Categories
Higher Education

Por que eu deveria estudar na Nova Zelândia?

Você sabia que estudar na Nova Zelândia é uma das melhores decisões que você pode tomar na vida? Não? Bom, você pode saber tudo bem aqui, de forma rápida e também direta, basta ler até o final para saber tudo sobre estudar na Nova Zelândia e quais são os pontos mais fortes desse país como uma potência educacional.

Abaixo, saiba tudo sobre como e o porquê de estudar na Nova Zelândia:

Por que estudar na Nova Zelândia?

A Nova Zelândia pode ser conhecida por ser um ótimo país em diversos aspectos, como um ótimo ponto turístico, com uma cultura extremamente rica, lugares estonteantes para passeios e até mesmo esportes radicais. Porém, você sabia que o país é um dos melhores do mundo para se ter uma experiência educacional? Pois é. 

Abaixo, entenda por que estudar na Nova Zelândia é uma das melhores:

Alto nível educacional

É bem comum que países orientais de origem asiática, como Japão e China, sejam vistos como potenciais educacionais, com alunos que costumam trazer cada vez mais resultados e prêmios para os respectivos países. Porém, nem tudo do lado oriental do globo se resume à Ásia.

A Nova Zelândia não fica atrás dos seus vizinhos orientais quando o assunto é educação, aliás, ela fica bem na frente. Usando como exemplo o ranking internacional de Educação para o Futuro de 2019, do The Economist, a Nova Zelândia aparece em 3º lugar, figurando na frente de países como: Japão, Alemanha, Austrália, Suíça, Canadá, Holanda e Singapur, ficando atrás apenas da Finlândia e da Suécia.

Estudar na Nova Zelândia

Cidades incríveis

Vamos pensar de forma ampla: a Nova Zelândia é um país que se divide entre cidades, que têm vidas diferentes e culturas de cotidiano diferentes. E o melhor de tudo isso, é saber que a Nova Zelândia tem várias cidades que se dividem entre economia, diversão e educação.

Em Auckland, por exemplo, a principal cidade da Nova Zelândia, você pode encontrar um mercado de trabalho aquecido e também uma grande variedade de instituições de ensino, indo de escolas de idioma até universidades. Assim como em Wellington, que além de ser a capital do país, também é um grande centro financeiro e comercial.

Para fazer um intercâmbio na Nova Zelândia, basta escolher a cidade que mais se adequa ao seu estilo de vida.

Ótimo mercado de trabalho

O sonho de todo estudante é concluir os seus estudos e conseguir uma boa oportunidade profissional, para que consiga desfrutar de uma boa qualidade de vida. 

E na Nova Zelândia, isso é uma realidade possível, pois segundo estatísticas disponibilizadas pelo próprio governo da Nova Zelândia, a taxa de empregabilidade se mantém acima da média, até mesmo depois de um período atribulado, como o ano de 2020.

Atualmente, a taxa de desemprego, atualmente, chega a 4%, menor do que a sua anterior de 4.7% e bem perto da mais baixa da história, 3,4%.

Usando Auckland como exemplo, a taxa de emprego para homens se mantém em 72%, enquanto as mulheres marcam a porcentagem de 62%, com ótimas taxas de crescimento no primeiro trimestre do ano de 2021.

Qualidade de vida

Esse item, é sem dúvidas, o mais importante para quem deseja mudar de vida enquanto estuda em outro país. A qualidade de vida é um ponto que sempre abordamos dentro dos nossos conteúdos aqui na Dreams, pois além de ser um fator essencial para uma ótima experiência de educação internacional, a qualidade de vida reúne a saúde, educação, segurança, poder de compra e até mesmo o custo de vida de um país ou cidade.

A Nova Zelândia é um dos melhores países do mundo quando o assunto é qualidade de vida, uma prova disso, é a frequente presença da cidade de Auckland nos rankings de melhores cidades do mundo para se viver.

Como você pode estudar na Nova Zelândia?

Antes de estudar na Nova Zelândia, você precisa saber qual será o seu foco de estudo no país, pois a partir dele, você poderá saber os valores, cargas horárias e até mesmo o plano de carreira que você deseja seguir dentro do mercado de trabalho internacional. Abaixo, confira qual caminho você pretende seguir para estudar na Nova Zelândia:

Lago Tekapo na Nova Zelândia

Escola de idioma

As escolas de idioma, geralmente, são voltadas para os alunos internacionais que desejam estudar e trabalhar na Nova Zelândia, com foco no estudo da língua inglesa e a sua prática, por isso, geralmente é indicado para quem deseja fazer uma renda extra enquanto enriquece o currículo a longo prazo.

NZIST

O Instituto de Habilidades e Tecnologia da Nova Zelândia, ou atualmente conhecido como TePūkenga, é responsável por oferecer cursos vocacionais voltados para o mercado de trabalho do país, o que facilita a ponte de estudo e trabalho para quem deseja ter uma profissão de forma mais rápida no país. 

O TePūkenga tem características parecidas com o TAFE da Austrália, mas funcionando de forma mais ampla e única, em várias regiões do país.

Além disso, também estão abrigados os ITPs, os Institutos de Tecnologia e Politécnicos, que contém uma variedade de cursos em tecnologia e que permitem estudar e trabalhar enquanto você estiver matriculado. Estudando em um ITP, você consegue trabalhar 20 horas por semana, podendo chegar ao horário completo de trabalho em período de férias.

Universidade

Assim como em muitos outros países, as universidades são responsáveis pelo último grau de formação, sendo o último nível do ensino terciário na Nova Zelândia, fornecendo diplomas de graduação superior como o bacharelado, mestrado e também doutorado.

Após o término dos seus estudos, você pode aplicar para o PSW neozelandês, um visto que permite o trabalho após a formação acadêmica em uma instituição de ensino regulamentada pelo governo.

Independente do caminho que você decidir escolher para estudar na Nova Zelândia, pode ter certeza de que o seu currículo estará ganhando níveis internacionais, mas tenha em mente que o caminho certo, decide o melhor futuro para você, certo?

Obrigado por ler até aqui e até a próxima!

Categories
Dicas

Os 5 maiores segredos sobre o intercâmbio na Austrália

Quer fazer intercâmbio na Austrália? Parabéns! Saiba que já fez uma ótima escolha. Mas em caso de ainda ter alguma dúvida, não se preocupe, pois nem todo mundo sabe do que a Austrália é capaz como um país de primeiro mundo. São diversos motivos para que você escolha este país como o destino dos seus sonhos, mas desta vez, vamos dar os 5 segredos que fazem do intercâmbio na Austrália um dos melhores do mundo, confira:

1 – A qualidade de vida é muito alta

A qualidade de vida de um país é o que pode fazer dele um dos melhores do mundo, por isso tantos países de ótima economia tem investido cada vez mais para que este índice cresça ao longo dos anos

Nós já temos alguns posts aqui no blog, falando sobre como o índice de qualidade de vida funciona, mas como o nosso objetivo é trazer a melhor informação para você, vamos deixar tudo bem explicado mais uma vez, certo? 

O índice de qualidade de vida é determinado a partir de alguns outros índices, que juntos, fazem o índice da qualidade de vida de um país ser muito alto ou muito baixo, tendo algumas variações entre esses níveis.

Para que fique tudo mais claro, vamos utilizar o exemplo do índice de qualidade de vida na Austrália. Utilizaremos a plataforma numbeo, que atualmente, é o maior banco de dados sobre qualidade de vida, custo de vida, segurança e muitos outros setores sobre vários países ao longo do globo. 

Índice de poder de compra 94,34   Moderado

Índice de Segurança 56,99               Moderado

Índice de Saúde 77,85               Alto

Índice Climático 92,70               Muito alto

Índice de custo de vida 83,22   Moderado

Preço da propriedade em relação à renda 7,24   Baixo

Índice de tempo de deslocamento diário 34,81   Baixo

Índice de Poluição 23,77   Baixo

Índice de qualidade de vida: 179,46   Muito alto

Os valores já falam por si só, principalmente pela soma final, que indica a qualidade de vida em um nível muito alto, reunindo custo de vida, segurança, poder de compra, saúde, renda, transporte público e poluição.

2 – O maior salário mínimo do mundo é da Austrália

É complicado ter uma qualidade de vida considerada até mesmo mediana quando o seu salário não corresponde às suas expectativas, né? Fica cada vez mais difícil manter um estilo de vida e prosperar quando tudo parece muito caro em relação ao que você ganha por mês.

Na Austrália isso é bem diferente, pois além de ser um país incrível em diversos setores básicos, o gigante da Oceania também é famoso por ir muito bem economicamente, tendo o salário mínimo que em 2020, foi eleito o maior do mundo, com o valor de AUD$ 2199,20. Hoje em dia, o valor já atinge AUD$ 3015.2 mensalmente para um trabalhador de tempo integral.

Atualmente, o dólar australiano se encontra no valor de 3,88 reais brasileiros, então, se fizermos uma conversão do salário mínimo australiano para o real brasileiro, utilizando este valor, teremos o incrível número de BR$ 11.702,16. 

Intercâmbio na Austrália: milsons point

Já imaginou receber 10 vezes mais do que o salário mínimo brasileiro? Pois é, por isso que tantas pessoas buscam a Austrália como um ótimo país não apenas para estudar, mas para que possam morar no futuro, com ótimas oportunidades financeiras.

3 – O nível educacional da Austrália é ótimo

Estudar fora do Brasil é o sonho de todo cidadão brasileiro que busca mudar de vida através da educação, ao mesmo tempo, os países têm entendido que estudantes estrangeiros são ótimas escolhas para o mercado de trabalho local, pois além de serem pessoas dedicadas, podem se tornar mão de obra qualificada no país.

Fazer um intercâmbio na Austrália significa estudar em um dos maiores países do mundo, não apenas pela sua qualidade de vida e costumes incríveis, mas pelo o que ele tem a oferecer para o estudante estrangeiro que busca melhorar o seu currículo internacionalmente.

Na Austrália, existem diferentes tipos de intercâmbio e que podem cobrir as demandas e objetivos de qualquer aluno, seja ele interessado por estudar melhor um idioma, fazer um curso técnico, vocacional ou até mesmo uma universidade.

Além disso, a Austrália tem um sistema de ensino completo para quem deseja entrar no mercado de trabalho. Tendo o nome de AQF, o sistema divide os alunos por níveis de graduação, que servem como classificações ideais para os empregadores que buscam determinados profissionais para o seu setor. 

E falando dos empregadores, é importante que você saiba que as grandes indústrias andam de mãos dadas com as instituições de ensino da Austrália. Assim, torna-se muito mais simples que estudantes estrangeiros consigam ingressar no mercado de trabalho australiano.

4 – O clima é perfeito

O clima pode ser uma coisa que não agrega muito no seu sonho, ou se faz parte dele, deve influenciar apenas nas atividades que você deseja fazer ao ar livre. Porém, além de ser um fator determinante dentro do índice de qualidade de vida de um país, você já parou pra pensar em como o clima pode afetar todo o ecossistema de uma determinada região?

Parece até mentira, mas o clima da Austrália é um dos motivos pelos quais as pessoas escolhem tanto este país para estudar e morar futuramente, já que o clima é muito convidativo e consegue ser muito ensolarado sem aquele calor que costuma incomodar em algumas temporadas aqui no Brasil. 

Assim, os parques acabam se tornando pontos muito comuns de encontro pelo simples fato de poderem proporcionar um grande leque de atividades ao ar livre. As praias também são grandes points de encontro, não apenas entre os nativos, mas também para todos os estudantes estrangeiros que acabam participando da vida cotidiana da Austrália.

5 – Não faltam pontos turísticos

Intercâmbio não é só estudar, certo? Porque nós imaginamos, que se você está procurando estudar em outro país, é porque ele pode proporcionar uma experiência completa de educação internacional, indo muito além do que você pode aprender dentro da sala de aula da sua escola de idioma ou universidade.

Mas nem tudo é sobre estudar em outro país. Viver uma outra cultura, com outros costumes e tradições, também faz parte do seu intercâmbio e é importante que você se lembre disso, para que viva cada segundo do seu intercâmbio na Austrália da melhor forma possível.

Por isso, é importante que você se divirta durante o seu tempo livre na Austrália, ao mesmo tempo que aprende sobre o país e os seus pontos importantes, visitando tudo o que a Austrália tem para oferecer como um país de primeiro mundo.

Como já dissemos acima, as praias têm lugar garantido no coração dos nativos e também dos estrangeiros, então lugares como a cidade de Gold Coast, que é muito famosa por suas longas praias e também pelos pontos de surf, costumam ser muito visitados.

Intercâmbio na Austrália: Gold Coast

Mas, ainda falando de Gold Coast, caso você não seja uma pessoa que curte a linha sol e praia, você pode visitar o SeaWorld, um parque aquático muito conhecido mundialmente, ou o próprio Dreamworld, um parque temático e também zoológico, que certamente merece uma visita.

Aqui, nós citamos apenas alguns lugares de uma única cidade, já parou pra pensar em quantos lugares você pode visitar enquanto estiver em outra cidade ou ao longo de toda a Austrália? Faça a sua experiência ser inesquecível!

Chegando até aqui, eu aposto que você se interessou por fazer o seu intercâmbio na Austrália, melhor ainda se quiser viver uma experiência incrível no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica no botão abaixo e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa!

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Categories
Intercâmbio Estudo e Trabalho

Por que você deveria estar fazendo um intercâmbio na Holanda

O intercâmbio na Holanda pode não ser algo que sempre esteve no seus objetivos, mas já pensou quais são os motivos que fazem da Holanda um dos melhores países do mundo para viver uma experiência educacional? Bom, aconselho que você leia aqui comigo, até o final, pois neste post nós temos as respostas para todas as suas duvidas e muito mais.

Abaixo, confira as razões de fazer o seu intercâmbio na Holanda e o que você pode fazer por lá:

Por que fazer intercâmbio na Holanda?

Você já ouviu falar da Holanda alguma vez na vida? Se sim, acredito que você já saiba o valor deste país não apenas para as pessoas que moram por lá, mas também para o mundo como um país exemplo em diversos fatores importantes para uma sociedade que busca evoluir a cada dia.

A Holanda sempre aparece nos rankings mundiais como um dos melhores países do mundo para se viver, pelo simples e incrível fato de que a qualidade de vida no país é sempre motivo de estudo por outros países que buscam crescer as suas economias e incrementar as suas políticas sociais para uma qualidade de vida cada vez melhor.

“A Holanda é isso tudo mesmo? Por que a qualidade de vida é tão boa?”

Não se preocupe, vamos responder isto de forma rápida e deixar bem claro para você.

Para que um país tenha um nível de qualidade de vida considerado elevado, ele precisa ter ótimos índices em alguns setores específicos, sendo eles:

  • Poder de compra
  • Saúde
  • Segurança
  • Nível de poluição
  • Custo de vida
  • Tempo de deslocamento diário (transporte público)
  • Clima/

Todos estes fatores podem ser calculados por meio de plataformas especializadas. Neste caso, podemos utilizar a plataforma Numbeo, o maior banco de dados sobre qualidade de vida do mundo, onde cada dado é coletado de acordo com a percepção dos cidadãos sobre aquele determinado setor, o que faz desses dados cada vez mais atualizados e precisos.

Os tipos de intercâmbio na Holanda

O tipo de intercâmbio que um país pode oferecer, varia de acordo com os objetivos do intercambista, então se você prefere melhorar o seu idioma, tem o intercâmbio perfeito para você. Em caso de querer um currículo mais voltado para o ensino superior, o intercâmbio na Holanda também serve para você.

Confira abaixo os tipos de intercâmbio e as vantagens que você terá com eles:

Intercâmbio de idioma

O curso de idioma de inglês geralmente é muito procurado por intercambistas ao longo do mundo, por ser uma opção muito mais acessível para quem busca além de aprender um idioma, viver uma experiência menos exigente em relação a vida acadêmica.

Mesmo assim, na Holanda, este não costuma ser o tipo de intercâmbio mais procurado, pois mesmo sendo um ótimo país, com ótimas escolas e com grande possibilidade de evoluir o idioma, o ensino superior ainda é o grande trunfo educacional na Holanda.

Universidades

Cursar o ensino superior em outro país significa ter um currículo com ótimo nível mundial, pois além de ser um país de referência, a Holanda se destaca como um dos maiores polos de ensino superior não apenas da Europa, mas do mundo.

Diversas instituições de ensino da Holanda, de nível superior, estão no ranking das 150 melhores universidades do mundo, sendo elas:

  • University of Amsterdam
  • Eindhoven University of Technology
  • Leiden University
  • University of Groningen
  • Utrecht University

Ter um diploma de graduação, mestrado ou doutorado, registrado por uma destas universidades, significa ter muitas oportunidades nas suas mãos para trabalhar em qualquer continente que você quiser, com a vantagem de ter um dos currículos mais requisitados do mundo.

Intercâmbio na Holanda

E da pra trabalhar enquanto eu estudo no país?

Claro! Com uma permissão especial que o seu empregador pode conceder, o estudante internacional tem o direito de trabalhar 10 horas semanais, podendo trabalhar em período integral no período de férias. Sendo uma abertura perfeita para você que deseja fazer uma renda extra no final do mês e dobrar este valor nos período de férias. Legal, né?

O que você pode fazer durante o seu intercâmbio

Fazer intercâmbio não é só estudar e passar nos testes da sua instituição de ensino. Você precisa conhecer tudo o que o país tem a oferecer de melhor para você, então, enquanto estiver estudando e trabalhando no país, separe um tempo para conhecer lugares importantes e divertidos.

Garanto que a sua experiência vai ser muito melhor!

Abaixo, confira lugares que você pode visitar durante o seu intercâmbio e ter uma experiência completa:

Giethoorn

Veneza é uma cidade que cresceu culturalmente nos sonhos de muitas pessoas que buscam conhecer um lugar novo, principalmente pela sua peculiaridade envolvendo rios e gondolas históricas. “Mas, Veneza não fica na Itália?”. Sim, ela fica. Mas a Holanda tem a sua própria Veneza.

A vila localizada na província de Overijssel, tem uma paisagem digna de filme dos contos de fadas, com flores e casas muito aconchegantes. A vila não tem ruas, apenas canais que podem ser percorridos com barco e bicicletas nas margens. No inverno as pessoas costumam utilizar patins para a locomoção e passeios, já que os rios, ou melhor, os caminhos, acabam ficando congelados.

Vila de Giethoorn

Kinderdijk

Mais uma vila única e com muita história pra contar. Se você curte passeios mais calmos e com paisagens dignas de tirar um tempo só para você, esta vila é o destino perfeito.

Fazendo parte da cidade de Molenwaard e conquistando o coração de muitos turistas, os moinhos mais conhecidos da Holanda foram construídos no século 19 para manter o solo daquela área mais seco, mas acabaram sendo tombados pela UNESCO e hoje são um ponto turístico obrigatório dentro da Holanda.

Vila de Kinderdijk

A ciclovia Van Gogh-Roosegaarde

Van-Gogh se foi, mas a sua história e as suas criações ainda são tão relevantes quanto as obras mais atuais que costumamos consumir e discutir diariamente. E para os holandeses, isto é algo levado a sério, pois em Eidhoven você pode passear de bicicleta por cima de uma das suas obras mais famosas.

Ciclovia Van Gogh-Roosegaarde
Créditos: Archello

Como já dito acima, a ciclovia está localizada na cidade de Eidhoven e conta com o grande diferencial de ter a pintura “A Noite Estrelada”, de Van Gogh, como tema do seu solo, o que faz do trajeto algo muito mais além do que um simples passeio, mas uma experiência visual, que fica para a vida toda de quem visita o local.

Chegando até aqui, eu aposto que você se interessou por fazer o seu intercâmbio na Holanda, melhor ainda se quiser viver uma experiência incrível no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica no botão abaixo e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa!

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!