Categories
Imigração

Você sabe como imigrar para o Canadá?

Você quer imigrar para o Canadá, mas só encontra conteúdos sobre os pontos turísticos do país? Sem resolver aquela dúvida real sobre imigração? Não precisa mais se preocupar com isso, pois além de saber tudo sobre os setores importantes do Canadá, você saberá tudo sobre como imigrar para o Canadá ao final deste post.

Agora, chega de papo e vamos direto ao que interessa. Confira abaixo por que e como imigrar para o Canadá:

Por que imigrar para o Canadá?

Você já deve ter ouvido falar sobre o Canadá, pelo menos uma vez na vida, e se você está aqui, com certeza tem consciência de que deseja imigrar para o Canadá. Mas, você sabe o real motivo de estar imigrando para o maior país das américas? Nem sempre o país se resume àquilo que pensamos sobre ele.

Abaixo, saiba o porquê de ser incrível imigrar para o Canadá e por que cada vez mais pessoas estão se tornando adeptas dessa mudança de vida:

Os benefícios de imigrar para o Canadá

Existem alguns itens importantes para a sua tomada de decisão sobre imigrar para o Canadá e isso realmente é muito importante para quem deseja ir morar de vez em um outro país.  Conhecer os seus pontos turísticos e saber que a cultura é diferente, com certeza é bem legal, mas sem dúvida é mais importante saber como ele funciona no dia a dia. 

Alto nível educacional

O Canadá é um dos países mais importantes do mundo quando o assunto é educação internacional. Em rankings especializados como o PISA, que avalia diversos países de todos os continentes do mundo, o Canadá aparece na 6ª posição geral, para leitura, matemática e ciência, sendo um reflexo de todo o investimento que o Canadá tem feito ao longo de todos esses anos.

Estudantes de vários países do mundo costumam viajar todos os anos para o país, com o objetivo de fazer um intercâmbio de alto nível educacional e com chances reais de imigração. 

Em 2020, da porcentagem total de alunos estrangeiros registrados no Canadá, temos a seguinte divisão por porcentagem:

  • India 34%
  • China 22%
  • Vietnam 4%
  • Coreia do Sul 3%
  • França 3%
  • Irã 3%
  • Brasil 2%
  • Nigéria 2%
  • Estados Unidos 2%
  • Japão 1%
  • Bangladesh 1%
  • Argélia 1%
  • Marrocos 1%
  • México 1%
  • Colômbia 1%
  • Filipinas 1%

Sendo assim, não precisa se preocupar em ser um estudante estrangeiro em um país gigante. A multiculturalidade educacional não só está presente, como é muito respeitada no Canadá.

Alta qualidade de vida

Você já parou pra pensar, nem que seja por um minuto sobre a qualidade de vida que tem no Brasil? Sobre como as coisas funcionam atualmente em relação à segurança, saúde e educação? Pois é, isso tudo influi sobre a qualidade de vida de um país.

O Canadá, segundo a OECD, é um dos melhores países do mundo para se morar, pois em diferentes rankings, que medem diferentes setores como: moradia, saúde, educação, satisfação pessoal, segurança, meio ambiente. 

Abaixo, confira as posições do Canadá nestes rankings, segundo a OECD:

Saúde: 1

Renda: 6

Meio Ambiente: 8

Educação: 5

Segurança: 9

Moradia: 4

Então, se você sente uma certa insatisfação sobre o país em que você vive, e a qualidade de vida é um fator muito importante para você, o Canadá é o país que mudará tudo na sua vida, sendo um dos países que servem de referência mundial para qualidade de vida. 

Facilidade de imigração para estudantes

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o melhor caminho para se imigrar para outro país, não é por meio de uma proposta de trabalho, se utilizando de uma empresa internacional. Os países desenvolvidos valorizam a educação como nenhum outro setor, pois acreditam que é daquele lugar, que vem a base construtora de todo o resto.

No Canadá, existe um sistema de pontos chamado Express Entry, onde você soma pontos e pode conseguir a sua imigração para o país. Um dos requisitos que contam mais pontos neste sistema, é a formação de um College, que também pode ser feito por brasileiros que desejarem se formar no país.

Como imigrar para o Canadá

Como imigrar para o Canadá

Agora que você já sabe um pouco sobre o que lhe espera no Canadá, chegou a hora de saber o que você precisa fazer para imigrar para o Canadá da maneira correta, sem depender de meios incertos que podem não resultar no que você realmente deseja: morar no Canadá de forma permanente.

Agora, antes de tudo, você precisa saber que existem diversos tipos de programa de imigração para quem deseja viver como um autêntico cidadão canadense, sendo eles: federais e provinciais.

Os programas provinciais

Os programas provinciais, ou PNPs, são eventuais e funcionam de acordo com a demanda de uma determinada província. Sendo assim, são programas que facilitam muito a entrada de novos imigrantes para o país, mas que variam as suas demandas de acordo com o mercado daquele local. 

Em British Columbia, por exemplo, existe a demanda por estudantes de mestrado ou doutorado, profissionais da área de saúde e algumas outras profissões que podem ser encontradas clicando aqui. Além disso, a província de B.C também tem a demanda por profissionais de T.I, no qual o seu programa se chama PNP Tech.

Para outros exemplos, nós temos os seguintes programas provinciais:

  • Alberta Immigrant Nominee Program (AINP)
  • Manitoba Provincial Nominee Program (MPNP)
  • Ontario Immigrant Nominee Program (OIN)
  • Saskatchewan Immigrant Nominee Program (SINP)

Os programas federais

Os programas federais são criados pelo governo federal do Canadá, tendo objetivos mais abrangentes e que podem te fazer trabalhar em uma rede mais ampla de províncias, sem se manter totalmente comprometido a uma única província.

Como já citamos acima, o Express Entry é um sistema de pontos que funciona como uma grande prova, onde a cada requisito que você atende, a sua pontuação será aumentada. Dentro do Express Entry, estão os seguintes programas:

Federal Skilled Work – Destinado para estrangeiros qualificados mesmo que não tenham formação educacional ou experiência no Canadá.

Federal Skilled Trade – Destinado para profissionais estrangeiros com aptidões técnicas, sem a necessidade de uma graduação

Canadian Experience Class – Ideal para profissionais estrangeiros capacitados, com grau de escolaridade e experiência anteriores no Canadá.

Todos eles têm um mesmo objetivo: a contratação e imigração de profissionais qualificados para que se tornem mão de obra qualificada a longo prazo

Além disso, como já dito acima, o governo canadense valoriza a educação como um dos pilares mais importantes do país, assim, se torna cada vez mais necessário que os candidatos sejam cada vez mais qualificados, sendo uma formação em colleges público, um diferencial de pontuação para imigração no Canadá.

Legal, né? Chances e programas são o que não faltam. Só depende de você e do seu empenho com a educação!

Até a próxima!

Categories
Dicas

Morar em Toronto: tudo sobre a cidade em 3 minutos

Morar em Toronto é a escolha certa para você que busca mudar de vida, principalmente pelo fato de ela ser uma das melhores cidades do Canadá. Mesmo assim, algumas pessoas acabam não sabendo sobre como é a vida na cidade ou também sobre como podem ir morar por lá.

Por isso, elaboramos um conteúdo completo, não apenas sobre como é morar em Toronto, mas também sobre o melhor caminho para morar na capital de Ontário, confira abaixo:

Como é a vida na cidade de Toronto

Toronto é uma das melhores cidades do mundo para se viver, principalmente pela sua qualidade de vida, que é resultado de vários fatores importantes que vamos falar abaixo.

Para morar em Toronto, é importante saber como a vida funciona, certo? Por isso nós vamos falar um pouco sobre:

  • Cotidiano
  • Clima
  • Transporte 

O cotidiano é muito importante para entender a vida comum na cidade, como ela funciona normalmente, enquanto o clima e o transporte são fatores muito importantes para a composição da qualidade de vida, mas também muito úteis para quem deseja morar na cidade.

Abaixo, confira de forma rápida e completa sobre como é morar em Toronto:

A vida cotidiana em Toronto

A cidade de Toronto é um dos maiores centros multiculturais, não apenas do Canadá, mas do Mundo. Então, se você busca ter uma experiência completa, que reúna vár 

Toronto é simplesmente o maior centro financeiro do Canadá, sendo responsável pela principal bolsa de valores do país, que atualmente é uma das maiores do mundo.

Além disso, Toronto é o ponto central da região metropolitana, fazendo dela o foco das atenções quando o assunto é urbanização.

Dentro da vida em Toronto, também existe muita cultura, pois além de ser uma das cidades que mais produzem filmes e programas de televisão, é bem possível que você veja cenas de filmes e séries sendo gravadas pelas ruas da cidade.

Morar em Toronto

Indo um pouco mais para o lado cultural da cidade, se você gosta de esportes, Toronto não vai ficar devendo em nada, pois além do esporte ser algo cultural, a cidade é a casa de times que estão em todas as ligas profissionais norte-americanas, dentre eles estão:

  • Toronto Blue Jays (Baseball – MLB)
  • Toronto Argonauts (Futebol – (CFL)
  • Toronto Raptors (NBA)
  • Toronto F.C (MLS)
  • Toronto Maple Leafs (NHL)

São diversos times para torcer, com vários estádios para visitar.

Além disso, a economia é bem diversificada, com economia, design, artes, educação e tecnologia, sendo os setores que mais recrutam pessoas. 

Assim, com áreas diversificadas, acaba existindo mais espaço de ingresso no mercado, basta que você seja uma pessoa graduada e capacitada.

O Clima

Gosta de calor? Você vai adorar Toronto. Gosta de frio? Então você vai amar a cidade.

O clima de Toronto consegue agradar a todos os públicos, mesmo que de forma aleatória ao longo do ano, pois as altas temperaturas, mesmo em seu limite, chegam em 21º, enquanto no frio extremo, pode chegar a -30º.

Clima de Toronto

Mas como já dissemos acima, o clima é um pouco instável, então você pode estar curtindo um ótimo dia de sol na cidade hoje, mas dentro de alguns dias pode estar fazendo anjos de neve por causa da baixa temperatura. 

Se você gosta de viver experiências diferentes, de acordo com o clima, Toronto é a cidade perfeita para você!

Transporte

Não dá pra estudar, trabalhar ou até mesmo morar em Toronto sem um transporte que funcione, certo? 

O governo da cidade de Toronto sabe disso, e por isso, a Toronto Transit Comission disponibiliza as melhores rotas de ônibus, bondes e metrô, fazendo com que o transporte público de Toronto seja um dos melhores da América do Norte. 

Transporte em Toronto

São aproximadamente 400 linhas de ônibus e 12 linhas de bondes, fazendo com que a cidade de Toronto seja uma das maiores do mundo em relação a extensão do serviço de bondes.

Toronto também tem um sistema de metrô, composto por quatro linhas no formato da letra “U”. As linhas são: Yonge Street, Bloor-Danforth, Sheppard e Scarborough.

Atualmente, o metrô de Toronto é o meio de transporte mais utilizado na cidade.

Como morar em Toronto

Como turista, você pode até visitar Toronto, mas não terá a possibilidade de continuar na cidade por um maior período de tempo, o que elimina as suas chances de conseguir somar alguns pontos para morar no país.

O Canadá, como um todo, é um país que valoriza a educação, não é atoa que metade da população canadense tem um diploma acadêmico. Além disso, pouco mais de 90% do povo canadense é alfabetizado, o que só reflete o interesse do país em investir massivamente no setor educacional.

Agora que você já sabe disso, é importante que você tenha a mentalidade de que o Canadá valoriza pessoas que queiram crescer junto com o país, partindo sempre da educação como ponto inicial. Por isso, os colleges e universidades continuam sendo a porta de entrada para o país.

Toronto tem ótimas instituições de ensino, responsáveis pelo alto nível educacional que vem capacitando ao longo dos anos não apenas os nativos, mas também alunos estrangeiros que desejam imigrar para o país.

Estudando em um college, você consegue garantir permissões especiais, como o PGWP, que concede a permissão de trabalho após o término do curso. 

O intercâmbio em Toronto

Toronto é uma das melhores cidades do mundo para se viver,  não apenas por ficar em um país incrível como o Canadá, mas por entregar tudo o que um aluno estrangeiro busca: mudar de vida enquanto cresce profissionalmente.

Se você tem vontade de estudar em Toronto mas não sabe como, nós temos a resposta perfeita para você.

Basta clicar neste link para falar com um dos nossos especialistas! 

Categories
Imigração

Províncias do Atlântico: saiba uma das melhores maneiras de imigrar

As províncias do Atlântico deveriam estar no seu radar se você deseja imigrar para o Canadá, pois existem alguns fatores muito importantes, que facilitam as suas possibilidades de imigração para o maior país das Américas.

Por isso, criamos um post completo, falando sobre as províncias e as suas facilidades de imigração para o Canadá.

Conheça as Províncias do Atlântico do Canadá

Se você quer imigrar para o Canadá, é importante que saiba que essas províncias que vamos trazer para você, são responsáveis pelo grande número de pessoas que têm imigrado para o Canadá ao longo dos anos. 

Quer saber em qual delas você se encaixa melhor? Então confira abaixo a geografia, o clima e qual é o setor que essas províncias mais valorizam:

New Brunswick

Se você gosta de lugares mais arborizados e com um clima mais ameno, com tendências de ser um local até um pouco mais frio, a província de New Brunswick é o local perfeito para você.

provincias do atlantico canada: New Brunswick

A província trabalha em larga escala com linhas de produção de bens, setor que é o grande responsável pela grande parcela de empregos no mercado da província, que atende a fabricação de certos produtos e também no setor de construção. 

No setor da produção de serviços, os trabalhadores costumam ocupar as profissões nas áreas de assistência social, comércio e saúde.

Nova Scotia

Sendo a segunda menor província do Canadá em extensão territorial e quase totalmente cercada pelo mar, a província costuma ter um clima mais temperado, com invernos bem mais frios que o normal e verões bem frescos, livre daquele calor complicado que acaba esquentando além do aceitável.

provincias do atlantico canada: Nova Scotia

A Nova Scotia trabalha com recursos naturais, sendo a pesca um dos setores que mais trouxeram lucro para a província, porém, como todo recurso natural, a pesca acabou sofrendo com o seu excesso no século 20, dando lugar a outros setores, com mais chance de lucro.

Atualmente, a província de Nova Scotia se destaca pela agricultura, pesca, extração de gás natural e a silvicultura, responsável pela extração de madeira das florestas ao mesmo tempo que gerencia o cultivo de plantação na região, para continuar a preservação do local.

Newfoundland and Labrador

Ficando ao extremo leste do Canadá e sendo dividida pelo Estreito de Belle Isle, a província acaba ficando marcada por duas partes distintas, mas que fazem parte de um todo. A maior área da província, que faz parte do continente canadense, leva o nome de Labrador, enquanto a ilha mais abaixo leva o nome de Newfoundland (Terra Nova).

Assim como a sua irmã do Atlântico, Nova Scotia, Newfoundland and Labrador também é muito rica em recursos naturais, o que também fez com que a pesca fosse um grande recurso econômico da indústria local, mas que também sofreu com o excesso, fazendo com que uma nova variedade fosse criada.

Nessa variação dos setores da economia, temos a mineração, extração de óleo e desenvolvimentos de hidroelétricas.

Prince Edward Island

A menor província do Canadá está ao norte da Nova Scotia e ao leste de New Brunswick, sendo um lugar bem mais tranquilo, com grandes campos verdejantes, colinas e bosque e enseadas. São lindas paisagens que retratam a calma do lugar, sendo até mesmo inspiração para algumas obras literárias.

Prince Edward Island

Um dos maiores setores da Ilha do Príncipe Edward, é a agricultura, junto com o turismo, construção e a manufatura de recursos primários. 

Como imigrar para as Províncias do Atlântico do Canadá

Como vimos acima, as províncias têm qualidade únicas e que fazem delas diferentes pilares para a economia local. Por isso, existem diferentes demandas e necessidades para cada uma delas.

Porém, estas províncias sofrem com a falta de mão de obra qualificada para trabalhar em determinados setores, o que resulta em uma procura cada vez maior de trabalhadores estrangeiros qualificados.

Para imigrar, você precisa saber, primeiramente, quais são os programas responsáveis pela imigração de estrangeiros para o Canadá, para que você consiga entender qual é o processo e quais são as maneiras de se conseguir chegar ao final que você deseja.

O Programa de Imigração Atlântica tem a intenção de ser um caminho ou até mesmo atalho, para profissionais qualificados e internacionalmente graduados, que queiram trabalhar e viver em uma das 4 províncias do Atlântico do Canadá. 

O programa foi criado com o objetivo de que as empresas do Canadá Atlântico possam contratar pessoas qualificadas para funções que eles não conseguem preencher com pessoas de dentro da província.

Requisitos de imigração para as províncias do Atlântico

Para imigrar por meio deste programa, você precisa primeiramente receber uma oferta de trabalho por um empregador designado no Canadá Atlântico para participar do programa.

Após receber a oferta de emprego, você precisa  ter em mãos uma cópia da confirmação de designação, que a empresa precisa ter para comprovar a sua elegibilidade para o programa.

Em caso da empresa não ser designada para o programa, você precisa pedir a ela que vá em busca da Confirmação de Designação.

Após esta etapa, você precisa atender aos seguintes requerimentos dos 3 programas que estão dentro do projeto de imigração. 

Você pode se qualificar para mais de um programa, mas você poderá aplicar para apenas um.

Atlantic International Graduate Program

Os requisitos para se aplicar:

  • Ter uma graduação, diploma ou outra credencial de uma instituição pública ou em uma província do Atlântico.
  • Ter vivido em uma província do Atlântico por pelo menos 16 meses em até 2 anos antes de obter seu diploma ou credencial.
  • Certificação em um teste de idioma para comprovar o seu nível.
  • Demonstrar que você pode sustentar a si mesmo e a sua família quando vier para o Canadá.

Atlantic High-Skilled Program

Neste programa você deve ter:

  • Trabalhado em um cargo de gestão, profissional ou técnico por pelo menos um ano
  • Diploma canadense de ensino médio ou educação equivalente
  • Teste de idioma para atestar o seu nível de inglês ou francês
  • Comprovação financeira em mãos, para comprovar que pode sustentar a si mesmo e também a sua família.

Atlantic Intermediate-Skilled Program

A aplicação deve seguir o seguinte:

  • Ter trabalhado em alguma função que requer ensino médio ou treinamento específico por pelo menos um ano
  • Diploma canadense de ensino médio ou educação equivalente
  • Teste de idioma para atestar o seu nível de inglês ou francês
  • Comprovação financeira para demonstrar que você pode sustentar a si mesmo e também a sua família no Canadá 

Como podemos observar, para que você tenha uma facilidade maior com os programas, é preciso que você tenha um diploma canadense de educação. 

Por isso, é importante que você comece desde já o seu planejamento de imigração para o Canadá por meio da educação.

Quer saber como você pode acelerar esse processo e conseguir um diploma no Canadá? Clique aqui! Nós temos a resposta perfeita para você.

Se quer aprender mais sobre o Canadá e como é a vida por lá, visite o nosso canal do youtube, são diversos tipos de conteúdos para que você tenha uma experiência completa.

Categories
Imigração

Express Entry no Canadá: saiba tudo sobre o sistema

O Express Entry é uma das coisas mais importantes para quem deseja morar no Canadá, sendo uma maneira bem mais rápida de imigração.

Mesmo assim, existem alguns detalhes que nem todo mundo sabe sobre o sistema, por isso, a Dreams preparou esse conteúdo completo sobre tudo que você deveria saber sobre o Express Entry no Canadá.

Quer saber como imigrar para o Canadá da maneira mais rápida? Leia até o final!


O que é Express Entry?

O Express Entry é um sistema federal implementado pelo governo canadense, com a intenção de conceder a permissão de residência permanente para pessoas que o governo canadense possa julgar como um cidadão que pode agregar a sociedade canadense, fornecendo a permissão de imigração em até 6 meses ou menos.

Dentro do Express Entry, temos os seguintes programas econômicos federais:

Federal Skilled Worker Program (FSW)
Federal Skilled Trades Program (FST)
Canadian Experience Class (CEC)

Abaixo, vamos explicar de forma bem rápida e direta sobre cada um deles, principalmente porque para que você possa aplicar para o Express Entry, você precisa ao menos ser qualificado para ao menos um desses programas econômicos. Confira:


Federal Skilled Worker

Este programa, funciona basicamente para estrangeiros que têm uma experiência profissional em seus países de origem e que desejam imigrar para o Canadá permanentemente.

Os requerimentos mínimos para se tornar elegível para o programa são:

Experiência de Skilled Worker (Explicaremos melhor abaixo)
Habilidade de linguagem
Educação

É obrigatório que você cumpra todos os requisitos mínimos para se tornar elegível.


Federal Skilled Trades

Atender aos níveis de idioma exigidos para cada habilidade do idioma

Writing
Reading
Listening
Speaking

Assim como também:

Ter pelo menos 2 anos de experiência de trabalho em tempo integral (ou igual quantidade de experiência de trabalho em meio período ) em um comércio especializado nos 5 anos anteriores à sua inscrição

Sua experiência de trabalho deve ser para trabalho remunerado (salários pagos ou comissão ganha – trabalho voluntário ou estágios não remunerados não contam)

atender aos requisitos de trabalho para esse comércio qualificado, conforme estabelecido na Classificação Ocupacional Nacional (NOC), exceto para a necessidade de um certificado de qualificação

Ter um (a): Oferta válida de emprego em tempo integral por um período total de pelo menos 1 ano ou certificado de qualificação nesse comércio especializado emitido por uma autoridade provincial, territorial ou federal canadense.


Canadian Experience Class

Este programa atende aos profissionais qualificados que já tiveram uma experiência de trabalho canadense e querem imigrar permanentemente para o país.

Assim como o FST, você precisa atender aos níveis de idioma exigidos para o seu trabalho para cada habilidade no idioma em:

Writing
Reading
Listening
Speaking

Ter pelo menos 1 ano de experiência profissional qualificada no Canadá, nos últimos 3 anos antes de se inscrever – você pode atender a isso de algumas maneiras diferentes:

tempo integral em 1 trabalho: 30 horas / semana por 12 meses = 1 ano em tempo integral (1.560 horas)

igual montante em trabalho a tempo parcial: por exemplo 15 horas / semana durante 24 meses = 1 ano a tempo inteiro (1.560 horas)

trabalho em tempo integral em mais de 1 emprego: 30 horas / semana por 12 meses em mais de 1 emprego = 1 ano em tempo integral (1.560 horas)
Ganhou sua experiência de trabalho trabalhando no Canadá enquanto tinha o status de residente temporário com autorização para trabalhar

“E como eu posso ser um skilled worker?”

Levando para o lado literal da coisa, o skilled worker, ou trabalhador habilidoso (que podemos chamar de profissional qualificado), precisa se mostrar importante para o Canadá em alguma área específica. Quanto mais o Canadá precisar de você, mais rápida será a sua admissão.

Porém, o processo de avaliação vai muito além do que você mostra no seu currículo. Diversos dados da sua vida serão analisados para que você seja aprovado ou não, então é importante somar o máximo de pontos possível.

E quando falamos sobre “somar pontos”, não é atoa, pois o Express Entry funciona com base na pontuação, priorizando sempre quem conseguir a pontuação mais alta.

Express Entry Canadá


O processo do Express Entry

Agora que você já sabe quais são os programas econômicos importantes e os seus requerimentos, entenda como é o processo do Express Entry e como você irá avançar durante o processo.


1 – Criando o seu perfil

Após verificar se você se qualifica em algum dos programa econômicos citados acima, você pode criar o seu perfil, preenchendo dados importantes, como: suas habilidades, experiência de trabalho, nível de habilidade com o inglês, educação e algumas outras informações pessoais.

2 – Entrando na disputa

Após enviar o seu perfil, você entra numa “pool” com outras pessoas que também aplicaram para o Express Entry no Canadá, onde você será avaliado por meio do Comprehensive Ranking System, um sistema que avalia a sua experiência de trabalho, habilidades, fluência com a língua inglesa ou francesa, nível educacional e outros fatores que vamos explicar mais abaixo, quando falaremos sobre a pontuação do Express Entry.

3 – Recebendo o convite

Caso você some pontos suficientes no CRS e se encontre no topo do ranking entre as pessoas da pool, você receberá o convite para a imigração, o ITA (Invite To Apply).

Após isso, você tem 90 dias para aplicar de forma totalmente online, para um dos programas econômicos que já citamos acima. O processo pode durar até 6 meses, sendo mais rápido em caso da sua classificação no NOC ser mais alta.


Como funciona a pontuação do Comprehensive Ranking System?

Se você quer saber em média quantos pontos terá para o Express Entry no momento, ou como melhorar a sua pontuação se baseando na tabela, você veio ao lugar certo, pois este tópico é um dos mais importantes para quem deseja imigrar para o Canadá.

Abaixo, separamos de forma simples e direta, os itens analisados pelo CRS e como eles funcionam, confira a lista:

  • Qual idade; (Quanto mais novo, mais pontos)
  • Estado civil; (Solteiro mais pontos, quanto mais membro na família a pontuação diminui)
  • Nível de escolaridade; (Quanto mais formação, mais pontos)
  • Escolares no Canadá (Quanto maior o grau de formaçã,o maior a pontuação)
  • Idiomas e notas; (Quanto mais próximo da proficiência, maior a pontuação)
  • Experiência de trabalho no Canadá (Conforme o NOC a pontuação aumentará)
  • Experiência de trabalho no Exterior (Quanto mais anos de experiência, maior pontuação)
  • Certificado de qualificação de uma província. (Se tiver, pontuará conforme certificação)
  • LMIA aprovado para alguma oferta de trabalho. (Se tiver, pontuará conforme Job Offer)
  • Certificado de nomeação de uma província (Se tiver, pontuará conforme certificação)
  • Tem irmão de sangue morando no Canadá como residente ou nativo (a avaliar)

O segredo para sair na frente


Aposto que você chegou até aqui com o intuito de saber qual é o segredo que você precisa saber para passar na frente da pool, conseguindo o Express Entry da forma mais rápida possível.

E o segredo é bem simples: estudar no Canadá.

Não entendeu ainda o poder desse segredo? Eu te explico:

O Canadá valoriza a educação e é um país referência neste setor. Por isso, o país tem valorizado cada vez mais os profissionais qualificados dentro do país. Sendo assim, se você busca imigrar para o Canadá da forma mais rápida possível, comece a estudar no Canadá para somar pontos importantes com o governo do país.

Se você tem alguma dúvida sobre como pode estudar no país, fala com a gente neste link, vai ser um prazer falar com você!

Quer saber mais sobre o Canadá? Ou dicas para imigrar? Então fica ligado na nossa página do instagram, lá tem conteúdos completos para você aprender de forma rápida e divertida.

E se você é uma pessoa que prefere assistir vídeos, tem conteúdo pra você também! O nosso canal no youtube é cheio de informações, assim como dicas muito valiosas que você pode utilizar no Canadá.

E por último, mas não menos importante. Se quiser saber como é o custo de vida no Canadá, quanto é o valor do salário ou quais são os lugares mais legais para se visitar, o nosso blog é o lugar certo!

Categories
Notícias

Vacinação no Canadá: ritmo acelerado para abertura das fronteiras

A vacinação no Canadá segue perseverante e com ótimas notícias para quem pretende viajar no final de 2021 ou livremente no ano de 2020, por isso, trouxemos um conteúdo completo e totalmente baseado nos dados oficiais do governo canadense, para você, que ama viajar, já está de olho no Canadá há um tempo, mas não sabe quando vai poder realizar o seu sonho. Confira abaixo:

Como está a vacinação no Canadá?

A vacinação no Canadá começou no dia 13 de dezembro de 2020, e desde então, tem sido objeto de estudo e observação pelo mundo todo, não apenas por pesquisadores e grandes veículos de comunicação, mas também por pessoas que desejam viajar para o país desde antes do caos sanitário causado tanto dentro do Canadá, quanto no mundo como um todo.

Mas como está o ritmo de vacinação no Canadá ao final deste semestre? Bom, atualmente, para sermos mais precisos, dia 25 de junho de 2021, o Canadá já conta com pouco mais de 25,041,027 pessoas vacinadas, o que corresponde a porcentagem de 65,89% de pessoas vacinadas dentro do país.

Esta porcentagem de quase 66%, corresponde ao todo, porém, como sabemos, existem diferentes tipos de vacinas, que podem variar o seu número de doses e período de tempo. Sendo assim, quando falamos sobre pessoas parcialmente vacinadas, temos o número de 17,707,804 pessoas, correspondente a porcentagem de 46,59%.

Cidade no Canadá

Quando o assunto se torna pessoas totalmente vacinadas, temos um número bem mais tímido, mas que sem dúvida deve aumentar aceleradamente ao longo dos próximos meses, com mais pessoas tomando as suas segundas doses. Atualmente, o número de pessoas totalmente vacinadas atinge o total de 7,333,223 pessoas, que na porcentagem geral da população canadense, corresponde a 19.30%.

E ainda podemos aumentar a porcentagem total, pois o governo canadense informou que desde o seu último levantamento, 630,918 pessoas (1.66%) haviam sido parcialmente vacinadas.

A situação nas províncias

É impossível falar do Canadá sem ao menos citar um pouco sobre a situação das suas províncias, que mesmo funcionando de formas diferentes, estão unidas por uma mesma causa. Abaixo, vamos falar das províncias que estão com maior porcentagem de vacinação, chegando por fim até as menores.

Nova Scotia – 70.18%

Newfound and Labrador – 69,91%

Quebec – 69,30%

Prince Edward Island – 68,21%

British Columbia – 67,52%

New Brunswick – 66,69%

Yukon – 66,74%

Ontario – 65,68%

Northwest Territories – 65,45%

Manitoba – 61,59%

Alberta – 59,67%

Saskatchewan – 59,21%

Nunavut – 50,36%

As porcentagens acima foram levantadas a partir da base da população que recebeu ao menos uma dose. Assim, podemos compreender que as províncias menores estão muito mais avançadas em relação a vacinação em geral. Além disso, podemos dar uma atenção especial à província do Quebec, que mesmo sendo maior do que as suas irmãs vizinhas, tem seguido muito bem no ritmo de vacinação.

Cidade em Nunavut

E então? Aquela província que você sempre quis visitar está num bom ritmo? Se não, não precisa se preocupar, pois o Canadá, atualmente, está trabalhando com 5 vacinas simultaneamente, diminuindo a burocracia e driblando as limitações que poderiam ser criadas por causa do baixo número de vacinas. 

As vacinas utilizadas pelo Canadá

E falando em vacina, é importante sabermos com quais vacinas o Canadá está trabalhando em seu plano de vacinação, para que possamos entender qual é o ritmo real da vacinação canadense em relação ao número de aplicações e doses.

Vidros com vacina

Como já dissemos acima, o Canadá, atualmente, trabalha com 5 vacinas simultâneamente, sendo elas:

  • Pfizer-BioNTech
  • Moderna
  • COVISHIELD
  • AstraZeneca
  • Janssen

Utilizando a tabela disponibilizada pelo relatório oficial canadense, temos os seguintes números:

EmpresasPelo menos uma doseDose parcialDoses completas 
Pfizer-BioNTech48.41% (18,399,333)25.98% (9,871,943)10.91% (4,144,751)
Moderna11.80% (4,483,925)5.98% (2,273,908)2.74% (1,041,252)
COVISHIELD0.72% (272,042)0.41% (154,016)0.01% (4,450)
AstraZeneca4.26% (1,619,474)2.68% (1,018,410)0.31% (118,853)
Janssen0% (103)n/a (n/a)0% (103)
Combinação1.21% (459,481)n/a (n/a)1.21% (459,481)

Assim, podemos concluir que o Canadá está em um ritmo realmente acelerado, longe de se manter estagnado em relação a outros países. Além disso, percebemos que o país também tem praticado a tática de combinar vacinas, fazendo com que o número de pessoas vacinadas seja cada vez mais alto, principalmente nas províncias menores, que consequentemente acabam tendo uma população menor e mais rapidamente imunizada.

Viajar para o Canadá está se tornando um sonho cada vez mais real, basta ter um pouquinho mais de paciência, e o Canadá estará pronto para nos receber de braços abertos, assim como também estaremos cada vez mais capacitados aqui no Brasil, prontos para arrumar as malas e fazermos um intercâmbio sensacional!

Todas as informações foram retiradas de um relatório oficial, elaborado e disponibilizado pelo próprio governo do Canadá, que pretende lançar um novo levantamento no dia 5 de julho de 2021.

Categories
Higher Education

T.I no Canadá: o melhor curso para imigrar

Estudar T..I no Canadá significa mudar de vida a longo prazo, principalmente se você estiver buscando uma qualidade de vida melhor, enquanto pode trabalhar no emprego dos seus sonhos. O problema, é que algumas pessoas costumam não saber sobre o quanto este curso é bem visto pelo Canadá e como podem imigrar por meio dele. Quer saber sobre isso? Você veio ao lugar certo! Confira abaixo por que fazer T.I no Canadá é tão incrível:


O mercado de trabalho de tecnologia no Canadá


Mesmo sabendo muito sobre o quanto a área de T.I no Canadá tem crescido ao longo dos anos, você pode não saber sobre como ela se aplica ao mercado de trabalho, pois existem diversas maneiras de se trabalhar com tecnologia da informação, principalmente em países mais avançados e que valorizam essa área.

No primeiro semestre de 2020, segundo dados levantados pelo site da CompTIA (Computing Technology Industry Association) na pesquisa Cyberprovinces™ , onde é realizada uma análise aprofundada dentre todas as províncias canadenses, nem as adversidades criadas mundialmente foram capazes de parar o desenvolvimento tecnológico do Canadá, pois em 2019, o país criou 60 mil empregos diretos para a área de tecnologia, gerando um crescimento de 3,2% no número de cargos.

T.I no Canadá

Atualmente, são pouco mais de 1,72 milhões de trabalhadores na área de tecnologia canadense, que até o final de 2019, correspondia a 4,7% da economia canadense.

As províncias do Canadá cresceram em conjunto no setor tecnológico, fazendo com que quase todo o país tivesse um aumento de cargos ocupados por trabalhadores da área de tecnologia. Dentre as províncias que mais evoluíram neste setor, estão:

  • Ontário
  • Quebec
  • British Columbia

Com isso, os planos de carreira se tornam cada vez mais comuns entre os profissionais dessa área, que atualmente chegam a ganhar como salário 52% a mais do que outras profissionais consideradas como médias em relação ao salário. O valor chega a atingir C$ 76.471 anuais, enquanto outras profissões ficam na média de C$ 54.483.

Estes dados utilizados contabilizam todos os tipos de funções exercidas por profissionais de T.I no Canadá, envolvendo programação, administração de redes, infraestrutura e muitas outras funções regularizadas pelo governo do Canadá neste segmento.


Oportunidade de imigração para trabalhar com T.I no Canadá


Nós demos acima, três exemplos de províncias que cresceram tecnologicamente até o primeiro semestre de 2020, porém, entender como as províncias funcionam é fundamental para que você consiga morar no Canadá algum dia, pois existem diferentes maneiras de funcionamento para cada governo de província. Assim, programas governamentais costumam ser mais generosos em algumas províncias do que em outras.

Na província de British Columbia, por exemplo, o mercado tecnológico tem decolado ao longo dos anos, mas não tanto quanto o governo espera, pelo simples fato de que o país não tem mão de obra qualificada o suficiente para ocupar as demandas do mercado de tecnologia da província. Sendo assim, é cada vez mais comum que o governo de British Columbia traga cada vez mais estrangeiros para ocuparem essas vagas.

E é neste momento que a oportunidade de imigração se faz muito real, pois é através do programa BC PNP Tech Pilot que o seu sonho pode ganhar vida.

Trabalho com T.I no Canadá

O Programa de Nomeação de British Columbia ou BC PNP, tem o objetivo de trazer mão de obra qualificada para a província, ao mesmo tempo que treina estas pessoas para que se tornem profissionais ainda melhores para as empresas, aumentando as oportunidades para estrangeiros que podem ser ótimos profissionais, não apenas de BC, mas também do Canadá como um todo.

Em 2021, este programa, que antes era algo totalmente experimental e temporário, ganhou uma nova atualização, onde se tornará permanente. Assim, não existe o perigo de você estar sonhando alto com o seu futuro emprego no Canadá e ter que interrompê-lo por causa da temporariedade do programa.

Basta estudar, se qualificar e conseguir um contrato de emprego com uma empresa de T.I no Canadá, especificamente, na província de British Columbia.

Eu posso realmente imigrar para o Canadá estudando T.I?

Sim, você pode, basta que você seja considerado um profissional qualificado e treinado para uma função específica. Por isso, é importante ter um diploma aqui do Brasil, atestando a sua proficiência para a vaga que você se candidatar, fazendo também outros cursos específicos para enriquecer o currículo, aumentando as suas chances de contratação por uma empresa canadense.

Outra opção para facilitar a sua imigração para o maior país das américas, é estudar tecnologia no próprio Canadá. Estudantes estrangeiros que têm uma formação canadense, ganham muito mais pontos no Express Entry, um sistema criado para facilitar a imigração permanente de estrangeiros. Assim, basta fazer um curso de tecnologia no Canadá para que as suas intenções fiquem cada vez mais claras para o governo canadense.

cidade de Vancouver

Aproveitando o assunto acima, é importante deixarmos bem claro, que uma das coisas mais importantes para estudar e trabalhar no Canadá, é expor as suas intenções como imigrante, pois o Canadá realmente valoriza quem pretende evoluir não apenas como pessoa, mas também como profissional dentro do país.

Por isso, demonstre com clareza as suas intenções de estudar tecnologia no Canadá, para que o seu visto seja aprovado de forma rápida, mas que também, futuramente, você não tenha nenhuma dor de cabeça com o sistema imigração, não importando qual seja a província que você estiver vivendo.

Chegando até aqui, eu aposto que você se interessou por estudar alguma área da tecnologia no Canadá, melhor ainda se quiser viver uma experiência incrível no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica no botão abaixo e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa!

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Categories
Imigração

O caminho definitivo para ir morar no Canadá

Você quer saber como ir morar no Canadá mas sempre se depara com posts que enrolam até que você perca a vontade de ir? Não se preocupe, pois neste post você terá o passo a passo e também a melhor maneira de ir para o Canadá e conquistar não apenas o currículo dos seus sonhos, mas também a qualidade de vida que você merece.

Aprenda abaixo como ir morar no Canadá e mais algumas dicas importantes:

O método mais fácil para morar no Canadá

Para fazer as suas malas e colocar os seus pés no Canadá, existe o primeiro e mais importante passo para que você consiga direcionar as suas intenções com o Canadá: o processo de visto.

Escolher o seu tipo de visto e aplicar para o processo consiste em algumas diferenças. Confira abaixo os tipos de visto mais comuns:

O visto de trabalho

O visto de trabalho pode ser concedido em caso de uma empresa canadense se interessar pelos seus serviços e contratá-los internacionalmente. Com isso, você consegue a permissão de trabalho no país. Porém, a empresa ficará responsável pelo o seu visto, então, em caso de demissão, você terá que voltar imediatamente para o Brasil.

O visto de turismo

Sendo um visto simples e mais procurado pelos brasileiros, o visto de turismo facilita o caminho daqueles que desejam conhecer o Canadá, mas de forma rápida e sem pretensão de morar no país.

O visto de estudo

Vamos entender melhor como ele funciona abaixo, mas não existe muito mistério, porque basicamente, este visto permite o estudo do intercambista dentro do território do Canadá.

Como ir morar no Canadá

Agora vamos fazer um contrato de sinceridade entre redator e leitor, certo? Pois a resposta pode parecer uma grande conveniência para nós, que trabalhamos com intercâmbio, mas, vamos ser sinceros, não existe caminho mágico para morar no Canadá,  a não ser pela educação.

Fazer um intercâmbio ainda é a melhor porta de entrada para que você possa morar não apenas no Canadá, mas em qualquer país de qualquer continente.

Como ir morar no Canadá: cidade de Ottawa

Pergunte a qualquer pessoa que já foi para o Canadá por intercâmbio e ela provavelmente dirá que foi uma das melhores experiências da vida, pois além de desenvolver uma habilidade profissional, a pessoa conseguiu desfrutar de uma qualidade de vida acima da média mundial.

Agora chega de papo e vamos ao que interessa: o intercâmbio para morar no Canadá.

Para fazer um intercâmbio você precisará, primeiramente, de um visto de estudante, pois a partir dele você terá a permissão de estudo no país. Após isso, é importante que você defina quais são as suas prioridades educacionais, como escolher qual tipo de intercâmbio você fará.

Escolhendo o tipo de intercâmbio

Escolher o tipo de intercâmbio é uma das coisas mais importantes quando se trata de morar no Canadá, principalmente pelo fato de que caso escolha a opção do estudo de idiomas no Canadá, você poderá evoluir o seu inglês ou até o seu francês, dependendo da província, mas não terá a possibilidade de trabalhar, pois desde 1 de junho de 2014, não é mais permitido trabalhar enquanto se estuda idioma no Canadá.

Porém, para a sorte dos intercambistas que desejam mudar de vida, existem os colleges, que no Canadá, são equivalentes aos cursos técnicos aqui do Brasil. Os colleges são grandes responsáveis pela educação mais voltada ao mercado de trabalho, o que resulta em profissionais mais preparados e cada vez mais requisitados no Canadá.

Os colleges popularmente se dividem entre 2 tipos: privado e público.

Em relação ao ensino, os dois tipos são considerados de alto nível, principalmente por estarem inseridos no sistema de um país que é considerado uma referência no setor de educação internacional. O college privado tem o diferencial de ser apoiado financeiramente pelo governo canadense, o que faz dele uma ótima porta de entrada para quem deseja morar no país futuramente.

Trabalhando enquanto mora no Canadá

Enquanto estiver estudando em um college ou universidade, você terá a permissão de trabalhar enquanto estuda no país, o que se torna o começo da sua vida no Canadá e familiarização com a vida cotidiana no maior país das Américas..

Ao término do seu curso, você poderá aplicar para o programa de Post-Graduate Work Permit, ou mais conhecido como PGWP. Com o PGWP você poderá trabalhar no Canadá pelo período de tempo equivalente ao tempo do seu curso. Não entendeu muito bem? Confira um exemplo:

Parlamento de Ottawa

Em caso de um college privado de 2 anos, quando terminar o curso, você poderá trabalhar por mais 2 anos devido ao PGWP. 

Enquanto estiver trabalhando pelo PGWP, você pode aproveitar o tempo que está trabalhando para fazer a sua aplicação para a residência permanente no Canadá. O processo de aplicação leva tempo e é importante que você seja o mais rápido possível para não ter problemas com vistos e autorizações.

Express Entry

E não só isso, pois em caso de estar estudando em um College Privado, você ganha mais pontos em um sistema chamado Express Entry, que já explicamos muito bem neste post.

Lembre-se que o tempo de estadia no país também é um dos benefícios que você também precisa aproveitar para investir no seu futuro no Canadá.

Mas como o nosso objetivo é fazer você entender qual é o melhor caminho do Canadá, vamos resumir o Express Entry abaixo:

Paisagem em Ottawa

O Express Entry é o sistema responsável pela residência permanente no Canadá, tendo o objetivo de contabilizar pontos sobre as  pessoas que desejam imigrar para o Canadá. Os pontos são somados com base no nível de proficiência em inglês e/ou francês, nível de escolaridade, idade e outros fatores.

Você precisa ter no mínimo 1200 pontos para se tornar elegível para o programa, sendo interessante que você não se acomode com este número e busque aumentar ainda mais a sua pontuação para uma chance maior de aplicação.

Chegando até aqui, eu aposto que você se interessou por fazer o seu intercâmbio no Canadá, melhor ainda se quiser viver uma experiência incrível no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica no botão abaixo e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa!

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Categories
Dicas

O melhor guia para morar em Vancouver

Morar em Vancouver é o seu sonho? Bom, caso seja, você já fez a escolha correta sobre qual cidade deseja visitar. Porém, caso você ainda não saiba se Vancouver é uma boa cidade, ou se ela nunca passou pela sua mente para sonhar sobre uma viagem, neste post vamos deixar tudo bem claro sobre uma das cidades mais conhecidas não apenas no Canadá, mas também no mundo. 

Sabe o motivo dessa fama mundial? Não? Então leia até o final e saiba a resposta!

Como é morar em Vancouver

Sendo a cidade mais popular e também a maior cidade em extensão territorial da província de British Columbia, Vancouver é responsável pelo brilho nos olhos de todo intercambista que busca uma qualidade de vida maior, assim como um nível educacional acima da média.

E se formos começar falando sobre Vancouver, precisamos concordar que: generalizar algum assunto sempre é um problema, porque nem todos concordam sobre determinados pontos específicos, mas quando o assunto é cuidar do meio ambiente, todos concordamos que essa é a opção correta, certo? 

E para morar em Vancouver, você precisa saber que a cidade sabe que o meio ambiente é um dos bens mais importantes que podemos carregar ao longo da história da humanidade, por isso, a cidade iniciou um plano de se tornar cada vez mais arborizada, que carrega o nome de vancourverismo.

Com prédios agrupados e de tamanho médio, a circulação de ar em Vancouver se torna muito mais fluida e as pessoas conseguem ter condições climáticas muito mais proveitosas para a vida cotidiana, se tornando uma cidade totalmente independente climaticamente e que também serve de exemplo para todo o mundo como uma cidade sustentável.

A cidade tem lindas paisagens, com montanhas e clima aconchegante, um cenário que já serviu para diversos filmes que já assistimos ou ainda podemos assistir, como: Deadpool, X-Men:Origens – Wolverine e dois filmes da nova trilogia do Planeta dos Macacos. 

Montanhas de Vancouver
Montanhas de Vancouver

Por isso, é bem comum que você esteja caminhando para o seu curso ou faculdade e acabe se deparando com uma rua fechada para que uma cena de ação seja gravada nas ruas de Vancouver.

O transporte público

O transporte público em Vancouver é bem diversificado, sendo muito simples e também muito prático, já que ele se divide em 3 transportes principais, sendo eles: SeaBus (Ferryboat), Ônibus e o SkyTrain (metrô).

Shuffle Boat em Vancouver
Shuffle Boat

Mesmo sabendo dos tipos de transporte, é importante que você aprenda sobre o Compass Card, o cartão que automatiza as interações com o transporte público de Vancouver e tornando o transporte público muito mais prático.

O Compass Card funciona mensalmente, mas não da forma que já conhecemos. Em caso de você contratar o serviço em Janeiro, ele não valerá até alguma data de Fevereiro, mas sim até o final de Janeiro. Portanto, é importante que você contrate o serviço o mais cedo possível, para que consiga desfrutar do transporte público de forma completa e rentável para o seu bolso, certo?

SeaBus

O SeaBus ou Ferryboat é um dos transportes mais importantes para quem deseja morar em Vancouver, pois são as balsas que transportam as pessoas do centro da cidade até a zona norte de Vancouver da forma mais rápida, pelo fato de poder cruzar o Burrard Inlet em questão de minutos. 

Os ônibus de Vancouver 

Aqui no Brasil nós utilizamos ônibus com muita frequência, o que não quer dizer que seja 100% funcional. Mas em Vancouver, os ônibus são importantes e interligam toda a cidade, tendo como diferencial, o sistema do NightBus, os ônibus que segundo o TransLink, foram criados para transportar os cidadãos com segurança ao longo das cidades da região no período da noite.

O NightBus começa a sua trajetória de transportar as pessoas noturnas a partir das 2 horas da manhã, 7 noites por semana.

SkyTrain

O SkyTrain aparece por último por aqui, mas com certeza não menos importante, pois com as suas 3 linhas, o sistema de metrô de Vancouver consegue ser extremamente funcional e totalmente interligado. Abaixo, confira as 3 linhas:

Expo Line – Conecta o centro da cidade de Vancouver às cidades vizinhas de Burnaby, New Westminster e Surrey.

Millennium Line – Sai da região de East Vancouver em direção a Burnaby, Port Moody e Coquitlam.

Canada Line – Viagem do centro de Vancouver até o aeroporto da cidade e também à cidade de Richmond.

São viagens rápidas e que podem interligar toda a Vancouver, assim como facilitam a locomoção dos cidadãos para outras cidades vizinhas.

A qualidade de vida em vancouver

Lá em cima, nós falamos sobre como Vancouver é uma cidade reconhecida mundialmente, e ela realmente é, mas não pelo vancourismo. Existem alguns outros atributos que fazem de Vancouver uma das melhores cidades do mundo.

Pois além de ser uma das cidades das províncias mais conhecidas do Canadá, um país que valoriza vários setores básicos, Vancouver também tem as suas qualidades únicas.

Cidade de Vancouver
Cidade de Vancouver

Em 2020, por exemplo, The Economist Intelligence Unit elegeu as 10 melhores cidades do mundo para se viver, contando com cidades de países já conhecidos pela qualidade de vida, como Finlândia, Áustria e Austrália. Vancouver figurou em 3º lugar, ficando atrás apenas de Melbourne e Viena, e na frente de cidades incríveis como Toronto, Calgary e Sydney.

A cidade tem a fama de ser um pouco mais cara do que a média no Canadá, mas isso pode ser revertido se você tiver um bom planejamento econômico. Além disso, é possível que dependendo da sua instituição de ensino, você consiga trabalhar enquanto estuda na cidade, o que pode melhorar ainda mais a sua situação econômica.

Chegando até aqui, eu aposto que você se interessou por fazer o seu intercâmbio em Vancouver, melhor ainda se quiser viver uma experiência incrível no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica no botão abaixo e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa!

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Categories
Intercâmbio Estudo e Trabalho

O que é intercâmbio: aprenda e faça a viagem dos seus sonhos!

“O que é intercâmbio?”, a pergunta que muitos costumam fazer sempre que se encontram de frente com a palavra “intercâmbio”. O que é normal, pois nem todo mundo sabe o que é, mas com certeza todo mundo gostaria de fazer um. Por isso, fizemos um post completo sobre o que é intercâmbio, os tipos e o que você pode fazer através dele. Confira abaixo o que é intercâmbio: 

O que é intercâmbio?

Sabe quando você está assistindo aquele filme que retrata alunos em algum colégio ou universidade, e dentre estes alunos existe aquele que se destaca por ser estrangeiro? Ele é um intercambista.

E traduzindo este exemplo para você da melhor forma, basicamente, fazer um intercâmbio significa ter uma experiência estudantil com algumas possibilidades de se conseguir um emprego no país escolhido.

Quais são os tipos de intercâmbio?

Escolher o seu tipo de intercâmbio é uma das escolhas mais importantes que você pode fazer antes de viajar pra seja lá qual for o seu destino, pois além de determinar como será a sua rotina no país, o seu tipo de intercâmbio também dirá para você mesmo qual tipo de currículo você quer construir para conquistar o mercado de trabalho estrangeiro.

Abaixo confira os tipos de intercâmbio e como eles podem variar de acordo com alguns países. Para ficar mais simples, vamos utilizar Canadá e Austrália como exemplo, confira abaixo:

Escola de idioma

Aprender um novo idioma é uma atividade extra que todo mundo costuma praticar quando se quer melhorar as suas habilidades, assim como o currículo, que precisa estar evoluindo cada vez mais.

Sendo assim, o intercâmbio de idiomas é uma das escolhas mais simples e também mais procuradas por alunos que desejam não apenas aprender uma nova língua, mas também viver uma experiência diferente do que o seu país de origem pode oferecer.

Além do mais, o que seria melhor para estudar um idioma do que estar vivendo diretamente em um país que utiliza aquela língua diariamente?

College (Canadá)

O College é o equivalente ao ensino técnico aqui no Brasil, sendo uma ótima porta de entrada para o mercado de trabalho canadense, que tem aceitado cada vez mais estrangeiros como mão de obra qualificada.

No Canadá, os colleges são popularmente divididos entre público e privado, sendo o público mais indicado para quem deseja imigrar para o país, já que além de receber incentivo do governo, também oferece o programa PGWP (Post-Graduate Work Permit).

VET (Austrália)

Já ouviu falar em cursos profissionalizantes? Pois bem, o VET ou Vocational Educational Training é o que se pode chamar de curso profissionalizante da Austrália. Cursando o VET, o aluno aprende as atividades de uma profissão em específico, colocando “a mão na massa”, assim como faria num curso técnico, mas com foco em aprender uma vocação e não uma área de estudo.

TAFE (Austrália)

O TAFE ou Technical and Further Education, é como um college do Canadá ou o ensino técnico aqui no Brasil, sendo responsável por ensinar áreas mais abrangentes e com uma política de ensino mais prática, com foco no preparo de mão de obra qualificada para o mercado de trabalho australiano, que tem crescido cada vez mais em setores específicos, como a própria construção cívil.

Universidades

As universidades podem variar o seu modo de ensino e até mesmo as suas grades curriculares, mas no final, todas são responsáveis pelas graduações mais altas que o mercado de trabalho de qualquer país exige. 

Sendo assim, se busca um diploma de bacharelado, mestrado ou até mesmo doutorado, o intercâmbio em uma universidade de outro país pode ser o impulso que o seu currículo precisa.

O que é intercâmbio em universidade

É possível trabalhar durante o meu intercâmbio?

Sim, você pode trabalhar durante o seu tempo de intercâmbio, mas isso pode variar de um país para o outro, assim como o mercado de trabalho, que pode ser mais acessível ou não. As situações econômicas e as políticas de imigração influem completamente na sua experiência de intercâmbio.

Países como a Inglaterra, por exemplo, não permitem que o estudante trabalhe no país enquanto estiver estudando idioma. Ao mesmo tempo, também existem outros ótimos países que permitem estudo e trabalho no mesmo caso. Quer alguns exemplos? Confira abaixo:

Canadá

O Canadá é um dos países mais procurados por alunos de todos os continentes ao longo do globo, pois além de ser uma referência para a educação mundial, o Canadá é um dos países que mais recrutam estrangeiros como mão de obra qualificada. Porém, existem algumas condições nesse recrutamento.

Para trabalhar no Canadá, é necessário que você esteja primeiramente matriculado em uma instituição de ensino regularizada no país. No entanto, não pode ser qualquer uma, pois escolas de idioma não estão mais elegíveis para a permissão de trabalho no país.

O que é intercâmbio no Canadá

Enquanto estiver estudando em um college ou universidade, você terá a permissão de trabalhar enquanto estuda, podendo chegar até 20 horas de trabalho semanais. Após o término dos seus estudos, você poderá aplicar para o PGWP, o programa canadense que concede a permissão de trabalho após a conclusão do seu curso.

Austrália

A Austrália é uma dos melhores países do mundo para quem busca um intercâmbio com altos índices educacionais e também na qualidade de vida.

O processo para se conseguir uma permissão de trabalho na Austrália não é muito diferente do Canadá, pois para que você consiga a permissão de trabalho no país, você precisará de uma comprovação de que está matriculado em um curso legalizado, mas com o detalhe de que ele tenha no mínimo 14 semanas.

País da Austrália

E sabe qual é o grande diferencial da Austrália para o Canadá? Ao contrário do gigante das Américas, o maior país da Oceania permite que você trabalhe enquanto estuda o idioma no país.

Com esta comprovação, o aluno receberá a permissão de trabalho no país, podendo também trabalhar 20 horas semanais, tendo a possibilidade de trabalhar 40 horas no período de férias.

Irlanda

A Irlanda é conhecida pelo seu clima de frio agradável, assim como os pubs animados, castelos e gnomos no final dos arco-íris. Mas o país vai muito além disso, pois além de ser um dos melhores países da Europa para se estudar em qualquer modalidade de intercâmbio, a Irlanda também permite que o estudante trabalhe enquanto estuda. 

Bandeira da Irlanda

Para trabalhar enquanto estuda na Irlanda, basta que você se matricule em um curso de pelo menos 25 semanas. Na Irlanda você também terá acesso as 20 horas semanais de trabalho, que podem ser dobradas em período de férias.

Conclusão sobre o que é intercâmbio

Um intercâmbio é muito mais do que uma simples viagem. Por meio de um intercâmbio, você consegue não apenas conhecer uma nova cultura, mas também potencializar o seu currículo. Além disso, vimos que o caminho para o mercado de trabalho de qualquer país começa pela educação, com o aluno se tornando o profissional ideal para as necessidades daquela nação.

Chegando até aqui, eu aposto que você se interessou por fazer o seu intercâmbio em algum desses países, melhor ainda se quiser viver uma experiência incrível no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica no botão abaixo e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa!

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!

Categories
Dicas

5 benefícios de fazer o seu intercâmbio no Canadá

Fazer um intercâmbio no Canadá é o sonho de todo mundo que pensa em mudar de vida, principalmente se o desejo tiver a educação como passo inicial, pois é através dela que o intercâmbista consegue abrir todos os seus caminhos dentro do maior país das Américas. Mesmo tendo uma ótima reputação, o Canadá costuma levantar algumas dúvidas sobre as suas qualidades. 

Pensando nisso, trouxemos um conteúdo completo para você que deseja saber quais são os benefícios de fazer o seu intercâmbio no Canadá, confira abaixo:

Estude em um dos melhores países do mundo

Viver no Canadá é bem diferente da vida aqui no Brasil, e disso a gente já tem uma certa ideia sobre, né? Mas tem um dos fatores mais importantes sobre o porquê da vida no Canadá ser tão avançada em relação a outros países do mundo: o seu nível educacional.

Provavelmente você já deve ter ouvido que a educação pode mudar o mundo, e em caso de não ter ouvido sobre isso ainda, não se preocupe, pois é realmente uma verdade e o Canadá é uma prova disso, sendo um dos países mais evoluídos do mundo em diversos setores.

Intercâmbio no Canadá: os arranha-céu

O Canadá ainda figura entre as 10 primeiras posições dos mais variados rankings educacionais do mundo. No ranking educacional da OECD, o Canadá aparece na 5ª colocação, ficando na frente de países como Japão, Coreia e Suécia, que são referências educacionais em todo o mundo. 

No ranking mais recente divulgado pelo PISA – Programme for International Student Assessment, que analisa os níveis de leitura, matemática e ciências dos alunos de vários países do mundo, o Canadá aparece também em 5º, ficando atrás apenas da China e Singapura, e ainda assim, na frente de países que já citamos acima e também alguns outros já conhecidos pelo seu nível educacional, como: Japão, Coreia, Finlândia, Irlanda e Estados Unidos.

Quer qualidade de vida? O Canadá tem de sobra!

Aqui na Dreams, nós adoramos falar para as pessoas sobre como é a qualidade de vida nos países, pois é a partir dela que podemos analisar como será a vida do estudante naquele determinado país. E isso não é por acaso, pois a qualidade de vida é determinada por fatores importantes como: poder de compra, clima, segurança, saúde e até mesmo o tempo que o cidadão tem que esperar pelo transporte público.

E neste fator, o Canadá definitivamente não fica para trás, pois quando utilizamos qualquer plataforma especializada no cálculo da qualidade de vida, o país aparece com altos níveis de aprovação nos diferentes setores básicos que já citamos acima. 

Intercâmbio no Canadá: porto de Toronto

A OECD divulga diferentes rankings para diferentes setores, e quando falamos de saúde, o maior país das Américas aparece em primeiro lugar, na frente de outros países incríveis como Nova Zelândia e Austrália. Tudo isso graças a um cuidado especial que o governo tem com os seus cidadãos, sendo o LTC – Long-term Care, um exemplo muito prático deste cuidado. Com o LTC, o governo consegue saber se a população está conseguindo ter acesso a um atendimento de qualidade, assim como um tempo de espera baixo, fiscalizando e melhorando cada vez mais o sistema de saúde.

Tenha facilidade de imigração

Uma das coisas mais importantes sobre o Canadá, é que além de ser um país ótimo para se morar por um tempo, ele também permite que você estenda o seu tempo de permanência no país, fugindo das obrigações mais complicadas como o Green Card dos EUA, por exemplo.

Caso você não saiba, o Canadá tem uma população um tanto quanto reduzida em relação a sua extensão territorial e demandas de mercado, o que resulta em uma população fora do esperado para o mercado de trabalho, principalmente em áreas específicas de atuação. Assim, o país tem investido cada vez mais em políticas de imigração para estrangeiros que estudam no país. 

Cidade de Toronto

O PGWP, ou Post Graduation Work Permit, é a grande estrela do Canadá, pois é através dele que milhares de estrangeiros conseguem imigrar através de um intercâmbio no Canadá. Estudando em uma instituição de ensino reconhecida pelo governo canadense e que seja elegível para o PGWP, o intercambista, consegue com o seu diploma, realizar a sua aplicação para o programa.

Viva uma outra cultura

Vamos esquecer por 1 minuto que estamos falando sobre intercâmbio no Canadá. Quando falamos sobre viajar para um outro país, a primeira coisa que precisamos pensar é sobre a diversidade cultural que ele pode trazer para nós. A língua, os costumes, a história e as pessoas, fazem parte da cultura de um país.

E falando novamente sobre o intercâmbio no Canadá, você já pensou sobre quais são os lugares que você deseja visitar? Cada província é um mundo diferente dentro do país. O Quebec, por exemplo, é uma província muito mais francesa do que as outras, mas não pelo seu povo se achar mais francês do que o resto do Canadá, e sim por causa da sua história e desenvolvimento.

Cabe a você entender cada lugar e viver a experiência do seu intercâmbio, por isso, não se acanhe de visitar os pontos mais importantes da província em que você estiver vivendo a sua experiência canadense.

Trabalhe no Canadá e em qualquer lugar do mundo

Nós já falamos do nível educacional, da qualidade de vida e até mesmo da possibilidade de imigração, mas entre tudo isso existe uma das coisas mais importantes para quem deseja realmente alcançar um nível de qualidade de vida acima da média: o mercado de trabalho internacional.

O seu currículo atual pode ter boas qualificações e algumas experiências em empresas de bom nível. Mas, já pensou se ele tivesse uma experiência no Canadá? Pois é. Seja lá qual for a sua área de atuação, sendo ela business, sistema da informação ou até mesmo construir casas de tijolo por tijolo, uma experiência internacional ainda será a melhor escolha para fazer do seu currículo o melhor do seu segmento.

Granville Street no Canadá

E não só aqui dentro do Brasil, mas em qualquer continente, o Canadá é uma referência em qualquer setor básico da sociedade. Sendo assim, o seu currículo ainda será um dos mais requisitados em qualquer país, principalmente aqueles que valorizam a educação como um dos pontos-chave de evolução, como: Austrália, Japão, Irlanda, Suíça e muitos outros.

Chegando até aqui eu aposto que você se interessou por fazer o seu intercâmbio no Canadá, melhor ainda se quiser estudar no país para seguir o caminho dos seus sonhos. Se você ainda não sabe como seguir este caminho ou tem alguma dúvida, clica no botão abaixo e nós vamos retornar o mais rápido possível com as respostas que você precisa! 

Gostou deste post? A Dreams sabe que você tem muita vontade de aprender sobre o destino dos seus sonhos, por isso temos um blog cheio de conteúdos sobre a cultura, custo de vida, curiosidades e notícias sobre diversos países. Acesse o nosso blog e fique a vontade para consumir mais conteúdos como esse!