Categories
Estude e trabalhe no exterior Irlanda Tudo sobre intercâmbio

Como é o intercâmbio na Irlanda?

A Irlanda sempre figurou como um dos principais destinos para quem deseja morar no exterior. E não apenas por sua qualidade de vida e belas paisagens, mas por não precisar de visto prévio, cursos com investimento baixo e a oportunidade de trabalhar enquanto estuda. Então, se você quer descobrir como é o intercâmbio na Irlanda, esse texto é a sua cara.

Diferentemente dos outros países, para entrar na Irlanda, você precisa solicitar o visto em solo irlandês e ter uma comprovação mínima de renda. Mas não se assuste! É muito mais simples do que parece ser e nós vamos te mostrar isso. Vem ler!

Neste artigo, você vai conferir como estudar e trabalhar no país, melhores cidades para estudar, motivos para escolher este destino e, finalmente, o quanto custa estudar e trabalhar na Irlanda. Confira:

Como estudar e trabalhar na Irlanda?

A melhor forma de ingresso para quem quer estudar e trabalhar na Irlanda é com um intercâmbio de estudo e trabalho. No país, alunos matriculados em um curso com duração superior a 25 semanas podem trabalhar meio período (20h semanais). Mas, se você quer trabalhar em período integral (40h semanais), lembre-se de que só é permitido nos meses de férias: maio, junho, julho e agosto.

O tempo mínimo de um curso no país é de 25 semanas e o máximo de 2 anos, após renovação do visto. É muito comum que os intercambistas optem por um curso de 33 semanas, pois é possível aproveitar as 8 semanas de férias para trabalhar no período integral. Conseguir um emprego no país fica por conta do estudante e leva em média de 4 a 8 semanas.

Uma informação importante é que o visto deve ser aplicado na Irlanda e tem uma taxa média de 300 euros. É necessário comprovar um valor disponível de no mínimo 3.000 euros, que só poderão ser utilizados após solicitação do visto. Também é recomendado levar um valor para despesas iniciais de 1.500 euros. Você pode saber mais sobre vistos clicando neste link.

Quer saber ainda mais sobre o programa de trabalho e estudo na Irlanda? Então, confere esse vídeo.

Melhores cidades para estudar na Irlanda

Geograficamente, a Irlanda possui uma grande extensão territorial, são 70.284 km², sendo considerada a terceira maior ilha da Europa. Sua população soma 4,7 milhões de habitantes e, por ano, recebe 6 milhões de turistas.

A Dreams oferece opções de universidades, cursos técnicos, pós-graduação e cursos de idiomas. No país, existem ótimas indicações de universidades e cursos, mas cada cidade possui seus próprios programas de ensino.

As cidades mais recomendadas são Dublin, a maior e mais conhecida delas; Cork, que tem se desenvolvido muito na área de TI. Também estão entre elas Limerick, com população bem jovem e de muitos atrativos; a litorânea Galway, com 80 mil habitantes e puro charme. E, por fim, Bray, cidade com maior área urbana na Irlanda. Clicando em cada uma delas, você descobre seus programas de estudos e custos de vida.

Motivos para escolher o intercâmbio na Irlanda

Se você curte aventuras, a Irlanda é praticamente um gigante parque de diversões, mas com a supervantagem de ter incríveis cenários de fundo. É um país jovem, que recebe muitos imigrantes e um fato curioso é que 40% da sua população tem menos de 25 anos.

Dublin, a principal cidade, é moderna e ao mesmo tempo histórica, sendo considerada a melhor para estudantes internacionais e eleita como a “cidade mais amigável do mundo”. Seu passado de ocupação viking deixou construções medievais vistas até hoje. Além disso, são de Dublin 3 dos 4 prêmios Nobel do país.

Na costa oeste do país, está Galway, suas belas praias e um centro bastante agitado. A cidade externa a tradição e a modernidade irlandesas: prédios coloridos pubs animados e ruas com calçadas de pedra. Galway é conhecida como um berço para arte e cultura, com eventos anuais como o Galway Arts Festival e o Cúirt International Festival of Literature.

Cada cidade tem seu charme e atrativos, mas existem pontos de belezas naturais que não podemos deixar de indicar. Então anote aí: Porto de Ballintoy; Castelo de Ashford; Kilfane Glen, Kilkenny; Cliff of Moher; Newgrange, Meath; Ilha de Achil, Mayo. São mesmo muitas opções, já que a Irlanda é cheia de surpresas e nela nunca faltarão opções de lazer.

Quanto custa o intercâmbio na Irlanda?

Os valores do seu intercâmbio podem variar de acordo com a cidade e o período de tempo que você vai ficar. Mas a gente já te adianta que trabalhar na Irlanda é uma grande oportunidade. O país é o maior polo tecnológico da Europa, considerado o 5º mais seguro para se morar e tem a 15ª melhor qualidade de vida. Sem contar, claro, que você pode fazer uma renda extra no período de férias.

Quer saber quanto ficaria o seu intercâmbio na Irlanda? Fale aqui com um de nossos consultores e se prepare para o melhor intercâmbio da sua vida! Ah, aproveite para tirar qualquer dúvida, caso ainda tenha alguma.

Curtiu esse conteúdo? Acompanhe sempre as novidades do nosso blog Dreams Intercâmbio.

Categories
Dicas de viagem Estude e trabalhe no exterior Estude um idioma fora do Brasil Irlanda

Universidades na Irlanda: Conheça as melhores!

Fala galera! No post de hoje vamos te falar um pouco sobre as principais universidades na Irlanda e porque elas são unversidades tão boas para você estudar, vamo nessa?

Educação na Irlanda

A educação na Ilha Esmeralda é algo que sempre foi prioridade, os dados não mentem para gente! Segundo PISA (Programme for International Student Assessment) a Irlanda ficou na frente de países como França, Alemanha, Bélgica e outros. O país também conta com algumas das melhores universidades do mundo, como as deste post!

Trinity College Dublin

A Trinity College Dublin é uma das melhores faculdades da Irlanda e do mundo. Marcada por sua estética antiga, ela é a universidade mais antiga do país, seu lindos edifícios pedrosos, seus séculos de história e sua biblioteca monumental são encantadores para todos os turistas.

Uma das instituições com os melhores resultados e colocações nos rankings internacionais de prestígio, ela possui uma enorme diversidade, tanto nos cursos que são oferecidos quanto nos estudantes que a frequentam, são mais de 100 nacionalidades, uma das mais variadas universidades na Irlanda no quesito etnico de seus estudantes.

A TCD oferece cursos que duram quatro anos, assim como aqui no Brasil, mesmo a maioria das faculdades europeias oferecendo cursos de duração menor e os estudantes podem sair direto da sua graduação para um mestrado se seu enfoque for pesquisa.

Isso traz uma vantagem pois alguns dos mestrados voltados para pesquisa tem dois anos de duração, assim se for do desejo do estudante continuar os estudos e fazer um doutorado esses dois anos de mestrado já contam como parte dele.

Trinity College - o campus da melhor universidade na Irlanda e uma das melhores do mundo!

Os estudantes Brasileiros que querem ingressar na universidade terão que passar pelo Foundation Course, um curso de um ano que introduz e prapara os estudantes para o nível que se é exigido durante a faculdade, focado em fazer com que os estudantes terminem o curso com sucesso.

Para entrar no Foundation course, é necessário ter o certificado de conclusão do ensino médio com média acima de 7 e notas do SAT ou ACT. Também é necessário comprovar proficiência em inglês por meio de certificados como TOEFL ou IELTS que são válidos em praticamente toda Europa.

Melhores cursos oferecidos pela TCD

  • Língua Inglesa e Literatura
  • História Antiga e Arqueologia
  • Farmácia
  • Enfermagem
  • Línguas Modernas

University College Dublin

A University College Dublin é uma das mais prestigiadas universidades de ensino da ilha esmeralda. A UCD para mais é uma das universidades na Irlanda que tem a mesma ideia da Trinity quando o assunto é pesquisa intensiva, sempre incentivando seus estudantes a serem pesquisadores e oferecendo programas para tal.

University College Dublin com uma estrutura maravilhosa é uma universidade na Irlanda uma diversidade incomparável

Sua diversidade é motivo para a faculdade ter o status que tem, são mais de 30.000 alunos vindos de 120 países, além dos alunos localizados fora da Ilha.

Das diversas matérias oferecidas pela faculdade, 9 estão classificadas entre as melhores do mundo pela QS World University Ranking by Subject e a UCD tem certificações internacionais, trazendo assim oportunidade e empregabilidade para o mundo todo.

Melhores cursos oferecidos pela UCD

  • Agricultural Sciences.
  • Arts and Humanities
  • Biology and Biochemistry
  • Biotechnology and Applied Microbiology
  • Chemistry
  • Clinical Medicine
  • Computer Science
  • Economics and Business

National University of Ireland

A National University of Ireland construiu muito bem sua história e reputação durante o tempo e hoje em dia ela acolhe mais de 18 mil estudantes além de ser uma das melhores faculdades do mundo. A NUI oferece uma ampla gama de cursos, são 60 graduações diferentes, fora os cursos noturnos e as pós-graduações.

National University of Ireland, Galway uma das instiuições de ensino mais organizadas e inovadoras da Ilha Esmeralda.

A abordagem que a instituição usa para a educação dos seus alunos têm sido de extremo sucesso pois quase 100% dos seus estudantes encontram emprego após a conclusão de seus estudos.

Provando que está sempre se renovando e oferecendo aos seus graduados uma educação de qualidade, a NUI Galway tem uma estratégia chamada “Visão compartilhada, moldada por valores” onde se é trabalhado visões como desenvolvimento sustentável, bem-estar, melhoria da saúde mental dos estudantes e mais! A Irlanda tem universidades incríveis não é?

A faculdade tem 5 blocos, sendo eles:

  • Bloco de Artes, Ciências Sociais e Estudos Celtas;
  • Bloco de Administração, Políticas Públicas e Direito;
  • Bloco de Engenharia e Informática;
  • Bloco de Medicina, Enfermagem e Ciências da Saúde;
  • Bloco de Ciências.

Melhores cursos oferecidos pela NUI

  • computer science
  • English language
  • literature
  • history
  • pharmacy
  • pharmacology
  • law

University College Cork

University College Cork é, assim como outras universidades na Irlanda, uma referência em educação, eficiência, pesquisa e sucesso dos seus estudantes. Conhecida por apoiar seus alunos e oferecer um ótimo serviço, o lema da faculdade é focado na diversidade de pensamento, conhecimento, educação e sucesso nas carreiras.

A UCC sempre é classificada nas melhores posições dos rankings globais e a faculdade já recebeu o título de “Universidade Irlandesa do Anocinco vezes.

estudar na universidade Irlandesa University College Cork é sinônimo de sucesso!

Recebendo milhares de estudantes internacionais todo ano sua taxa de graduados contratados após estudos é de 93%, a faculdade apoia centenas de outras ao redor do mundo recebendo milhares de estudantes internacionais e a instituição se orgulha muito de oferecer programas de ensino sensacionais e apoiar a comunidade de pesquisa, além de estar no topo 2% das melhores universidades do mundo. 

Cork é uma cidade encantadora, um centro onde as coisas acontecem e a cidade é muito viva, as paisagens naturais são encantadoras então estudar numa instituição tão bem localizada também é ótimo.

Estudar na UCC e viver em Cork é uma experiência sensacional, seja estudando artes, engenharia, direito, medicina, ou fazendo um mestrado, uma especialização ou até mesmo um curso de inglês, é difícil se sentir insatisfeito com tudo que a universidade pode te oferecer.

Melhores cursos oferecidos pela UCC

  • Anatomy and Physiology
  • English Language and Literature
  •  Medicine
  •  Modern Languages
  •  Politics & International Studies

Griffith College Dublin

A Griffith College Dublin, fundada em 74, é uma instituição com campus em diversos lugares na Irlanda, ela recebe cerca de 8 mil estudantes e oferece uma extensa gama de cursos como jornalismo, finanças, direito, design entre outros. 

Griffith College - com campus em diferentes locais na Irlanda, uma das melhores universidades para se estudar.

Seus estudantes internacionais chegam de cerca de 77 países diferentes. Com campus em Dublin, Cork e Limerick a instituição investe constantemente em si mesma e seus estudantes, os equipamentos oferecidos pela faculdade são de primeira linha e as instalações são variadas, biblioteca, centro de multimídia, laboratório, restaurante, área de recreação e mais. 

No mais, essa é uma das universidades na Irlanda onde os cursos de graduação e pós são prestados por professores altamente qualificados que trabalham com excelência para preparar seus estudantes para a vida profissional.

Melhores cursos oferecidos pela GCD

  • Oncology and carcinogenesis.
  • Optical physics.
  • Physical chemistry (incl. structural)
  • Physical sciences.
  • Political science.
  • Quantum physics.
  • Technology.
  • Tourism.

Technological University Dublin

O Instituto de Tecnologia Dublin, é uma das universidades na Irlanda que faz parte da Technological University Dublin, é considerado o melhor instituto da Irlanda para empregabilidade de seus estudantes, ele foi dissolvido, e suas operações foram transferidas para a TUD no começo deste ano.

Fundado em 1887, o DIT é pioneiro na educação tecnológica superior e oferece bacharel, mestrado e doutorado em diversas áreas como turismo, business, arte, engenharia, ciências e outros.

Technological University Dublin – uma universidade na Irlanda que oferece mais de 400 cursos para seus estudantes!

O Instituto recebe mais de 22 mil estudantes e todos eles têm a garantia de um ótimo ambiente para aprender, pois suas instalações são incríveis. Oferecendo uma ótima infraestrutura, a instituição oferece mais de 400 cursos de graduação, pós, pesquisas, meio período e mais. 

Melhores cursos oferecidos pela TUD

  • Creative Arts
  • Humanities
  • Built Environment
  • Business
  • Optometry
  • Human Nutrition 
  • Transport & Logistics
  • Environmental Health
  • Tourism Marketing.

Agora que você conhece sobre as melhores universidades na Irlanda que tal dar o proximo passo para realizar esse sonho? Entre em contato com a gente!

Veja também:

Ensino Superior na Irlanda: se destaque no país

Confira dicas incríveis para estudar e trabalhar na Irlanda

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Dicas de viagem Estude e trabalhe no exterior Irlanda Tudo sobre intercâmbio

Ensino Superior na Irlanda: se destaque no país

ensino superior na irlanda, saiba tudo para estudar e trabalhar
Intercâmbio em Dublin

Fala galera! Pensando em fazer ensino superior na Irlanda, né? Estudar e trabalhar na Irlanda tem sido cada vez mais popular entre estudantes de todo mundo que buscam uma ótima experiência de ensino!

O país é referência em educação e por isso separamos exclusivamente todas as informações necessárias sobre o ensino superior no país, NFQ e como ele funciona, entre outros detalhes importantes para você entender tudo que você precisa para dar os primeiros passos para se qualififcar e realizar esse sonho!

Educação na Irlanda

A educação é um elemento de extrema relevância no país historicamente falando e não é a toa que é uma república conhecida por receber estudantes e trabalhadores de todo o mundo para trabalho, ensino superior, intercâmbio high school e diversos outros. Os investimentos constantes na área da educação nas últimas quatro décadas, fizeram com que a Irlanda se tornasse um destaque global no setor, e vale também salientar que assim como outros países na Europa e America do Norte, o ano letivo/acadêmico da Irlanda começa em setembro.

Estudar e trabalhar na Irlanda! prepare-se para seu incrível intercâmbio!

Segundo o Programme for International Student Assessment (PISA), que é um programa responsável por fazer um nivelamento educacional nas áreas de leitura, matemática e ciências dos seus países participantes, a Ilha da Irlanda ficou no top 10, estando em oitava posição. O país também oferece universidades renomadas como Trinity College Dublin, University College Cork e University College Dublin…perfeito com diversas instituições para escolher onde fazer seu ensino superior.

Na Irlanda também existe a opção de estudar assuntos mais gerais na universidades ao invés de algo mais especifico, isso ajuda muitos estudantes que não tem certeza absoluta qual área especifica de ensino superior eles procuram. Aqueles que ainda não têm a certeza em qual área seguir podem montar sua própria grande de estudos, cursos como Liberal Artes para pessoas da área de humanas, e cursos como General Science para ciencias ou General Engineering e mais!

Como funciona o ensino Superior na Irlanda

A Irlanda, conhecida pelo seu ensino na língua inglesa para estudantes estrangeiros, também oferece muito além disso no quesito da educação. O ensino superior na Irlanda é conhecido ao redor do mundo os estudantes que o país procura são todos aqueles que têm sério comprometimento com seus estudos para serem aprovados pelas instituições de ensino, então ter um bom histórico escolar é relevante.

Também é realizado um exame de proficiência para avaliar seu nível de inglês, sendo os IELTS e TOEFL que tem foco acadêmico e são muito importantes para quem quer continuar os estudos no exterior já que eles são considerados um pré-requisito para ser aceito nos processos seletivos. 

A Ilha Esmeralda tem sido referência econômica nos últimos anos também, o seu crescimento econômico é um dos fatores principais para tantas oportunidades de emprego. Além de poder estudar, você também pode trabalhar enquanto estuda, são 20 horas semanais de trabalho (part time), e 40 horas semanais sem estar estudando (full time). Outro detalhe interessante é que a Irlanda possui escritório de algumas das maiores multinacionais e, muitas delas, procuram cada vez mais falantes do inglês e do português para assessorar seus projetos de expansão.

Estudando e trabalhando na Irlanda

Trabalhar e estudar na Irlanda é não só possível, mas muito comum também, porque o país é um dos poucos que disponibiliza visto de estudo com a possibilidade de trabalho, também tem instituições de ensino superior renomadas com um dos melhores custo-benefício da Europa.

A nova mudança após a aprovação do Budget 2022 faz com que o salário seja de €10,50 por hora trabalhada, um dos maiores da Europa. Para conseguir um trabalho no país, é preciso fazer um curso de 25 semanas, pois esse é o tempo mínimo de duração do curso de inglês que dá direito ao trabalho. A maioria dos estudantes optam por ficar 33 semanas, oito meses, assim dá para fazer uma pequena Eurotrip depois de trabalhar e estudar.

Visto tem uma taxa de 300 euros e exige uma comprovação de, no mínimo, 3.000 euros disponíveis e esse dinheiro não poderá ser utilizado até a solicitação, além disso é muito comum trabalhar na Europa em pubs e restaurantes que, com suas boas gorjetas, são sempre uma renda garantida (vai super te ajudar na sua Eurotrip!). Alguns dos trabalhos mais comuns e populares entre imigrantes enquanto eles estudam para garantir sua qualififcação no mercado de trabalho são: Garçom, bartender, babá, host de restaurante, lavador de pratos, e trabalhos de atendimento ao cliente no geral.

NFQ – National Frequency Qualification

Mas afinal, o que é NFQ? É o sistema de educação na Irlanda que é dividido em 10 níveis, e você vai precisar entendê-lo para saber tudo sobre o seu intercâmbio na Irlanda. Quanto mais específico e especializado é o ensino que você procura, maior é o nível na escala do National Framework of Qualifications (NFQ) – ou Estrutura Nacional de Qualificações. Vamos passo a passo entender cada um desses níveis:

Nível 1 – (Level 1 & 2 Certificate)

Esses níveis oferecem um certificado geral, cobrem o básico sobre leitura e numeração, o ensino não é restrito à crianças, qualquer pessoa sem ou com pouco conhecimento prévio, assim como adultos, idosos e pessoas com incapacidades intelectuais ou cognitivas também podem recorrer a esses níveis de aprendizado. Ter o certificado nível 1 é o equivalente a ter terminado o nono ano, e o nível dois é o equivalente a terminar o primeiro ano do ensino médio. 

Nível 3(Level 3 Certirficate)

O certificado de nível três reconhece o conhecimento geral assim como suas habilidades pessoais e práticas, terminar o nível três é o equivalente a terminar o segundo ano do ensino médio. 

Nível 4 – ( Level 4 Certificate) 

O prêmio de Nível 4 é para habilidades profissionais e pessoais. Além disso, este certificado significa que o destinatário possui um padrão específico de conhecimento e compreensão. Terminar o nível quatro é o equivalente a terminar o último ano do ensino médio fazendo com que os próximos níveis sejam de ensino superior. 

Nível 5 & 6 – (Level 5 & 6 Certificate) 

O quinto nível é o equivalente ao segundo ano de um programa de bacharelado. Também é equivalente a um diploma HND (Higher National Diploma ou Diploma Nacional Superior). O curso de Nível 5 também possui 10 módulos e 8 tarefas.

Os programas de certificação avançada do nível seis ensinam uma ampla gama de habilidades. Alguns são específicos para uma determinada vocação. Os alunos desenvolvem uma compreensão teórica detalhada, bem como habilidades vocacionais e ocupacionais.

Nível 7 & 8 (Level 7 & 8 Certificate)

O nível sete disponibiliza para os estudantes um diploma em bacharelado que dura cerca de três anos. Já o nível oito são divididos em dois diplomas, um de bacharel com horas que leva de 3 a 4 anos para completar, e um diploma superior que leva cerca de um ano para finalizar e para muitas empresas no país esse diploma equivale a um diploma de pós-graduação. 

Nível 9 e 10 – (Level 9 & 10 Certificate)

O diploma de nível 9 é o mestrado que dura em média cerca de 1 a 3 anos de estudo e exige também a defesa de uma tese no final do curso. Já o décimo e último nível da lista é o doutorado que leva cerca de quatro anos e é feito baseado numa tese de sua área escolhida. 

Curtiu o conteúdo?
Não deixa de conferir nosso blog pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Canadá Dicas de viagem Irlanda Tudo sobre intercâmbio

9 melhores países para imigrar em 2022

Fala, galera! Tudo certinho? Aqui vai mais um post pra te ajudar a escolher seu próximo destino. Separamos os 9 melhores países para imigrar – e no final vamos te contar qual a melhor forma de entrar nestes destinos! Bora lá?

Você verá neste post:

  • Melhores países para imigrar em 2022
  • Qual o caminho mais fácil para imigrar

Melhores países para imigrar em 2022

Cada vez mais brasileiros tem saído do Brasil em busca de uma melhor qualidade de vida.

Segundo um artigo da CNN o número de brasileiros no exterior ultrapassou 4 milhões – ou seja, temos mais pessoas no exterior do que no Espírito Santo, dá pra acreditar?

Pensando nisso, hoje trouxemos os melhores países imigrar – principalmente para quem deseja estudar e trabalhar – assim você já pode ir se preparando para o intercâmbio!

Usamos como parâmetro de comparação os seguintes critérios:

  • Empregabilidade
  • Qualidade de vida
  • Salário mínimo (em relação ao custo de vida)
  • Facilidade de entrada no país

Preparado para conhecer o país dos seus sonhos?

1. Canadá

O Canadá é um país acima da média quando o assunto é bem-estar e segurança da população.

Com paisagens naturais bem preservadas, educação inovadora e de alta qualidade, – principalmente nas áreas de tecnologia – o Canadá conta com cinco universidades entre as 100 melhores do mundo de acordo com a Times Higher Education de 2019. Não é atoa que o Canadá é um dos destinos favoritos de pessoas do mundo inteiro, né?

Desde dezembro de 2021 foi estabelecido um novo salário mínimo no Canadá de CAD$15,00 por hora. Para um estudante que trabalha meio período, o valor acima resulta numa receita média de 300,00 dólares canadenses por semana – que bate perfeitamente com o custo de vida atual no país.

2. Nova Zelândia

Para quem busca qualidade de vida e paisagens deslumbrantes, a Nova Zelândia é um paraíso em terra firme.

As duas ilhas no oceano Pacífico abrigam belíssimas praias e montanhas, cenários ideias para quem curte esportes radicais, trilhas e trabalhos de campo!

Morar na Nova Zelândia é como viajar o mundo.

A Nova Zelândia tem uma das taxas de criminalidade mais baixas do mundo, universidades de alto nível e uma população amigável e receptiva, servindo de destino principal para estrangeiros do mundo inteiro, em especial da Ásia.

Se você fala inglês ou quer aprimorar seus conhecimentos na língua inglesa sem abrir mão de uma prainha, a Nova Zelândia é o seu destino!

Veja também:

Montreal Canadá: conheça a maior cidade de Quebec

Morar na Austrália é viver em um dos melhores países do mundo

3. Austrália

Com vinte Patrimônios Mundiais da UNESCO, a Austrália tem muito a ser explorado.

O país de dimensões continentais ocupa o quinto lugar no ranking da Numbeo, competindo pelo primeiro lugar em qualidade de vida, poder de compra, segurança, saúde e custo de vida com países como Dinamarca e Finlândia.

É referência nas áreas de Meio Ambiente e Conservação, e frequentemente a Austrália abre vagas para a entrada de mão de obra qualificada em cidades que estão com grande demanda. E pode ir sem medo, viu? Apesar de a Austrália ser conhecida pelos seus animais exóticos, quem vai morar lá não se arrepende.

4. Alemanha

A Alemanha oferece estabilidade e estrutura para seus moradores, pontos importantíssimos na hora de escolher entre tantos países para imigrar!

Com oito universidades entre as 150 melhores do mundo, a Alemanha é um paraíso para estudantes do mundo inteiro.

A Alemanha oferta cursos de graduação e pós-graduação em suas instituições públicas.

5. Irlanda

A Irlanda é de longe um dos países para imigrar mais buscados por brasileiros que buscam mudar de vida.

Com um mercado de trabalho com grande demanda, a Irlanda está de portas abertas para estrangeiros.

Para estudar e trabalhar no país basta se organizar direitinho. E se você ainda não domina o inglês, nem precisa se estressar! Dá pra estudar o idioma e ainda trabalhar meio período no país.

Gostou da ideia? Comece a planejar seu intercâmbio com a gente clicando aqui. Já consegue se imaginar recebendo em euro e viajando pela Europa, né?

More em Berlim: tudo sobre uma das cidades mais divertidas do mundo

Vantagens e desvantagens de fazer o intercâmbio em Dublin

6. Holanda

Morar na Holanda é uma experiência única. De todos os países para imigrar que foram citados aqui a Holanda é encantadora pela belíssima paisagem urbana e suas noites inesquecíveis.

Se você busca um lugar seguro, com boas condições de trabalho e qualidade de vida, sem deixar de lado a badalação das cidades grandes, a Holanda pode ser o destino perfeito para você.

Suas cidades são conhecidas por ruas cheias de bicicletas e flores, e também pela postura progressista em relação a comunidade LGBTQI+ e pautas como legalização do aborto e maconha, tornando-o dos melhores países para imigrar.

As universidades holandesas são referência mundial com sua didática que utilizada o método “problem-based-learning” em que o aluno é estimulado a resolver problemas com o objetivo de aprender.

E apesar de o idioma principal do país ser o holandês, é possível estudar inglês em cursos excelentes como British Language Training Center e o UVA Center.

7. Espanha

O espanhol é a quarta língua mais falada no mundo, e é considerada a segunda língua internacional mais importante, atrás somente do inglês.

Para quem deseja aprimorar o espanhol ou morar em um país europeu ensolarado e com excelentes faculdades, a Espanha é um excelente país para imigrar!

Os espanhóis são pessoas simpáticas e acolhedoras, e contam com um excelente sistema de saúde e educação no país.

Localizada na Europa, a Espanha ainda permite fácil acesso a outros países do continente, e com um bônus: brasileiros que residem no país podem adquirir a Cidadania Espanhola após 2 anos de moradia contínua na Espanha. É isso mesmo: você com cidadania europeia com apenas dois anos!

8. Uruguai

Sim, é possível viver bem na América Latina em 2022! E o Uruguai é o melhor país em qualidade de vida, segurança e economia do nosso continente.

A moeda principal do Uruguai é o dólar americano – além do peso uruguaio.

Além da alta qualidade de vida, um grande ponto forte do país é a facilidade de entrada de brasileiros, que não precisam de visto para residir no Uruguai – graças ao acordo entre as Repúblicas.

O ensino também não deixa a desejar, sendo o sistema público e universal. A Universidade ORT do Uruguai está entre as melhores do mundo segundo o ranking da THE.

E como consequência, a taxa de desemprego no país está bem equilibrada: cerca de 10% – no Brasil essa mesma taxa ultrapassa 13% – e o mercado de trabalho promete para 2022!

9. Malta

Malta é um paraíso na Europa localizado entre o sul da Sicília, na Itália, e o nordeste da Tunísia.

O arquipélago situado no Mar Mediterrâneo tem o maltês e o inglês como línguas principais e é um destino interessante para quem deseja imigrar ou fazer um intercâmbio.

O país ainda permite que estudantes estrangeiros trabalhem no país em cursos de mais de 3 meses de duração. Você pode conferir mais benefícios sobre morar em Malta aqui.

Qual o caminho mais fácil para imigrar

Existem diversas formas de imigrar para os países acima, porém a maneira mais efetiva de conseguir um visto para residir é através de um intercâmbio de estudo e trabalho.

Se você pensa em fazer uma graduação, pós ou até mesmo cursos profissionalizantes ou de idiomas, o intercâmbio é o melhor momento para isso.

Além de facilitar o processo de entrada no país, o visto de estudante facilita o ingresso no mercado de trabalho desses países – seja em estágios ou trabalhos de meio-período.

Por que você deveria estar fazendo um intercâmbio na Holanda

Como é morar em Barcelona: Descubra a Espanha 

Malta: Conheça a história e vida noturna [VÍDEO]

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Alemanha Austrália Canadá Curiosidades Estude e trabalhe no exterior Irlanda Tudo sobre intercâmbio

As melhores cidades do mundo para trabalhar e estudar no exterior

Trabalhar e estudar no exterior é o sonho de muita gente que deseja avançar cada vez mais nos seus objetivos pessoais e também profissionais.

Por isso, países mais desenvolvidos acabam sendo mais visados não apenas por nós, brasileiros, mas também por todas as pessoas que buscam atingir uma qualidade de vida melhor.

Nós sabemos que você deseja saber quais são as melhores cidades para poder começar a trilhar o caminho dos seus sonhos, por isso, elaboramos este conteúdo completo sobre as 5 melhores cidades do mundo para estudar e trabalhar, confira abaixo:

Este post não está em formato de ranking, então não se preocupe se vir aquela cidade dos sonhos em último lugar aqui na lista, pois ela continua sendo incrível, só está ocupando um número diferente do primeiro, certo? Agora, vamos direto ao assunto:

1 – Dublin

Dublin costuma ser a cidade mais conhecida da Irlanda, sendo a capital da ilha esmeralda e se não uma das, a própria cidade responsável por manter a economia do país aquecida, recebendo cada vez mais investimentos e também sendo muito receptiva com estrangeiros que acabam investindo na economia da cidade.

Em Dublin, você pode trabalhar por 20 horas semanais, podendo chegar até 40 horas semanais no período de férias. Agora, já pensou em morar em uma cidade famosa pelos seus incríveis pubs, clima e qualidade de vida, enquanto faz uma renda extra recebendo em euros?

Temple Bar, Dublin

Em Dublin existem diferentes tipos de instituições para atender às suas demandas, como: escola de idiomas, cursos técnicos e até mesmo universidades. Além disso, a cidade é ótima no quesito transporte, com um sistema totalmente funcional, rápido e com avisos prévios sobre o tempo de espera, o que facilita a vida do estudante.

Quer saber mais sobre Dublin? Tem isso e muito mais neste post.

2- Auckland

Quer trabalhar e estudar no exterior em uma das melhores cidades do mundo? Então você precisa conhecer Auckland, uma cidade que já foi e ainda continua sendo eleita como uma das melhores do mundo para se viver.

Auckland tem um clima bastante tranquilo, além de ser conhecida por ter um ótimo nível educacional e um mercado de trabalho bastante aquecido. E vale lembrar que ela continua aparecendo nos rankings mundiais das melhores cidades do mundo, né?

Auckland

Na Nova Zelândia, assim como na Irlanda, é permitido que o aluno trabalhe 20 horas semanais, que podem se tornar 40 em períodos de férias. Sendo assim, é totalmente possível fazer uma renda extra enquanto estuda para alcançar os seus sonhos.

Já imaginou? Ganhar o salário em dólar neozelandês e ainda desfrutar de uma das melhores cidades do mundo? Esse sonho é possível, basta tomar o caminho certo.

3 – Montreal

Montreal é a maior cidade do Quebec, assim como a mais conhecida, pois além de ser o centro metropolitano da província mais francesa do Canadá, Montreal é responsável por abrigar ótimos colleges, universidades e escolas de idioma, sendo um grande point educacional para quem deseja mudar de vida.

Desde 1º de junho de 2014, é permitido pelo governo da província do Quebec, que estudantes internacionais consigam estágios por meio de conquista própria, sem a necessidade de uma permissão de trabalho. Em Montreal, você também pode trabalhar dentro da instituição em que estiver estudando, em demandas específicas da instituição.

Trabalhar e estudar no exterior: Montreal

Além disso, o transporte, que é algo super importante para os estudantes, é totalmente diversificado e funcional, contando com trens de longa distância, balsas, ônibus, que se interligam por toda a Montreal, facilitando a locomoção das pessoas no geral.

4 – Sydney

Sydney é uma cidade muito querida por quem deseja trabalhar e estudar no exterior, além de ser muito conhecida pela sua casa da ópera, mas poucas pessoas sabem do porquê de Sydney ser uma cidade tão citada por várias pessoas e veículos, tendo uma relevância até mesmo maior do que Canberra, a capital da Austrália.

Trabalhar e estudar no exterior: Sydney

Figurando entre as melhores posições nos rankings das melhores cidades do mundo para se viver, Sydney não conquistou este lugar do nada. São milhões de dólares australianos investidos na cidade, não apenas para que ela continue funcionando perfeitamente, mas também na sua educação, que é referência no mundo todo.

A Universidade de Sydney, por exemplo, é uma das melhores universidades do mundo, com altas taxas de empregabilidade, a instituição até se orgulha da sua taxa de admissão de alunos no mercado de trabalho, não apenas australiano, mas mundial.

Na Austrália, você pode estudar até 40 horas semanais a cada duas semanas, podendo trabalhar de forma ilimitada no período de férias.

5 – Berlim 

Achou que a Alemanha não teria uma representante? Berlim veio para mostrar o contrário, pois você precisa saber o quão incrível esta cidade pode ser para quem deseja ter um currículo sensacional. 

Pois além de promover uma ótima qualidade de vida, a Alemanha tem ótimas instituições de ensino, seja para idioma, ensino técnico ou às suas universidades, com programas de pesquisa a nível europeu.

Assim como as cidades já citadas acima, Berlim também permite o aluno não-europeu estudar enquanto trabalha, com a pequena diferença de que ele pode trabalhar 120 dias em período integral, ou 240 dias em meio-período por ano.

Uma dica: caso você consiga trabalhar como estudante assistente ou assistente de pesquisa, você pode trabalhar sem que estes dias tenham contagem no seu limite anual.

Metrô de Berlim

Berlin não fica devendo em nada quando o assunto é transporte público, principalmente quando o assunto é variedade, pois com o S-Bahn (Trem), U-Bahn (Metrô), ônibus e o sistema de compartilhamento de bicicletas, a cidade se torna muito mais fácil de cruzar, facilitando a vida dos estudantes que desejam se locomover de forma rápida, na mesma medida que conseguem conhecer melhor a cidade.

Quer saber como fazer intercâmbio nestas cidades incríveis? Fala com a gente!

Categories
Curiosidades Estude e trabalhe no exterior Irlanda Tudo sobre intercâmbio

Confira dicas incríveis para estudar e trabalhar na Irlanda

Estudar e trabalhar na Irlanda é o grande sonho de todo mundo que deseja não apenas mudar de vida, mas colocar o seu nível de qualidade de vida acima da média. As cidades da Irlanda são incríveis e referência para vários intercambistas, porém, muitas pessoas ainda não sabem qual é o verdadeiro potencial da Irlanda em relação aos seus benefícios. Assim, vamos ilustrar da forma mais didática possível sobre como é estudar e trabalhar na Irlanda, confira abaixo:

Estudar na Irlanda é estar pronto para o mercado de trabalho

O intercambista sempre procura o melhor destino para estudar e melhorar o seu currículo com referências internacionais. E caso você tenha escolhido a Irlanda para isso, parabéns, pois foi uma ótima escolha. A Irlanda é um dos melhores países do mundo no ranking educacional, sendo hoje em dia o melhor país da Europa educacionalmente.

A Irlanda é famosa por receber vários alunos para cursos de idiomas, principalmente com foco na língua inglesa, o que com certeza é o intercâmbio perfeito para quem deseja aprender uma nova língua da forma mais prática possível. Porém, o país tem muito mais a oferecer educacionalmente e uma grande parcela dos intercambistas ainda não sabem disso.

É totalmente normal querer estudar em uma das escolas de idioma da Irlanda, mas os Colleges também são responsáveis pela grande quantidade de pessoas que viajam para o país e acabam fazendo dos seus currículos os mais cotados, pois além de promover uma experiência mais técnica, os colleges também oferecem um leque maior de interações com as habilidades exigidas pelo curso, fazendo com que o aluno esteja totalmente pronto para o mercado de trabalho irlandês.

Foto: IQQ

E falando no mercado de trabalho irlandês: esteja você em Dublin, Cork, Limerick ou qualquer outra cidade, o nível educacional da Irlanda tem níveis diferentes, que se concentram no sistema NFQ ou Irish National Framework of Qualifications, que é muito parecido com o AQF da Austrália. Como já dito acima, o NFQ tem diferentes niveis, mas vamos direto ao que interessa para você: o ensino superior.

No NFQ, o nível superior começa pelo level 7, confira abaixo:

Ordinary Bachelor Degree: Bacharelado – NFQ Level 7

Higher Diploma: Diploma superior  – NFQ Level 8

Postgraduate Diploma Masters Degree: Mestrado – NFQ Level 9

Doctoral Degree: Doutorazdo – NFQ Level 10

Os níveis funcionam ainda melhor no mercado de trabalho, pois através deles, os empregadores poderão entender melhor em que etapa do NFQ está localizado o aluno, fazendo com que a sua admissão seja ainda mais fácil, baseada no seu nível do NFQ.

Estudar e trabalhar na Irlanda é bem comum

Como já dito, algumas pessoas costumam não saber qual é o ponto mais forte do intercâmbio na Irlanda, o que não é nenhum motivo de culpa para quem pensa assim, pois tudo depende do seu nível de conhecimento sobre aquele determinado país. Assim, é importante que você saiba como a Irlanda pode ser não apenas uma das melhores, mas a experiência da sua vida.

O intercambista sempre procura novas formas de crescer mundo afora, então é bem comum que o mercado de trabalho do país de destino seja um dos primeiros setores pesquisados pelo intercambista que deseja fazer uma renda extra enquanto estiver estudando por lá.

Estudar e trabalhar na Irlanda é algo acessível

Na Irlanda isso não é um problema, pois enquanto o estudante estiver matriculado em uma instituição de ensino regularizada pelo governo irlandês, é possível que ele trabalhe 20 horas semanais, podendo chegar a 40 horas em seu período de férias. Assim, o estudante consegue fazer uma renda extra que pode ajudar durante o seu intercâmbio e também auxiliar no seu futuro como cidadão irlandês, caso seja o seu desejo.

Sendo um college, uma faculdade, ou até mesmo um curso de idioma, você não precisa se preocupar, pois a Irlanda permite que os alunos de qualquer uma dessas modalidades tenham a permissão de trabalho no país de forma legal, o que significa que você terá muito mais oportunidades de emprego legalizadas.

E não esqueça de se divertir, aproveitar todo o potencial que a Irlanda tem a oferecer como um país de primeiro mundo, é uma das coisas mais importantes do seu intercâmbio. O seu salário de meio período serve para que você seja um cidadão ativo na Irlanda, então não tenha medo de sair e explorar.

Visite os pontos importantes na cidade em que você estiver e não esqueça de aproveitar os pubs e as características de um país de primeiro mundo, que só a Irlanda pode oferecer.

Quer estudar tecnologia? A Irlanda é o local perfeito

Se tem uma coisa que cresceu ao longo do tempo, foi a internet, mas não só ela, a tecnologia em geral se desenvolveu através da internet e incentivou a criação de novas áreas de conhecimento como a linguagem dos códigos e outros cursos que giram em torno da computação e tecnologia.

Estudar e trabalhar na Irlanda com tecnologia

Caso você não saiba, a Irlanda é um dos maiores polos tecnológicos do mundo, onde gigantes da área tecnológica de várias partes do globo se concentram, sendo algumas dessas empresas: 

  • Google
  • Apple
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Twitter
  • PayPal
  • AirBnB

E muitas outras. Isso se deve aos baixos impostos cobrados pela Irlanda, que mesmo tendo as suas taxas parecidas com o Chipre e a Estônia, tem o diferencial de apoiar o ecossistema tecnológico e também o seu desenvolvimento. Assim, o país se tornou um verdadeiro point obrigatório para toda empresa que encabeça o ranking da tecnologia.

E você, que tem o desejo de trabalhar nas novas áreas da tecnologia, só tem a ganhar com tudo isso, pois a Irlanda oferece um ambiente convidativo não apenas para as empresas que buscam mão de obra qualificada, mas também para os estudantes que desejam trilhar este caminho, criando pontes entre as empresas e os seus futuros funcionários.

Chegando até aqui eu aposto que você se interessou por fazer o seu intercâmbio na Irlanda, melhor ainda se quiser estudar no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica no link abaixo e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa! 

Clique aqui para falar com um especialista

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Categories
Canadá Estude e trabalhe no exterior Inglaterra Irlanda

Confira 5 países que permitem estudar e trabalhar

Fala, galera! Estudar e trabalhar fora do Brasil é o sonho de muitos brasileiros. Por isso, hoje vamos te apresentar os 5 melhores destinos para quem deseja realizar esse sonho – e tudo que você precisa saber para tomar sua decisão.

Alemanha

Além de contar com universidades renomadas gratuitas ou que cobram pequenas taxas para graduação ou mestrados integrados, a Alemanha é um país que autoriza os universitários a exercerem um ofício. 

[Post] Estudar na Alemanha: Por que você deveria morar em Berlim?

Lá, é possível trabalhar 120 dias por ano em tempo integral ou 240 dias por meio período.  Os setores mais aquecidos da economia industrial são o automotivo, o farmacêutico e a mecânica. Ou seja, dá para aproveitar o que o país tem de melhor, como museus, monumentos históricos e arquitetura, e ir em busca de um emprego.

Mas, calma! Antes de pensar em se mudar pra Alemanha, é importante aprender o básico do idioma. Nem todos os alemães falam inglês, fica a dica!

Estudar Fora: checklist com 10 itens pra estar em dia antes de estudar no exterior

Canadá

A segurança, a modernidade e a atmosfera multicultural fazem do Canadá uma ótima pedida para estudar e trabalhar. No país, o inglês e o francês são as línguas oficiais. Ou seja, a depender da cidade onde for morar, é preciso dominá-las bem.

O Canadá concede visto de estudo e trabalho para quem está matriculado em um curso de carreiras, ou seja, curso técnico, graduação ou pós. É possível realizar estágio remunerado na área ou trabalhar numa empresa parceira da instituição de ensino. 

Trabalhar no Canadá em 2021: saiba como imigrar da maneira adequada

Quando o assunto é ensino superior, o Canadá tem cinco de suas universidades entre as 100 melhores do mundo, de acordo com a prestigiada lista de 2019 da consultoria britânica Times High Education (THE). Universidade de Toronto, British Columbia, McGill, McMaster e Universidade de Montreal são as que aparece na relação. 

E por falar em college, neste artigo você entende a diferença entre college público e college privado. 

Espanha

Gaudí, Museu del Prado, Puerta del Sol, música flamenca… Imagina conhecer tantos aspectos de uma cultura rica, podendo aprender uma das línguas mais faladas nos mundo e ainda trabalhar na Espanha? Sem falar no clima, as paisagens, a história. Demais, não é mesmo?

Uma pesquisa realizada pelo site Educations com cerca de 20 mil jovens apontou a Espanha como o melhor país na Europa para estudar e trabalhar.

Não faz muito tempo, no entanto, a Espanha liberou um visto de estudante de idioma que dá direito a trabalho de até 20 horas semanais. Para conseguir o visto é necessário comprovar financeiramente que o estudante, que deve ter no mínimo 18 anos, pode ser manter no país mesmo que não consiga emprego.

[Post] Custo de vida na Espanha em 2022: economize enquanto estuda no país

Inglaterra

Na terra da Queen Elizabeth, só é possível estudar e trabalhar legalmente com o visto Tier 4 (General). Esta modalidade é apenas concedida a estudantes que permanecerão no país por no mínimo seis meses. E vale para a condição de estudante de graduação, pós ou de idiomas.

O país ainda conta com grandes universidades, referência no mundo inteiro. Nesta postagem você pode conferir mais detalhes sobre as melhores instituições da Inglaterra.

O trabalho deve durar entre 10 e 20 horas semanais e só pode ser executado no período das aulas e nos feriados. E, diferente do Canadá, o Reino Unido permite estudo e trabalho para pessoas com idade a partir dos 16 anos. 

Para garantir o visto, dominar o inglês é essencial afinal, muitas vagas disponíveis são em restaurantes e na hotelaria! Portanto, foca na aprendizagem da língua se este for o destino escolhido, combinado?

Como fazer cursos profissionalizantes no exterior?

Irlanda

A Irlanda é dos destinos mais procurados para quem quer estudar e trabalhar. O país facilita o visto de intercâmbio de inglês e libera trabalho de até 20 horas semanais durante o curso e de até 40 horas semanais durante as férias. Para tanto, é necessário ficar no mínimo 25 semanas no país.

As principais vagas de trabalho estão relacionadas a ciência e tecnologia, TI e área financeira. Mas é possível também encontrar ofertas nos segmentos de serviços, para trabalhar em restaurantes, supermercados e lojas de conveniência. 

Com um custo de vida mais baixo se comparado a outros países da Europa, a Irlanda é um ótima escolha para quem busca um novo destino para estudar e trabalhar!

Você também pode gostar de conferir:

Intercâmbio de estudo e trabalho em 2022

Como planejar seu intercâmbio: 5 passos pra tirar seu sonho do papel

Curtiu o conteúdo? Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.