Categories
Intercâmbio Estudo e Trabalho

Intercâmbio de estudo e trabalho: eu posso fazer?

O intercâmbio de estudo e trabalho é um dos programas mais procurados, mas você sabe o porquê? Sabe quais são os países que permitem estudar e trabalhar? Bom, nós temos todas essas respostas e muito mais, basta que você leia até o final para saber o que pode ganhar e qual o caminho mais fácil para isso. Abaixo, confira os países que permitem este tipo de intercâmbio e o que você tem a ganhar com ele:

Países que permitem o intercâmbio de estudo e trabalho

O intercâmbio de estudo e trabalho é basicamente sobre o que vocâ já está pensando: estudo e trabalho. Neste tipo de intercâmbio, o aluno tem a oportunidade de vivenciar a experiência completa em um país diferente, podendo estudar em uma ótima escola ao mesmo tempo que tem a oportunidade de ingressar no mercado de trabalho local.

Existem diversos países que nos identificamos com a cultura ou simplesmente desejamos visitar por alguns dias. Porém, nem todos conseguem oferecer o que mais precisamos em determinado momento.

Por isso, existem aqueles países que melhor se encaixam no intercâmbio de estudo e trabalho, com exigências menores e com mercado de trabalho mais acessível. Confira quais são:

Irlanda

Sinceramente, quem não sonha com uma qualidade de vida melhor do que a atual? Com um transporte público que realmente funcione, com segurança, saúde e educação sendo tratados como coisa séria, por um país que tem recebido cada vez mais estrangeiros? Parece um sonho, mas não é.

intercâmbio de estudo e trabalho: Irlanda

A Irlanda é um país que vem se destacando cada vez mais pelo seu nível educacional, mas também pela facilidade que ela apresenta para os seus estudantes internacionais em relação ao mercado de trabalho. Na Irlanda, você pode trabalhar por 20 horas semanais se estiver matriculado em um curso de no mínimo 6 meses, podendo chegar até 40 horas no período de férias.

Austrália

O maior país da Oceania é conhecido por ser um dos melhores países do mundo para se viver, mas você sabia que a Austrália também é uma referência mundial em educação? Instituições incríveis como a Universidade de Sydney estão espalhadas por todo o país, sendo um ótimo lugar para se estudar e conseguir uma graduação internacional.

intercâmbio de estudo e trabalho: Austrália

Mas um dos melhores pontos sobre o intercâmbio na Austrália, é o fato de que você pode trabalhar enquanto estuda no país, seja enquanto estiver matriculado numa escola de idioma, TAFE, VET ou Universidade. Já imaginou? Estudar em um país que é referência educacional no mundo todo, recebendo o maior salário do mundo? Não precisa mais imaginar, isso pode ser uma realidade. 

Na Austrália, você pode trabalhar até 40 horas a cada duas semanas, podendo trabalhar de forma ilimitada durante os feriados, contanto que esteja matriculado em um curso de no mínimo 4 meses.

Nova Zelândia

O país que pode ser considerado um irmão para a Austrália, é sem dúvida um dos melhores destinos para se visitar. Contando com vulcões, esportes radicais, trilhas, cultura Maori e ótima qualidade de vida, a Nova Zelândia é um país que tem evoluído cada vez mais ao longo dos anos, com alta taxa de empregabilidade e um mercado de trabalho que tem se tornado cada vez mais acessível.

intercâmbio de estudo e trabalho: Nova Zelândia

E sabe o melhor de tudo isso? Você pode desfrutar do alto nível educacional do país ao mesmo tempo que trabalha por lá. A Nova Zelândia permite que você trabalhe 20 horas semanais sob as seguintes condições:

Estudo da língua inglesa:

  • Você estuda em tempo integral
  • Seu programa de estudo é de pelo menos 24 semanas de ensino
  • O governo acredita que o principal objetivo do seu estudo é melhorar o seu inglês
  • Você tem um resultado de teste de inglês aceitável com não mais de 2 anos, como um certificado do International English Language Testing System com uma pontuação geral de 5,0 – você deve fornecer o resultado do teste com sua inscrição.

Ensino Superior

  • Curso de pelo menos 2 anos acadêmicos de duração, ou
  • tenha pelo menos 1 ano acadêmico de duração e faça parte de um programa aprovado de intercâmbio de estudantes do ensino superior, ou
  • Curso que resulta em uma qualificação da Nova Zelândia que ganha pontos na categoria de migrante qualificado.

Porque fazer um intercâmbio de estudo e trabalho?

O intercâmbio de estudo e trabalho tem o diferencial de ser não apenas um ótimo caminho para a educação internacional de qualidade, mas também uma fonte de renda para quem deseja chegar no país já ingressando no mercado de trabalho, facilitando o seu futuro no planejamento econômico.

Faça parte do mercado de trabalho

Uma das maiores dificuldades que o brasileiro enfrenta, é a alta taxa de desemprego, que mesmo quando não está alta, continua sendo um problema muito grande entre a população, que mesmo qualificada, não consegue uma vaga no mercado.

Em países como a Nova Zelândia, por exemplo, você terá um mercado aquecido e que tem recebido cada vez mais alunos estrangeiros em suas escolas, o que consequentemente reflete no seu intercâmbio de estudo e trabalho, que facilita o seu ingresso no mercado e também a escalada de salário.

Tenha uma renda extra

Nós temos aquela mania de sempre querer que aquele amigo que viaja traga algo pra nós, né? Mas, e quando nós somos o amigo que viaja? Como vamos fazer aquelas comprinhas? Bom, é aí que mora a vantagem de se fazer um intercâmbio de estudo e trabalho. 

O seu planejamento econômico não precisa se limitar apenas ao que você pensou antes de viajar. Compre aquele produto que você tanto deseja, que costuma ter um preso exorbitante no Brasil, com o empenho do seu investimento no intercâmbio!

Viva a experiência completa

Viver em um país como turista é ter uma experiência muito breve, com um tempo muito limitado. Como estudante, você tem a vantagem de permanecer muito mais tempo no país, com permissões que um turista não poderia ter.

Com a permissão de trabalho, você pode estudar e trabalhar, tendo uma experiência de alto nível educacional, ao mesmo tempo que consegue ter tempo para visitar todos aqueles lugares que deseja, com aquela renda extra que você fez ao longo da semana. Assim, você não precisa se limitar pelo tempo no país ou pelo seu planejamento econômico. Aproveite a experiência!

Como fazer um intercâmbio de estudo e trabalho?

Pessoas conversando no ambiente de trabalho

O melhor caminho para fazer um intercâmbio de estudo e trabalho, é saber responder as perguntas corretas, para que o seu sonho se torne cada vez mais concreto. Se você já sabe responder perguntas como qual país você deseja visitar, por quanto tempo pretende ficar e qual é o o seu objetivo com esse tipo de intercâmbio, basta clicar neste link e começar a trilhar o seu sonho!

Categories
Intercâmbio Estudo e Trabalho

Intercâmbio em Gold Coast: vale a pena?

Quer fazer intercâmbio em Gold Coast mas não sabe se a cidade vale a pena? Essa dúvida é normal, mas já deixo adiantado que você vai amar a cidade. Seja pelo clima, pelas atividades ou os pontos que você pode visitar, a cidade de Gold Coast é um verdadeiro destaque na Austrália.

Quer saber por que essa cidade é destaque dentro e fora da Austrália? Então leia este post até o final: 

A cidade de Gold Coast

Gold Coast é uma cidade que evoluiu muito ao longo dos anos, com diversos avanços econômicos e mudanças locais, fazendo com que ela se tornasse cada vez mais relevante não apenas dentro da Austrália, mas também para o mundo, já que os viajantes têm colocado os seus olhos na cidade como um ótimo point turístico e também educacional.

intercambio em gold coast

Abaixo, falamos um pouco sobre alguns elementos que podem fazer a cidade ser o ponto de virada na sua qualidade de vida enquanto estuda em um dos melhores points educacionais do mundo:

O clima na cidade é incrível

Essa, sem dúvida, pode não ser o item mais importante sobre Gold Coast, mas de fato, é aquilo que mais chama atenção para a cidade. O clima de Gold Coast é ótimo para quem deseja curtir uma praia sem se tornar um carvão ambulante, pois os seus verões são amenos, com picos de temperatura que raramente chegam a 30ºC.

Se você gosta de frio, mas não tanto, o inverno na cidade é perfeito para você, pois a temporada mais fria em Gold Coast é muito breve, chegando até 6ºC de diferença. Por isso, se você ama um clima agradável, em uma cidade que você possa ter uma grande variedade de programas Gold Coast é perfeita para você.

Gosta de praia? Faça um intercâmbio em Gold Coast!

O clima está como primeiro item pelo simples fato de que para fazer um intercâmbio em Gold Coast, você precisa entender como a cidade funciona, e sem estas condições climáticas, a vida nessa cidade incrível seria totalmente diferente. Mas agora que você já sabe tudo sobre o clima, é hora de saber como essa cidade incrível funciona.

intercambio em gold coast

Por conta do seu verão com ótimas temperaturas, os australianos residentes de Gold Coast procuram estar sempre ao ar livre, praticando esportes (um item que será muito importante mais abaixo), fazendo piqueniques ou até mesmo curtindo as praias, que costumam ser as grandes estrelas da cidade por conta das suas paisagens incríveis e variedade de diversão.

O transporte público

Para que você possa estudar em uma cidade, você precisa se locomover da melhor forma possível, assim como o seu trabalho também sofrerá com as consequências do transporte público local. Em Gold Coast, o transporte público é incrível, com uma ótima variedade de possibilidades, para que você saia de um local ao outro com segurança e pontualidade.

bonde em gold coast
Foto: Week and Notes

Fazendo um intercâmbio em Gold Coast, você terá acesso aos ônibus, bondes e trens. Os serviços funcionam dia e noite para que você possa ir até mesmo à Brisbane, uma ótima cidade para se conhecer. Além disso, você pode economizar em até 50% nas suas viagens por ser estudante, basta solicitar a sua concessão no cartão GO.

Os esportes radicais

O intercâmbio em Gold Coast chama muita atenção por suas praias, clima, turismo e educação superior em alto nível, mas sem dúvida, os esportes radicais fazem parte do status que a cidade vem construindo ao longo dos anos.

surfista em gold coast

As praias não são apenas um cartão postal muito famoso da cidade, ou da Austrália, elas também são uma grande fonte de diversão para quem curte praticar ou observar a pratica do surf, que tem se tornado cada vez mais frequente na região.

Dentre os esportes e atividades que você pode fazer na cidade, estão: skate, surf, tirolesa, laser tag, kart, escalada, skydive, skydive em local controlado e muito mais!

Alta taxa de empregabilidade

Mesmo sendo uma cidade menor do que Melbourne, por exemplo, Gold Coast tem uma alta taxa de empregabilidade, principalmente entre os estrangeiros, pois atualmente, a cidade ocupa o título de “área regional”, assim como outras cidades. Por exemplo: Adelaide e Canberra.

“Mas o que isso muda para mim?”

Com uma graduação em Gold Coast, é possível trabalhar até quatro anos após a sua graduação na cidade. Porém, com a cidade se tornando uma área regional, você pode aplicar para a Lista de Ocupação Regional, o que lhe permite trabalhar até cinco anos no país.

Além disso, o mercado de trabalho não apenas em Gold Coast, mas na Austrália como um todo é bem acessível, então é totalmente possível ingressar, inicialmente, com trabalho em lanchonetes, cafés e posteriormente evoluir a sua carreira no país.

Por que fazer um intercâmbio em Gold Coast?

Além de tudo que falamos acima, é importante ressaltar a importância da cidade de Gold Coast como um ótimo point educacional para estudantes estrangeiros, que além de conseguirem ter uma ótima experiência, acabam trabalhando no país e construindo uma vida com maior qualidade.

Em Gold Coast, é possível estudar em uma escola de idioma, fazer um curso técnico, profissionalizante ou até mesmo adquirir um diploma de graduação em uma das universidades locais, que são conhecidas por estarem figurando nos melhores rankings mundiais.

Como exemplo, temos a universidade Griffith, que em 2020, ocupava o 30º lugar no ranking mundial da Young University.

Com isso, você tem diversos meios de crescer internacionalmente dentro da cidade de Gold Coast, basta que você escolha o que melhor se encaixa com a sua realidade e objetivos.

Consegue imaginar? Estudar em uma cidade com alto nível educacional, com ótima qualidade de vida, praias, milhares de locais para se visitar e ainda ter a permissão para trabalhar, podendo aumentar a sua renda mensal?

Você não precisa mais imaginar, tudo começa pela escolha de um intercâmbio e nós temos o melhor caminho para realizar o seu sonho, fala com a gente!

Categories
Dicas

Os 5 maiores segredos sobre o intercâmbio na Austrália

Quer fazer intercâmbio na Austrália? Parabéns! Saiba que já fez uma ótima escolha. Mas em caso de ainda ter alguma dúvida, não se preocupe, pois nem todo mundo sabe do que a Austrália é capaz como um país de primeiro mundo. São diversos motivos para que você escolha este país como o destino dos seus sonhos, mas desta vez, vamos dar os 5 segredos que fazem do intercâmbio na Austrália um dos melhores do mundo, confira:

1 – A qualidade de vida é muito alta

A qualidade de vida de um país é o que pode fazer dele um dos melhores do mundo, por isso tantos países de ótima economia tem investido cada vez mais para que este índice cresça ao longo dos anos

Nós já temos alguns posts aqui no blog, falando sobre como o índice de qualidade de vida funciona, mas como o nosso objetivo é trazer a melhor informação para você, vamos deixar tudo bem explicado mais uma vez, certo? 

O índice de qualidade de vida é determinado a partir de alguns outros índices, que juntos, fazem o índice da qualidade de vida de um país ser muito alto ou muito baixo, tendo algumas variações entre esses níveis.

Para que fique tudo mais claro, vamos utilizar o exemplo do índice de qualidade de vida na Austrália. Utilizaremos a plataforma numbeo, que atualmente, é o maior banco de dados sobre qualidade de vida, custo de vida, segurança e muitos outros setores sobre vários países ao longo do globo. 

Índice de poder de compra 94,34   Moderado

Índice de Segurança 56,99               Moderado

Índice de Saúde 77,85               Alto

Índice Climático 92,70               Muito alto

Índice de custo de vida 83,22   Moderado

Preço da propriedade em relação à renda 7,24   Baixo

Índice de tempo de deslocamento diário 34,81   Baixo

Índice de Poluição 23,77   Baixo

Índice de qualidade de vida: 179,46   Muito alto

Os valores já falam por si só, principalmente pela soma final, que indica a qualidade de vida em um nível muito alto, reunindo custo de vida, segurança, poder de compra, saúde, renda, transporte público e poluição.

2 – O maior salário mínimo do mundo é da Austrália

É complicado ter uma qualidade de vida considerada até mesmo mediana quando o seu salário não corresponde às suas expectativas, né? Fica cada vez mais difícil manter um estilo de vida e prosperar quando tudo parece muito caro em relação ao que você ganha por mês.

Na Austrália isso é bem diferente, pois além de ser um país incrível em diversos setores básicos, o gigante da Oceania também é famoso por ir muito bem economicamente, tendo o salário mínimo que em 2020, foi eleito o maior do mundo, com o valor de AUD$ 2199,20. Hoje em dia, o valor já atinge AUD$ 3015.2 mensalmente para um trabalhador de tempo integral.

Atualmente, o dólar australiano se encontra no valor de 3,88 reais brasileiros, então, se fizermos uma conversão do salário mínimo australiano para o real brasileiro, utilizando este valor, teremos o incrível número de BR$ 11.702,16. 

Intercâmbio na Austrália: milsons point

Já imaginou receber 10 vezes mais do que o salário mínimo brasileiro? Pois é, por isso que tantas pessoas buscam a Austrália como um ótimo país não apenas para estudar, mas para que possam morar no futuro, com ótimas oportunidades financeiras.

3 – O nível educacional da Austrália é ótimo

Estudar fora do Brasil é o sonho de todo cidadão brasileiro que busca mudar de vida através da educação, ao mesmo tempo, os países têm entendido que estudantes estrangeiros são ótimas escolhas para o mercado de trabalho local, pois além de serem pessoas dedicadas, podem se tornar mão de obra qualificada no país.

Fazer um intercâmbio na Austrália significa estudar em um dos maiores países do mundo, não apenas pela sua qualidade de vida e costumes incríveis, mas pelo o que ele tem a oferecer para o estudante estrangeiro que busca melhorar o seu currículo internacionalmente.

Na Austrália, existem diferentes tipos de intercâmbio e que podem cobrir as demandas e objetivos de qualquer aluno, seja ele interessado por estudar melhor um idioma, fazer um curso técnico, vocacional ou até mesmo uma universidade.

Além disso, a Austrália tem um sistema de ensino completo para quem deseja entrar no mercado de trabalho. Tendo o nome de AQF, o sistema divide os alunos por níveis de graduação, que servem como classificações ideais para os empregadores que buscam determinados profissionais para o seu setor. 

E falando dos empregadores, é importante que você saiba que as grandes indústrias andam de mãos dadas com as instituições de ensino da Austrália. Assim, torna-se muito mais simples que estudantes estrangeiros consigam ingressar no mercado de trabalho australiano.

4 – O clima é perfeito

O clima pode ser uma coisa que não agrega muito no seu sonho, ou se faz parte dele, deve influenciar apenas nas atividades que você deseja fazer ao ar livre. Porém, além de ser um fator determinante dentro do índice de qualidade de vida de um país, você já parou pra pensar em como o clima pode afetar todo o ecossistema de uma determinada região?

Parece até mentira, mas o clima da Austrália é um dos motivos pelos quais as pessoas escolhem tanto este país para estudar e morar futuramente, já que o clima é muito convidativo e consegue ser muito ensolarado sem aquele calor que costuma incomodar em algumas temporadas aqui no Brasil. 

Assim, os parques acabam se tornando pontos muito comuns de encontro pelo simples fato de poderem proporcionar um grande leque de atividades ao ar livre. As praias também são grandes points de encontro, não apenas entre os nativos, mas também para todos os estudantes estrangeiros que acabam participando da vida cotidiana da Austrália.

5 – Não faltam pontos turísticos

Intercâmbio não é só estudar, certo? Porque nós imaginamos, que se você está procurando estudar em outro país, é porque ele pode proporcionar uma experiência completa de educação internacional, indo muito além do que você pode aprender dentro da sala de aula da sua escola de idioma ou universidade.

Mas nem tudo é sobre estudar em outro país. Viver uma outra cultura, com outros costumes e tradições, também faz parte do seu intercâmbio e é importante que você se lembre disso, para que viva cada segundo do seu intercâmbio na Austrália da melhor forma possível.

Por isso, é importante que você se divirta durante o seu tempo livre na Austrália, ao mesmo tempo que aprende sobre o país e os seus pontos importantes, visitando tudo o que a Austrália tem para oferecer como um país de primeiro mundo.

Como já dissemos acima, as praias têm lugar garantido no coração dos nativos e também dos estrangeiros, então lugares como a cidade de Gold Coast, que é muito famosa por suas longas praias e também pelos pontos de surf, costumam ser muito visitados.

Intercâmbio na Austrália: Gold Coast

Mas, ainda falando de Gold Coast, caso você não seja uma pessoa que curte a linha sol e praia, você pode visitar o SeaWorld, um parque aquático muito conhecido mundialmente, ou o próprio Dreamworld, um parque temático e também zoológico, que certamente merece uma visita.

Aqui, nós citamos apenas alguns lugares de uma única cidade, já parou pra pensar em quantos lugares você pode visitar enquanto estiver em outra cidade ou ao longo de toda a Austrália? Faça a sua experiência ser inesquecível!

Chegando até aqui, eu aposto que você se interessou por fazer o seu intercâmbio na Austrália, melhor ainda se quiser viver uma experiência incrível no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica no botão abaixo e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa!

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Categories
Intercâmbio Estudo e Trabalho

O que é intercâmbio: aprenda e faça a viagem dos seus sonhos!

“O que é intercâmbio?”, a pergunta que muitos costumam fazer sempre que se encontram de frente com a palavra “intercâmbio”. O que é normal, pois nem todo mundo sabe o que é, mas com certeza todo mundo gostaria de fazer um. Por isso, fizemos um post completo sobre o que é intercâmbio, os tipos e o que você pode fazer através dele. Confira abaixo o que é intercâmbio: 

O que é intercâmbio?

Sabe quando você está assistindo aquele filme que retrata alunos em algum colégio ou universidade, e dentre estes alunos existe aquele que se destaca por ser estrangeiro? Ele é um intercambista.

E traduzindo este exemplo para você da melhor forma, basicamente, fazer um intercâmbio significa ter uma experiência estudantil com algumas possibilidades de se conseguir um emprego no país escolhido.

Quais são os tipos de intercâmbio?

Escolher o seu tipo de intercâmbio é uma das escolhas mais importantes que você pode fazer antes de viajar pra seja lá qual for o seu destino, pois além de determinar como será a sua rotina no país, o seu tipo de intercâmbio também dirá para você mesmo qual tipo de currículo você quer construir para conquistar o mercado de trabalho estrangeiro.

Abaixo confira os tipos de intercâmbio e como eles podem variar de acordo com alguns países. Para ficar mais simples, vamos utilizar Canadá e Austrália como exemplo, confira abaixo:

Escola de idioma

Aprender um novo idioma é uma atividade extra que todo mundo costuma praticar quando se quer melhorar as suas habilidades, assim como o currículo, que precisa estar evoluindo cada vez mais.

Sendo assim, o intercâmbio de idiomas é uma das escolhas mais simples e também mais procuradas por alunos que desejam não apenas aprender uma nova língua, mas também viver uma experiência diferente do que o seu país de origem pode oferecer.

Além do mais, o que seria melhor para estudar um idioma do que estar vivendo diretamente em um país que utiliza aquela língua diariamente?

College (Canadá)

O College é o equivalente ao ensino técnico aqui no Brasil, sendo uma ótima porta de entrada para o mercado de trabalho canadense, que tem aceitado cada vez mais estrangeiros como mão de obra qualificada.

No Canadá, os colleges são popularmente divididos entre público e privado, sendo o público mais indicado para quem deseja imigrar para o país, já que além de receber incentivo do governo, também oferece o programa PGWP (Post-Graduate Work Permit).

VET (Austrália)

Já ouviu falar em cursos profissionalizantes? Pois bem, o VET ou Vocational Educational Training é o que se pode chamar de curso profissionalizante da Austrália. Cursando o VET, o aluno aprende as atividades de uma profissão em específico, colocando “a mão na massa”, assim como faria num curso técnico, mas com foco em aprender uma vocação e não uma área de estudo.

TAFE (Austrália)

O TAFE ou Technical and Further Education, é como um college do Canadá ou o ensino técnico aqui no Brasil, sendo responsável por ensinar áreas mais abrangentes e com uma política de ensino mais prática, com foco no preparo de mão de obra qualificada para o mercado de trabalho australiano, que tem crescido cada vez mais em setores específicos, como a própria construção cívil.

Universidades

As universidades podem variar o seu modo de ensino e até mesmo as suas grades curriculares, mas no final, todas são responsáveis pelas graduações mais altas que o mercado de trabalho de qualquer país exige. 

Sendo assim, se busca um diploma de bacharelado, mestrado ou até mesmo doutorado, o intercâmbio em uma universidade de outro país pode ser o impulso que o seu currículo precisa.

O que é intercâmbio em universidade

É possível trabalhar durante o meu intercâmbio?

Sim, você pode trabalhar durante o seu tempo de intercâmbio, mas isso pode variar de um país para o outro, assim como o mercado de trabalho, que pode ser mais acessível ou não. As situações econômicas e as políticas de imigração influem completamente na sua experiência de intercâmbio.

Países como a Inglaterra, por exemplo, não permitem que o estudante trabalhe no país enquanto estiver estudando idioma. Ao mesmo tempo, também existem outros ótimos países que permitem estudo e trabalho no mesmo caso. Quer alguns exemplos? Confira abaixo:

Canadá

O Canadá é um dos países mais procurados por alunos de todos os continentes ao longo do globo, pois além de ser uma referência para a educação mundial, o Canadá é um dos países que mais recrutam estrangeiros como mão de obra qualificada. Porém, existem algumas condições nesse recrutamento.

Para trabalhar no Canadá, é necessário que você esteja primeiramente matriculado em uma instituição de ensino regularizada no país. No entanto, não pode ser qualquer uma, pois escolas de idioma não estão mais elegíveis para a permissão de trabalho no país.

O que é intercâmbio no Canadá

Enquanto estiver estudando em um college ou universidade, você terá a permissão de trabalhar enquanto estuda, podendo chegar até 20 horas de trabalho semanais. Após o término dos seus estudos, você poderá aplicar para o PGWP, o programa canadense que concede a permissão de trabalho após a conclusão do seu curso.

Austrália

A Austrália é uma dos melhores países do mundo para quem busca um intercâmbio com altos índices educacionais e também na qualidade de vida.

O processo para se conseguir uma permissão de trabalho na Austrália não é muito diferente do Canadá, pois para que você consiga a permissão de trabalho no país, você precisará de uma comprovação de que está matriculado em um curso legalizado, mas com o detalhe de que ele tenha no mínimo 14 semanas.

País da Austrália

E sabe qual é o grande diferencial da Austrália para o Canadá? Ao contrário do gigante das Américas, o maior país da Oceania permite que você trabalhe enquanto estuda o idioma no país.

Com esta comprovação, o aluno receberá a permissão de trabalho no país, podendo também trabalhar 20 horas semanais, tendo a possibilidade de trabalhar 40 horas no período de férias.

Irlanda

A Irlanda é conhecida pelo seu clima de frio agradável, assim como os pubs animados, castelos e gnomos no final dos arco-íris. Mas o país vai muito além disso, pois além de ser um dos melhores países da Europa para se estudar em qualquer modalidade de intercâmbio, a Irlanda também permite que o estudante trabalhe enquanto estuda. 

Bandeira da Irlanda

Para trabalhar enquanto estuda na Irlanda, basta que você se matricule em um curso de pelo menos 25 semanas. Na Irlanda você também terá acesso as 20 horas semanais de trabalho, que podem ser dobradas em período de férias.

Conclusão sobre o que é intercâmbio

Um intercâmbio é muito mais do que uma simples viagem. Por meio de um intercâmbio, você consegue não apenas conhecer uma nova cultura, mas também potencializar o seu currículo. Além disso, vimos que o caminho para o mercado de trabalho de qualquer país começa pela educação, com o aluno se tornando o profissional ideal para as necessidades daquela nação.

Chegando até aqui, eu aposto que você se interessou por fazer o seu intercâmbio em algum desses países, melhor ainda se quiser viver uma experiência incrível no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica no botão abaixo e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa!

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Categories
Dicas

Saiba o custo de vida na Austrália e economize no país em qualquer ano

O custo de vida na Austrália é pesquisado todos os anos por diversos viajantes ao longo de todo o mundo, mas muitos ainda não sabem qual é o valor médio dos produtos e serviços da Austrália e que eles podem variar de acordo com a sua localização, o que pode interferir no seu planejamento econômico. Sabendo disso, nós aqui da Dreams sempre trazemos o custo de vida explicado de forma rápida e objetiva, para você que deseja viajar sabendo com o que quer ou não gastar. Agora chega de papo e vamos para o post:

Entenda o custo de vida na Austrália

Você já deve ter visitado mil sites com conteúdos sobre a Austrália e as suas peculiaridades, assim como provavelmente já deve ter pesquisado sobre o custo de vida. Mas sabe o que falta para você? Entender que ele pode variar de cidade para cidade, e isso com certeza interfere não apenas no seu planejamento econômico, mas também na sua experiência quando estiver dentro do país.

O custo de vida na Austrália é incrível

Então, o nosso conteúdo vai abordar não apenas o custo de vida médio da Austrália, mas também traremos um resumo do que poderia ser economizado por você enquanto estiver morando por lá, já que existem alguns benefícios que todo mundo acaba deixando despercebido por causa da euforia de querer viver em um país tão incrível.

Dessa vez utilizaremos a plataforma Expatistan, que além de trazer os dados mais atualizados dentro dos setores mais importantes como: alimentação, moradia, transporte e entretenimento, consegue também ilustrar as cidades que você mais poderia colocar em prática o seu plano de economia.

Agora, vamos realmente ao que interessa e confira os preços médios do custo de vida na Austrália:

Alimentação

Almoço básico (incluindo bebida) no distrito empresarial – AU$18

Combo em um restaurante fast food (bic mac ou similar) – AU$12

500 gr. de peito de frango sem osso – AU$5.88

1 Litro de leite (garrafa larga) – AU$1.48

2 Litros de coca cola – AU$2.88

12 Ovos grandes – AU$5.58

1 Kg de tomates – AU$4.89

Pão para 2 pessoas por 1 dia – AU$2.49

1 Garrafa de vinho Red Label – AU$18

Moradia

Aluguel de 85 m2 em uma acomodação mobiliada em área mais cara – AU$3,152

Aluguel de 85 m2 em uma acomodação mobiliada em área normal – AU$ 2,142

1 mês de utilidades (aquecimento, eletricidade, gás e etc) em apt. de 85m2 – AU$ 245

Internet – 8 mbps (1 mês) – AU$58

Aluguel mensal de um kitnet mobiliado (45 m2) em área mais cara – AU$1,989

Aluguel mensal de um kitnet mobiliado (45 m2) em área normal – AU$1,481

Transporte

Golf Volkswagen 1.4 TSI 150 cv (ou equivalente), sem extras, novo – AU$28,149

1 Litro (¼ galão) de gasolina – AU$1.37

Ticket mensal de transporte público – AU$158

Entretenimento

Jantar básico para duas pessoas em um pub da vizinhança – AU$54

2 Ingressos para cinema – AU$36

2 Ingressos para o teatro (melhores lugares) – AU$218

1 mês de inscrição em academia no distrito comercial – AU$ 69

Resumindo o custo de vida na Austrália

Deixando de lado todos esses números, vamos ao resumo para que você tenha economia nas suas ações, já que o ideal é sempre otimizar a sua experiência no país, concorda? 

Quando falamos sobre a sua alimentação, a recomendação ideal sempre é a de que você tenha como base as mercearias e mercados para as suas compras do mês em relação às suas refeições, pois além de ser uma alimentação muito mais saudável, não pesa tanto no seu bolso. Como podemos ver, itens básicos e que costumam durar mais de uma semana, são muito mais em conta do que um almoço comum.

Praia na Austrália

E para se alimentar, você precisará de um teto, não é mesmo? Então não esqueça de pensar na moradia como um dos fatores principais para a sua estadia na Austrália. Se levarmos em consideração que você está querendo economizar, o kitnet é sempre a melhor escolha, e você ainda consegue melhorar o preço pesquisando em outras áreas, podendo até mesmo dividir o aluguel com outro estudante, o que corta pela metade as suas despesas, principalmente nas contas extras.

O transporte da Austrália é uma das pérolas do país, pois a sua variedade é imensa. Você pode percorrer o seu caminho em um carro, ônibus, metrô, balsa ou bonde, já que todas essas opções são realmente utilizadas no cotidiano australiano. Para você que estará  estudando no país, a melhor escolha sempre é o transporte público, que além de ser funcional, tem até mesmo ônibus grátis em algumas capitais.

E o nosso amado lazer? Bom, o entretenimento fica sempre por sua conta, afinal, nem todo mundo curte um cineminha ou um teatro no final de semana. De qualquer forma, os ingressos para o cinema são bem baratos, principalmente se você comparar com o preço aqui do Brasil, que pode ser bem maior do que o valor médio da Austrália.

O salário mínimo da Austrália

Essa parte não pode faltar em um conteúdo sobre o custo de vida de um país, pois é a partir do salário mínimo que o trabalhador consegue projetar as suas economias para o futuro e também para as suas despesas atuais. Por isso, é sempre importante que você saiba o salário mínimo do país em que você decidir estudar.

E temos boas notícias, pois caso você não saiba, o salário mínimo da Austrália não é apenas um dos maiores salários do mundo, ele é o maior. Atualmente, o salário mínimo da Austrália para maiores de 21 anos tem o valor de AU$20.00 por hora, resultando em AU$760,00 por semana. Agora, utilizando um mês inteiro de trabalho, temos o valor de AU$3040!

O custo de vida na Austrália é ótimo pelo salário

Com este valor você consegue alugar ou dividir uma kitnet mobiliada, fazer uma feira equilibrada no mercado e ainda se divertir na cidade em que você estiver estudando. Com um planejamento econômico a sua vida poderá ser ainda melhor, principalmente se considerarmos que este é apenas o salário mínimo.

Já imaginou receber AU$3040 enquanto desfruta de uma das melhores qualidades de vida do mundo? Pois é, a Austrália é um sonho totalmente possível para quem busca estudar e construir uma vida por lá. Lembre-se sempre de que você estará ganhando em dólar australiano, uma moeda que atualmente vale R$4,29. 

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Quer fazer um intercâmbio na Austrália mas ainda não sabe como? Tem alguma dúvida? Fala com a gente através deste link, a nossa equipe vai retornar o contato o mais rápido possível para tirar todas as suas dúvidas e ajudar na sua trajetória até estudar no país dos seus sonhos!

Categories
Imigração

Transforme a sua vida morando em Sydney

A cidade de Sydney, na Austrália, é uma das cidades mais conhecidas do mundo e a gente até sabe o porquê. Sendo um dos destinos mais procurados por quem deseja viver uma experiência única, a cidade recebe todos os anos milhares de viajantes em busca de uma qualidade de vida melhor. Mas, e você? Conhece Sydney e os seus encantos? Bom, se a resposta for “não”, não se preocupe, nós temos o conteúdo certo para quem não sabe e também para quem já sabe alguma coisa. Confira abaixo como é morar em Sydney:

Como é morar em Sydney?

Sydney é uma das cidades mais conhecidas não apenas da Austrália, mas do mundo. A sua imagem é tão associada à Austrália, que as pessoas costumam até mesmo pensar que ela é a capital do país. Isso se deve ao grande valor cultural que Sydney agrega ao país ao longo de tantos anos por meio dos seus pontos turísticos, assim como a sua reputação de ser uma ótima cidade para se viver.

A cidade já foi eleita uma das 10 melhores do mundo no ranking de qualidade de vida e caiu apenas uma posição ao longo de 2 anos, segundo um ranking de 2019. A qualidade de vida de uma cidade é determinada por fatores essenciais para uma vida que não seja apenas comum, mas confortável e funcional para os seus cidadãos. São analisados dados sobre: custo de vida, transporte, poder de compra e até mesmo o clima. 

O clima na cidade de Sydney

Para começar, é preciso que você saiba que o clima de Sydney é simplesmente incrível, pois ele não é apenas ensolarado na maior parte do tempo, mas também equilibrado em sua temperatura, o que significa que você não ficará sofrendo pelo calor em um dia de sol ou usando cachecol e roupas pesadas em qualquer horário do dia.

O clima de Sydney permite um estilo de vida muito mais liberal aos nativos, eliminando aquela necessidade de escolher horários específicos para determinadas atividades ao longo do dia, fazendo com que a cidade e os seus centros de atividades recreativas sejam preenchidos em qualquer horário.

Bond Beach em Sydney Austrália

E falando em praia: gosta de tomar um sol? Aproveitar um banho de mar? Ficar na tranquilidade de uma boa sombra? Ou melhor, surfar? Bom, independente dos seus objetivos quando se visita uma praia, Sydney é o destino perfeito para você que adora uma praia. São mais de 100 praias, isso mesmo, 100! Algumas grandes, outras menores, e algumas outras até mesmo escondidas para quem curte uma boa aventura em trilhas.

O transporte público tem uma grande variedade

Falar sobre o transporte público da Austrália já é uma regra aqui nos posts da Dreams, mas em Sydney isso tem um valor até mesmo histórico, pois além dos ônibus, bondes e trens, as ferries (balsas) são as grandes estrelas do transporte público de Sydney, pois desde 1875, as balsas de Sydney têm transportado os seus nativos.

Ano novo em Sydney Austrália

Atualmente, as balsas transportam 14 milhões de pessoas todos os anos ao longo de Sydney, o que não é nenhuma surpresa, já que os seus portos são verdadeiros pontos turísticos que se repetem ao longo de todo a cidade.

Quer trabalhar ou fazer compras? Você escolhe.

Uma das coisas que funcionam muito bem em Sydney é o seu comércio local, não somente no quesito da facilidade de empregos para estrangeiros, mas também da sua variedade e acessibilidade de preços. É bem comum encontrar feiras culturais aos finais de semana, que entregam produtos variados e com preços abaixo da média para você que curte economizar com o seu vestuário e decoração.

Loja de roupas em Sydney Austrália

Enquanto estiver fazendo o seu intercâmbio, não tenha medo do mercado de trabalho de Sydney e vá em busca do que o comércio tem a oferecer para você. São milhares de lojas, cafés, lanchonetes e muitos outros tipos de comércio precisando de trabalhadores em meio-período. Em Sydney você conseguirá prosperar financeiramente na mesma medida em que estará melhorando o seu currículo.

O que eu posso fazer morando em Sydney?

Se morar em um país que é referência no mundo todo em qualidade de vida, assim como em outros setores, nós separamos para você algumas coisinhas interessantes para se fazer enquanto estiver fazendo o seu intercâmbio por lá. Confira abaixo os lugares que você pode visitar e o que você pode fazer em Sydney:

A Ópera de Sydney

Bom, nós definitivamente não queremos entregar um conteúdo óbvio para você, mas não podemos falar de Sydney sem falar da Ópera de Sydney, que além de ser: o símbolo australiano mais conhecido mundialmente, um dos pontos turísticos mais famosos do mundo e uma das óperas mais ocupadas nos rankings mundiais, é o destino de todo intercambista que deseja colocar os pés em Sydney.

Ópera de Sydney Austrália

A Ópera de Sydney não apareceu aqui apenas pelo seu visual, o lugar é realmente incrível em todos os sentidos. A casa recebe espetáculos premiados pela crítica, assim como os clássicos que todo mundo ama assistir em qualquer teatro, como: Cinderella, O Fantasma da Ópera e Otello. Hoje mesmo é possível comprar ingressos para estes e outros espetáculos que também estão em exibição.

O Jardim Botânico Real de Sydney

Não curte ópera, mas é um grande fã do contato com a natureza? Esse é o passeio perfeito para você, pois além de ser um lugar lindo, o Jardim Botânico de Sydney é um programa inteiramente gratuito. Fundado em 1816 e ficando bem ao lado da Ópera de Sydney, o Jardim Botânico Real tem 30 hectares de pura natureza nativa e também de outros países.

Royal Botanic Garden
Foto: Divulgação / Royal Botanic Garden

O jardim tem ainda mais qualidades se você ainda não achou que ele não supre as suas vontades. Dentro do parque existe o Calyx, um centro de atividades que possui uma das maiores paredes compostas por plantas do hemisfério sul, além de promover workshops e contar com lojas e cafés, sem contar com os eventos que acontecem no local periodicamente.

Galeria de Arte de New South Wales

Ok, já te demos uma ópera conhecida mundialmente, um jardim incrível e cheio de atividades, mas nada disso te interessa por você ser uma pessoa mais focada nas artes e história dos países? Tudo bem, entendemos. Por isso, a Galeria de Arte da Nova Gales do Sul é um dos passeios obrigatórios do seu intercâmbio em Sydney. 

Art Gallery of New South Wales
Foto: ABC

A galeria consegue unir o antigo com o contemporâneo, promovendo uma experiência completa para você que é fã das artes como um todo, então é bem comum que você encontre exibições de artes que criticam o uso de rede sociais enquanto em outra parede o foco seja uma grande pintura do século 18.

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Quer fazer um intercâmbio na Austrália mas ainda não sabe como? Tem alguma dúvida? Fala com a gente através deste link, a nossa equipe vai retornar o contato o mais rápido possível para tirar todas as suas dúvidas e ajudar na sua trajetória até estudar no país dos seus sonhos!

Categories
Intercâmbio Estudo e Trabalho

Quer estudar na Austrália? Saiba agora como estudar no país

Estudar na Austrália é o sonho de todo mundo que deseja não apenas mudar de vida, mas também potencializar o currículo da melhor forma possível. Porém, nem todo mundo sabe como é o processo para obter um visto de estudo ou como o sistema educacional da Austrália funciona.

Sendo assim, a gente aqui na Dreams quer ensinar à você, que deseja estudar na Austrália e saber como é o processo de estudar no país. Agora, chega de papo e vamos para o que interessa, confira abaixo como estudar na Austrália:

Tirando o seu visto para estudar na Austrália

Coala Australiano
O coala é um símbolo australiano

Bom, como já sabemos, antes de estudarmos em um determinado país, precisamos entender como funciona o seu processo de aplicação de visto de estudo, pois é através dele que conseguiremos a permissão para estudar em uma determinada nação.

O governo australiano disponibiliza em seu site os passos necessários, de forma simples para que os aplicantes tenham a melhor experiência possível quando estiverem passando pelo processo de aplicação do visto. Em resumo, os passos são:

1 – Antes da aplicação

Fora da Austrália, é importante que o estudante realize a sua aplicação 6 meses antes do começo do seu curso na Austrália, mas não se prenda a este tempo estabelecido pelo país, aplique para o seu visto muito antes, pois diversos fatores podem acabar dificultando o processo e gerando atrasos.

2 – Reúna os seus documentos

A parte mais importante do processo envolve os seus documentos, e o governo australiano disponibiliza esta ferramenta para que você identifique a sua documentação necessária para envio. É importante que você revise toda a documentação antes do envio, certo?

3 – Realize a aplicação do visto

Não importa se você está dentro ou fora da Austrália, a sua aplicação será inteiramente online. Para fazer a sua aplicação, basta fazer login na sua ImmiAccount, anexar os documentos e pagar a taxa de solicitação.

4 – Após a sua aplicação

Aguardar pacientemente é sempre a melhor opção, mas o governo da Austrália recomenda que além de se manter atento às novas atualizações do seu processo, também preste atenção em outros fatores importantes como a requisição da sua biometria e o seu exame de saúde prévio.

Também é importante se manter totalmente isento perante a lei do seu país de origem. O governo australiano também recomenda que você viaje apenas após a aceitação da sua aplicação.

5 – Resultado do visto

O último passo consiste nas informações do seu visto após ele ser aprovado. No resultado, o órgão responsável deixará as seguintes informações:

  • A número de concessão do seu visto
  • A data de expiração do seu visto
  • As condições do seu visto

É importante que você anote tudo e tenha essas informações sempre em mãos enquanto estiver na Austrália.

Chegando na Austrália, como é o sistema educacional?

Estudar na Austrália é algo de primeiro mundo

Agora que você está dentro da Austrália, vamos entender melhor sobre o sistema educacional de lá. Mas antes de partirmos direto para o ensino superior, vamos estabelecer a base de que o sistema educacional da Austrália é dividido em primário, secundário e superior. Confira o caminho que um estudante nativo percorre até chegar até o ensino superior:

Formação escolar – primária e secundária

Escola primária – Dura sete ou oito anos, começando no Jardim da Infância/Preparatório até os Anos 6 ou 7.

Escola secundária –  Dura três ou quatro anos, dos Anos 7 a 10 ou 8 a 10.

Escola secundária sênior – Dura dois anos, Anos 11 e 12.

Formação superior

A formação superior inclui o ensino superior com todas as suas universidade e também o VET (Ensino e Treinamento Vocacional).

“Como funciona o VET?”

O Ensino e Treinamento Vocacional é basicamente um ensino técnico aqui no Brasil, nele o estudante aprende na prática todas as vertentes do seu curso, sendo muito escolhido pelos Australianos e também por estrangeiros que procuram socializar com os nativos. O VET permite que o estudante trabalhe 40 horas quinzenais ou 20 horas semanais.

Instituições de ensino superior (faculdades e universidades em geral)

Estudante usando computador

As instituições de ensino superior e também as de ensino técnico da Austrália têm um nível acima da média mundial por atenderem a um sistema criado dentro da própria Austrália em 1995, o AQF. Australian Qualifications Framework ou AQF, é o sistema que determina padrões de qualidade educacional na Austrália. Neste sistema temos 10 níveis que vão interferir nas suas qualificações para o mercado. 

Abaixo, entenda em um exemplo rápido onde utilizamos os níveis 1, 5 e 10:

Nível 1 – Os graduados neste nível terão conhecimentos e habilidades para o trabalho inicial, envolvimento da comunidade e / ou aprendizagem posterior.

Qualificações – Certificado I

Tempo médio –  0,5 a 1 ano


Nível 5 – Os graduados neste nível terão conhecimento especializado e habilidades para trabalho qualificado/paraprofissional  e/ou aprendizagem adicional.

Qualificações –  Diploma

Tempo médio –  1 a 2 anos


Nível 10 – Os graduados neste nível terão compreensão sistemática e crítica de um campo complexo de aprendizagem e habilidades de pesquisa especializadas para o avanço da aprendizagem e / ou para a prática profissional.

Qualificações – Doutorado

Tempo médio – 3 a 4 anos


Assim, podemos observar que os diferentes níveis realmente interferem em como o mercado e as instituições observam o nível profissional dos seus alunos, sendo necessário que o estudante esteja em constante evolução dentro do sistema.

O ensino superior na Austrália ganha destaque pelo simples e incrível fato de que as instituições de ensino trabalham diretamente com a indústria, o que promove um mercado de trabalho mais aquecido para os alunos.

O próprio AQF é administrado diretamente pelo Departamento de Indústria do Governo Australiano, o que indica a forte atenção que os órgãos federais têm com o nível educacional do país.

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Quer fazer um intercâmbio na Austrália mas ainda não sabe como? Tem alguma dúvida? Fala com a gente através deste link, a nossa equipe vai retornar o contato o mais rápido possível para tirar todas as suas dúvidas e ajudar na sua trajetória até estudar no país dos seus sonhos!

Categories
Curiosidades

Brisbane, Austrália: conheça agora a cidade mais agitada da Oceania

Brisbane, Austrália, o destino daqueles que buscam uma vida melhor, com uma qualidade de vida acima da média e em um país que é referência de ensino em todo o mundo. Se você tem alguma dúvida sobre Brisbane ou como será a sua vida nela, não se preocupe, aqui nós trazemos o melhor resumo sobre a história, vida na cidade, economia, transporte público, cultura e até um pouco mais, da forma mais rápida possível. Agora chega de papo e vamos ao que interessa, conheça Brisbane:

Antes de conhecer Brisbane, você conhece Queensland?

As pessoas costumam citar diretamente a cidade de Brisbane e de como ela é incrível para se fazer um intercâmbio de qualidade, mas todo mundo esquece de citar onde ela fica. A cidade de Brisbane está localizada no estado de Queensland, que sendo o segundo maior e terceiro mais populoso da Austrália, fica ao Nordeste do país e leva este nome por causa da Rainha Vitória, rainha do Reino Unido que foi muito importante para a história da Austrália.

Brisbane Austrália, Bairro de South Bank
Bairro de South Bank em Brisbane

“Uma rainha do Reino Unido sendo Importante na Austrália? Como?”. Calma, a gente te explica bem rápido. Naquela época, a Austrália não era nem perto do que era hoje, já que a maior parte do seu território fazia parte da Colônia de Nova Gales do Sul, uma colônia prisional do Reino Unido. E é neste momento que a rainha fez valer a sua reputação, pois em 1901, assinou uma carta que retirava Queensland da colônia, assim, o estado começou a fazer parte da grande Comunidade da Austrália

E Brisbane? Cadê?

Dessa vez não vamos perder tanto tempo com história, mas voltando um pouquinho mais no tempo, Brisbane era uma cidade que já foi há muito tempo habitada pelo povo aborigene, muito mesmo antes do povo britânico colocar os seus pés por lá, mas só em 1825 a cidade recebeu o seu nome através da colonização do Reino Unido e da separação de Queensland.

Crescendo ao longo do tempo e adquirindo cada vez mais autonomia, Brisbane se tornou um dos pontos turísticos mais importantes da Austrália, assim como uma grande amiga para aqueles que buscam estudar, trabalhar e constituir uma vida no país, já que o seu mercado de trabalho acessível para estrangeiros é o que faz da cidade um verdadeiro farol para intercambistas de todo o mundo.

Como é a cidade de Brisbane?

Agora que você já conhece a história, é hora de saber um pouco melhor sobre como funciona a cidade de Brisbane na prática. Abaixo, separamos alguns tópicos específicos sobre as qualidades de Brisbane e como ela é em seu dia a dia, sendo um resumo sobre como você pode encontrá-la hoje. Confira:

A vida na cidade não para

Cidade de Brisbane
Vista de Brisbane à noite

A cidade de Brisbane se encontra em pleno desenvolvimento, as construções de arranha-céus são constantes por lá, assim como a sua agitação urbana. São pouco mais de 2.2 milhões de habitantes (dados de 2016) em uma cidade de 5 904 km², fazendo com que o movimento seja constante em suas ruas.

E assim como o movimento constante, o seu comércio também não para, sendo uma das cidades que mais acolhem estrangeiros que estudam e trabalham na Austrália. A sua economia se mantém cada vez mais aberta para aqueles que procuram oportunidades de trabalho na cidade. É comum conhecer algum amigo que estudou em Brisbane enquanto trabalhava em um café ou em alguma loja de conveniência. 

E sabe o melhor de tudo isso? O salário mínimo da Austrália é um dos maiores do mundo, sendo possível viver tranquilamente por lá enquanto trabalha. E se você for uma pessoa mais econômica, com certeza terá um custo de vida acessível, livre de problemas financeiros e ainda podendo gerar uma renda extra no final do mês. Legal? Né

O transporte público é incrível

Foto do interior de um ônibus
O transporte público em Brisbane é variado e totalmente funcional

Chegar em uma cidade nova não é nada fácil, né? E o transporte é a grande preocupação de quem precisa se organizar para chegar nos seus pontos mais importantes. Em Brisbane o transporte público é uma verdadeira jóia na Austrália. Você pode escolher entre se locomover de ônibus, ferries (balsa), bondinho ou os trens da TransLink (se tiver alguma dúvida de horário, basta acessar o site deles).

No centro existem até mesmo ônibus grátis e também balsas. Já imaginou conhecer o centro da cidade de graça? Não é um sonho, é a realidade de Brisbane!

A cultura de Brisbane é muito rica

Sério, alguma vez você já ouviu falar sobre o que a cultura de Brisbane tem a oferecer? Se você nunca ouviu sobre, não tem problema, a gente te conta. Brisbane é uma cidade que carrega um peso cultural imenso, então é muito comum fazer passeios de temática mais cultural, assim como comparecer a shows dos mais variados.

Sendo um dos pontos fortes da cidade, a cultura de Brisbane mistura o antigo com o contemporâneo, indo das artes visuais até a sua música e eventos, o que faz com que a cidade tenha não apenas pontos turísticos incríveis, mas eventos importantes e que se diferenciam uns dos outros.

Obra de arte na rua de Brisbane
Brisbane é um grande centro cultural

Em Brisbane você pode visitar o jardim botânico e presenciar a primeira árvore de macadâmia cultivada do mundo, ou então passear pelo museu de Brisbane. Não conseguiu se satisfazer? Visite o museu de arte e de arte moderna de Queensland. E tem mais: eu já disse que tudo isso é de graça? Pois é, se você curte história e cultura, Brisbane é totalmente para você.

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Quer fazer um intercâmbio em Brisbane mas ainda não sabe como? Tem alguma dúvida? Fala com a gente através deste link, a nossa equipe vai retornar o contato o mais rápido possível para tirar todas as suas dúvidas e ajudar na sua trajetória até estudar no país dos seus sonhos!

Categories
Curiosidades

Curiosidades da Austrália que você não sabe (Parte 2)

“Curiosidades da Austrália” é a nossa série de curiosidades sobre ela mesma, a Austrália! Nela nós trazemos as curiosidades que você provavelmente não sabe sobre o país, e caso saiba, trazemos ainda mais detalhes para que você tenha cada vez mais informações sobre o maior país da Oceania. Dessa vez trouxemos até um lago cor de rosa para você que tem interesse em coisas não tão convencionais. Confira abaixo as curiosidades da Austrália que você não sabe:

1 – 18% da Austrália é um grande deserto

Deserto arenoso da Austrália
O deserto é atravessado por turistas

Se você tem a intenção de viajar para a Austrália mas acha que não pode ter uma experiência diferente das que tem aqui no Brasil, você se enganou feio, pois na região noroeste da Austrália se encontra o Great Sandy Desert ou Grande Deserto Arenoso da Austrália.

É isso mesmo que você acabou de ler, a Austrália que além de ser um país tão grande e com tanta diversidade de fauna e flora, ainda consegue ser dono de um grande deserto, que atualmente se encontra com 360.000 km² e com possibilidade de uma grande aventura, já que diversas pessoas costumam desafiá-lo.

2 – Você já visitou um lago rosa?

Foto de cima do Lago Hillier na Austráli
Lago Hillier / Fonte: Viaggio Routard/Flickr

No mundo nós temos um mar vermelho, praias verdes como esmeralda e lagoas azuis como o céu, mas um lago rosa você verá em pouquíssimos países. Mas na Austrália, você poderá visitar até mesmo 5 lagos com a cor rosa, sendo o mais famoso deles encontrado precisamente em Middle Island, o maior conjunto de ilhas de Recherche.

Não, não é uma piscina de iogurte de morango ou uma grande reserva de suco de goiaba. O Lago Hillier ou Lake Hillier é um dos lugares mais misteriosos da Austrália, já que a sua água salgada tem uma cor rosa natural e que até hoje não apresenta mudanças em sua cor. Existem algumas teorias científicas que tentam explicar a coloração do lago.

Uma delas aponta que além da alta concentração de sal, uma microalga chamada Dunaliella salina que libera betacaroteno, uma pigmentação natural que está presente até mesmo nas frutas em que comemos diariamente.

Legal, né? O lago faz parte de uma área de preservação e você pode visitá-lo contratando um passeio de helicóptero, pois é impossível o seu acesso terrestre e também é proibido nadar nele (É muito sal concentrado, então é melhor não, né?).

3 – Você sabe qual é o animal mais perigoso da Austrália?

Água-viva-caixa-australiana
Um dos animais mais perigosos do mundo está nos mares da Austrália

Nós costumamos ter medo da Austrália por causa das suas imagens e rumores sobre os animais que vivem por lá. É muito comum vermos imagens de aranhas, morcegos, e todo tipo de animal que não é muito fácil de se conviver, tendo tamanhos gigantes na Austrália e aparecendo em todos os lugares do país.

Mas, e se eu te disser que as vespas e aranhas gigantes não são os animais mais perigosos da Austrália? Pois é, o animal mais perigoso da Austrália está dentro do mar e ainda assim não é um tubarão.

Mas chega de mistério, pois o nosso maior predador é nada mais ou nada menos do que a Água-viva-caixa-australiana ou vespa do mar é o animal mais perigoso não apenas da Austrália, mas também do mundo.

O simples toque dessa água-viva na sua vítima causa uma dor súbita excruciante, o que pode resultar no afogamento ou parada cardíaca antes mesmo de sair da água. O seu veneno pode afetar o coração, sistema nervoso e até mesmo as células da pele da vítima.

Assustador, né? Por isso, quando for visitar a Austrália nem se preocupe com os tubarões, mas preste atenção nas lindas vespas azuladas do mar para que nenhum acidente inesperado aconteça.

4 – Você conhece o Uluru?

O monólito Uluru na Austrália
O monólito Uluru é um grande ponto turístico da Austrália

A cultura aborígene não apenas faz parte, como é um dos pilares mais importantes para a cultura da Austrália. Sendo assim, é importante que você saiba um pouco sobre os aborígenes e as suas crenças antes de visitar certos pontos importantes para a história do país.

Sendo um monólito localizado ao norte central da Austrália, fazendo parte do Parque Nacional de Uluru-Kata Tjuta e ainda sendo um patrimônio mundial da UNESCO, o Uluru ou Ayers Rock, que é até mesmo chamado de The Rock, tem pouco mais de 318 m de altura e 8 km de circunferência, além de também ter 2,5 km de profundidade dentro do solo.

O Uluru tem como uma das suas grandes atrações a sua troca de cores em relação a iluminação do sol ou da lua, dependendo do período do ano ou estação. Outra coisa interessante é a escalada que pode ser feita até o topo do monólito, mas que o povo Anangu (aborígenes da área) costuma aconselhar que não seja feita para que os seus deuses não sejam desrespeitados.

5 – Gosta de animais? A Austrália é o seu país!

Imagem de um coala olhando para a câmera
O coala é uma espécie natural da Austrália

A Oceania é um continente isolado e se manteve assim por muito tempo, o que reflete não apenas na cultura dos seus países, mas também em outros setores como a flora e principalmente a fauna.

Sabe quando vemos algum animal muito estranho e já pensamos “Isto só pode pertencer a Austrália”? Dessa vez essa afirmação faz total sentido. Na Austrália, 83% dos mamíferos, 89% dos répteis, 90% dos insetos e peixes e 93% dos anfíbios são naturalmente pertencentes à Austrália, o que torna essas espécies raras e que só poderão ser vistas em caso de viagem para o país. Quer ver um Dingo? Brincar com um Coala? Viaje para a Austrália ou nunca poderá ver um pessoalmente.

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Chegando até aqui eu aposto que você se interessou por visitar a Austrália, melhor ainda se quiser estudar no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica neste link e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa!

Categories
Dicas Intercâmbio Estudo e Trabalho

Descubra agora como trabalhar na Austrália

Trabalhar na Austrália é o sonho de quem deseja imigrar para o maior país da Oceania, mas existem certas dúvidas que acabam impedindo aqueles que procuram viajar para o país, principalmente aqueles que desejam trabalhar e morar no país no futuro. Mas não se preocupe, neste post a Dreams vai tirar todas as suas dúvidas sobre como trabalhar no Canadá e qual é o caminho certo.

Neste post vamos mostrar de forma rápida:

  • Quais são as profissões disponíveis
  • O salário mínimo
  • Como ingressar no mercado de trabalho da melhor forma

Agora chega de papo e vamos para o que interessa:

Profissões em alta demanda na Austrália

Como sabemos, as fronteiras australianas se encontram fechadas por conta da pandemia do novo coronavírus, o que atrasa o sonho de algumas pessoas que desejam viver a experiência de estar presentes no país, resultando em aplicações de visto e planejamentos de viagem sendo colocados em prática apenas no segundo semestre de 2021.

Mesmo assim, o mercado de trabalho australiano não está parado e você precisa estar preparado para ele. O governo da Austrália divulgou em site oficial as profissões que estão em alta demanda em 2021 e que ainda não tiveram as suas vagas preenchidas pelo teto máximo permitido para estrangeiros. Confira abaixo algumas delas:

ID da ocupaçãoDescrição da vaga/áreaValor do teto de ocupaçãoConvites até 21/10/2020
1331Gerentes de construção7,1450
1332Gerente de engenharia1,4740
1341Gerente de creche1,0000
1342Gestores de serviços de saúde e bem-estar1,666<20
1399Outros gestores especialistas4,1880
2111Atores, dançarinos e outros profissionais do entretenimento1,0000
2112Profissionais da música1,0000
2121Diretores artísticos e produtores de mídia1,0000
2211Contadores1,0000
2212Auditores, secretários de empresa e tesoureiros corporativos1,6190
2241Atuários, matemáticos e estatísticos1,0000
2243Economistas1,0000
2245Economistas e avaliadores de terras1,0000
2247Consultor de gerenciamento4,5260
2321Arquitetos e arquitetos paisagistas1,4520
2322Cartógrafos e agrimensores1,0000
2331Engenheiros Químicos e de Materiais1,00065
2332Profissionais de Engenharia Civil3,919141
2333Engenheiros Elétricos1,34898
2334Engenheiros eletrônicos1,000<20
2335Engenheiros industriais, mecânicos e de produção2,68248
2336Engenheiros de mineração1,00020
2339Outros profissionais de engenharia1,000<20

São muitas vagas em diversas áreas e caso você queira conferir todas as elas, basta clicar neste link e ter acesso a toda a lista disponibilizada pelo governo australiano.

Trabalhar na Austrália é uma realidade possível
A casa da Ópera de Sidney

O mercado de trabalho australiano continua em pleno funcionamento, mas ainda sofre com as consequências das restrições impostas pelo COVID-19, fazendo com que as contratações tenham um ritmo mais lento hoje em dia. Mesmo assim, a economia continua em pleno funcionamento, o que ainda faz da Austrália um ótimo país para se trabalhar no período pós-pandemia.

Ser um estrangeiro na Austrália significa que você terá que ir em busca dos seus objetivos com maior vontade, pois além de ter um bom nível de inglês, é importante que você aprimore as suas “Skils”, pois o governo australiano valoriza os profissionais que são experts no que fazem. Assim, basta manter o seu currículo atualizado e as suas habilidades afiadas para que as suas chances sejam ainda maiores no mercado de trabalho.

O salário mínimo na Austrália

O salário mínimo da Austrália é ótimo para o poder de compra

O salário mínimo australiano se encontra no valor de A$ 19,84 por hora, o que em caso de 8 horas de trabalho diárias, você poderá adquirir em uma semana A$ 793,60, o que em reais equivale a R$ 3327,23 atualmente. Uma diferença enorme, né? Por isso muitas pessoas sonham com a vida na Austrália, que além de ter um ótimo salário, disponibiliza uma ótima qualidade de vida.

E não só isso, o poder de compra no país também é muito alto segundo plataformas especializadas e que monitoram o custo de vida em diversos setores básicos da sociedade. Sendo assim o salário que você conseguir em um mês, não será jogado fora apenas no pagamento de contas, mas também será possível investir em outras coisas do seu interesse como a compra de produtos ou lazer no país.

Trabalhar na Austrália pode ser fácil se você fizer do jeito certo

Estudante fazendo anotações
Estudar é o melhor caminho para conseguir trabalho em outros países

Existe uma certa dificuldade de ingresso no mercado de trabalho australiano, já que os recrutadores geralmente procuram pessoas que tenham uma certa “experiência australiana”, fazendo com que o seu currículo muito valioso aqui no Brasil, não tenha tanta validade na Austrália, pois para eles é muito importante que você demonstre uma certa experiência com a cultura do país.

Assim, uma ótima alternativa acaba sendo a melhor de todas: o visto de estudante. Com um visto de estudante você consegue ingressar no país, conseguir um diploma australiano e ainda arrumar um emprego de meio-período na Austrália, o que facilitará a sua contratação tanto para meio-expediente, quanto para o futuro como um empregado já contratado para a sua área de interesse.

Enquanto estuda na Austrália você terá direito a trabalhar 40 horas a cada duas semanas, ficando livre para trabalhar quantas horas quiser em seu período de férias. Legal, né? Além disso, trabalhando essas 40 horas semanais você poderá gerar uma renda extra que fica entre A$ 15,00 e A$ 20,00 por hora, o que pode ajudar nas suas necessidades no país.


Chegando até aqui eu aposto que você se interessou por trabalhar na Austrália, melhor ainda se quiser estudar no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica neste link e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa!

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!