Categories
Curiosidades Dicas de viagem Tudo sobre intercâmbio

Como comprar passagens aéreas baratas: tudo que você precisa saber pra economizar

Fala, galera! Todo viajante deseja comprar passagens aéreas baratas, e por isso, existem hoje tantas plataformas que comparam preços em tempo real e nos oferecem um melhor panorama de como economizar.

Pensando nisso, perguntamos aos nossos Dreamers quais os segredos deles pra viajar o mundo gastando pouco, dá uma olhada:

Passagens aéreas baratas: 5 dicas incríveis

Já pode salvar essa postagem e mandar para seus amigos no Whatsapp porque todas essas dicas vão te ajudar a economizar bastante – em tempo e dinheiro!

Todas essas dicas vieram dos nossos Dreamers, ou seja, de quem mais viaja. Muitas dicas vieram também da nossa equipe de Sucesso do Estudante que está sempre de olho em passagens aéreas baratas para nossos intercambistas.

Acompanhe o valor das passagens aéreas diariamente

Sim, não tem segredo: compra mais barato quem está sempre de olho nos valores. E isso vale para qualquer coisa que a gente pense em comprar, né?

Hoje em dia existem diversas plataformas onde você pode automatizar a monitoração dos valores e/ou comparar preços de diversas empresas aéreas. Aqui vão as mais indicadas pelos nossos Dreamers:

  1. ViajaNet: a plataforma mostra as melhores datas e percursos até seu destino, dando um guia completo de como economizar mais;
  2. 123milhas: monitore o valor de passagens, hospedagem e pacotes para seu destino
  3. Google Flights: essa extensão do Google te permite não apenas comparar os valores das passagens aéreas mas também colocar “alertas” de alteração nos preços – e você recebe tudo no seu email!
  4. Skyscanner: compare os valores de passagens, hospedagens e aluguéis de carro nas melhores datas e empresas.

Flexibilidade na escolha do voo aumenta o desconto

Muitas vezes as empresas liberam promoções de última hora para um voo por não ter conseguido preencher 60% da capacidade do avião. Ou seja, lei da oferta e da procura.

Por isso que em época de baixa temporada as passagens aéreas costumam ser bem mais baratas: não existe demanda para preencher os voos, então é necessário atrair as pessoas pelo preço.

Flexibilidade vai além da data e horário de viagem

Isso mesmo que você leu! Muitas vezes uma alteração no aeroporto ou cidade aumenta consideravelmente o desconto na sua passagem.

Então, se for viável para você, confira os valores em diferentes cidades e aeroportos do seu destino.

Voos saindo de São Paulo e Rio de Janeiro também são mais baratos, por isso, veja também se não vale mais a pena comprar uma passagem saindo de um desses destinos (principalmente no caso de voos internacionais).

Mas, lembre-se: se você não mora nesses estados, veja se vale a pena voos separados – e compre com uma janela de tempo ampla de um voo para o outro, pra evitar perder o horário caso hajam atrasos!

Vale a pena saber: se você perder um voo por atraso seu não receberá suporte da companhia aérea. Apenas em caso de erro da companhia aérea em atrasos de voos integrados (quando você compra um voo com escalas) eles terão a responsabilidade de cobrir os danos causados.

Confira: Países que não precisam de visto para brasileiros

Companhias aéreas fazem promoções

Empresas locais como Gol e Latam tem suas próprias promoções, que muitas vezes acontecem de uma hora pra outra. Se puder, faça seu cadastro nas plataformas dessas empresas para receber as promoções e ofertas exclusivas em seu email.

Milhas valem muito a pena

Sim, pode parecer algo óbvio, mas milhas realmente valem muito a pena – se você encontrar um programa que dê um bom retorno.

Quem viaja muito tem um programa de milhas como carta na manga! Nem sempre comprar com as milhas vai ser mais vantajoso do que em dinheiro, dependendo da promoção que você pegar.

As milhas são pontos que, normalmente, você vai acumulando a medida que utiliza seu cartão de crédito, ou seja, seus gastos do dia a dia retornam pra você.

Segundo nossos Dreamers, esses são os cartões que estão tendo um maior retorno para seus usuários atualmente:

  1. Itaú Uniclass Platinum ou Black/Infinite: através do programa Sempre Presente suas compras são transformadas em pontos que podem ser trocados por milhas. A pontuação varia de 1 a 3 pontos a cada dólar gasto. No site Melhor Plano tem uma tabela super legal pra comparar os valores, dá uma olhada!
  2. Itaú Pão de Açúcar: O programa com maior pontuação, no cartão Pão de Açúcar Mais Gold ou Platinum, você recebe 1 ponto por real gasto.

Depois de acumular uma boa quantidade de pontos você pode ir nos programas das empresas aéreas como Tudo Azul, Smiles ou Latam Fidelidade e trocar por milhas.

Fica a dica: O aplicativo oktoplus te permite gerenciar todos os seus pontos, te ajudando também na hora de decidir se vale mais a pena usar sua pontuação ou comprar as passagens aéreas em dinheiro. Legal, né?

Como comprar passagens aéreas baratas: desvendando certos “mitos”

Como tudo na vida, existem mitos que se propagam quando o assunto é comprar passagens aéreas baratas. Trouxemos aqui as dúvidas e mitos mais comuns e como que realmente funciona na prática.

Qual dia da semana tem as passagens mais baratas?

Normalmente dias úteis e no horário da madrugada possuem passagens aéreas baratas. As segundas também costumam ter passagens mais em conta, porém, é sempre bom conferir nas plataformas que te indicamos qual dia está com um desconto maior.

Comprar passagens de madrugada sai mais barato?

Viajar no horário da madrugada pode, sim, sair mais barato. Mas no caso desse “mito” aqui, algumas pessoas acreditam que ficar de madrugada conferindo os sites de empresas pode resultar em passagens aéreas mais baratas. Bom, não existe nenhuma certeza nisso! Vale mais a pena colocar um alerta de preços.

Confira: Como levar dinheiro para o exterior em segurança

Com qual companhia aérea devo comprar minhas passagens?

Isso depende muito de preferências pessoais. O mais importante é, ao escolher um bom pacote pra viajar, conferir todas as regras e, se você não conhece a empresa, se informar sobre ela.

Quando é a hora de comprar minhas passagens?

Nem sempre comprar com antecedência pode sair mais barato. Como já dissemos, as vezes os preços das passagens aéreas caem bastante por não terem atingido 60% da capacidade do avião.

Ainda assim, a melhor hora é quando você achar um bom preço. Se encontrou passagens num bom valor, compre na hora! A tendência é que depois os valores aumentem.

Qual é o melhor mês para viajar?

Mais um tópico que depende da sua disponibilidade e preferência pessoal. Os períodos de baixa temporada são sempre os mais baratos, mas existe um motivo pra isso: seja por conta do clima não ser o mais turístico na região ou por conta do período de férias. Então, pesquise bem pra valer a pena a viagem!

Postagens que você também pode gostar:

Como planejar seu intercâmbio: 5 passos pra tirar seu sonho do papel

Viajar sozinha: 5 melhores destinos ao redor do mundo

Intercâmbio ou curso de inglês: como atingir a fluência mais rápido | Prós e Contras

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Curiosidades Dicas de viagem Estude um idioma fora do Brasil Tudo sobre intercâmbio Vistos e documentações

Países que não precisam de visto para brasileiros

Fala, galera! Existem muitos países ao redor do mundo com as portas abertas para brasileiros, mesmo que por tempo limitado, e hoje trouxemos diversos países que não precisam de vistos para brasileiros.

Você verá nesta postagem:

  • Países que brasileiros não precisam de visto para morar
  • América: países que não precisam de visto
  • Países que não precisam de visto para brasileiros na Europa
  • Ásia: países que você pode entrar sem visto
  • Países que precisam de visto para brasileiros

Países que brasileiros não precisam de visto para morar

Existem cerca de 195 países, de acordo com as regras da ONU, espalhados entre 6 continentes.

Cada país possui suas próprias regras de imigração, que muitas vezes pode variar por conta de acordos e tratados entre nações.

Graças ao tratado do Mercosul, brasileiros podem não apenas visitar, mas também morar em alguns países da América do Sul por até 2 anos. São eles:

  • Argentina
  • Paraguai
  • Uruguai
  • Chile (até 1 ano no país, com o objetivo de encontrar emprego)

América: países que não precisam de visto

Porém, se sua intenção é fazer um intercâmbio ou uma viagem de até 90 dias sem a burocracia de tirar um visto, esses são os países da América que liberam a entrada de brasileiros:

América do Sul

Países que não precisam de vistoTempo que você pode
ficar no país sem visto
Argentinaaté 90 dias
Peruaté 90 dias
Chileaté 90 dias
Paraguaiaté 90 dias
Uruguaiaté 90 dias
Venezuelaaté 90 dias
Colômbiaaté 180 dias
Equadoraté 90 dias
Guianaaté 90 dias
Surinameaté 90 dias
Bolíviaaté 30 dias

[Post] Viajar sozinha: 5 melhores destinos ao redor do mundo

Viaje pela América Central e do Norte sem visto

Países que não precisam de vistoTempo que você pode
ficar no país sem visto
Antígua e Barbudaaté 180 dias
Barbadosaté 180 dias
Costa Ricaaté 90 dias
Dominicaaté 90 dias
El Salvadoraté 90 dias
Granadaaté 90 dias
Guatemalaaté 90 dias
Belizeaté 90 dias
Haitiaté 90 dias
Hondurasaté 30 dias
Jamaicaaté 90 dias
Nicaráguaaté 90 dias
Panamáaté 90 dias
República Dominicanaaté 90 dias
Santa Lúciaaté 90 dias
São Cristóvão e Nevisaté 90 dias
São Vicente e Granadinasaté 90 dias
Trinidad e Tobagoaté 90 dias
Méxicoaté 90 dias
Bahamasaté 90 dias

Brasileiros na Europa

Na Europa, é possível visitar todos os países sem a necessidade de apresentar um visto. Seja uma viagem ou intercâmbio, brasileiros podem ficar até 90 dias em cada país do continente!

São mais de 40 países no continente europeu, entre eles os favoritos são: Irlanda, Alemanha, França e Itália.

[Post] Intercâmbio e mochilão pela Europa: como conciliar?

Ásia: países que você pode entrar sem visto

Apesar de não ser tão procurado quanto a Europa e América do Norte, o continente asiático possui belezas indescritíveis e cerca de 15 países permitem a entrada sem visto por até 30 ou 90 dias.

Dentre eles, os destinos mais buscados são:

  • Chipre – até 90 dias
  • Cingapura – até 30 dias
  • Filipinas – até 59 dias
  • Indonésia – até 30 dias
  • Maldivas – até 90 dias
  • Tailândia – até 90 dias

Países que precisam de visto para brasileiros

Outros países, porém, precisam de visto para a entrada de brasileiros. Um exemplo é os Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia.

Por isso que aqui na Dreams trabalhamos com nossa assessoria de vistos, que dá o suporte para o estudante e turista durante todo o processo de aplicação.

Você pode entrar em contato pelo link abaixo ou conferir mais conteúdos sobre o assunto em nosso blog, Instagram ou YouTube!

Você também pode gostar de conferir:

Visto Americano: tudo que você precisa saber para entrar nos EUA (ATUALIZADO)
Estudar Fora: checklist com 10 itens pra estar em dia antes de estudar no exterior

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Estados Unidos Estude e trabalhe no exterior Graduação e Pós no Exterior Tudo sobre intercâmbio

Melhores cidades dos EUA: 5 locais pra morar durante seu intercâmbio

Fala, galera! O destino mais sonhado pelos brasileiros é os Estados Unidos. Pensando nisso, preparamos essa postagem com as 5 melhores cidades dos EUA para você morar durante seu intercâmbio. Vamos lá?!

Você verá nesta postagem:

  • 5 Melhores cidades dos EUA para morar durante o intercâmbio
    • Boston, Massachusetts
    • Seattle, Washington
    • São Francisco, Califórnia
    • Orlando, Flórida
    • Nova York
  • Como escolher a melhor cidade para seu intercâmbio nos EUA

5 Melhores cidades dos EUA para morar durante o intercâmbio

Os Estados Unidos da América (EUA) é um país de proporções continentais, composto por 50 estados e outros territórios, como a Samoa Americana, Porto Rico e as Ilhas Virgens Americanas.

Cenário para filmes clássicos e premiadíssimos, as cidades americanas se destacam entre os intercâmbistas. Isso porque as diversas culturas que povoam o país agregam à experiência algo “a mais”.

Para esta postagem separamos 5 cidades que se destacam entre os intercâmbistas, por conta das oportunidades no mercado de trabalho, cultura e custo de vida. Se liga!

Boston, Massachusetts

Boston é uma das cidades mais buscadas por ser destaque em inovação – berço do Facebook, por exemplo -, qualidade de vida e economia.

Massachusetts Institute of Technology – MIT

A cidade ainda é lar de duas das maiores universidades do mundo, Harvard e MIT. Dá pra acreditar? Não é atoa que trouxemos Boston entre as melhores cidades para morar nos Estados Unidos – se você busca ensino superior de alta qualidade e se conectar com as pessoas mais influentes da sua área, esse é seu destino.

Qualidade de vida em Boston

Boston já foi eleita algumas vezes uma das 10 melhores cidades americanas para se morar, por conta do alto poder de compra, baixo nível de poluição e uma boa segurança para seus moradores em comparação a outras Grandes cidades dos EUA. Confira abaixo:

Índice de qualidade de vidaNível
Poder de compramuito alto
Segurançaalto
Poluiçãobaixo
Informações retiradas do Numbeo

Uma das cidades mais antigas dos Estados Unidos, Boston é cheia de atrações históricas, incluindo a Freedom Trail – rota que passa por 16 pontos que contam um pouco da revolução americana.

Como é o custo de vida em Boston para estudantes

Como uma cidade tão procurada e tão próxima de Nova York – apenas 3 horas de carro! – é natural que o custo de vida em Boston seja um pouco mais alto que em outras cidades menos famosas. Confira abaixo:

Valor
Custo de vida total (sem aluguel)US$ 1,163.32
Combo no McDonaldsUS$ 10
Transporte público (mensal)US$ 90
Salário mínimo (hora)US$ 14.25

Um estudante internacional pode trabalhar até 20 horas semanais no país, resultando em uma renda média mensal de US$1140.

Buscando formas de economizar nos gastos e dividindo apartamento ou ficando em uma Homestay, é super possível se manter na cidade!

Fica a dica: nossa equipe Dreams disponibiliza planilhas e materiais para você se planejar financeiramente antes e durante seu intercâmbio! Se quiser saber mais sobre seu intercâmbio nos Estados Unidos, deixe seu contato aqui que falaremos com você.

Mas se você ainda está em dúvida sobre o intercâmbio por ainda não falar inglês fluentemente, não se preocupe.

Você pode estudar o idioma na cidade enquanto aprende mais sobre a cultura local. Nossas escolas parceiras estão preparadas para lidar com intercâmbistas que, como você, buscam aprender na prática!

Seattle, Washington

Estudar em Seattle é estar em uma cidade grande… com clima de interior! Mais acolhedora e menos populosa do que Boston e Nova York, a cidade é super bem desenvolvida e sede da Microsoft e Amazon.

Seattle, Washington

Qualidade de vida em Seattle

Limpa, arborizada e verde – essa é a descrição de Seattle. Educação de alto nível, um bom transporte público e uma taxa baixa de violência são apenas alguns dos diferencias para seu intercâmbio.

Índice de qualidade de vidaNível
Poder de compramuito alto
Segurançamoderado
Poluiçãobaixo

Seattle é autêntica e há apenas 3 horas de carro de Vancouver, no Canadá, já imaginou você conhecendo dois países diferentes no seu intercâmbio? Pois é!

E quando o assunto é ensino superior, o South Seattle College se destaca no ensino, sendo muito buscado por estrangeiros querendo morar na cidade. Cursos de diversas áreas, como saúde, artes, tecnologia e linguagens, multiculturalidade e excelência são apenas alguns dos pontos altos desse college.

[Post] Intercâmbio para os Estados Unidos: descubra como estudar no país

Como é o custo de vida em Seattle para estudantes

O custo de vida em Seattle varia muito dependendo da região em que você morar, porém o salário mínimo é um dos mais altos entre as melhores cidades dos EUA. Confira:

Valor
Custo de vida total (sem aluguel)US$ 1,222.34
Combo no McDonaldsUS$ 10.12
Transporte público (mensal)US$ 99
Salário mínimo (hora)US$ 17.27

São Francisco, Califórnia

São Francisco ou San Francisco é uma cidade localizada na costa oeste (West Coast), no estado da Califórnia.

Famosa por ser um paraíso para empreendedores, artistas, ativistas e a comunidade LGBTQIA+, San Francisco se destaca quando o assunto é qualidade de vida.

Outros grandes destaques da cidade são suas colinas íngremes, os famosos bondinhos elétricos (Cable Cars) e o bairro de Chinatown.

Bondinhos em São Francisco, Califórnia

Com o Vale do Silício localizado ao sul da cidade, ela fica próxima do maior centro de tecnologia do mundo, onde você encontra startups e grandes empresas como Google, Microsoft, Facebook e Apple; San Francisco também é um grande centro financeiro americano, estando entre as 10 cidades mais ricas do país.

Qualidade de vida em São Francisco

Separamos alguns dos principais índices de qualidade de vida para analisarmos sobre a cidade de San Francisco, com base nos dados disponibilizados pela plataforma Numbeo. Dá uma olhada:

Índice de qualidade de vidaNível
Poder de compramuito alto
Segurançamoderado
Poluiçãomoderado

O índice de qualidade de vida da cidade é alto, de acordo com as informações dispostas em Março de 2022.

A cidade ainda abriga grandes instituições de ensino como a University of San Francisco, destaque nas áreas de artes e ciências. Para quem busca estudar inglês no país e se aprimorar, existem grandes escolas como:

Apesar de ser um grande destaque entre as cidades americanas, San Francisco possui um dos custos de vida mais altos da Califórnia. Observe na tabela abaixo:

Como é o custo de vida em San Francisco para estudantes

Abaixo, confira o custo de vida para uma pessoa solteira/estudante na cidade de São Francisco, na Califórnia, em 2022:

Valor
Custo de vida total (sem aluguel)US$ 1,263.82
Combo no McDonaldsUS$ 10
Transporte público (mensal)US$ 81
Salário mínimo (hora)US$ 16.32

Como você pode ver, o custo de vida em San Francisco é bem elevado, sendo o preço dos aluguéis o mais “salgado” no orçamento. Ainda assim, é possível economizar dividindo apartamento ou morando em casa de família.

[Post] Visto Americano: tudo que você precisa saber para entrar nos EUA

Orlando, Flórida

Orlando é a cidade preferida de brasileiros nos Estados Unidos. Com excelentes escolas de idiomas, parques de diversão, clima, moradias, segurança e um bom custo de vida, Orlando se destaca facilmente entre as melhores cidades nos Estados Unidos para fazer seu intercâmbio.

A cidade de Orlando, Flórida

Além das escolas de idiomas, alguns colleges se destacam, como o Vallencia College – com mais de 100 programas disponíveis para estudantes internacionais.

Qualidade de vida em Orlando

Com suas belíssimas paisagens, Orlando é uma das cidades mais sustentáveis dos Estados Unidos.

Parque da Disney em Orlando

Segundo a plataforma Numbeo, todos os índices de qualidade de vida da cidade vão de moderado à altamente positivo. Bom demais, né? Trouxemos alguns desses pra você dar uma olhada:

Índice de qualidade de vidaNível
Poder de compramuito alto
Segurançamoderado
Poluiçãobaixo

Como você pode ver, o berço dos parques Disney é um local seguro e cheio de vantagens, e o custo de vida não fica atrás.

Como é o custo de vida em Orlando para estudantes

Apesar de ter um salário mínimo consideravelmente mais baixo que em outras cidades americanas, Orlando possui um custo de vida aproximadamente 41,79% menor do que em São Francisco, por exemplo. Confira:

Valor
Custo de vida total (sem aluguel)US$ 912.53
Combo no McDonaldsUS$ 8
Transporte público (mensal)US$ 50
Salário mínimo (hora)US$ 10

Segundo a Numbeo, o valor dos alugueis na cidade é cerca de 40,60% menor do que em Seattle.

Assim, o valor do salário mínimo é proporcional ao necessário para se viver na cidade, fazendo de Orlando um bom local para iniciar a vida no exterior. Principalmente se você busca trabalhar durante seu intercâmbio.

[Post] Como viver viajando: 10 ideias para trabalhar enquanto viaja

Nova York

Nova York é uma das cidades mais conhecidas do mundo. Com seus grandes letreiros brilhosos na Times Square, o enorme Central Park e centros artísticos como a Broadway, a cidade é única.

Times Square, em Nova York

Porém, o que realmente atrai estudantes para essa cidade dos Estados Unidos, são as universidades, como a NYU que ainda aceita a nota do ENEM.

Qualidade de vida em Nova York

Apesar da incrível cultura novaiorquina, lojas maravilhosas, universidades e colleges – Nova York não se destaca em qualidade de vida.

Por conta do número elevado de moradores, o nível de poluição e violência é bem alto. O trânsito também não fica atrás nas reclamações dos moradores, porém, quem conhece a cidade costuma deixar tudo isso de lado e vestir sua camisa “I Love New York”.

Índice de qualidade de vidaNível
Poder de compraalto
Segurançamoderado
Poluiçãomoderado

Como é o custo de vida em Nova York para estudantes

Nova York

O custo de vida em Nova York também é bem alto, por isso, se programar financeiramente é essencial para aproveitar seu intercâmbio.

Valor
Custo de vida total (sem aluguel)US$ 1,369.90
Combo no McDonaldsUS$ 10
Transporte público (mensal)US$ 129
Salário mínimo (hora)US$ 10.50 a 11

Como escolher a melhor cidade para seu intercâmbio nos EUA

Agora que te apresentamos algumas das melhores cidades dos EUA para morar, chegou a hora de fazer sua escolha.

A verdade é que o que é melhor pra você só você vai saber dizer, mas nós podemos te guiar nesse processo.

Normalmente, os ponto principais para pensar antes de escolher seu destino do intercâmbio são:

  1. Objetivo do intercâmbio

    Você está pensando em fazer um intercâmbio de idiomas ou um curso superior? Neste post aqui falamos um pouco mais sobre as possibilidades nos Estados Unidos.

  2. Duração e custo do intercâmbio

    Um mês, dois ou seis meses? Quanto você pode dispor para o intercâmbio? É possível economizar bastante dependendo dos custos na cidade e valor da escola, por exemplo.

  3. Como será sua vida na cidade

    Pesquise sobre a cultura, pontos turísticos, receptividade com brasileiros e clima do local. Agora, pode não parecer tão importante, mas esses são os pontos cruciais para que você tenha a melhor experiência possível.

Após ter em mente esses pontos, a escolha fica muito mais fácil, pode ter certeza! E seu intercâmbio será tudo que você sempre sonhou.

[Post] Como planejar seu intercâmbio: 5 passos pra tirar seu sonho do papel

Postagens que você também pode gostar de ver:

Brasileiro pode fazer faculdade nos Estados Unidos?
Intercâmbio de estudo e trabalho: quem pode fazer e quais os melhores países para brasileiros
Nova York: 11 lugares que você precisa conhecer no seu intercâmbio 

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Notícias

Mudança das regras de entrada Nova Zelândia

Faaaaala Dreamer! Tudo bem com você?! Tá querendo viajar pra Nova Zelândia? Fica de olho na mudança das regras de entrada no país. Afinal, começam a funcionar dia 1 de outubro de 2019.

Esse novo “visto” funcionará como o eTA que está em vigor no Canadá, será eletrônico. Hoje (25/09/2019), não é necessária autorização prévia para brasileiros que ficarem até 3 meses no país.Porém, a partir de 1° de outubro, os brasileiros que forem à Nova Zelândia ou estiverem em trânsito, precisarão emitir um visto pela internet. Além do Brasil, a medida atinge outros 59 países, que não precisam do visto tradicional, emitido presencialmente.

Segundo o Governo neozelandês, um dos objetivos da permissão eletrônica é facilitar a entrada dos turistas, já que suas informações serão aprovadas previamente. Para obter a autorização e se atualizar das mudança das regras de entrada, será preciso preencher um formulário com dados e objetivo da viagem. Além disso, apresentar uma declaração de antecedentes criminais. Em princípio, o documento vai custar 9 dólares neozelandeses (R$23,40) se feito via app. Custará $12,50 (R$32,50) caso seja emitido pelo site do Governo da Nova Zelândia. A validade é de 2 anos. Ao pagar a taxa do visto, o visitante também já pagará a taxa de proteção ambiental do país, anunciada em junho de 2018. Ela custa 35 dólares neozelandeses (R$91,00) e também vale por 2 anos.

Categories
Curiosidades Estude e trabalhe no exterior Tudo sobre intercâmbio

Intercâmbio em Residência Estudantil: Vale a pena? | Guia Prático

Quando se vai morar fora do país uma das maiores dúvidas é onde ficar, e essa semana vamos falar sobre mais um tipo de estadia possível durante o intercâmbio: a residência estudantil.

Antes de mais nada, se você ainda tem dúvidas do porquê fazer um intercâmbio, esse post vai te convencer! Clica aqui!

Agoraaa que você já sabe os motivos vamos começar nossa viagem! Partiu conhecer o que é uma residência estudantil.

O que é uma Residência Estudantil e quais são suas vantagens?

Em síntese, uma residência estudantil nada mais é do que uma casa que podem ser escolhidas pelas escolas ou por empresas, para que os estudantes fiquem durante o período que estiverem lá.

A principal vantagem desse tipo de estadia é, sobretudo, a troca cultural que ela possibilita. Afinal, lá você vai conviver com pessoas de todos os cantos do mundo. Aqui na Dreams costumamos dizer que aprender ou aprimorar uma língua é só uma pequena parte de um intercâmbio, e que a troca de experiência, a troca de informações, a troca de valores que você vai ter com pessoas de culturas diferentes, é inegavelmente uma das maiores coisas que se pode vivenciar dentro dele.

Outra grande vantagem é a localização da residência, normalmente perto da escola, fazendo com que se possa ir andando para o colégio e não precise pagar pelo transporte público. Sem falar da grande liberdade que se tem, com horários flexíveis e menos regras a serem cumpridas.

É importante dizer que o preço da residência estudantil costuma ser mais caro do que por exemplo uma casa de família, já que o aluguel não inclui alimentação, produtos de limpeza, lavanderia, entre outras coisas. Apesar disso, residência estudantil é uma das melhores formas de se morar durante o intercâmbio, principalmente, como dissemos, por sua grande troca cultural.

E você, já decidiu onde vai ficar durante seu intercâmbio? Comenta ai e conta pra gente!

Quer saber mais? Dá uma olhadinha neste vídeo!

Ahhh, quer fazer o INTERCÂMBIO MAIS BARATO DO BRASILCLICA AQUI!

Categories
Curiosidades Dicas de viagem Vistos e documentações

eTa (Electronic Travel Authorization): tudo o que você precisa saber

Falaaaaa viajantes, hoje o post é curtinho e objetivo mas, como sempre, cheio de conhecimento pra vocês. O assunto hoje é sobre o eTA (Electronic Travel Authorization), já que é uma das opções de visto mais simples para o Canadá!

ANIMADOSSSS?

Primeiramente, todo mundo que segue a Dreams já sabe existem muitos motivos para realizar um intercâmbio. Portanto, se você ainda não segue a gente e não sabe porque fazer um intercâmbio, este post certamente vai te ajudar: 3 principais motivos para fazer o seu intercâmbio.

Além disso, existem diversas cidades onde você pode realizar este sonho!! Certamente, dentro do Canadá, Vancouver e Toronto são os destinos mais procurados. Quer saber um pouco mais sobre as duas? A gente preparou este conteúdo que mostra as principais diferenças entre Toronto e Vancouver.

O Canadá desperta a curiosidade de muitas pessoas que buscam visitar, estudar, trabalhar, etc. Assim sendo, surge uma dúvida: É verdade que eu não preciso mais de visto para ir para lá?

Essa é uma pergunta muito frequente entre aqueles que querem ir para o país. Então, nós da Dreams Intercâmbios estamos aqui para respondê-la.

A resposta para essa pergunta é SIM ao mesmo tempo que NÃO… Comooo assiim? Calma que nós já vamos explicar.

Bom, desde maio de 2017 os brasileiros podem tentar tirar o eTA (Ticket Eletrônico de Viagem) que nada mais é do que uma permissão eletrônica que pode ser retirada pelo site do governo canadense.

Alguns fatos interessantes sobre o ETA

  1. O prazo para recebimento é de até 72 horas após a solicitação;
  2. Custa apenas 7 dólares (CAD);
  3. Para solicitar o ETA você deve ter um visto americano válido ou ter entrado no Canadá nos últimos dez anos;
  4. Após tirar o ETA a primeira entrada no país deve ser feita por via aérea, ou seja, através de um avião.

Pois então, muito mais prático, né?

Para quem não tem o visto americano válido e não passou pelo país canadense nos últimos dez anos ainda vai ser necessário o visto através do Consulado, assim como para quem pretende chegar ao Canadá por via terrestre ou marítima. Para você que se encaixa nesse perfil, a gente recomenda a GoVisa, nossa empresa parceira quando o assunto é vistos, e que já ajudou muitos Dreamers a realizarem seus sonhos. Ficou curioso?

Clica aqui e entra em contato com eles!

Quer saber mais informações sobre o ETA? Dá uma olhadinha neste vídeo que a gente explica direitinho como fazer!

Bem amigoosss viajantes, agora que você já sabe tudo sobre o ETA. Quando vai fazer seu intercâmbio e conhecer o Canadá? Deixa um comentário e conta pra gente!

Você também pode gostar:
Toronto ou Vancouver: entenda a diferença entre as duas cidades

Categories
Canadá Curiosidades Estude e trabalhe no exterior

Toronto ou Vancouver: entenda a diferença entre as duas cidades

Primeiramente, o Canadá é aquele famoso lugar que “dispensa comentários”. Entretanto, se tem algo que você NÃO pode dispensar é a oportunidade de ter uma experiência de intercâmbio em Toronto ou Vancouver. Dois dos lugares mais seguros, organizados, desenvolvidos e educados do mundo todinho. Para ser sincero, não tem nem como colocar todos os adjetivos que caracterizem estes lugares. Ou seja, tem que ir mesmo para poder ver com os próprios olhos toda qualidade do país eleito um dos melhores para se viver.

Estão prontos? Entãooo, preparem as malas e partiuuuu nesta viagem rápida pelas duas cidades que mais atraem estudantes no Canadá.

Toronto ou Vancouver

Para começar, é importante dizer que não existe a melhor cidade para se fazer intercâmbio. Ou seja, tudo vai depender do match entre o seu perfil e o do local escolhido. Além disso, o Canadá é um dos países com maior qualidade de vida e, certamente, seja em Toronto ou Vancouver sua experiência internacional será inesquecível.

Por isso, nós da Dreams Intercâmbios vamos dizer as características mais importantes de cada uma delas e deixar você decidir qual tem mais a ver com você.

Toronto

Ao contrário do que muita gente pensa não é a capital do Canadá. Sem sombra de dúvidas, a principal característica de Toronto é que ela é bemmmm focada nos negócios. A maioria dos centros financeiros canadenses estão localizados na cidade fazendo com que achar um emprego por lá seja tarefa mais fácil se comparado à Vancouver. Dependendo do nível de qualificação profissional, a espera por um emprego pode ser em torno de 15 dias.

Além disso, Toronto também é extremamente bem localizada. Você pode visitar Nova York ou Montreal com um voo de apenas uma hora. O clima na cidade varia bastante pelo ano, indo de -35°C à +30°C graus. Portanto, dependendo da época do ano, é bom preparar o seu casaco!!!

Toronto, Cidade, Torre Cn, Skydome, Linha Do Horizonte
Cidade de Toronto

Aos amantes da neve, Toronto é a cidade ideal durante o período de novembro à janeiro, onde a neve está presente em todos os seus cantos.

Vancouver

Se Toronto é o centro financeiro do Canadá, Vancouver, por outro lado, é uma cidade cheia de belezas naturais onde se pode praticar esportes durante todo o ano! Um dos esportes mais praticados por turistas quando estão por lá é o ski. Existem váriasss estações por toda cidade. É só escolher  uma, experimentar esta ou outra atividade incrível relacionada com neve e voltar para o Brasil cheio de histórias para contar! Ahh, não esquece do seguro viagem. Afinal, ele é super importância para sua segurança num país estrangeiro.

Vancouver
Cidade de Vancouver

Apesar de se poder esquiar durante todo o ano, o clima em Vancouver é bem mais ameno que em Toronto. A temperatura varia entre 0°C e +28°C. Aos que não gostam de neve, essa pode ser a cidade ideal, já que os flocos de gelo não são fáceis de ser achados pela cidade. Entretanto, a neve também está presente nas montanhas da cidade. Vale a pena o deslocamento para ver.

Ahh, quer saber mais informações sobre o Canadá e suas cidades? Dá uma olhadinha neste vídeo!

Bem amigoosss viajantes, bem legal essa viagem não é? Seja em Toronto ou em Vancouver, eu tenho certeza que a Dreams Intercâmbios pode te ajudar.

E aí? Você já sabe onde quer fazer seu intercâmbio? Deixa um comentário e conta pra gente!

Ahhh, quer fazer o INTERCÂMBIO MAIS BARATO DO BRASIL? CLICA AQUI!


 

Você pode gostar:

O melhor guia para morar em Vancouver
Custo de vida em Vancouver: as melhores dicas para economizar

Categories
Curiosidades Estude e trabalhe no exterior Tudo sobre intercâmbio

Intercâmbio: 3 motivos para você cair de cabeça nessa ideia!

Primeiramente, existem muitos motivos para fazer um intercâmbio e isso gera milhares de dúvidas. Nós da Dreams estamos aqui para te responder e explicar todos.

Muitas pessoas se perguntam quais seriam os motivos para se fazer um intercâmbio. Bom, hoje em dia motivos para estudar fora não faltam. Afinal, o intercâmbio é uma experiência que oferece muitas possibilidades. Além de estudar, o intercambista pode trabalhar, estagiar, ou até mesmo realizar um trabalho voluntário. Ou seja, as opções de destinos são diversas e dependem do objetivo de cada um.

A partir de agora a gente vai te mostrar 3 motivos para fazer um intercâmbio e mudar de vida! Tá preparado? Vamos nessa!

Ganhar fluência em um idioma estrangeiro e se comunicar com qualquer pessoa

Uma das maiores vantagens de se fazer um intercâmbio é a evolução que se tem na língua nativa do país. Aqui na Dreams costumamos falar que um mês de curso de um idioma  no exterior é igual a um ano de um curso desse idioma no Brasil. E você pode está se perguntando “Como assim?”, “Será possível?”, “1 ano em 1 mês?”.

Deixa eu te explicar melhor!

A grande verdade é que é mais que possível aprender inglês em 1 mês durante o intercâmbio! Isso ocorre pois lá você vai falar essa língua praticamente 24 horas por dia. Então, todo o aprendizado durante as aulas vai poder ser colocado CONSTANTEMENTE em prática.

Um dos grandes problemas dos cursos de inglês que são oferecidos dentro do Brasil é que eles não te dão a oportunidade de praticar por longas horas e com nativos dos países. Ou seja, você aprende o idioma por 2 horas durante a semana e passa o restooooooooo dos dias falando em português.

Devido a isso, o nível de evolução e aprendizagem acaba sendo seriamente prejudicado. Portanto, aprender um novo idioma exige dedicação e PRÁTICA CONSTANTE. Esta prática constante é muito mais fácil quando se está fazendo um intercâmbio. Afinal, você não vai ter a opção de falar Português. É falar outro idioma ou falar outro idioma! Só assim você vai poder chegar cumprimentando todo mundo!

Conhecer novas culturas e abrir sua mente

Primeiramente, eu gostaria de deixar bem claro que viajar para o exterior te possibilita uma das maiores e melhores experiências que você pode ter na sua vida: interagir com pessoas de outras nacionalidades.

É durante o intercâmbio que você percebe que o mundo é muito maior do que parece. Todos os países possuem culturas únicas e ter a oportunidade de aprender um pouco sobre cada uma delas te faz mais humano. Te mostra que a gente sempre pode contribuir, ensinando e aprendendo com o próximo, independentemente de onde ele tenha vindo.

Você percebe que todos, mesmo nas nossas diferenças, somos iguais! E quando você se dá conta disso, a vida passa a ter outro sentido.

Fazer um intercâmbio te deixa mais capaz de lidar com problemas

Este, certamente, é um dos principais motivos que levam muitas pessoas a estudar fora do país! Estar sozinho num local desconhecido e sem ajuda de ninguém pode ser uma ideia que inicialmente não pareça tão agradável! Mas nós da Dreams podemos garantir que é a melhor escolha que você pode tomar para atingir um novo patamar na sua vida.

A capacidade de se adaptar, pensar e resolver problemas diversos nasce com qualquer ser humano. Uns desenvolvem essas este lado mais rápido e naturalmente, já outros, precisam de um “empurrãozinho”.

Saia da zona de conforto!

Sair da zona de conforto é um dos principais fatores que te levam a evoluir. O intercâmbio permite com que você possa desenvolver tais características de forma efetiva. Afinal, você vai ser o único responsável por resolver todos os problemas e situações que poderão surgir pelo caminho. Depois de fazer um intercâmbio a gente garante: você vai se tornar o super-herói que sempre quis ser!

Ahh, antes que a gente se esqueça!

Ao contrário do que muitos pensam idade não é um limite para fazer intercâmbio, ele pode e deve ser feito por pessoas de todas as idades, tendo inclusive exemplos de pessoas com 80 anos que tinham vontade de aprender uma língua nova fizeram e conseguiram. Então se você tem vontade de ter essa experiência não deixe a idade ser um obstáculo! Mas lembre de fazer seu Seguro Viagem.

Ademais, um intercâmbio também oferece a chance de dar  um upgrade (melhora) no currículo, já que muitas empresas valorizam candidatos que tiveram experiências em outros países na hora da seleção.

Ahhhhhh. Se quiser saber mais, dá uma olhadinha no vídeo do nosso canal no Youtube e se inscreve no canal.

Bem pessoal, gostaram das dicas? Já estão de malas prontas pra conhecer o mundo? E você, quando vai fazer seu intercâmbio? Fala com a gente.

Categories
Curiosidades Dicas de viagem

Viajar para Nova York – Guia Completo

Antes de mais nada, os diversos mitos sobre Nova York fazem com que ela seja uma cidade como nenhuma outra. Certamente, dentre todas as cidades dos Estados Unidos é aquela que apresenta maior diversidade cultural. Além disso, viajar até lá é como conhecer literalmente outro planeta. Aqui a gente vai te mostrar 5 mitos sobre Nova York que nunca te contaram!

Primeiramente, quem pensa em fazer um intercâmbio em NY logo imagina uma cidade daquelas gigante, cosmopolita, cheia de prédios, pessoas apressadas e um trânsito caótico, não é? Pois saiba que a Big Apple tem tudo isso sim e muito mais!

Nova York é praticamente a capital do mundo, recebendo turistas e imigrantes de toda parte. Além disso, este caldeirão de culturas tão diferentes faz da cidade um lugar onde todos são bem vindos. Logo, como toda grande metrópole caiu no imaginário popular e passou a ser alvo de algumas histórias, mas muitas delas são puro mito.

A partir de agora vamos entrar numa viagem junto com a Dreams Intercâmbios com destino às curiosidades mais incríveis sobre a Grande Maça. Partiuuu desvendar estes mitos!

Nova York é só Manhattan

Nem é só Manhattan, nem tampouco somente a cidade das compras. É formada por 5 distritos: Manhattan, Bronx, Queens, Broklyn e Staten Island, todos cheios de atrações. Há museus, parques além de vários programas para sair da rotina ‘turista’ usando o transporte público.

Museus

Em Nova York estão os principais centros de arte, fotografia, arquitetura e história natural do mundo. Existem centros para os mais diversos públicos e gostos. Aqui está uma pequena lista daqueles que você NÃO PODE deixar de visitar:

American Museum of Natural HistoryBrooklyn Children’s Museum; Fraunces Tavern; Museum of the City of New York; Queens Museum of Art; The Metropolitan Museum of Art.

Dica de viagem Dreams Intercâmbios:

Normalmente os museus cobram um valor simbólico pela entrada. Mas com o New York Pass você pode visitar uma grande variedade de museus SEM PAGAR NADA!

Parques

NY é uma cidade de muitas faces. Facilmente se encontram grandes centros corporativos, porém apresenta também belíssimos parques distribuídos ao longo de toda sua extensão. Aqui uma pequena lista de do TOP 3 parques que você DEVE conhecer.

Central Park

Bryant Park

Madison Square Park

Dica de viagem Dreams Intercâmbios:

Esteja disposto. Afinal, alguns parques são tão grandes que você precisará de várias horas para conhecer.

Só se come fast food em NY

Claro que não!! Uma das maiores curiosidades sobre Nova York está relacionada com o tipo de comida que se pode achar. Certamente você vai encontrar esse mix enorme de culturas e restaurantes que possuem incríveis pratos que vão dá mais alta gastronomia aos lanches rápidos. Nova York é uma cidade cheia de delícias que vão além do fast food.

É possível provar pratos de todas as partes do mundo sem sair da cidade. A variedade é enorme. É possível encontrar hambúrgueres, sushi, comida italiana. Bem como, comida indiana, comida mexicana, etc – um ao lado do outro.

Dica de viagem Dreams Intercâmbios:

Pesquise bem os preços e lugares. Pois comer bem não é sinônimo de gastar muito.

As pessoas de Nova York são rudes

Primeiramente, isto nãoooo existe!!! Essa é a cidade que nunca dorme por isso as pessoas estão sempre muito ligadas às outras e sempre querendo fazer novas amizades.  Ao mesmo tempo, em Nova York você consegue fazer amizade com pessoas de qualquer lugar do mundo! Finalmente, Os Americanos adoram o Brasil e nossa cultura!

As pessoas não andam de bicicleta em NY

O sistema metroviário é ótimo e o o preço do táxi é bastante acessível. Entretanto, o Central Park está lá para provar que os exercícios físicos fazem parte da rotina dos nova-iorquinos. Devido ao excelente ambiente para prática de esportes, a bicicleta é um dos meios mais utilizados pelos conterrâneos para ir ao trabalho.

Existem ciclovias ao longo de toda a cidade. Não só nas grandes avenidas ” avenues” (você pode identificá-las como uma faixa verde) mas também nas ruas “streets” (as ciclovias estão sinalizadas com linhas e elementos que lembram um ciclista).

Dessa forma, pedalar em NY é seguro, relaxante, além de ser uma ótima forma de se conhecer os mais diversos lugares.

Dica de viagem Dreams Intercâmbios:

Achar as ciclovias certas para você pode ser trabalhoso. Contudo, aqui você encontra um Mapa de todas as ciclovias da Cidade!

Andar de bicicleta como toda atividade física pode ser perigoso! Para isso é fundamental ter um bom Seguro Viagem.

Nova York é cara

Não é bem assim. Apesar de ter um dos metros quadrados mais caros do mundo, abrigar lojas de grife e hotéis luxuosos é possível ir para a cidade e gastar pouco. Além do mais, Nova York possui uma grande riqueza de opções para você fazer, com vááários programas de lazer baratinhos.

Dica de viagem Dreams Intercâmbios:

Alguns programas baratos. Você pode passear pelo Central Park, conhecer a Brooklyn Bridge ou visitar a Grand Central Station. Certamente estes programas serão inesquecíveis!

Enfim, a Big Apple é mesmo surpreendente, não é? Gostou de desvendar os mitos sobre Nova York? Deixa seu comentário!!

Ahh, quer saber mais? Então entra em contato com a Dreams Intercâmbios que eles podem te ajudar! Afinal, viajar é bom mas viajar pagando pouco é melhor ainda! Até a próximaaa.