo que eles prosperem na instituição. A Universidade de Princeton reúne os estudantes mais talentosos de diversas origens culturais, étnicas e econômicas.

As experiências dentro e fora da sala de aula preparam o estudante para o liderança ao longo da vida. Princeton enfatiza a criatividade, inovação e colaboração, com um programa de artes liberais nas áreas de humanidades, artes, ciências sociais, naturais e engenharia. A baixa proporção de estudantes para professores em Princeton permite que os alunos interajam melhor com professores que são líderes em suas áreas.

Espera-se que cada membro do corpo docente ministre aulas e que cada estudante realize pesquisas originais e criativas. Os cerca de 5.300 estudantes de graduação fazem parte de uma comunidade vibrante que mantém vínculos muito depois de se formarem. Os estudantes são incentivados a explorar diversas oportunidades acadêmicas e extracurriculares, aproveitando as instalações e recursos extraordinários da universidade. Princeton é uma comunidade de aprendizado enriquecida pelas diversas experiências e perspectivas de nossos estudantes, professores e funcionários.

As salas de aula são compostas por estudantes e professores de todo o país e do mundo. Os estudantes se beneficiam bastante das conexões interdisciplinares no núcleo curricular de Princeton.

A história da universidade

A história da universidade de Princeton: preto e branco

Foi fundada em 1746, inicialmente como o College of New Jersey, até sua mudança para Princeton em 1756. A Universidade de Princeton é uma testemunha viva da história educacional da América do Norte. Em 1896, alcançou o status de universidade, cimentando seu lugar entre as instituições mais antigas e prestigiadas dos Estados Unidos.

Ao longo dos séculos, Princeton tem cultivado uma tradição de excelência acadêmica. Quarta instituição mais antiga do país, destaca-se por seu compromisso com a pesquisa. A Universidade de Princeton conta com cerca de 4.760 estudantes de graduação e cerca de 1.245 calouros de todo o mundo.

A arquitetura histórica de Princeton conta sua própria narrativa. A imponente capela da universidade, construída entre 1925 e 1928, é um exemplo vivo do estilo gótico e abriga serviços inter-religiosos. O portão de FitzRandolph, erguido em 1905, permanecem abertos desde 1969, simbolizando uma tradição que se mantém ao longo das décadas.

Na Universidade de Princeton, cada tijolo conta uma história, e cada estudante contribui para a constante evolução da instituição. A universidade não é apenas uma escola; é uma comunidade dedicada à busca incessante de conhecimento e à formação de líderes do futuro.

Ranking mundial: Universidade de Princeton

Ranking mundial: Princeton

O reconhecimento internacional da Universidade de Princeton não é mero acaso; é o resultado de décadas de dedicação à excelência acadêmica e à busca incessante pela inovação. Sua posição notável como a 17ª melhor universidade global no QS World University Rankings 2024 destaca não apenas o presente esplendor da instituição, mas também a continuidade de sua trajetória de prestígio.

A atmosfera inclusiva e diversificada da universidade contribui para seu sucesso. Buscando atrair os melhores talentos de todo o mundo, Princeton valoriza a pluralidade cultural, étnica e econômica. Essa abordagem reflete-se em sua comunidade estudantil, uma rica tapeçaria de perspectivas que contribuem para uma educação mais holística e global.

Curtindo o conteúdo? Então leia mais:

Estudar na Universidade de Princeton: como entrar?

Estudar na Universidade de Princeton: como entrar?

Ingressar na Universidade de Princeton como brasileiro é um processo desafiador, mas recompensador. É necessário que você mantenha uma média de notas elevada, destaque-se em disciplinas desafiadoras e obtenha pontuações competitivas em testes padronizados como o SAT ou ACT. Separamos algumas dicas e informações valiosas para maximizar suas chances de conquistar uma vaga nesta instituição de prestígio.

O primeiro passo crucial é realizar a inscrição por meio do Common App. Este serviço centralizado simplifica o processo seletivo universitário nos Estados Unidos, permitindo que candidatos apliquem para várias universidades, incluindo Princeton.

A proficiência em inglês é um requisito essencial. Certifique-se de apresentar os resultados de um teste reconhecido, como TOEFL ou IELTS. Outros testes internacionais podem ser solicitados para analisar o seu desempenho, como o SAT. Essa etapa é vital para garantir que você possa se destacar em um ambiente acadêmico onde o inglês é a língua principal.

Para um curso de bacharelado, as notas mínimas são: um SAT de 1460, um GPA de 3, e para proficiência de idioma, um IELTS de 7 ou TOEFL de 100.

Para aumentar suas chances de aceitação, destaque-se no processo seletivo. Enfatize suas conquistas acadêmicas, participações em atividades extracurriculares que podem lhe destacar como indivíduo e experiências que demonstrem seu potencial único como estudante em Princeton. Você também deverá apresentar redações, cartas de recomendação e outros diversos documentos.

Saiba mais: Personalidades notáveis da Universidade de Princeton

Michelle Obama

Michelle Obama: ex-aluna da Universidade de Princeton

Michelle Obama, advogada, autora e ex-primeira-dama dos Estados Unidos, ingressou na Universidade de Princeton em 1981. Inspirada por seu irmão, ela cursou Sociologia e Estudos Afro-americanos, graduando-se bacharel com honras em 1985.

As buscas intelectuais de Michelle em Princeton prenunciaram sua posterior defesa da educação e desenvolvimento comunitário. Sua tese de conclusão de curso, “Princeton Educated Blacks and the Black Community“, lançou as bases para sua carreira impactante.

Jeff Bezos

Jeff Bezos: ex-aluno da Universidade de Princeton

Jeff Bezos, magnata dos negócios americano e fundador da Amazon, também é um ex-aluno da Universidade de Princeton. Graduando-se em 1986 com diplomas em engenharia elétrica e ciência da computação, a jornada de Bezos, iniciando em Wall Street até a criação da Amazon é um testemunho de sua mentalidade visionária.

A empresa, que começou como uma livraria online, evoluiu para o gigante global do comércio eletrônico, computação em nuvem e inteligência artificial que conhecemos hoje.

David Duchovny

David Duchovny: ex-aluno da Universidade de Princeton

Renomado por seus papéis em “Arquivo X” e “Californication“, David Duchovny é um talento multifacetado. Possuindo um Bacharelado em Literatura Inglesa pela Universidade de Princeton, Duchovny continuou sua jornada acadêmica na Universidade Yale, obtendo um Mestrado em Literatura Inglesa.

Além de sua bem-sucedida carreira de ator, Duchovny aventurou-se na escrita, com publicações como “Holy Cow: A Modern-Day Dairy Tale” e “Bucky F*cking Dent“. Seu background acadêmico enriquece seus empreendimentos artísticos, mostrando a profundidade de uma educação em Princeton.

Se você ficou com vontade de estudar na Universidade de Princeton, temos um time especializado pra tornar esse sonho possível! Os pormenores da aplicação podem complicar o seu processo e estamos aqui para tornar sua vida mais fácil!

Clica no link abaixo pra conversar com nossa assessoria acadêmica e começar a viver essa aventura:

Categories
Estados Unidos Graduação e Pós no Exterior

Universidade da Pensilvânia: tudo sobre uma das melhores instituições da Ivy League

Ícones Dreams Intercâmbios

Fala, Dreamer! A Universidade da Pensilvânia, uma renomada instituição da criteriosa Ivy League, combina tradição histórica com inovação moderna. O termo “Ivy League” se tornou sinônimo de excelência acadêmica e social, representando algumas das universidades mais antigas e respeitadas dos EUA.

Essas instituições são conhecidas por seus elevados padrões acadêmicos, tradições seculares, vastos recursos e redes influentes de ex-alunos.

Localizada na Filadélfia, a universidade é um farol de conhecimento e oportunidades. Vamos explorar o que faz da Universidade da Pensilvânia, ou Penn, um local tão especial para estudar.

Se liga no que preparamos especialmente pra você nesse texto:

  1. Estudar na Penn: conheça a universidade
  2. A história da universidade
  3. Ranking mundial: Universidade da Pensilvânia
  4. Estudar na Penn: como entrar?
  5. Saiba mais: Personalidades notáveis da Universidade da Pensilvânia

Estudar na Penn: conheça a universidade

Estudar na Penn: conheça a universidade

O campus, situado em West Philadelphia, se estende por mais de 279 acres. Ele oferece um ambiente acadêmico enriquecedor, com ênfase em aprendizado interdisciplinar e pesquisa. Com uma divisão equitativa entre alunos de graduação e pós-graduação, Penn cria um ambiente diverso e estimulante para o estudo.

A Penn é a quarta instituição mais antiga de educação superior nos Estados Unidos. Com uma admissão altamente competitiva, reflete seu compromisso com a diversidade, representando 46% de alunos de diferentes grupos étnicos.

Os programas em artes e ciências da Penn figuram consistentemente entre os 10 melhores nacionalmente. Seus alunos desfrutam de museus e centros culturais únicos, fortalecendo a importância das artes na vida estudantil.

Ela também leva a sério esportes e recreação, oferecendo uma ampla gama de atividades esportivas e recreativas. Seus alunos participam de esportes competitivos e instrucionais, proporcionando um equilíbrio saudável entre estudo e lazer. A Penn também é dedicada a promover uma cultura sustentável, e implementa diversas políticas favoráveis ao meio-ambiente.

A história da universidade

A história da universidade

Em 1740, surge o modesto sonho de uma escola de caridade em Filadélfia, que Benjamin Franklin transforma em uma instituição de ensino superior inovadora em 1751. Seus ideais educacionais visionários desafiaram as normas da época, focando não apenas no ministério cristão, mas em um currículo de artes liberais.

Franklin, além de seu papel educacional, foi uma figura crucial na formação dos Estados Unidos. Sua visão ultrapassou os limites da educação, deixando um legado que vai além das paredes da academia. Sua influência na Revolução Americana e suas invenções notáveis são testemunhos de sua genialidade e impacto duradouro.

Trilhando caminhos pioneiros, a Penn estabeleceu a primeira escola de medicina nas colônias americanas e sendo a primeira instituição americana a receber a designação de universidade.

Hoje, a Penn se destaca como uma das principais universidades privadas, com programas de artes e ciências classificados entre os 10 melhores nacionalmente. Seu compromisso com a inovação e excelência acadêmica a solidifica como parte integrante da elite educacional.

Em cada capítulo de sua história, a Universidade da Pensilvânia perpetua a visão de Franklin, impulsionando não apenas a educação, mas também o progresso da sociedade. A Penn é mais que uma instituição; é um farol de aprendizado, inspiração e impacto duradouro.

Ranking mundial: Universidade da Pensilvânia

Ranking mundial: Universidade da Pensilvânia

Sendo uma das instituições mais prestigiadas dos Estados Unidos, a Penn conquistou uma posição de destaque, figurando em 12º lugar no prestigiado QS World University Rankings de 2024. Essa classificação atesta não apenas a excelência acadêmica local, mas também consolida a Penn como uma referência global em educação superior.

Curtindo o conteúdo? Então leia mais:

Estudar na Penn: como entrar?

Estudar na Penn: como entrar?

A UPenn é altamente seletiva, buscando alunos excepcionais. Mantenha uma média de notas elevada, destaque-se em disciplinas desafiadoras e obtenha pontuações competitivas em testes padronizados como o SAT ou ACT.

É requerido uma nota SAT de, no mínimo, 1420 para cursos de bacharelado. A nota IELTS de proficiência de inglês mínima para os cursos da Penn é 7.

Ao iniciar sua jornada acadêmica aqui, você precisará reunir uma série de documentos essenciais, incluindo cartas de recomendação transcrições universitárias.

As aplicações para a Universidade da Pensilvânia são feitas através do formulário do Common App, um portal universitário utilizado por diversas universidades internacionais.

Dependendo do programa, o prazo final das aplicações costuma ser entre Novembro e Março. As decisões também tem um cronograma de acordo com o calendário dos cursos.

processo seletivo rigoroso é um reflexo do compromisso da universidade com a qualidade acadêmica e a excelência. É ideal ter uma equipe de assessoria profissional pra te auxiliar nesse passo, pra que tudo corra perfeitamente!

Sendo assim, se você deseja fazer parte desta comunidade de alto nível, prepare-se para o desafio e abra as portas para um futuro brilhante.

Saiba mais: Personalidades notáveis da Universidade da Pensilvânia

Philip Roth

Philip Roth: Universidade da Pensilvânia

Philip Roth foi um proeminente romancista norte-americano. Reverenciado como um dos mais importantes escritores judeus de língua inglesa, Roth recebeu o Prémio Pulitzer de Ficção por sua obra-prima “Pastoral Americana” em 1998. Seu legado literário perdura, e segundo o crítico Harold Bloom, ele é considerado o maior contador de histórias americano desde Faulkner.

Roth também compartilhou seu conhecimento como professor, atuando na Universidade da Pensilvânia, onde lecionou inglês por mais de uma década.

Elizabeth Banks

Elizabeth Banks: ex-aluna da Universidade

Elizabeth Banks, reconhecida por suas notáveis performances em comédias e dramas, é uma atriz, produtora, escritora e diretora em ascensão. Destacou-se em projetos como “Jogos Vorazes“, “Love & Mercy” e “The LEGO Movie“. Graduada na Universidade da Pensilvânia, ela também obteve seu diploma de pós-graduação no American Conservatory Theater.

Para além de seu talento na tela, Banks é ativa em causas sociais e filantrópicas, liderando o Creative Council do Center for Reproductive Rights e apoiando organizações como Planned Parenthood, Heifer International e Turnaround Arts.

John Legend

John Legend: Universidade da Pensilvânia

John Legend, vencedor do EGOT (Emmy, Grammy, Oscar, Tony), é um cantor e compositor aclamado com 11 Grammy Awards, um Academy Award e outros prestigiosos reconhecimentos. Durante seus anos de faculdade na Universidade da Pensilvânia, onde estudou inglês com foco em literatura afro-americana, Legend não apenas aprimorou seu conhecimento acadêmico, mas também iniciou seu caminho musical.

Integrando o grupo de jazz “Counterparts”, ele começou a compor e lançou dois álbuns independentes. Seu sucesso transcende a música, destacando-se como um artista multifacetado e engajado em causas sociais.

Se você ficou com vontade de estudar na Universidade da Pensilvânia, temos um time especializado pra tornar esse sonho possível! Os pormenores da aplicação podem complicar o seu processo e estamos aqui para tornar sua vida mais fácil!

Clica no link abaixo pra conversar com nossa assessoria acadêmica e começar a viver essa aventura:

Categories
Curiosidades Estados Unidos

Ação de graças nos EUA: conheça a celebração tradicional norte-americana

Fala, Dreamer! Desde as reuniões familiares calorosas até banquetes fartos de comida, o Dia de Ação de Graças é uma das festas mais emblemáticas dos Estados Unidos. Conhecido por sua tradição e significado cultural, o feriado é uma oportunidade de expressar gratidão, compartilhar refeições saborosas e criar memórias inesquecíveis.

As origens da Ação de Graças

As origens da Ação de Graças

A história do Dia de Ação de Graças remonta às primeiras décadas da colonização dos Estados Unidos e é uma narrativa de sobrevivência, amizade e gratidão. Uma das histórias mais icônicas é a celebração de 1621, quando os colonos em Plymouth, Massachusetts, enfrentaram inúmeros desafios em sua busca por uma nova vida.

No início do século XVII, colonos europeus, ou Peregrinos, deixaram sua terra natal em busca de liberdade religiosa e oportunidades no Novo Mundo. Após uma viagem árdua a bordo do Mayflower, eles chegaram à costa de Massachusetts em 1620. O inverno que se seguiu foi extremamente difícil, com escassez de alimentos, doenças e mortes.

Em 1621, após uma colheita de sucesso, os Peregrinos convidaram os Wampanoag para um festim que durou três dias. Este evento simbolizou a gratidão pelos alimentos colhidos e pela solidariedade entre as duas culturas. Os participantes compartilharam refeições e histórias, celebrando a abundância e a compreensão.

Essa comunhão entre nativos americanos e colonos é frequentemente considerada o precursor do moderno Dia de Ação de Graças. A tradição de agradecer pelas bênçãos e compartilhar refeições com entes queridos continua a ser uma parte fundamental do feriado, lembrando a todos o poder da gratidão e da unidade.

As tradições do feriado

As tradições do thanksgiving nos EUA

O Dia de Ação de Graças incorpora tradições antigas e contemporâneas. O famoso Desfile da Macy’s em Nova York é um exemplo, com seus enormes balões, carros alegóricos e performances que atraem multidões.

No entanto, a tradição mais querida e icônica é o jantar de Ação de Graças. Pratos clássicos, como peru, molho de cranberry, purê de batata e torta de abóbora, enchem as mesas das famílias. Este banquete não é apenas uma festa, mas um símbolo de gratidão e amor, reunindo entes queridos para celebrar juntos.

Uma tradição intrigante é a do “Osso da Sorte“, um costume que acrescenta uma pitada de diversão à celebração. Este osso com formato de Y é retirado do peru e colocado de lado para secar após a saborosa refeição.

Mas a verdadeira diversão começa depois de todos terem comido. Duas pessoas são escolhidas para segurar o osso, cada uma segurando uma extremidade. Com determinação, elas começam a puxar o osso com mais força, e o objetivo é parti-lo.

A parte maior é considerada um símbolo de sorte, e a pessoa que a obtém tem seu desejo atendido e uma dose extra de sorte garantida no próximo ano.

Curtiu o conteúdo? Leia mais sobre outras datas comemorativas ao redor do mundo:

Comemorando Ação de Graças ao redor do mundo…

Comemorando Ação de Graças ao redor do mundo...

Embora a data seja fortemente associada aos Estados Unidos, você pode se surpreender ao descobrir que outros países também têm celebrações semelhantes. Por exemplo, o Canadá comemora o Dia de Ação de Graças em outubro. Algumas tradições podem variar consideravelmente.

O Erntedankfest, ou Festival da Colheita, na Alemanha, é uma celebração de gratidão pelos alimentos e pela colheita. Na Coreia, o Chuseok é um festival que homenageia os ancestrais e inclui danças e jogos tradicionais. Na China, o Chongyang Jie é um dia para homenagear os idosos, muitas vezes com passeios e atividades ao ar livre.

Esses exemplos revelam a diversidade de celebrações ao redor do mundo, mas todas compartilham o espírito de gratidão, independentemente das diferenças, sejam culturais ou históricas.

O dia de Ação de Graças é muito mais do que apenas um feriado qualquer; é uma celebração de gratidão, união e generosidade. Cada ano, ele continua a unir famílias e comunidades, mantendo a tradição de agradecer pelas coisas boas da vida. Como essa celebração se torna global, sua mensagem de gratidão e compaixão ressoa em todo o mundo.

Planejando seu intercâmbio para os Estados Unidos? Não deixe de conferir tudo o que você precisa saber sobre o seu visto americano: