Categories
Intercâmbio Estudo e Trabalho

Quer estudar na Austrália? Saiba agora como estudar no país

Estudar na Austrália é o sonho de todo mundo que deseja não apenas mudar de vida, mas também potencializar o currículo da melhor forma possível. Porém, nem todo mundo sabe como é o processo para obter um visto de estudo ou como o sistema educacional da Austrália funciona.

Sendo assim, a gente aqui na Dreams quer ensinar à você, que deseja estudar na Austrália e saber como é o processo de estudar no país. Agora, chega de papo e vamos para o que interessa, confira abaixo como estudar na Austrália:

Tirando o seu visto para estudar na Austrália

Coala Australiano
O coala é um símbolo australiano

Bom, como já sabemos, antes de estudarmos em um determinado país, precisamos entender como funciona o seu processo de aplicação de visto de estudo, pois é através dele que conseguiremos a permissão para estudar em uma determinada nação.

O governo australiano disponibiliza em seu site os passos necessários, de forma simples para que os aplicantes tenham a melhor experiência possível quando estiverem passando pelo processo de aplicação do visto. Em resumo, os passos são:

1 – Antes da aplicação

Fora da Austrália, é importante que o estudante realize a sua aplicação 6 meses antes do começo do seu curso na Austrália, mas não se prenda a este tempo estabelecido pelo país, aplique para o seu visto muito antes, pois diversos fatores podem acabar dificultando o processo e gerando atrasos.

2 – Reúna os seus documentos

A parte mais importante do processo envolve os seus documentos, e o governo australiano disponibiliza esta ferramenta para que você identifique a sua documentação necessária para envio. É importante que você revise toda a documentação antes do envio, certo?

3 – Realize a aplicação do visto

Não importa se você está dentro ou fora da Austrália, a sua aplicação será inteiramente online. Para fazer a sua aplicação, basta fazer login na sua ImmiAccount, anexar os documentos e pagar a taxa de solicitação.

4 – Após a sua aplicação

Aguardar pacientemente é sempre a melhor opção, mas o governo da Austrália recomenda que além de se manter atento às novas atualizações do seu processo, também preste atenção em outros fatores importantes como a requisição da sua biometria e o seu exame de saúde prévio.

Também é importante se manter totalmente isento perante a lei do seu país de origem. O governo australiano também recomenda que você viaje apenas após a aceitação da sua aplicação.

5 – Resultado do visto

O último passo consiste nas informações do seu visto após ele ser aprovado. No resultado, o órgão responsável deixará as seguintes informações:

  • A número de concessão do seu visto
  • A data de expiração do seu visto
  • As condições do seu visto

É importante que você anote tudo e tenha essas informações sempre em mãos enquanto estiver na Austrália.

Chegando na Austrália, como é o sistema educacional?

Estudar na Austrália é algo de primeiro mundo

Agora que você está dentro da Austrália, vamos entender melhor sobre o sistema educacional de lá. Mas antes de partirmos direto para o ensino superior, vamos estabelecer a base de que o sistema educacional da Austrália é dividido em primário, secundário e superior. Confira o caminho que um estudante nativo percorre até chegar até o ensino superior:

Formação escolar – primária e secundária

Escola primária – Dura sete ou oito anos, começando no Jardim da Infância/Preparatório até os Anos 6 ou 7.

Escola secundária –  Dura três ou quatro anos, dos Anos 7 a 10 ou 8 a 10.

Escola secundária sênior – Dura dois anos, Anos 11 e 12.

Formação superior

A formação superior inclui o ensino superior com todas as suas universidade e também o VET (Ensino e Treinamento Vocacional).

“Como funciona o VET?”

O Ensino e Treinamento Vocacional é basicamente um ensino técnico aqui no Brasil, nele o estudante aprende na prática todas as vertentes do seu curso, sendo muito escolhido pelos Australianos e também por estrangeiros que procuram socializar com os nativos. O VET permite que o estudante trabalhe 40 horas quinzenais ou 20 horas semanais.

Instituições de ensino superior (faculdades e universidades em geral)

Estudante usando computador

As instituições de ensino superior e também as de ensino técnico da Austrália têm um nível acima da média mundial por atenderem a um sistema criado dentro da própria Austrália em 1995, o AQF. Australian Qualifications Framework ou AQF, é o sistema que determina padrões de qualidade educacional na Austrália. Neste sistema temos 10 níveis que vão interferir nas suas qualificações para o mercado. 

Abaixo, entenda em um exemplo rápido onde utilizamos os níveis 1, 5 e 10:

Nível 1 – Os graduados neste nível terão conhecimentos e habilidades para o trabalho inicial, envolvimento da comunidade e / ou aprendizagem posterior.

Qualificações – Certificado I

Tempo médio –  0,5 a 1 ano


Nível 5 – Os graduados neste nível terão conhecimento especializado e habilidades para trabalho qualificado/paraprofissional  e/ou aprendizagem adicional.

Qualificações –  Diploma

Tempo médio –  1 a 2 anos


Nível 10 – Os graduados neste nível terão compreensão sistemática e crítica de um campo complexo de aprendizagem e habilidades de pesquisa especializadas para o avanço da aprendizagem e / ou para a prática profissional.

Qualificações – Doutorado

Tempo médio – 3 a 4 anos


Assim, podemos observar que os diferentes níveis realmente interferem em como o mercado e as instituições observam o nível profissional dos seus alunos, sendo necessário que o estudante esteja em constante evolução dentro do sistema.

O ensino superior na Austrália ganha destaque pelo simples e incrível fato de que as instituições de ensino trabalham diretamente com a indústria, o que promove um mercado de trabalho mais aquecido para os alunos.

O próprio AQF é administrado diretamente pelo Departamento de Indústria do Governo Australiano, o que indica a forte atenção que os órgãos federais têm com o nível educacional do país.

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Quer fazer um intercâmbio na Austrália mas ainda não sabe como? Tem alguma dúvida? Fala com a gente através deste link, a nossa equipe vai retornar o contato o mais rápido possível para tirar todas as suas dúvidas e ajudar na sua trajetória até estudar no país dos seus sonhos!

Categories
Dicas

Cursos em Montreal para quem deseja potencializar o currículo

Os cursos em Montreal existem em diversas modalidades e áreas, mas saber em qual deles você se encaixa é uma informação essencial, principalmente se você deseja alcançar uma ótima qualidade de vida aliada com uma boa estabilidade financeira. 

Pensar no seu futuro ainda é um dos degraus para a realização dos seus sonhos, e sabendo disso, trouxemos este post com vários cursos em Montreal que podem alavancar o seu currículo, confira abaixo:

1 – E-Commerce

Você cresceu junto com a internet ou ou já estava aqui quando ela se estabeleceu? Bom, independente da sua resposta, sabemos que a internet revolucionou a maneira com que as pessoas interagem com o mundo, criando até mesmo novos setores de trabalho, e o E-Commerce foi um deles.

Com a implementação do E-Commerce em todo o mundo, não é mais necessário ir até um ponto físico para realizar uma compra, basta apertar um botão e o seu produto estará na sua porta, esperando por você.

Cursos em Montreal: E-Commerce
O curso de E-Commerce é ótimo para quem deseja desenvolver uma carreira

Assim, cada vez mais profissionais são requisitados nesta área que apenas cresce ao longo dos anos. Empresas como: Amazon, Jingdong, eBay e Rakuten, são verdadeiras gigantes do E-commerce mundial e continuam ampliando as suas regiões de atuação. Em 2020, no meio de tantas incertezas, o setor cresceu 44%, gerando $861.12 bilhões.

Então se você procura uma área que está em pleno desenvolvimento, com um bom plano de carreira e que pode alavancar a sua qualidade de vida, o E-Commerce é a escolha ideal.

O curso tem em média a duração de 5 semestres e o melhor de tudo: o estudante tem acesso ao programa PGWP (Post-Graduation Work Permit)

Não sabe o que é o PGWP? Clica neste link e aprende rápido!

2 – International Business

Com o aumento das relações entre os países em escala global, se fez necessário que as empresas ultrapassassem o limite das suas fronteiras nacionais e cruzassem até mesmo oceanos, visando lucros em outros continentes. Assim, surge o curso de International Business e Management , que tem como principal objetivo a tarefa de desenvolver habilidades que façam do seu graduando um verdadeiro representante comercial para liderar uma determinada empresa em seu avanço internacional.

Pessoas trabalhando com 2 notebooks
O curso de International Business prepara o aluno para romper barreiras internacionais

Ingressando em um curso de International Business e Management, você estará aprendendo não apenas como lidar com novas culturas, mas também como criar novas oportunidades de negócio através desse conhecimento cultural, aumentando as oportunidades de expansão global da sua empresa.

O curso de International Business e Management tem a duração de 6 meses.

3 – Marketing Digital e Social Media

Ainda quer trabalhar com internet mas não se encaixa tanto na área de negócios e vendas online? Não se preocupe, você ainda pode crescer usando a grande rede mundial.

O Marketing Digital é um dos setores que mais cresceram ao longo dos anos e continua mostrando um grande desenvolvimento quando o assunto é mercado de trabalho. Trabalhar com Marketing Digital significa lidar com pessoas e com as suas vontades, sem necessariamente ter que lidar com uma venda direta.

Cursos em Montreal: Marketing Digital
Marketing Digital é o presente e futuro da comunicação empresarial

Utilizando técnicas de persuasão e também alimentando as vontades e empolgações de um público-alvo, o profissional de marketing digital e social media consegue trazer cada vez mais clientes para a empresa que ele representa, fazendo com que o profissional seja cada vez mais requisitado no mercado.

O curso tem a duração média de 8 meses e tem um mercado de trabalho cada vez mais amplo, se desenvolvendo não apenas em Montreal, mas também no mundo.

4  – Pós-Produção de Áudio e Vídeo

Nós vivemos em uma era cada vez mais rodeada pela tecnologia e as coisas têm acontecido cada vez mais rápido, inclusive a informação, que é uma das coisas mais valiosas desde os tempos antigos. E é nesse meio que a pós-produção de áudio e vídeo se encaixa.

Você já parou pra pensar em quantos podcasts profissionais têm crescido nestes últimos anos? Em uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, foi constatado que 50% das casas estadunidenses consomem este tipo de conteúdo.

Sala de edição de áudio
Trabalhar com áudio e vídeo é estar em vários mercados ao mesmo tempo

“Mas onde eu entro nisso?”. É comum ter a visão engessada de que a pós-produção de áudio e vídeo só conseguem agir em estações de rádio, emissoras de TV ou cinema, mas a verdade é que os conteúdos têm se tornado cada vez mais diversificados. Podcasts precisam ter uma ótima qualidade de áudio para atingir da melhor forma o seu público, assim como vídeos para o youtube, que precisam de cortes precisos para prender a atenção do público.

É nesse momento que o profissional de áudio e vídeo se faz necessário. Utilizando técnicas aprendidas ao longo do seu curso, o editor consegue entrar em mercados cada vez mais inovadores e receber salários que vão além dos que uma rádio ou TV poderiam pagar.

O curso tem a duração média de 5 semestres e também é elegível para o PGWP (Post-Graduation Work Permit).

5 – Ciência da computação

Já parou pra pensar em quantas áreas a internet revolucionou só neste post? O nosso comportamento como usuários de um simples computador sofreu mudanças tão rápidas que parece até impossível perceber todas elas. Hoje não utilizamos mais programas de computador com tanta frequência, mas sim os aplicativos dos celulares, que têm facilitado cada vez mais a nossa vida.

Códigos de programação
Ciência da computação é uma das áreas mais requisitadas do mundo

O profissional de ciência da computação desenvolve sistemas e interfaces utilizando linguagens como Java, PHP, Python e muitas outras que facilitam a vida do usuário, o que faz desse profissional um dos mais requisitados hoje em dia. Basta abrir a sua loja de aplicativos no celular e você verá diversos aplicativos que são frutos da ciência da computação. Sendo esses aplicativos de grandes empresas ou não, o programador é a grande estrela da história.

O curso tem a duração média de 6 semestres.

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Quer fazer um intercâmbio em Montreal mas ainda não sabe como? Tem alguma dúvida? Fala com a gente através deste link, a nossa equipe vai retornar o contato o mais rápido possível para tirar todas as suas dúvidas e ajudar na sua trajetória até estudar no país dos seus sonhos!

Categories
Curiosidades

Brisbane, Austrália: conheça agora a cidade mais agitada da Oceania

Brisbane, Austrália, o destino daqueles que buscam uma vida melhor, com uma qualidade de vida acima da média e em um país que é referência de ensino em todo o mundo. Se você tem alguma dúvida sobre Brisbane ou como será a sua vida nela, não se preocupe, aqui nós trazemos o melhor resumo sobre a história, vida na cidade, economia, transporte público, cultura e até um pouco mais, da forma mais rápida possível. Agora chega de papo e vamos ao que interessa, conheça Brisbane:

Antes de conhecer Brisbane, você conhece Queensland?

As pessoas costumam citar diretamente a cidade de Brisbane e de como ela é incrível para se fazer um intercâmbio de qualidade, mas todo mundo esquece de citar onde ela fica. A cidade de Brisbane está localizada no estado de Queensland, que sendo o segundo maior e terceiro mais populoso da Austrália, fica ao Nordeste do país e leva este nome por causa da Rainha Vitória, rainha do Reino Unido que foi muito importante para a história da Austrália.

Brisbane Austrália, Bairro de South Bank
Bairro de South Bank em Brisbane

“Uma rainha do Reino Unido sendo Importante na Austrália? Como?”. Calma, a gente te explica bem rápido. Naquela época, a Austrália não era nem perto do que era hoje, já que a maior parte do seu território fazia parte da Colônia de Nova Gales do Sul, uma colônia prisional do Reino Unido. E é neste momento que a rainha fez valer a sua reputação, pois em 1901, assinou uma carta que retirava Queensland da colônia, assim, o estado começou a fazer parte da grande Comunidade da Austrália

E Brisbane? Cadê?

Dessa vez não vamos perder tanto tempo com história, mas voltando um pouquinho mais no tempo, Brisbane era uma cidade que já foi há muito tempo habitada pelo povo aborigene, muito mesmo antes do povo britânico colocar os seus pés por lá, mas só em 1825 a cidade recebeu o seu nome através da colonização do Reino Unido e da separação de Queensland.

Crescendo ao longo do tempo e adquirindo cada vez mais autonomia, Brisbane se tornou um dos pontos turísticos mais importantes da Austrália, assim como uma grande amiga para aqueles que buscam estudar, trabalhar e constituir uma vida no país, já que o seu mercado de trabalho acessível para estrangeiros é o que faz da cidade um verdadeiro farol para intercambistas de todo o mundo.

Como é a cidade de Brisbane?

Agora que você já conhece a história, é hora de saber um pouco melhor sobre como funciona a cidade de Brisbane na prática. Abaixo, separamos alguns tópicos específicos sobre as qualidades de Brisbane e como ela é em seu dia a dia, sendo um resumo sobre como você pode encontrá-la hoje. Confira:

A vida na cidade não para

Cidade de Brisbane
Vista de Brisbane à noite

A cidade de Brisbane se encontra em pleno desenvolvimento, as construções de arranha-céus são constantes por lá, assim como a sua agitação urbana. São pouco mais de 2.2 milhões de habitantes (dados de 2016) em uma cidade de 5 904 km², fazendo com que o movimento seja constante em suas ruas.

E assim como o movimento constante, o seu comércio também não para, sendo uma das cidades que mais acolhem estrangeiros que estudam e trabalham na Austrália. A sua economia se mantém cada vez mais aberta para aqueles que procuram oportunidades de trabalho na cidade. É comum conhecer algum amigo que estudou em Brisbane enquanto trabalhava em um café ou em alguma loja de conveniência. 

E sabe o melhor de tudo isso? O salário mínimo da Austrália é um dos maiores do mundo, sendo possível viver tranquilamente por lá enquanto trabalha. E se você for uma pessoa mais econômica, com certeza terá um custo de vida acessível, livre de problemas financeiros e ainda podendo gerar uma renda extra no final do mês. Legal? Né

O transporte público é incrível

Foto do interior de um ônibus
O transporte público em Brisbane é variado e totalmente funcional

Chegar em uma cidade nova não é nada fácil, né? E o transporte é a grande preocupação de quem precisa se organizar para chegar nos seus pontos mais importantes. Em Brisbane o transporte público é uma verdadeira jóia na Austrália. Você pode escolher entre se locomover de ônibus, ferries (balsa), bondinho ou os trens da TransLink (se tiver alguma dúvida de horário, basta acessar o site deles).

No centro existem até mesmo ônibus grátis e também balsas. Já imaginou conhecer o centro da cidade de graça? Não é um sonho, é a realidade de Brisbane!

A cultura de Brisbane é muito rica

Sério, alguma vez você já ouviu falar sobre o que a cultura de Brisbane tem a oferecer? Se você nunca ouviu sobre, não tem problema, a gente te conta. Brisbane é uma cidade que carrega um peso cultural imenso, então é muito comum fazer passeios de temática mais cultural, assim como comparecer a shows dos mais variados.

Sendo um dos pontos fortes da cidade, a cultura de Brisbane mistura o antigo com o contemporâneo, indo das artes visuais até a sua música e eventos, o que faz com que a cidade tenha não apenas pontos turísticos incríveis, mas eventos importantes e que se diferenciam uns dos outros.

Obra de arte na rua de Brisbane
Brisbane é um grande centro cultural

Em Brisbane você pode visitar o jardim botânico e presenciar a primeira árvore de macadâmia cultivada do mundo, ou então passear pelo museu de Brisbane. Não conseguiu se satisfazer? Visite o museu de arte e de arte moderna de Queensland. E tem mais: eu já disse que tudo isso é de graça? Pois é, se você curte história e cultura, Brisbane é totalmente para você.

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Quer fazer um intercâmbio em Brisbane mas ainda não sabe como? Tem alguma dúvida? Fala com a gente através deste link, a nossa equipe vai retornar o contato o mais rápido possível para tirar todas as suas dúvidas e ajudar na sua trajetória até estudar no país dos seus sonhos!

Categories
Dicas

Custo de vida em Montreal: saiba as dicas essenciais para economizar na cidade

O custo de vida em Montreal não é nenhum mistério, mas muitas pessoas que buscam viajar para a cidade ainda sentem uma forte dúvida sobre essa questão, já que não é uma informação tão acessível assim. Sendo assim, não se preocupe, nós traremos mais uma vez aquele formato rápido, simples e explicativo que só a Dreams sabe fazer sobre o custo de vida em diferentes lugares do mundo. Bom, de qualquer forma, chega de papo e vamos direto ao que interessa. Confira abaixo o custo de vida em Montreal:

O custo de vida em Montreal

Antes de irmos direto para os valores médios dos setores de Montreal, é necessário que você entenda que o custo de vida é um dos fatores mais importantes para as suas viagens futuras, pois é a partir do conhecimento dele que você poderá calcular as suas despesas e também as suas ações naquele país ou cidade em específico, certo?

Foto da cidade de Montreal à noite
Cidade de Montreal vista à noite

Dessa vez, utilizaremos a plataforma Numbeo, que além de ser uma referência na análise da qualidade de vida como um todo, nos traz sempre dados atualizados disponibilizados diretamente pelos habitantes das próprias cidades.

Então não se preocupe, os números que você verá por aqui são os mais atualizados possíveis, desta vez, partindo de março de 2021. E mais uma vez, chega de papo e vamos direto ao que interessa: os números!

Abaixo, confira os valores médios em setores básicos como: alimentação, transporte, moradia, esportes e lazer.

Alimentação

Refeição em restaurante econômico – 15,00 C$

Refeição para 2 pessoas em um restaurante de preço médio (três pratos) – 74,40 C$

McMenu no McDonalds ou refeição equivalente – 12,00 C$

Cerveja nacional (0.5 litros à pressão) – 6,00 C$

Leite (normal), (1 litro) – 2,57 C$

Pão branco fresco (500g) – 3,51 C$

Arroz (branco), (1kg) – 3,06 C$

Ovos (normais) (12) – 3,31 C$

Filetes de Frango (1kg) – 14,52 C$

Bife da Perna (1kg) (ou Carne Vermelha Equivalente) 19,06 C$

Transporte

Bilhete de ida (Transporte Local) – 3,50 C$

Passe mensal (preço normal) – 86,50 C$

Taxi 1km (Tarifa Normal) – 1,75 C$

Gasolina (1 litro) – 1,13 C$

Moradia (preço mensal)

Apartamento (1 quarto) no centro da cidade – 1.290,44 C$

Apartamento (1 quarto) fora do centro – 862,25 C$

Apartamento (3 quartos) no centro da cidade – 2.203,66 C$

Apartamento (3 quartos) fora do centro – 1.488,22 C$

Serviços (considerados essenciais para moradia)

Básicos (eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água, lixo) para um apartamento de 85m2 – 95,31 C$

1 min. de telefone pré-pago para chamada local (sem descontos nem planos) – 0,33 C$

Internet (60 Mbps ou mais, dados ilimitados, cabo/ADSL) – 63,66 C$

Esportes e lazer

Fitness Club, mensalidade para 1 adulto – 36,61 C$

Aluguer de campo de ténis (1 hora no fim-de-semana) – 20,08 C$

Cinema, lançamento internacional, 1 lugar – 14,00 C$

Entendendo as suas despesas e como economizar

Neste momento você deve estar pensando nesse números e como alguns deles são baixos ou como alguns deles são caros para o que você imaginava sobre o custo de vida em Montreal, mas não se preocupe, agora nós vamos conversar sobre estes valores, certo?

Primeiramente, vamos pela alimentação, que além de ser uma das partes mais importantes, nos mostra que é muito mais interessante manter uma dieta balanceada e saudável enquanto estivermos em Montreal, pois levando em consideração os preços diários de uma alimentação em restaurantes, entendemos que é muito mais viável realizarmos uma feira básica em mercearia, que além de ser muito mais acessível, promove a sua saúde como um todo.

Foto de estátua no Jardim Botânico de Montreal
Estátua no Jardim Botânico de Montreal

O transporte não tem nenhum preço acima da média, mas você sabia que é totalmente possível conhecer Montreal a bordo de uma bicicleta? Pois é, são pouco mais de 350km de ciclovias. Se você gosta de andar de bicicleta, não perca tempo, pois além de ciclovias que estão por quase toda a Montreal, a sua economia com transporte público será muito alta.

Mas é aquilo, né? Precisamos ter um teto para que possamos nos locomover de um local para outro e a moradia também não é um problema em Montreal. Já pensou em alugar um quarto no centro e ainda dividir a moradia com outro estudante? O preço cai pela metade, mais ainda se você estiver fora do centro da cidade. Com algumas necessidades básicas como a internet, o preço pode subir, mas você provavelmente não sentiria tanto por poder dividir o preço dela também.

E por último, mas não menos importante, o seu lazer não precisa ser reprimido, basta ter a plena consciência dos serviços essenciais na sua vida e estar totalmente bem economicamente para frequentar cinemas, academias e até mesmo teatro.

Concluindo, o próprio Numbeo oferece uma porcentagem dos gastos médios e as suas porcentagens, ficando assim em Montreal:

Alimentação (Mercearia) – 36%

Aluguel de um apartamento – 28,3%

Restaurantes – 13,9%

Transporte – 9,8%

Serviços – 5,1%

Lazer – 4,4%

Vestuário – 2.4%

O salário mínimo de Montreal

Achou que tinhamos terminado? Não mesmo, pois todos esses cálculos seriam em vão se não tivéssemos uma base da nossa renda morando em Montreal. O salário mínimo é o que dita o preço médio de determinadas cidades e como elas podem variar os valores ao longo do tempo. Por isso, vamos entender sobre o salário mínimo de Montreal e como ele ajuda no custo de vida.

o custo de vida em Montreal é acessível
O salário mínimo aumentou no Quebec

No Canadá, cada província tem o seu próprio salário mínimo por hora e na província do Quebec o salário mínimo se encontra, atualmente, no valor de CAD $13,10, o que faz com que um trabalhador em horas padrão (37,5h), tenha uma renda semanal de, em média, CAD $491,25. Sendo assim, podemos concluir que em 4 semanas de um mês, o trabalhador terá CAD $1,965.

Lembre-se que esse é apenas o salário mínimo. Trabalhando em outras áreas e evoluindo o seu currículo na província, este valor pode até mesmo dobrar de valor e melhorar a sua qualidade de vida ao longo do tempo.

E mais um lembrete: você não estará ganhando em reais e sim em dólar canadense, uma moeda que atualmente vale 4 vezes mais do que a moeda brasileira. Além disso, você estará vivendo em um país com alta qualidade de vida e ótimo poder de compra.

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Quer fazer um intercâmbio em Montreal mas ainda não sabe como? Tem alguma dúvida? Fala com a gente através deste link, a nossa equipe vai retornar o contato o mais rápido possível para tirar todas as suas dúvidas e ajudar na sua trajetória até estudar no país dos seus sonhos!

Categories
Intercâmbio Cultural

Londres, Inglaterra: conheça e aprenda rápido sobre a capital do Reino Unido

Londres, Inglaterra, a cidade que todo viajante tem vontade de conhecer e também de morar. Mas, você conhece Londres? Sabe como a cidade foi construída e por que? Bom, se você não soube responder essas perguntas, não se preocupe, já que nós aqui na Dreams elaboramos um conteúdo rápido e completo para você que deseja aprender mais sobre a cidade antes de viajar até lá, certo? Então chega de papo e vamos ao que interessa. Conheça Londres em 5 minutos:

A história de Londres como você nunca viu

Todo mundo conhece Londres pelo seu charme mais clássico, onde todo mundo já conhece as suas cabines telefônicas vermelhas e de teto oval, assim como os seus ônibus, que parecem até mesmo as cabines telefônicas em um tamanho gigante. Mas, você sabe a origem de Londres?

Bom, muito antes de conhecermos Londres como ela é hoje, a cidade já tinha a sua própria história, passando por diversos períodos históricos, começando pela sua criação no império romano, quando o imperador Cláudio liderou a fundação da cidade Londínio às margens do Rio Tâmisa em 43 A.C. e seguiu em pleno desenvolvimento até o final do século IV, quando as cidades romanas começaram a sucumbir e o império romano chegou a sua total ruína no ocidente.

Interior de um museu em Londres
Interior de um museu em Londres

Chegando ao fim do Império Romano, a cidade ficou totalmente desprotegida para o ataque dos povos anglo-saxões (germânicos), que dominando aquele território, abandonaram Londínio e construíram uma vila ali perto chamada Lundenwic. A vila seguiu se desenvolvendo até um certo problema: ataque viking. Assim, alguns anos depois o Rei Alfredo moveu a vila para dentro de Londínio e alterando o seu nome para Ealdwic.

Mas o nosso foco ainda é Londres, certo? E pra não deixar você dormir com tanta história, a gente vai dar uma avançada na história, já que depois desse período, a Inglaterra viveu o período medieval, sofreu por uma epidemia de cólera e no século XX viveu dois dos períodos históricos mais lembrados até hoje: A primeira e a segunda guerra mundial.

Na primeira guerra, Londres foi atacada pela Alemanha, que utilizou zeppelins em cima da população. Na segunda guerra, não teve jeito, a Alemanha veio com tudo mais uma vez, bombardeando a capital da Inglaterra, destruindo diversos lugares importantes e deixando milhares de desabrigados. Porém, a reconstrução da cidade rendeu uma variedade de estilos em suas estruturas.

Ufa! Pra uma cidade pouco maior que Nova York, Londres tem muita história pra contar e esperamos que você tenha entendido tudo da forma mais resumida possível. Agora, você sabe o passado de Londres, mas, será que tem noção de como ela é hoje em dia?

A Londres de hoje

Você acompanhou como Londres cresceu e virou o que é hoje, desde ser uma cidade romana até sofrer bombardeios por causa de uma guerra mundial, e agora sendo uma das cidades mais requisitadas por quem deseja conhecer o mundo. E essa não é uma vontade baseada em qualquer coisa, pois Londres é uma das grandes cidades globais.

“Mas, calma, o que é uma cidade global?”. Uma cidade global nada mais é do que um centro econômico importante para o mundo, cidades como: Tokyo, Nova York e Paris também são cidades globais. Assim, podemos concluir que Londres é importante não apenas para a Inglaterra, mas também para o mundo, o que faz dela um verdadeiro centro de investimento e infraestrutura.

londres inglaterra Rio Tâmisa
Vista de cima do Rio Tâmisa

Com esses investimentos, a cidade consequentemente alcançou um alto nível de qualidade de vida, com maior atenção para os seus serviços de transporte, saúde, segurança e educação, resultando em uma cidade cada vez mais procurada por estrangeiros que desejam crescer dentro da Inglaterra.

E falando em crescer por lá, precisamos falar sobre a libra esterlina, a moeda britânica que além de ser a 5ª moeda mais bem valorizada do mundo, continua se mantendo em altos valores até hoje. Atualmente, para os nossos valores, a moeda equivale a 7,82 reais brasileiros, o que faz da moeda britânica uma verdadeira máquina de compra em outros países, assim como a manutenção do custo de vida em Londres.

A cultura de Londres

Este assunto merece um pouco mais de destaque pois é um dos mais divertidos e importantes sobre Londres, não acha? A cidade consegue ser contagiante quando o assunto é cultura. Nos entregando tantos artistas, escritores e até mesmo filmes incríveis, a cidade de Londres é um verdadeiro celeiro cultural.

E o melhor de tudo é que nós  não precisamos pensar muito quando o assunto é a cultura inglesa, principalmente se pensarmos em Londres, pois as suas características são muito vivas dentro da nossa imaginação. No início deste texto você teve dois exemplos muito famosos como as cabines telefônicas e os ônibus gigantes e vermelhos, mas, você sabia que este ônibus tem um nome? Ele se chama Routemaster e é um verdadeiro xodó dos ingleses.

E a cabine telefônica vermelha que nós encontramos em qualquer esquina de Londres? Conhece a história dela? O modelo K6 ou Jubilee Kiosk foi projetado em 1935 para comemorar o jubileu da coroação do Rei George V, o avô da nossa já conhecida Rainha Elizabeth.

Londres Inglaterra jubilee kiosk
Jubilee Kiosk

Com essas duas mini-curiosidades nós já podemos entender que a cultura de Londres vai muito além do que nós já conhecemos, imagine então a cultura geral da Inglaterra? São muitas possibilidades e em breve traremos todas elas para você, daquele jeito que só a Dreams sabe.

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Quer fazer um intercâmbio em Londres mas ainda não sabe como? Tem alguma dúvida? Fala com a gente através deste link, a nossa equipe vai retornar o contato o mais rápido possível para tirar todas as suas dúvidas e ajudar na sua trajetória até estudar no país dos seus sonhos!

Categories
Curiosidades

Curiosidades sobre Montreal para quem tem pressa

As curiosidades sobre Montreal podem ocupar uma lista gigantesca e muitas delas podem até mesmo fazer com que você passe horas e horas querendo aprender cada vez mais sobre a maior cidade do Quebec. Porém, neste post, nós trouxemos as curiosidades que fazem de Montreal uma cidade tão divertida e ao mesmo tempo importante, não apenas para a província do Quebec, mas também para o Canadá. Sendo assim, chega de papo e vamos para o que interessa! Confira as curiosidades sobre Montreal para quem tem pressa:

As olimpíadas já passaram, mas a história fica

Sendo você um entusiasta das competições olímpicas ou não, essa é uma grande chance de estar presente em um monumento histórico para a história do Canadá e também do mundo. Entre 17 de julho e 1 de agosto, Montreal foi sede dos Jogos Olímpicos de Verão de 1976, sendo a primeira vez que o Canadá recebeu as olimpíadas em suas terras.

“Mas, o que tem de legal por lá atualmente?”. O Parque Olímpico de Montreal é um verdadeiro museu do esporte mundial. Pois além de carregar toda a história antiga dos jogos, ainda conta com a maior torre inclinada do planeta terra.

Curiosidades sobre Montreal: Montreal Tower
Montreal Tower / Foto: The Architect’s Newspaper

A Montreal Tower tem 165m de comprimento e como já dito, tem a curiosidade de ser totalmente inclinada, bem ao lado do estádio de Montreal, que até hoje é utilizado para jogos oficiais de diversas modalidades. 

E não para por aí, já que o centro de esportes do parque permite que os cidadãos treinem no local e se exercitem em diversas modalidades, o que permite que você, quando estiver por lá, possa dividir espaços com atletas de alto nível da própria Montreal.

Andar de bicicleta significa conhecer Montreal

Pessoas andando de bicleta em ciclovia de Montreal
Ciclovia em Montreal / Foto: Montreal Times

Morando no Brasil você deve sentir um pouco de frustração em relação ao planejamento urbano que temos hoje em dia, principalmente se comparado com o de outros países que tem um foco muito maior em uma vida saudável e diminuição de gás carbônico ao longo do nosso planeta.

Mas em Montreal isso é bem diferente, pois as bicicletas ganham um verdadeiro destaque por lá, já que atualmente existem pouco mais de 350km de ciclovia em Montreal. Nativos e até mesmo turistas, costumam dizer que nada é melhor do que conhecer Montreal enquanto passeia de bike, já que elas são um verdadeiro meio de transporte por lá.

Existem ciclovias famosas como a Berges Ouest, que além de promover um ótimo passeio de 20km, permite que o ciclista tenha uma grande vista do Saint Lawrence River, tendo o seu final no Atwater Market, o que não é nada mal para se fazer umas comprinhas, certo? 

Montreal tem muita música abaixo de 0

Você com certeza deve conhecer diversos festivais de inverno não apenas aqui do Brasil, como também do mundo afora, mas, você já ouviu falar do Igloofest?

Se você gosta de música eletrônica ou simplesmente de uma boa festa, o Igloofest é ideal para você que curte a diversão da noite. “Mas, o que esse festival tem de tal especial?”. A resposta é simples: o festival foi pensado para ser realizado no maior pico de frio do inverno de Montreal. Isso pode parecer de certa forma normal, mas com certeza não é.

Curiosidades sobre Montreal: Pessoas fantasiadas no Igloofest
Pessoas se divertindo no Igloofest / Foto: Divulgação/Igloofest

As pessoas costumam aparecer com as roupas mais exóticas e fora de época, o que faz do festival uma verdadeira festa à fantasia.

Contando com uma ambientação de inverno e sendo realizado no Pier de Jacques-Cartier, no velho porto de Montreal, o festival conta com uma política de sustentabilidade que tem o objetivo de diminuir a pegada de carbono. Em 2021, as suas datas foram estendidas de 13 de fevereiro à 13 de março, promovendo o distanciamento social entre os participantes. Legal, né?

Você sabia que Montreal tem uma cidade subterrânea?

Foto da cidade subterrânea de Montreal
A cidade subterrânea vista de baixo pra cima / Foto: Ben Cooper

É isso mesmo que você leu: Montreal tem uma cidade subterrânea. Mas não pense que é algo histórico e cheio de ruínas como nos filmes do Indiana Jones e coisas do tipo. Essa cidade subterrânea é uma das coisas mais interessantes de Montreal e você pode não apenas visitá-la, como fazer compras e até comer por lá.

A cidade subterrânea de Montreal ou La Ville Souterraine é um conjunto de complexos (alguns não tão subterrâneos). O começo da cidade começou em 1962, quando o urbanista Vincent Ponte, após a construção do edifício Place Ville-Marie (cujo tinha um centro de compras subterrâneo), criou um túnel de ligação até o Hotel Rainha Elizabeth.

Todo o complexo é interligado por túneis muito bem projetados e que contém até mesmo lojas em suas laterais. Assim, é como estar caminhando por um grande centro comercial subterrâneo. Você sabia disso? Não? Então não perca tempo e visite a cidade subterrânea o mais rápido possível!

O seu francês está em dia? 

Avenida em Quebec
Avenida de Quebec

Você com certeza deve conhecer alguém apaixonado pela cultura francesa ou que estuda francês por achar o idioma muito bonito e também cheio de charme. Mas, em alguns lugares do mundo, o francês é levado a sério como uma língua praticamente nativa, mesmo fora da França.

Montreal é a quarta maior cidade do mundo em relação à língua francesa, tendo uma grande parte da população que pratica o francês normalmente, como se a cidade não fizesse parte do continente norte-americano. Mas isso se deve ao fato da grande influência da colônia francesa estabelecida na província do Quebec, quando a Nova França foi estabelecida na região. 

Quer saber mais sobre essa chegada dos franceses? Já temos um post especial sobre a província do Quebec e como ela é cheia da cultura francesa, basta clicar aqui.

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Quer viajar para Montreal mas ainda não sabe como? Tem alguma dúvida? Fala com a gente através deste link, a nossa equipe vai retornar o contato o mais rápido possível para tirar todas as suas dúvidas e ajudar na sua trajetória até estudar no país dos seus sonhos! 

Categories
Dicas

Custo de vida em Londres: saiba de maneira rápida como economizar no país

O custo de vida em Londres é a primeira dúvida que todo viajante procura solucionar antes de colocar os pés em terras inglesas e a gente sabe muito bem disso, por isso nós preparamos um conteúdo completo, rápido e didático sobre o custo de vida em Londres, assim como nós costumamos fazer sobre outros países e cidades aqui na Dreams.

A cidade de Londres pode enganar em relação aos seus preços médios, mas não à você, que estará preparado após ler este texto. Agora, chega de papo furado e vamos ao que interessa. Confira abaixo o custo de vida em Londres:

O custo de vida em Londres

O custo de vida em Londress em 2021
O custo de vida em Londres pode ser baixo se você souber como economizar

A gente sabe que você gosta de se manter informado sobre os destinos que pretende visitar no futuro, principalmente sobre o custo de vida, já que não adianta muita coisa viajar sem um planejamento, né? E aqui estamos nós, mais uma vez, trazendo para você o melhor conteúdo sobre o custo de vida em alguma cidade ou país, da maneira mais rápida e simplificada possível.

Dessa vez utilizaremos a plataforma Expatistan, que desde 2009 vem reunindo dados de diversas cidades ao longo do mundo e criando médias de preço em cima dos serviços oferecidos pelos países e as suas cidades.

Depois dessa explicação, vamos para o que interessa. Abaixo, entenda o custo de vida em Londres em relação a sua alimentação, moradia, transporte e entretenimento:

Alimentação

Menu do dia (almoço incluindo bebida) na área nobre da cidade  –  £11

Combo completo em restaurante de fast food (big mac ou similar) – £6

500 gramas de peito de frango – £3,33

1 litro de leite integral – £0,91

Pão para 2 pessoas, 1 dia – £1,11

12 ovos grandes – £2,80

1 kg de maçãs –  £1,96

Moradia

Aluguel mensal para 85 m2 (900 pés quadrados) de acomodação mobiliada na área nobre da cidade – £2.550

Aluguel mensal para 85 m2 (900 pés quadrados) de acomodação mobiliada numa área média – £1.797

Utilitários 1 mês (aquecimento, eletricidade, gás…) para 2 pessoas em apartamento de 85 m2 – £156

Internet 8 mbps (1 mês) – £22

Transporte

Volkswagen golf 1,4 tsi 150 cv (ou equivalente), sem extras, novo – £20.856

Passagem mensal para transporte público – £145

Viagem de táxi em dia útil, tarifa básica, 8 km. (5 milhas) – £26

Entretenimento

Jantar básico para dois no restaurante do bairro – £39

2 ingressos para o cinema – £26

2 ingressos para o teatro (melhores lugares disponíveis) – £200

1 cerveja no restaurante do bairro (500ml) – £5,60

Resumindo o custo de vida em Londres

Números são importantes, mas ainda mais importante é entender os preços e como você pode lidar com eles. No caso da alimentação, por exemplo, podemos entender que o preço médio de um almoço, mesmo em área nobre, não é nada caro se comparado em relação a outros países, melhor ainda se você busca uma alimentação um pouco mais saudável e caseira, com certeza o seu bolso agradecerá.

Quando falamos sobre a moradia, podemos ver que os valores são bem elevados se comparados com outros países como a Irlanda, por exemplo. Mesmo assim, existem formas de se driblar esses preços, principalmente se você for um estudante no país, o que facilita a possibilidade de fazer um house share com outros estudantes. Assim, você terá uma boa localização na cidade ao mesmo tempo que pode economizar até mesmo 50% no valor da sua moradia.

Tower Bridge em Londres
Tower Bridge em Londres

O transporte público pode parecer um pouco caro, mas com certeza ele não é, principalmente se você tomar as melhores rotas possíveis para os seus destinos. E isso é totalmente possível, já que o transporte público de Londres é muito bem otimizado para que o cidadão tenha uma maior mobilidade dentro da cidade. Recarregando o seu Oyster (cartão de transporte pré-pago), é possível se locomover livremente.

O entretenimento nunca é um caso de vida ou morte, mas com certeza nunca será uma coisa dispensável na sua lista de viagem. Sendo assim, analisamos que um cineminha no final de semana não é nada mal, assim como um jantar ou cerveja na esquina da sua rua em Londres. Porém…se você gosta de teatro é bom se preparar se quiser os melhores lugares, certo?

O salário mínimo inglês

Imagem de moedas empilhadas
O salário mínimo é o ponto chave para a sua economia

Quando falamos sobre custo de vida nós podemos discutir planejamentos e fazer orçamentos dos mais diversos tipos, mas tudo isso não adiantará de nada se não tivermos dinheiro suficiente para as nossas necessidades e vontades. Assim, é muito importante sabermos o salário mínimo do país que estaremos inseridos no futuro.

o salário mínimo da Inglaterra sofreu alterações que serão atualizadas a partir de Abril. A Low Pay Comissions, um órgão independente, constituído por trabalhadores que aconselham o governo sobre o salário mínimo, conseguiu um aumento de 2.2% no (NLW)  Nacional Live Wage ou Salário de Vida Nacional. Diante disso, o novo salário mínimo seguirá esta tabela abaixo:

Taxa de abril de 2020Taxa de abril de 2021Aumentar
Salário de Vida Nacional£ 8,72£ 8,912,2%
Taxa de 21-22 anos£ 8,20£ 8,362,0%
Taxa de 18-20 anos£ 6,45£ 6,561,7%
Taxa de 16 a 17 anos£ 4,55£ 4,621,5%
Taxa de aprendiz£ 4,15£ 4,303,6%
Compensação de acomodação£ 8,20£ 8,362,0%

Diferente do Brasil, a Inglaterra utiliza um sistema de remuneração baseado em horas e não em dias, então não estranhe se o valor parecer extremamente baixo. Fazendo um cálculo básico do salário de Vida Nacional por semana e utilizando 8 horas de trabalho por dia, podemos concluir que um trabalhador terá em média  £71,28 ao final da semana.

Pensando em um mês e somando o salário de 4 semanas de trabalho, ao todo, o trabalhador terá £285.12. Parece baixo pra você? Tudo bem, mas deixa eu te mostrar uma comparação rápida: enquanto o Brasil tem R$ 1.100 como salário mínimo, a Inglaterra, em libras esterlinas convertidas para real, teria R$ 2.257,73 como salário mínimo.

Fazendo uma simplificação ainda mais rápida, você estará ganhando o seu salário em libra esterlina, que atualmente, em sua unidade equivale a R$7,98.

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Chegando até aqui, acho que você já sabe muito bem com o que vai gastar em Londres, mas também, com certeza, a sua vontade de conhecer o país deve ter aumentado, melhor ainda se quiser estudar no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica neste link e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa!

Categories
Curiosidades

Curiosidades culturais da Alemanha para quem tem pressa

“Curiosidades culturais da Alemanha para quem tem pressa” é a nova série de posts aqui da Dreams Intercâmbios, nela nós contamos de uma forma rápida e totalmente informativa sobre as curiosidades culturais que você não sabia sobre um dos países mais importantes da história mundial, a Alemanha. Abaixo, confira 5 curiosidades culturais que você provavelmente não sabia sobre esse país incrível:

O poder musical da Alemanha

Foto da banda alemã Scorpions
Scorpions, uma das bandas mais famosas do mundo / Foto: Gazeta do Povo

Nunca foi tão fácil consumir música hoje em dia, principalmente pelos serviços de streaming que possibilitam cada vez mais essa facilidade de apertar um simples botão para ouvir toda a discografia do seu artista favorito.

Na Alemanha, colocar os fones de ouvido com certeza é motivo de orgulho, pois o país é um dos que mais lançam bandas e artistas mundialmente. Bandas como Rammstein, criada em 1994, ainda são gigantes no mundo da música, assim como Tokio Hotel, que explodiu em 2007 para todo o mundo. E claro, não poderíamos esquecer da banda Scorpions, gigante do heavy metal e conhecida muito bem por nós aqui no Brasil, principalmente por aquele pessoal que viveu o auge da década de 80.

E falando em música, conhece os compositores?

Partitura alemã antiga
As partituras são as ferramentas mais valiosas dos compositores

Ao longo dos anos nós aprendemos e desenvolvemos os nossos gostos musicais de acordo com o que as décadas nos ensinaram. Do Rock ao pop contemporâneo, nós sabemos que os compositores são as grandes mentes por trás de qualquer hit que esteja tocando em nossos fones de ouvido ou em qualquer outro lugar.

Provavelmente você já deve ter ouvido quase todos os nomes que vamos citar, mas você sabia que a Alemanha foi o país responsável por nos dar compositores como Beethoven, Bach, Wagner, Johann Strauss II e muitos outros? Pois é.

Enquanto Bach nasceu na cidade de Eisenach em 1685, em dezembro de 1770 nascia Beethoven na cidade de Bonn, onde há o museu utilizando a sua própria casa. Richard Wagner nasceu no leste da Alemanha, mais precisamente na Lipsia, em 1813.

Sendo assim, se você já ouviu belas canções clássicas como Für Elise, saiba que elas foram criadas e desenvolvidas em solo alemão.

Carnaval na Alemanha tem outro nome

O carnaval  é uma das curiosidades culturais da Alemanha
O carnaval de Cologne tem costumes diferenciados

O carnaval aqui no Brasil é até mesmo motivo para orgulho vindo de algumas pessoas e isso de forma alguma está errado, pois o nosso carnaval é uma das festas culturais mais apreciadas não apenas aqui no Brasil, mas também em todo o mundo.

Na Alemanha também existe um carnaval, mas ao contrário do nosso, ele não acontece em fevereiro e sim em novembro, em um período chamado pelos alemães de “A quinta temporada”, que é declarada aberta quando atingimos 11 minutos das 11 horas do dia 11 de novembro (mês 11). O carnaval alemão entra em hiato durante o período natalino e retorna no dia 6 de janeiro.

O Cologne Carnaval ou Carnaval de Cologne tem seus próprios acontecimentos e nomeações, onde algumas pessoas são especialmente designadas como: O Príncipe, O Fazendeiro e A Virgem. Juntos, essas três pessoas são o triunvirato de Cologne, sendo o governo do povo louco durante todo o período da festa.

Quer fugir da prisão? Tente sem medo!

Foto de arame farpado em uma prisão
As prisões na Alemanha tem uma peculiaridade

Você com certeza já viu séries e filmes sobre a vida na prisão, assim como documentários que relatam a grande dificuldade que é sobreviver em qualquer cárcere privado, principalmente em países mais rígidos. Nessas produções é muito comum que a história envolva a fuga do protagonista e a sua grande punição em caso de falha.

Porém, na Alemanha isso é bem diferente e não existe nenhuma punição para aqueles que buscam a liberdade antes do cumprimento total da sua pena. “Mas, por que?”. Por uma simples questão: o governo da Alemanha acredita que a liberdade é um instinto básico do ser humano.

O primeiro livro foi impresso na Alemanha

Livros antigos em uma estante
O primeiro livro foi inventado na Alemanha e revolucionou o mundo

Hoje em dia existem diversas formas de leitura, assim como os formatos de consumo para determinadas histórias, as possibilidades são cada vez maiores e com certeza não temos mais problemas quando o assunto é ler sobre o que a gente gosta. Mas, já pensou em como era o sistema de impressão dos livros há alguns séculos atrás?

Antes da invenção da imprensa, você já deve imaginar que o trabalho de produção para um livro era no mínimo complexo, e de certa forma ele era, mas a sua maior característica era a dificuldade manual, pois um codex demorava 1 mês para ser escrito e todo o processo era feito a mão, com escrita cursiva e utilizando uma pena (haja mão, hein?). Mas tudo isso mudou depois de uma certa invenção alemã.

Na idade média, mais precisamente no século XV, o primeiro livro impresso ganhou o mundo. A Bíblia em Latim foi produzida a partir da invenção de Johannes Gutenberg, que criou uma técnica de impressão utilizando caracteres móveis, o que fazia necessário apenas que Gutenberg alterasse a localização das letras e pontuações, tornando o processo de escrita manual e da pena com tinta obsoleto, o que revolucionou o mundo desde então.

Grande parte da Alemanha é verde

As curiosidades culturais da Alemanha incluem a floresta negra
Castelo de Neuschwanstein

Se você gosta de ar puro e principalmente de ambientes mais abertos, a Alemanha é perfeita para você, já que mesmo tendo uma grande população, o país é dominado pelo verde das suas florestas e parques. Não só as pessoas que visitam, mas também as que vivem na Alemanha, costumam dizer que andar pelo país é como estar caminhando por um parque gigante.

Sendo assim, caminhar pela cidade se torna um grande entretimento de baixo custo, principalmente se você se importa com um baixo custo de vida.

Quer fazer um passeio mais arborizado? A Floresta Negra do estado de Baden-Württemberg é um dos points mais procurados por quem gosta desse tipo de programa para entretenimento. E o passeio pode ficar melhor ainda se você conhece o trabalho dos Irmãos Grimm, que utilizavam a floresta negra como lugar de acontecimento de seus contos.

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Chegando até aqui, eu aposto que você se interessou não apenas por estudar sobre a Alemanha, mas também, com certeza, por conhecer o país pessoalmente, melhor ainda se quiser estudar no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica neste link e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa!