Categories
Alemanha Canadá Estados Unidos Europa Graduação e Pós no Exterior

Lugares para conhecer no exterior: As ruas mais bonitas do mundo!

Fala galera! Já se imaginou descobrindo lugares para conhecer no exterior e achar as ruas mais bonitas do mundo durante seu intercâmbio? Imagina, no futuro, olhar as fotos tiradas nesses lugares e lembrar do sentimento?! Pensando em você, selecionamos 4 ruas de destinos diferentes para você poder explorar durante a sua viagem de intercâmbio!

O que você verá:

  1. Lombard Street (São Francisco, Califórnia)
  2. Rue du Petit Champlain (Quebec, Canadá)
  3. Matoyianni Street (Mykonos, Grécia)
  4. Avenida Cherry Blossom, na Alemanha

Lugares para conhecer no exterior- Lombard Street – São Francisco, Califórnia

Uma das ruas mais bonitas do mundo, a Lombard Street em São Francisco!

A Lombard Street é considerada uma das ruas mais bonitas do mundo por diversas revistas e pelos turistas e locais dos EUA que já passaram pela rua. Por isso nós a recomendamos como um dos lugares para você conhecer no exterior!

Ela se tornou um sucesso depois de ter sido usada para driblar uma inclinação de 27 graus que causava acidentes na rua. Um morador local decidiu sugerir a criação uma zigue-zague em curva e a solução deu certo.

Assim, em 1922, a Lombard Street ganhou 8 curvas que se tornaram extremamente famosas. A rua até já apareceu em filmes e séries de muito sucesso.

O ponto turístico é imperdível. São diversas pessoas subindo e descendo as escadas laterais da rua, tirando foto, e carros descendo as curvas bem devagar.

Dica dreamer: Não suba a rua, desça ela. Tenha piedade das sucas canelas! Isso porque é uma ladeira enoorme, e vai ser muito mais proveitoso começar de cima, aproveitar a vista e ir devagarzinho descendo a rua!

Como chegar à Lombard Street?

  • De ônibus: Você vai procurar a linha 30, ela sai da Union Square. No ônibus você espera até chegar na Columbus x Lombard, usando esse meio você desce na parte de baixo da rua, e terá de subir. Preço ($2.25)
  • De bondinho: Pegar a linha Powell-Hyde até a frente da Lombard Street é a melhor forma de chegar até o destino.
  • A pé: Chegar até lá a pé, é ótimo, mas é um longo caminho. Saindo de Fisherman’s Wharf fica fácil de encontrar a Lombard, é bem perto.

Rue du Petit Champlain (Quebec, Canadá)

Rue du petit champlain é também considerada uma das ruas mais bonitas do mundo.

A graciosa Rue du Petit Champlain também está nas listas das ruas mais bonitas do mundo, e não é para menos né?! No inverno Canadense então a rua tem um ar ainda mais bonito. Ela é um dos lugares que você deve conhecer no exterior!

A rua é comercial, estreita e possui chão de paralelepípedos. As lojas da rua são das mais variadas, lojas de souvenires, roupas, acessorios, joias, galerias de artes, restaurantes, lanchonetes, cafés, pubs e mais!

A rua é um lugar muito bom para comprar lembrancinha para os queridos que ficaram no Brasil. Além disso, seus restaurantes e cafés são deliciosos, ótimo para visitar depois da aula.

A estética da rua resgata todo um charme europeu antigo que outros lugares do Canadá não consegue repassar. É uma visita imperdível.

Em todas as estações do ano a rua oferece uma nova versão de si mesma que encanta.

No inverno, coberta de neve, a rua traz à vida os sentimentos natalinos, e fica especialmente nostalgica nessa época do ano.

Mas no verão, primavera e outono, a mudança das folhas e o clima do ambiente conseguem trazer outros sentimentos à tona. Inclusive, a rua é perfeita apenas para andar e passear em tardes bonitas de primavera e outono.

Como chegar à Rue du Petit Champlain?

  • Pelas pontes Pierre Laporte ou Quebec de carro: Basta cruzar uma das pontes e seguir para o Boulevard Champlain.
  • De ônibus: Ande até a 46e Rue e espere o ônibus 801 pointe-de-sainte-foy quest e desça na De Ste-Hélène, ande até a Dorchester pegue o segunto ônubus (1 Gare Fluviale/ Cap-Blanc SUD), desça na Trav. Qc-lévis e ande até a Rue Du Petit-Champlain

Lugares para conhecer no exterior – Matoyianni Street (Mykonos, Grécia)

Diferente e encantadora, Matoyianni é considerada uma das ruas mais bonitas do mundo.

Mykonos, na Grécia, é uma cidade perfeita para quem quer curtir tudo de bom que o país tem para oferecer e ainda visitar lugares encantadores.

Fora que, existem muitas opções de compra também, e não dá para dispensar um bom souvenir grego.

Matoyianni deve ser uma das suas opções de lugares para visitar no exterior! A sua rua mais linda é a de Mykonos, que é considera uma das mais bonitas do mundo.

Oferecendo pistas estreitas e um verdadeiro labiritinto de casas brancas e brilhantes. A rua também é recheada de botiques de grife, lojinha de souvenirs, bares, cafés e restaurantes.

A estética branca, misturado com azul é predominante. As vezes o vermelho traz um aspecto vivo para a rua.

Inclusive por ser uma rua com muitas boutiques e lojas de pordutos de marca, muitas vezes é possível também ver celebridades visitando o local e fazendo compras.

Como chegar à Matoyianni Street

  • A pé depois de pegar a balsa ou chegar de Navio: A rua fica a cerca de dez minutos da área das docas.
  • De ônibus: Pegar o Fabrika bus!

Lugares para conhecer no exterior – Avenida Cherry Blossom (Bonn, Alemanha)

Cherry Blossom Avenue é a última rua do nosso post de ruas mais bonitas do mundo!

A última mas não menos importante é a lindíssima Blossom Avenue, no oeste da Alemanha! Essa belezinha tem que estar na sua lista de lugares para conhecer no exterior!

Imagina, andar por essa que é uma das ruas mais bonitas do mundo na primavera? De turistas à residentes, esse túnel cor de rosa encanta a todos.

A rua está localizada no centro histórico da cidade de Bonn. E essa parte, que é a mais antiga da cidade, é recheada de cafés, estúdios, ateliês de artistas e mais.

Por si só, os entretenimentos da avenida fazem dela fanstástica. Mas durante os dez dias de primavera que as flores de cerejeira brotam, a rua consegue ficar ainda mais especial.

E quando as flores caem? Aí, quem passa pela rua, se depara com uma grande tapete rosa de flores no chão.

Não só na lista de ‘As ruas mais bonitas do mundo‘ está Cherry Blossom, mas também na lista de ‘Dez mais belos túneis de árvores do mundo‘.

Ademais, como é bem localizada, é super tranquilo de visitar durante os fins de semana ou depois da aula! E as datas de quando as flores florescem variam, mas normalmente em algum período de abril!

Como chegar à Cherry Blossom Avenue?

  • A pé: A rua fica a apenas quinze a vinte minutos a pé da maioria das principais atrações turísticas do centro da cidade!
  • De ônibus: Todas essas rotas 537, 550, 551, 602, 604, SB55 te levam até lá!

Eaí, consegue se imaginar visitando essas belas ruas após um dia de aula no intercâmbio? Existem muitas outras ruas e lugares lindos em outros países também! Nós da Dreams temos os melhores e mais variados destinos, quer conhecê-los? Entre em contato com a gente!

Curtiu o conteúdo sobre lugares para conhecer no exterior?
Fica mais um pouco! E não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Austrália Estude e trabalhe no exterior Estude um idioma fora do Brasil Tudo sobre intercâmbio

5 motivos para você estudar em Sydney!

Fala galera! Se o seu sonho é estudar na Austrália, esse país que é um paraíso natural e educativo, porque não estudar numa cidade que é cosmopolita, que mistura muito bem modernidade e natureza? Achou interessante? Então vem descobrir os motivos para você fazer intercâmbio em Sydney!

O que você verá:

  1. Uma das melhores cidades do mundo para se viver
  2. Sydney vibra em cultura e diversidade
  3. Educação de primeiro nível
  4. É tempo de Sol
  5. Lar de Muitas Oportunidades

1. Estudar em Sydney é viver em uma das melhores cidades do mundo

Imagina, acordar cedinho, tomar um café da manhã reforçado e ir à escola, aprender com os melhores professores numa escola linda e super bem estruturada.

Depois da aula, ir com seus amigos à praia, surfar, pegar um sol, nadar e respirar um ar limpo. Ver as lindas praias, árvores, e pessoas fazendo exercício no caminho até o ônibus organizado para curtir sua praia ideal.

Aproveitar o seu dia o máximo que pode, andar pelas redondezas limpas e seguras, conhecer lugares novos e pessoas de todo o mundo

E por fim, pegar um outro ônibus super rápido e eficiente até a sua casa, fazer a lição e depois bater perna para conhecer a vida noturna da cidade.

Isso são algumas características de uma incrível qualidade de vida. Coisa que essa cidade entende muito bem! A cidade foi eleita uma das melhores cidades do mundo para se viver. É impossível não querer estudar em Sydney!

A cidade só cresce e sua população desfruta de um bom poder de compra e custo de vida ao seus locais. Dá vontade de ir para lá agora né?

2. Sydney vibra em cultura e diversidade

Uma das vantagens de estudar em Sydney é poder desfrutar da pluralidade da cidade. Mais de 70% da população são pessoas que são filhas ou netas de imigrantes.

Isso porque, Sydney é lar de diversas etnias, fazendo ser possível assim uma grande troca de conhecimento. A cidade é recheada de lugares como restaurantes e lojinhas de vários lugares do mundo, por exemplo.

Dessa forma é super fácil se sentir imerso num mundo cheio de possibilidades, culturas se entrelaçando e tudo mais.

Curiosidade: Sabia que Australianos amam café? Pois é, então se você for daqueles brasileiros que não vivem sem um bom cafezinho saiba que cafeterias (inclusive cafeterias brasileiras) são muito comuns lá!

Além disso, o país no geral, como a cidade de Sydney, tem a cultura de cuidar do planeta, ser exercitarem e curtir a natureza ao seu redor. Assim como aproveitar ela para praticar esportes, principalmente o Surf.

Celebrar a cultura das outras etnias também faz parte da cultura de Sydney, eles celebram ano novo chinês e primavera indiana, assim como diversas outras celebrações de outros países.

3. Estudar em Sydney é ter acesso à educação de primeiro nível

Não há como falar sobre estudar em Sydney sem mencionar a altíssima qualidade de suas instituições de ensino num geral.

A cidade é lar de seis universidades australianas que são reconhecidas a nível global por sua pesquisa acadêmica em diversas áreas de conhecimento.

Sydney University e a UNSW por exemplo, foram classificadas entre as 100 melhores do mundo. E de quebra, faz parte do prestigioso Grupo das Oito universidades líderes em pesquisa intensiva de Sydney

São padrões excepcionais de educação disponíveis na cidade, e além disso você pode se beneficiar das altas taxas de empregabilidade dos graduados. Imagina que sonho?!

E só para não deixar passar, estudar em Sydney é saber que você terá todo o suporte que precisa como estudante internacional. Você recebe apoio no aprendizado do idioma, aconselhamento acadêmico, programas de recepção e mais.

4. É tempo de Sol

Deve ser de conhecimento geral que a Austrália é um paraíso na terra. O clima e as paisagens naturais encantam a todos que visitam ou imigram para o país.

É impossível não ficar impressionado com a variedade de parques, e os diferentes tipos de animais, além das belas praias e florestas encantadoras.

Não importa muito qual a época do ano a cidade normalmente está regada de sol e céu limpo. Isso fortifica ainda mais a cultura local de aproveitar o clima e passar mais tempo fora de casa.

Também, além disso, algumas das praias mais lindas do mundo estão em Sydney. E existem diversas formas de aproveitar tudo que o mar oferece para cidade.

Canoagem, surf, paddle-boarding, ou só nadar nas praias locais é uma tividade comum depois da aula ou trabalho. A cidade é linda e existem muitos benefícios tanto para saúde física, quanto mental, em morar numa cidade tão ensolarada.

5. Lar de Muitas Oportunidades

Sabia que é possível trabalhar e estudar na Austrália? Sim, é possível estudar 20 horas por semana e nas férias 40 horas semanais.

Isso é um combo perfeito para quem quer estudar em Sydney por diversos motivos. Um deles é poder praticar seu inglês num ambiente de trabalho.

Interagir com outras pessoas e aplicar seus conhecimentos no idioma em situações diferentes é essencial para seu aprendizado!

Além disso, trabalhar e estudar na Austrália abre espaço para conexões e networking que podem te ajudar muito no futuro. Fora que, a Austrália possui um dos maiores salários mínimos do mundo.

Trabalhar no país também vai ajudar a arcar com os custos de estudar e curtir em Sydney! No mais, trabalhar no exterior é super importante para crescimento profissional e pessoal.

São muitas vantagens em fazer um intercâmbio e estudar em Sydney não é? Então aproveita para saber mais sobre esse destino e outros, entre em contato com a gente e realiza seu sonho de estudar em Sydney!

Curtiu o conteúdo sobre estudar em Sydney?
Fica mais um pouco! E não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Dicas de viagem Estude e trabalhe no exterior Estude um idioma fora do Brasil Graduação e Pós no Exterior Tudo sobre intercâmbio

Intercâmbio de 1 mês vale a pena?

Fala galera! Sabia que é possível e super proveitoso fazer um intercâmbio de 1 mês? Pois é, vale super a pena investir nessa pequena viagem para aprimorar um idioma durante as suas férias por exemplo! Quer saber mais? Segue o post!

O que você verá:

  1. Como é um intercâmbio de 1 mês?
  2. Para quem ele é destinado?
  3. Dicas

Como é um intercâmbio de 1 mês?

Bom, não tem muito mistério a respeito de intercâmbios de 1 mês. A grande diferença entre esse tipo de intercâmbio de longa duração é o tempo.

Depois disso, tem o tipo. Intercâmbio de um mês pode ser usado para cursos de idioma, assim como intercâmbio de 2 ou 3 meses.

Já intercâmbio de longa duração, normalmente é para escola ou universidade e faculdade, onde o aluno terá uma experiência mais geral e não estudará somente a língua, mas outras matérias também.

O intercâmbio de um mês é perfeito para focar no idioma e nele só, assim você desenvolve e suas habilidades antes de se aprofundar e se aventurar em coisas mais completas e desafiadoras.

Existem muitos tipos de cursos para os mais variados níveis de conhecimento no idioma. Uma vez que você sabe o que quer aprimorar e qual seu nível de inglês fica fácil encontrar uma escola no seu destino dos sonhos!

As aulas do seu curso depende de escolas e países mas normalmente elas são mais longas e intensivas, usando muitos execícios para praticar ao máximo o estudo.

Por semana são cerca de 15 à 20 horas semanais de estudo e atividades para fortificar suas habilidades em uma linguagem. Super interessante, não?

Quer saber ainda mais sobre intercâmbio de 1 mês? Veja nosso vídeo no youtube!

Para quem o intercâmbio de 1 mês é destinado?

Então, todo mundo pode fazer um intercâmbio de 1 mês. Já que além de diversos tipos de escolas, cursos e destinos, existem também, diversas pessoas com necessidades diferentes que podem desejar esse tipo de viagem.

Mas, esse tipo de intercâmbio é mais indicado para pessoas que tem uma base mínima de conhecimento numa língua.

Ainda sim, pessoas que conhecem a língua mas querem revisar assuntos ou pessoas que querem aproveitar as férias para dar um gás num idioma, podem fazê-lo.

Veja também:

Dicas de intercâmbio: o que não te falam sobre a viagem!

Mala do intercâmbio: o que levar?

3 principais tipos de acomodação para sua viagem de intercâmbio

Destinos populares de intercâmbio de 1 mês:

Esses são os destinos mais escolhidos entre estudantes para fazer um intercâmbio de curta duração.

  • Canadá
  • EUA
  • Austrália
  • Inglaterra
  • Irlanda
  • Malta
  • Espanha

Dicas para aproveitar o intercâmbio!

Para tirar o máximo de proveito possível dessa viagem, se liga nas nossas dicas abaixo:

Se comunique!

Não tenha medo de gastar todo o seu inglês nessa viagem! Use do seu tempo para perguntar, falar sozinho, socializar, enfim, o que der, está valendo!

Estude!

Aproveite seu tempo para estudar após as aulas. Cafeterias, bibliotecas, espaços na própria escola ou até mesmo em casa, reservar um horário do seu dia para praticar o idioma é um fator chave para seu desenvolvimento no idioma.

Invista seu tempo na cultura local!

Um jeito super fácil de aprender uma língua sem se sentir como estivesse realmente estudando ela, é saindo e socializando.

Faça amigos na escola, conversa, pratique o idioma em situações diferentes, forçe seu cérebro a por em praticar o que você vem ávidamente aprendendo.

Vai te trazer uma super experiência, vai te fazer aproveitar a viagem, e vai te ajudar a dar um boost nos seus estudos de língua.

Eaí, agora que já estás convencido a fazer intercâmbio, que tal fazer com a melhor agência?! Te damos assistência completa durante todo o processo. Se interrou? Entre em contato com a gente!

Curtiu o conteúdo sobre intercâmbio de 1 mês?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Alemanha Estude um idioma fora do Brasil Tudo sobre intercâmbio

Por que fazer intercâmbio na Alemanha

Fala Dreamer! Você sonha em estudar num país com educação renomada e reconhecida mundialmente? Então se liga que no post de hoje vamos te contar alguns motivos para você fazer intercâmbio na Alemanha!

O que você verá nesse post:

  1. Educação de qualidade
  2. Convivio com a língua
  3. Gastronomia memorável
  4. Riqueza Cultural
  5. Possibilidade de Eurotrip
  6. Boa qualidade de vida

1. Intercâmbio na Alemanha: Educação de qualidade

Educação de qualidade é o principal motivo pelo qual você deve fazer intercâmbio na Alemanha|!

A razão número um da nossa lista do porquê fazer intercâmbio na Alemanha com certeza começa com as instituições de ensino alemãs.

Isso porque o país possui instituições de altíssimo prestígio a nível mundial. Suas universidades aparecem constantemente no topo dos rankings globais.

Isso inclui principalmente as universidades de business. A CBS International Business School por exemplo, foi eleita a melhor universidade privada de ciências aplicadas na área de administração de empresas segundo a revista WirtschaftsWoche.

Se isso não é motivo o suficiente para você, então segue o QS World Universiy Ranking de 2021 com as 5 melhores universidades do país europeu:

  1. Universidade Técnica de Munique – Entre as melhores da Europa. Com 13 faculdades, 1 escola de pós-graduação, 4 centros integrados de pesquisa, 7 institutos científicos centrais.
  2.  Ludwig Maximilians Universität – Oferece conhecimento nas áreas de ciências humanas, cultura, direito, economia, ciências sociais até medicina e ciências naturais. Possui 18 faculdades e 4.500 colaboradores científicos.
  3. Universidade Ruprecht-Karls de Heidelberg – Com 30.000 estudantes e 12 faculdades, abrangendo as áreas de biociências, física, astronomia, línguas modernas, direito, teologia, e etc.
  4. Universidade Humboldt de Berlim – Casa de 29 vencedores do Prêmio Nobel, a universidade possui 36.222 estudantes, 440 professores, 9 faculdades e 171 cursos de graduação.
  5. Freie Universität – A universidade está entre as 60 melhores do mundo e entre as quatro melhores da Alemanha. Ela possui também 30.000 estudantes de grauação e mestrado, 4.500 doutorandos. Além disso, conta com quase 5 mil funcionários e 500 professores.

2. Convivio com uma nova língua

O convívio diário com a língua faz toda a diferença no seu aprendizado nela. E é mais um motivo para você fazer intercâmbio na Alemanha!

O convívio com a língua, é uma parte essencial do seu aprendizado nela. Ele faz toda a diferença no resultado da sua apredizagem se você sonha em conquistar fluência, por exemplo.

Isso porque ficar exposto 24 horas por dia com ela ajuda você a compreendê-la melhor, você enriquece seu vocabulário, aprende gírias e sotaques.

Lembre-se quanto maior for a necessidade do seu cérebro de compreender um novo idioma, ou se expressar nele, mais veloz será o aprendizado.

No mais, fazer intercâmbio na Alemanha enquanto aprende alemão ou inglês vai exigir de você não só speaking, mas listening, writing e reading. Assim, o convívio se torna parte necessária desse seu desenvolvimento!

3. Intercâmbio na Alemanha: Gastronomia memorável

a delíciosa gastronomia alemã não pode ficar de fora do seus motivos para fazer intercãmbio na Alemanha!

A Alemanha é um polo de tecnologia e negócios, uma super potencia por assim dizer. Mas para além do business, os alemãs ofecerem uma gastronomia sensacional.

A gastronomia local é um paraíso para os mais variados gostos e você se surpreenderá durante seu intercâmbio na Alemanha o quanto você vai comer bem!

Ingredientes como, porco, batata e salsicha são predominantes na culinária do país. Os alemãs também costumam comer comidas ‘pesadas’ logo pela manhã, o que pode ser um choque para nós Brasileiros.

Mesmo assim, uma das similaridades entre os brasileiros e os alemãs é o consumo de cerveja. O país possui algumas das melhores, mais gostosas do mundo, e é muito comum beber bastante.

A única diferença em como a cerveja é tomada entre os países, é que no Brasil normalmente tomamos cervejas muito geladas, por causa do calor. Na Alemanha, ela é servida em temperatura ambiente.

Aos amantes de masas e doces, saibam que os pães e as sobremesas não ficam para trás na cultura alemã. Itens de confeitaria tem muita popularidade no país, chocolates principalmente.

Aqui estão algumas comidas típicas alemãs:

  • Brezel – Um pão que parece mias um biscoito, normalmente é coberto de sal ou algo doce. É popularmente conhecido no Brasil como Pretzel.
  • Salsichas – Temos os mais diversos tipos, bratwurst por exemplo, que é salsicha assada. Ou a weisswurst que é uma salsinha branca. Enfim, existem os mais variados tipos.
  • Königsberger Klopse – É uma tradicional almondega alemã, muito popular no país. Uma mistura de carne de vitela com carne de porco, servido com um molho de raiz forte e acompanha batatas.

4. Riqueza Cultural

Um povo que adora celebrar e festejar, a Alemanha é um país de muita riqueza cultura, não perca a oportunidade de fazer intercâmbio para Alemanha!

Festividades e celebrações também são partes essenciais da cultura Alemã, e vai ser uma parte incrível do seu intercâmbio. Logo que você chegar na Alemanha, vai notar como o senso de coletivo é grande no país.

Atitudes simples do dia a dia são muito respeitadas, como sinal de trânsito e respeitar o silêncio de madrugada. Mas essa é só uma das características do povo alemão, eles também o costume de ser muuuito pontuais, e esperam que você também seja.

Além disso, honestidade é outra característica deles. Eles serão super francos, mas não é pessoal.

Existem também muitas festas típicas, festivais e eventos como:

  • Karneval – Que tem outros nomes também, comoFastnacht, Fasching e etc. Basicamente é o carnaval alemão, onde as pessoas se vestem, dancam e bebem nas ruas. Existem também desfiles, cerimônias e mais.
  • Oktoberfest – O queridíssimo Oktoberfast é uma tradição antiga Alemã. O evento dura semanas e acontece todo ano co muita (muita) cerveja, comida e entretenimento.
  • Swabian-Alemannic Fasnacht – Outra festa que se parece com o carnaval brasileiro. As pessoas celebram em janeiro, e saem nas ruas com máscaras, tocando musicas típicas.

5. Intercâmbio na Alemanha: Possibilidade de Eurotrip

visite diversas cidades no fim do seu intercâmbio na Alemanha através da sua eurotrip.

Uma das grandes vantagens de fazer intercâmbio na Alemanha, além das que já pontuamos, é poder viajar pela europa.

É bem fácil comprar um train ticket e se aventurar por países vizinhos da Europa, visse?! Para fazer viagens assim em outros destinos é mais difícil, então aproveite essa chance.

Países para visitar saindo de trem da Alemanha

  • França
  • Austria
  • Polonia
  • Dinamarca
  • Bulgaria
  • Espanha
  • Reino Unido
  • Holanda
  • Irlanda e mais!

6. Boa qualidade de vida

O país oferece o melhor do primeiro mundo, não fique de fora do seu intercâmbio na Alemanha!

Por último, mas não menos importante, a Alemanha é uma grande potência. O país possui uma infraestrutura impecável, faz com que a gente se sinta em outro planeta.

Além disso, o país é a 4 economia do mundo e a maior da Europa. Estando constantemente em desenvolvimento, o país cresce de forma acelerada.

Dessa forma, a Alemanha oferece um mar de possibilidades de carreira, estudo e de vida mesmo. No mais, algumas empresas mundiais estão no país, como:

  • BMW
  • Mercedes-Benz
  • Volkswagen
  • a’Allianz
  • Adidas e mais.

Segundo a Numbeo, a alemanha fica em 8 lugar na classificação mundial de qualidade de vida, levando em consideração coisas como poder de compra, poluição, preço de casas, custo de vida, segurança, saúde, índice climático e mais!

Segurança também é algo que alemãos são profissionais, segundo o Statista, a taxa de criminalidade da Alemanha vem decaindo pelo 7 ano consecutivo.

E por fim, a expectativa de vida geral do país é de 81 anos, que é 8 a mais que a média mundial, literalmente só benefícios!

Eaí, tu vai ficar de fora dessa? Não perca essa oportunidade única, entre em contato com a gente e faça seu intercâmbio dos sonhos na Alemanha!

Curtiu o conteúdo sobre intercâmbio na Alemanha!
Fica mais um pouco! E não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Austrália Estude e trabalhe no exterior Estude um idioma fora do Brasil Graduação e Pós no Exterior

3 melhores universidades na Austrália

Fala galera! Quer estudar numa instituição de ensino superior renomada durante seu intercâmbio na Austrália? Então fica aqui nesse post para te contarmos sobre as 3 melhores universidades na Austrália.

O que você verá:

  1. ANU
  2. University of Melbourne
  3. University of Sydney

Universidade Nacional da Austrália

A univerisdade nacional da Austrália é a primeira da nossa lista sendo a melhor universidade na Austrália!

A Australian National University, ou ANU, é a universidade de maior prestígio do país oceânico. A universidade foi definitivamente fundada em 1946 pouco depois da segunda guerra.

Das universidades na Austrália, a ANU se destaca em vários quesitos, inclusive por ter área de quase 145 hectáres.

Abrigando assim, diversos prédios acadêmicos, bibliotecas, laboratórios, centros de pesquisa, residências estudantis e etc.

Localizada em Canberra, capital do país, a universidade passou por uma reestruturação no meio dos anos dois mil e atualmente possui uma rede interligada de faculdades e centros de pesquisa.

Confira abaixo as faculdades que fazem parte da ANU:

  • Faculdade de Artes e Ciências Sociais
  • Faculdade da Ásia e do Pacífico
  • Negócios e Economia
  • Engenharia e Ciência da Computação
  • Faculdade de Direito
  • Medicina, Biologia e Meio Ambiente
  • Ciências Físicas e Matemáticas

Além da ampla estrutura, os rankings mostram que a Australian National University é uma das melhores do mundo no seu ensino/conteúdo e ocupa primeiro lugar das universidades do país.

Segundo o QS University Rankings as áreas mais bem avaliadas incluem: Antropologia, Política, Geografia, História, Sociologia, Arqueologia, Línguisticas, Artes, Direito, Humanidades e mais.

Pois é, são muitos benefícios, inclusive a universidade possui o maior número de laureados com o Nobel do que qualquer outra universidade do país, se provando mais uma vez, excelente.

Não perca a oportunidade de estudar numa escola como a ANU, entre em contato com a gente e feche seu intercâmbio dos sonhos para a Austrália!

Melhores universidades na Austrália: Universidade de Melbourne

A segunda melhor universidade na Austrália, é a de Melbourne que se destaca a nível internacional.

Fundada em 1853, a Universidade de Melbourne é conhecida pelos estudantes por oferecer aos alunos uma experiência para além dos estudos.

Isso porque os estudantes encontram uma ampla variedade de programas culturais nos campi da universidade. Além dos seus alunos internacionais que são estimulados a entrar em clubes e organizações feitas por outros alunos.

A universidade funciona com um grande sistema de faculdades residencias, então a maioria esmagadora de estudantes moram na própria faculdade.

Com os alunos morando na faculdade, e a mesma oferendo diversos programas culturais, fica bem fácil de criar uma rede acadêmica e social muito boa na instituição.

Quando o assunto é qualidade, os rankings mostram que a universidade ocupa o top 50 melhores universidades do mundo além de ser a segunda melhor do país.

Com altíssimo nível de empregabilidade pós graduação, seus alunos são assistidos por profissionais completos, atenciosos e qualificados. Além de que eles tem acesso a uma infraestrutura de primeira qualidade com centros de pesquisas, galerias e até museus.

Melhores cursos da Universidade:

  • Agricultural Sciences 
  • Arts and Humanities
  • Biology and Biochemistry
  • Biotechnology and Applied Microbiology
  • Cardiac and Cardiovascular Systems
  • Cell Biology 
  • Chemical Engineering
  • Chemistry 
  • Civil Engineering
  • Clinical Medicine

Universidade de Sydney

A universidade de Sydeny, ocupa o terceiro mas não menos importante, ludar nessa lista sendo uma das melhores universidades na Austrália.

Com mais de 170 anos de história, a Universidade de Sydney foi a primeira instiuição do tipo a ser fundada na Austrália. Ela é considerada uma das melhores universidades do mundo e a terceira melhor na Austrália.

Além de bonita, a universidade também domina em primeiro lugar o ranking de empregabilidade após a formatura, sendo 81% dos estudantes empregados pouco tempo depois de se formarem.

Composta por faculdades, escolas, centros de pesquisas, laboratórios de pesquisa, salas acolhedoras e bibliotecas incríveis como a Fisher Library.

SAIBA MAIS SOBRE A UNIVERSIDADE DE SYDNEY!

Se você não sabe muito sobre a Fisher Library, saiba que ela é a maior biblioteca do hemisfério sul, linda, organizada e composta de centenas de livros.

A universidade é composta também por:

  • Faculdade de Artes e Ciências Sociais;
  • Instituição de Negócios;
  • Faculdade de Engenharia;
  • Faculdade de Ciências da Saúde;
  • Instituição de Medicina e Saúde;
  • Faculdade de Ciências;
  • Escola de Arquitetura, Design e Planejamento;
  • Law School
  • Escola de Música.

No mais, os alunos tem uma ampla variedade de programas e disciplinas para escolher (mais de 400 opções). Os alunos possuem também acesso as melhores oportunidades de carreira por meio de estágios oferecidos pela universidade.

Eaí vai ficar de fora dessa? Se você quer saber os melhores jeitos de entrar nas melhores instituições da Austrália, entre em contato com a gente!

Veja também:

Custo de vida na Austrália em 2022: compare as principais cidades

Motivos para fazer um curso técnico na Austrália!

Brisbane, Austrália: tudo sobre a vida na cidade

Curtiu o conteúdo sobre Universidades na Austrália?
Fica mais um pouco! E não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Canadá Dicas de viagem Graduação e Pós no Exterior Tudo sobre intercâmbio Vistos e documentações

Imigração para Canadá através do estudo

Fala galera! Existem muitas formas de imigração para o Canadá, mas você sabia que a melhor forma de fazer isso é através do seus estudos? Pois é, se você ficou curioso para entender isso melhor, vem ler nosso post!

O que você verá nesse Post:

  1. O que é PGWP
  2. Como aplicar?
  3. Onde aplicar?
  4. Como funciona o PGWP
  5. Elegibilidade PGWP
  6. Detalhes adicionais

Imigração para o Canadá: O que é PGWP

Se você quer tentar uma imigração para o Canadá, então você sabe que o país é um lugar sensacional.

Por vários motivos, tipo sua qualidade de vida, sua segurança, educação, oportunidade de trabalho e povo receptivo

Por ser um país muito receptivo e também por ter muita demanda de trabalho, o Canadá investe em trazer imigrantes qualificados de todos os lugares do mundo.


Em virtude disso foram criados programas de imigração, vistos e sistemas para facilitar a entrada desses imigrantes interessados e qualificados no país.

O PGWP nada mais é que um visto/permissão que permite o aluno de ensino superior a passar mais tempo no país trabalhando após se formar.

Quando aplicar? 

Assim que você termina o seu curso, a instituição (que tem que ser elegível para o PGWP) emite uma carta de comprovação de conclusão do curso.

O prazo de aplicação é de até 180 dias (mas aplique o mais rápido possível, visse?! ) após receber a documentação de conclusão de curso e o governo cobra cerca de 255 dólares, (970,00 R$). 

Onde aplicar?

É bem simples na verdade, você pode aplicar online no site oficial da Imigragação Canandense ou pelos correios. 

Assim que você entrar no site, você cria um login e senha para poder enviar sua aplicação para a permissão. Leia as instruções, responda o formulário eletrônico todo, pague as taxas e envie a aplicação.

Como funciona o PGWP?

Se você finalizou um curso de educação superior no Canadá em uma instituição elegível para o PGWP, então você já está a caminho da sua imigração para o Canadá. 

Uma vez que o curso finaliza e você recebe a documentação, como explicado no tópico anterior.

Então você solicita ao governo canadense seu PGWP, que é um direito seu. 

Esse, lhe dará permissão para trabalhar no país o tempo equivalente que você estudou.

Se seu curso tinha 2 anos de duração então você trabalhará 2 anos no país, você pode solicitar uma extensão dessa permissão, mas pode não ser aceita. 

Cursos com validade superior a dois anos serão emitidos com 3 anos máximos de validade.  Conseguindo o PGWP você consegue o networking e contatos, além da experiência de trabalho no país.

Se a sua profissão estiver em alta demanda no país então essa permissão pode te ajudar para o Express Entry, PNP ou CEC.

E se você não sabe o que é o PNP ou Express Entry, clique nesse link e entenda mais sobre esses programas. 

Dando continuidade, em breves palavras, o sistema Express Entry funciona a partir de pontos, ele existe para servir de ponte entre o governo do Canadá e esses imigrantes qualificados. 

Para selecionar os candidatos que serão “convidados” à residência permanente, o governo escolhe aqueles com as melhores pontuações. Estudar numa instituição de ensino superior aumenta sua pontuação, te deixando passos mais perto de uma possível residência canadense. 

Veja também:

Intercâmbio em Vancouver: realize o seu sonho

Quebec: conheça a província mais francesa do Canadá

Vancouver: guia completo sobre a cidade

O que é CEC?

E para você não ficar de fora do que é Canadian Experience Class (CEC), ele é um programa de imigração para o Canadá.

Onde os trabalhadores que têm pelo menos um ano de experiência no Canadá podem se qualificar para.

Quem aplica para o PGWP, e trabalhou por um ano ou mais também se qualifica para esse programa de imigração para o Canadá.

Imigração para o Canadá: Elegibilidade PGWP 

Para ser elegível ao PGWP e realizar seu sonho de imigração para o Canadá, é preciso fazer o seguinte:

  • Graduado em uma instituição pública ou privada que tenha elegibilidade para o PGWP
  • Apresentar os documentos necessários fornecidos pela instituição
  • O candidato tem que ter seu study permit válido no momento que solicita o PGWP

Nem todas as instituições canadenses são elegíveis para o PGWP, aqui está uma lista das que são.

Detalhes adicionais

  • O seu passaporte tem que ser válido durante todo o processo do PGWP
  • Você só pode solicitá-lo uma vez
  • PGWP é um work open permit que não tem restrições de carga-horária, empregador e etc. 

E se você quer saber outras formas de ir ao Canadá, tirar outras dúvidas sobre imigração e quer ter as melhores dicas sobre o país. Entre em contato com a gente para te auxiliar durante todo seu processo! Será nosso prazer! 

Curtiu o coneúdo sobre como imigrar ao Canadá através da educação?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Dicas de viagem Estude um idioma fora do Brasil Tudo sobre intercâmbio

3 principais tipos de acomodação para sua viagem de intercâmbio

Fala galera! Quando você pensa no seu intercâmbio, você pensa na sua acomodação? Saiba que essa também deve ser uma prioridade. Se você quer saber os principais tipos de acomodações para sua viagem, vantagens e desvantagens, se liga no nosso post!

O que você verá:

  1. Intro
  2. Homestay
  3. Residência Estudantil
  4. Hostel

Intro

Antes do seu intercâmbio, é importante ter em mente os tipos de acomodações que você poderá escolher para si mesmo.

Essa vai ser sua casa nas próximas semanas, logo, é uma escolha importante para sua segurança e conforto durante sua viagem. 

Existem algumas coisas que devem ser consideradas durante sua decisão, como conforto, praticidade, segurança e melhor custo benefício.

Em virtude disso, decidimos trazer tipos de acomodação e quais as vantagens e desvantagens de cada uma, vamos nessa?

1. Homestay (Casa de família)

tipos de acomodação - a homestay é a mais comum dentro das apresentadas, vem entender o 
porquê!

Quando falamos de Host Family, esse é um dos tipos de acomodações mais populares se não o mais. A Host Family vai ser sua família durante seu intercâmbio.

Eles nada mais são que uma família que recebe estudantes estrangeiros no país, e a sua família.

A família será escolhida pela sua agência de acordo com seu perfil e preferências

vantagens e desvantagens 

Ficar em casa de família tem muitas vantagens, é muito bom chegar em casa e ter alguém para conversar, jantar com e papear sobre o dia.

Ficar com Host Family também é ótimo para praticar o idioma que está sendo estudado.

Isso porque para se ter uma boa relação com sua host family você precisa se dedicar e sair um pouco da sua zona de conforto.

Assim fazendo com que você converse, experimente hobbies e tente novas coisas com sua família a fim de criar um vínculo. 

Outra vantagem é o dinheiro que você vai economizar com comida. Uma vez que você tem uma Host Family você tem 2 a 3 refeições gratuitas por dia, é bastante economia.

Algumas das desvantagens desse tipo de acomodação é a adaptação com a família, existe a possibilidade de vocês não se identificarem um com o outro. Nesses casos, pode-se entrar em contato com sua agência para que uma mudança seja feita. 

Por fim, uma coisa que pode ser uma desvantagem, é que cada casa tem sua regra, e é preciso segui-las para ter uma boa convivência com sua Family.

Veja também:

Como planejar seu intercâmbio: 5 passos pra tirar seu sonho do papel

Como lidar com ansiedade pré-intercâmbio

Intercâmbio de 1 mês: dicas pra aproveitar as férias no exterior

2. Tipos de acomodações: Residência Estudantil

Tipos de Acomodação - Residência Estudantil segunda mais escolhida entre estudantes.

Falando dos tipos de acomodação, precisamos mencionar a residência estudantil.

Essa que é uma opção muito escolhida principalmente entre estudantes mais velhos. 

Ela difere bastante da Homestay, já que a residência estudantil consiste em quartos no campus da escola, ou perto da escola, que estudantes compartilham juntos.

vantagens e desvantagens 

Uma grande vantagem da residência estudantil é a liberdade. Como normalmente as localizações de residências estudantis são bem centrais, existe muita independência para sair e bater perna num lugar novo. 

É claro que você vai precisar seguir as regras da acomodação mas desde que essas sejam cumpridas, a casa é “sua”. 

Se a casa é sua então você precisa zelar por ela, o que significa que tarefas domésticas serão divididas entre você e seus roommates.

Vocês também podem escolher as regras adicionais de acordo com o que a convivência vai acontecendo. 

Uma outra desvantagem desse tipo de acomodação é que ela é mais cara, então ela vai fazer com que o valor do seu intercâmbio seja mais elevado.

Por outro lado, estar com pessoas da sua idade, que também são de outros lugares do mundo.

Isso facilita a oportunidade de fazer amizades, que é uma parte tão incrível dessa experiência.

3. Hostel 

O hostel é um dos tripos de acomodação que o intercambista pode escolher ficar!

Dos tipos de acomodação, o hostel é o que mais se parece com residência estudantil, mas ainda sim, são coisas bem diferentes. Basicamente, o hostel é uma acomodação que pode ser reservada para uma noite ou a longo prazo. 

Muito procurado por mochileiros, viajantes, e jovens aventureiros procurando lugares acessíveis para se acomodar. O hostel vira uma opção muito boa pois, normalmente eles são simples e limitados ao essencial.

vantagens e desvantagens

O Hostel é interessante para aqueles que buscam total liberdade e autonomia, e se envolver com outros viajantes e pessoas que também estão passando por uma nova. 

Dentre os tipos de acomodação, as vantagens e desvantagens do Hostel são similares com a Residência Estudantil.

Essa acomodação não aceita só estudantes e por isso é necessário ter uma atenção redobrada com seus objetos e pertences pessoais.

Normalmente os hosteis são seguros pois possuem uma recepção 24hrs, mas mesmo assim, todo cuidado é pouco. 

A grande vantagem do Hostel, é o quanto você vai economizar. Comparado com os outros tipos de acomodações mencionados, esse é o melhor custo-benefício. E também é legal poder ter acesso às mais variadas pessoas que vêm de todo o lugar do mundo.

E se você procura economizar e ter uma incrível experiência de intercâmbio, já entrou em contato com nosso time? Nesse mês de novembro, estamos com super promoções, não fique de fora dessa e entre em contato com a gente! 

Curtiu o conteúdo sobre os tipos de acomodação?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Estude e trabalhe no exterior Irlanda Tudo sobre intercâmbio

Como é o intercâmbio na Irlanda?

A Irlanda sempre figurou como um dos principais destinos para quem deseja morar no exterior. E não apenas por sua qualidade de vida e belas paisagens, mas por não precisar de visto prévio, cursos com investimento baixo e a oportunidade de trabalhar enquanto estuda. Então, se você quer descobrir como é o intercâmbio na Irlanda, esse texto é a sua cara.

Diferentemente dos outros países, para entrar na Irlanda, você precisa solicitar o visto em solo irlandês e ter uma comprovação mínima de renda. Mas não se assuste! É muito mais simples do que parece ser e nós vamos te mostrar isso. Vem ler!

Neste artigo, você vai conferir como estudar e trabalhar no país, melhores cidades para estudar, motivos para escolher este destino e, finalmente, o quanto custa estudar e trabalhar na Irlanda. Confira:

Como estudar e trabalhar na Irlanda?

A melhor forma de ingresso para quem quer estudar e trabalhar na Irlanda é com um intercâmbio de estudo e trabalho. No país, alunos matriculados em um curso com duração superior a 25 semanas podem trabalhar meio período (20h semanais). Mas, se você quer trabalhar em período integral (40h semanais), lembre-se de que só é permitido nos meses de férias: maio, junho, julho e agosto.

O tempo mínimo de um curso no país é de 25 semanas e o máximo de 2 anos, após renovação do visto. É muito comum que os intercambistas optem por um curso de 33 semanas, pois é possível aproveitar as 8 semanas de férias para trabalhar no período integral. Conseguir um emprego no país fica por conta do estudante e leva em média de 4 a 8 semanas.

Uma informação importante é que o visto deve ser aplicado na Irlanda e tem uma taxa média de 300 euros. É necessário comprovar um valor disponível de no mínimo 3.000 euros, que só poderão ser utilizados após solicitação do visto. Também é recomendado levar um valor para despesas iniciais de 1.500 euros. Você pode saber mais sobre vistos clicando neste link.

Quer saber ainda mais sobre o programa de trabalho e estudo na Irlanda? Então, confere esse vídeo.

Melhores cidades para estudar na Irlanda

Geograficamente, a Irlanda possui uma grande extensão territorial, são 70.284 km², sendo considerada a terceira maior ilha da Europa. Sua população soma 4,7 milhões de habitantes e, por ano, recebe 6 milhões de turistas.

A Dreams oferece opções de universidades, cursos técnicos, pós-graduação e cursos de idiomas. No país, existem ótimas indicações de universidades e cursos, mas cada cidade possui seus próprios programas de ensino.

As cidades mais recomendadas são Dublin, a maior e mais conhecida delas; Cork, que tem se desenvolvido muito na área de TI. Também estão entre elas Limerick, com população bem jovem e de muitos atrativos; a litorânea Galway, com 80 mil habitantes e puro charme. E, por fim, Bray, cidade com maior área urbana na Irlanda. Clicando em cada uma delas, você descobre seus programas de estudos e custos de vida.

Motivos para escolher o intercâmbio na Irlanda

Se você curte aventuras, a Irlanda é praticamente um gigante parque de diversões, mas com a supervantagem de ter incríveis cenários de fundo. É um país jovem, que recebe muitos imigrantes e um fato curioso é que 40% da sua população tem menos de 25 anos.

Dublin, a principal cidade, é moderna e ao mesmo tempo histórica, sendo considerada a melhor para estudantes internacionais e eleita como a “cidade mais amigável do mundo”. Seu passado de ocupação viking deixou construções medievais vistas até hoje. Além disso, são de Dublin 3 dos 4 prêmios Nobel do país.

Na costa oeste do país, está Galway, suas belas praias e um centro bastante agitado. A cidade externa a tradição e a modernidade irlandesas: prédios coloridos pubs animados e ruas com calçadas de pedra. Galway é conhecida como um berço para arte e cultura, com eventos anuais como o Galway Arts Festival e o Cúirt International Festival of Literature.

Cada cidade tem seu charme e atrativos, mas existem pontos de belezas naturais que não podemos deixar de indicar. Então anote aí: Porto de Ballintoy; Castelo de Ashford; Kilfane Glen, Kilkenny; Cliff of Moher; Newgrange, Meath; Ilha de Achil, Mayo. São mesmo muitas opções, já que a Irlanda é cheia de surpresas e nela nunca faltarão opções de lazer.

Quanto custa o intercâmbio na Irlanda?

Os valores do seu intercâmbio podem variar de acordo com a cidade e o período de tempo que você vai ficar. Mas a gente já te adianta que trabalhar na Irlanda é uma grande oportunidade. O país é o maior polo tecnológico da Europa, considerado o 5º mais seguro para se morar e tem a 15ª melhor qualidade de vida. Sem contar, claro, que você pode fazer uma renda extra no período de férias.

Quer saber quanto ficaria o seu intercâmbio na Irlanda? Fale aqui com um de nossos consultores e se prepare para o melhor intercâmbio da sua vida! Ah, aproveite para tirar qualquer dúvida, caso ainda tenha alguma.

Curtiu esse conteúdo? Acompanhe sempre as novidades do nosso blog Dreams Intercâmbio.

Categories
Dicas de viagem Estude um idioma fora do Brasil Tudo sobre intercâmbio

5 motivos para fazer Intercâmbio na África do sul.

Fala galera! Se você busca intercâmbio em um lugar diferente do convencional, onde você terá acesso a educação, segurança, natureza e urbanismo, vem ler esse post sobre 5 motivos para você fazer intercâmbio na África do Sul!

O que você verá:

  1. Passeios incríveis
  2. Melhor custo-benefício
  3. Não precisa de visto
  4. Conexão entre natreza e vida urbana
  5. Povo receptivo

1. Passeios memoráveis

Existem muitas vantagens em fazer um intercâmbio para a Àfrica do sul, o país é rodeado de lugares sensacionais. Museus, bares, parques e uma natureza linda.

São incríveis cidades modernas perto de florestas, savanas, montanhas e por isso, a variedade de passeios por lá é enorme.

Para os que amam a natureza, tours, safaris, excursões. E para aqueles que gostam de conhecer cultura e história local existem muitos museus, bares, clubes e restaurantes.

Também é possível, independentemente, visitar parques locais e ter uma experiência mais intimista do país. Como ver o por do sol no parque, ou visitar a ilha onde Nelson Mandela foi preso.

África do sl é o lugar do seu intercâmbio.

Ter acesso à essas coisas, é essencial durante seu intercâmbio para conhecer e imergir em uma cultura tão forte e diversificada.

Além disso vários esportes radicais podem ser feitos, como bungee jump, tirolesas, passeios de helicóptero, canoagem, mergulho, escaladas e muito mais!

2. Melhor custo-benefício

Um dos outros motivos para se fazer intercâmbio para a Àfrica do sul é que, comparado a outros destinos mais populares, o custo benefício é melhor.

Rand é a moeda que você usará no seu intercâmbio para  África do Sul!

Inglaterra, EUA, Canadá, que são destinos mais conhecidos e procurados, são mais caros, principalmente por suas moedas (Dólar Euro ou Libra).

Já na Àfrica do sul, a moeda local, Rand, é bem desvalorizada em relação ao Real, por isso fica bem mais barato a estadia, passagem, transporte e alimentação.

3. Não precisa de visto para seu intercâmbio na África!

Visto para África do Sul: confira nosso passo a passo

Para intercâmbios de curta duração, (especificamente menor que 90 dias), não é necessário visto de estudante, pode permanecer no país com o visto de turista.

Mas é claro ainda é necessário um passaporte válido (pelo menos um mês) para entrar no país. Além disso, é também necessário coisas como CIV contra febre amarela.

4. Conexão entre natreza e vida urbana durante seu Intercâmbio na África

Intercâmbio na África do Sul

Não tem como falar da incrível África do sul sem mencionar suas belezas estonteantes, tanto as urbanas quanto as naturais.

As cidades Sul-Africanas combinam suas infraestruturas incríveis com sua naturezas extraordinárias, fazendo do país um lugar com paisagens sem iguáis.

São muitos parques, trilhas, praias que contrastam com museus, castelos, igrejas, restaurantes e hoteis. Quer saber de alguns desses lugares?

Alguns dos pontos turísticos e passeios:

5. Povo receptivo

Intercâmbio na África do Sul é o destino ideal para quem que ter uma experiência calorosa com um povo receptivo!

O povo sul-africano encanta a todos que os encontram. Por ser um país cuja cultura influenciou muito os costumes e tradições brasileiras, normalmente a adaptação é tranquila.

O clima também é muito similar ao nosso e acima de tudo isso, ainda tem o povo que é super caloroso. Ama música, culinária e a vida noturna, fazendo essas qualidades serem

As similaridades com o povo brasileiro acaba fazendo desse destino uma ótima opção para aqueles que querem ter uma experiência inovadora de aprendizado.

Afinal, fazer intercâmbio na Àfrica do sul é estar em contato 24hrs com um povo que fala ingês (e vários outros idiomas e dialetos).

Além disso, por serem pessoas amistosas, os sul africanos sempre gostam de conversar e se esforçam para entender os outros, coisa que não acontece sempre.

Eaí, se convenceu de que o intercâmbio na África do sul é o intercâmbio para você? Quer descobrir outras opções também? Então vem falar com gente para te darmos o melhor auxílio nessa decisão!

Curtiu o conteúdo sobre Intercâmbio na África do sul?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais outros posts do blog. É assim que você fica sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Curiosidades Dicas de viagem Europa

Bibliotecas pelo mundo: As mais incríveis da Europa

Eai Dreamer, você ama bibliotecas e quer conhecer as espalhadas pelo mundo? Imagina você fazendo sua Eurotrip e conhecendo as bibliotecas mais incríveis da Europa…um sonho não? 

Pensando na sua viagem dos sonhos, fizemos um post com as bibliotecas mais incríveis da Europa para você! Curtiu? Então vem ler o post!

O que você verá:

  1. Biblioteca Clementinum
  2. Biblioteca Municipal de Stuttgart
  3. Trinity College Library
  4. Bibliothèque Sainte Geneviève
  5. Stockholm public library

Bibliotecas pelo mundo: Biblioteca Clementinum

das bibliotecas espalhadas pelo mundo, a de Clementinum é considerada a mais bela.

Localizada em Praga, na República Tcheca, uma das bibliotecas mais lindas espalhadas pelo mundo, é a Clementinum.

O que faz dela tão bonita, é sua arquitetura barroca que encanta desde que abriu pela primeira vez em 1722.

Possuindo mais de 20.000 volumes, em sua maioria literatura teológica, a biblioteca se tornou pública em 1777.

Algumas de suas coleções são de Mozartina e manuscritos antigos do século I, e também coleção de globos.

A construção ocupa uma área de 2 hectares e é considerada um dos maiores projetos arquitetônicos da Europa.

O legal também, é que a biblioteca fica bem perto da Ponte Carlos, que é um dos principais pontos turisticos do país. É super fácil ir de um ponto turistico a outro.

Curiosidade: Os livros mais raros da Clementinum foram enviados para Google para fazerem parte da Google Books.

Atualmente, a biblioteca é parte da Biblioteca Nacional Tcheca e grande parte dela não é de acesso público. Contudo, ainda é possível fazer uma tour de mais ou menos uma hora pelo prédio.

Como é o tour?

Bom, na tour, primeiro se visita o primeiro salão, que é o Salaão da Biblioteca. Com um estilo barroco, o salão possui uma pintura no teto que simboliza o Templo da Sabedoria.

Lembrete: Ainda sim, é bom lembrar que não é possível fotografar o local.

Logo depois temos o salão meridiano que antigamente era usado para dizer a hora. Depois a Torre Astronômica que possui instrumentos astronômicos utilizado na antiguidade.

No final da tour, chegamos a Capela dos Espelhos, que além de espelhos, possui colunas de mármore enormes e afrescos no teto.

Por fim, ainda existem outras duas construções a serem visitadas, mas essas não fazem parte do tour.

Biblioteca Municipal de Stuttgart

bibliotecas pelo mundo: a moderna e limpa biblioteca municipal de stuttgart

Super bem distribuida e iluminada, criada pelo arquiteto Eun Young Yi. Essa é a Stadtbibliothek Stuggart que foi inaugarada em 2011 na cidade de Stuttgart, na Alemanha.

Das bibliotecas pelo mundo dessa lista, a Stuttgart é a que se difere mais. Com nove andares, a construção tem como cor principal, o branco.

Além disso, ela valoriza muito o formato quadrado, suas escadas são dispostas em lugares diferentes e possibilitam uma bela visão do ambiente, passa a impressão de organização.

Tudo isso é oposto as outras bibliotecas desse post que em sua maioria possuem uma biblioteca com arquiteturas antigas. Fala sério, essa tem que ser visitada durante seu intercâmbio para Alemanha!

Trinity College Library

bibliotecas pelo mundo - a Trinity encanta a todos que visita, a biblioteca tem que estar no seu roteiro de intercâmbio para Irlanda!

A sensacional Biblioteca de Trinity College fica na Trinity College, considerada uma das melhores instituições de ensino superior da Irlanda e do mundo.

Ela é muito especial pois é a maior da Irlanda, são 6 milhões (isso mesmo, 6 milhões!) de livros e manuscritos. Por vários motivos, é claro que grande parte não é de acesso público.

Mas não é só isso que a biblioteca oferece, ela também possui uma preciosidade histórica, O Livro de Kells.

Conheça o Book of Kells, o livro mais antigo da Irlanda - edublin

O livro é um manuscrito de 1200 anos contendo 4 evangelhos, sendo eles: Mateus, Marcos, João e Lucas. São centenas de páginas escritas à mão com grande riqueza de detalhes.

Na sala onde o livro está, 3 seguranças fazem escolta da porta e não é permitido foto.

Já pensou estudar na Trinity e ter acesso à tantos pedaços da história da humanidade? Entre em contato com nossa equipe para entender a melhor forma de fazer intercâmbio para Irlanda!

Bibliotecas pelo mundo: Bibliothèque Sainte Geneviève

Bibliothèque Sainte-Geneviève, em Paris é uma das bibliotecas mais lindas que existem pelo mundo.

A França é um charme, né? Um ponto de destino especial para muitos estudantes apaixonados pelo francês.

E para além de seus pontos turisticos mais populares, existem muitas belezas localizadas nas ruas mais comuns desse país, como as bibliotecas.

Não tem como falarmos das bibliotecas pelo mundo sem falar da Sainte Geneviève.

Atualmente, o acervo da biblioteca possui manuscritos até do seculo VIII, são muitas coleções preciosa, como 600 volumes da coleção do cardeal de la Rochefoucould.

No mais, a biblioteca fica nas redondezas da Sorbonne e do Panthéon, e está instalada em um grande edifício monolítico que contrasta com os monumentos neoclássicos. Facinho de reconhecer!

Imagina estar estudando francês em Paris e visitar a Sainte Geneviève? Tirando fotos e lendo livros sobre os mais variados assusntos em uma das bibliotecas mais lindas do mundo. Que sonho, não? E é possível realizá-lo com a dreams.

Bibliotecas pelo Mundo: Stockholm Public Library

The Stockholm Public Library - Visit Stockholm

A Biblioteca Pública de Stockholm é a última da nossa lista mas não a menos importate. Sabia que ela foi a primeira biblioteca na Suécia a deixas os livros expostos?

Pois é, dessa forma, as pessoas poderiam sozinhas procurar seus prórpios livros sem ajuda de um funcionário. Isso era um conceito que não era popular na Europa ainda.

Quanto ao design, ele é clássico e moderno. A sua entrada principal tem uma alta escada que leva ao salão central. Na parte externa, um parque com um espelho d’àgua toma conta, com belos oásis, plantas e esculturas.

Ainda na biblioteca, é possível encontrar mais de 2 milhões de livros físicos e 2.4 milhões de material em audio. Como se não fosse suficiente, existem uma seção internacional que oferece materiais em mais de 100 línguas diferentes.

Ufa! São muitas bibliotecas lindas pelo mundo não? imagina que enriquecedor conhecer esses lugares, ter acesso à esses livros e viver essa experiência. Isso é um sonho possível com a Dreams, então entre em contato com a gente e realiza esse sonho.

Curtiu as bibliotecas pelo mundo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais e outros posts do blog para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.