Categories
Higher Education

Conheça a universidade mais antiga do mundo

A Universidade de Bolonha é reconhecida por uma série de fatores importantes para quem se importa com alto nível educacional e oportunidades em diversas áreas de conhecimento. Porém, nem todo mundo conhece a universidade ou sabe do que ela é capaz, principalmente pela sua história e por sua evolução como uma universidade que está espalhada por uma certa região da Europa.

Abaixo, saiba tudo sobre a universidade de Bolonha:

A história da Universidade de Bolonha

O nome Alma Mater Studiorum: Università di Bologna é muito mais do que uma simples nomenclatura bonita, escrita em latim. A expressão em latim “Alma Mater Studiorum” significa “Mãe que nutre os estudos”. E assim tem sido a missão da Universidade de Bolonha, que desde 1088, educa alunos não só da Itália, mas do mundo.

A história da Universidade de Bolonha se inicia no começo do século 11, mas não pelas mãos do governo ou pela iniciativa de um grande conglomerado, mas sim quando um grupo informal de alunos começou a se reunir de forma espontânea, com alunos ricos vindo de outras regiões da Itália, trazendo livros e também empregados, fazendo com que rapidamente Bolonha ficasse conhecida como La Dotta (os eruditos) e também La Grassa (a gorda), por conta do seu crescimento acelerado.

Universidade de Bolonha

Assim, os alunos se tornaram uma parte importante da Comuna de Bolonha, que passou a apoiar os seus estudantes.

Agora que você já sabe o início de tudo, vamos fazer um resumo dos séculos que vêm pela frente para que você entenda tudo de forma rápida, completa e sem muitas voltas temporais. Abaixo, confira um resumo do que veio ao longo dos séculos:

  • No século 13, os alunos que frequentavam a Faculdade de Direito começaram a se agrupar, fundando as Universitates.
  • No século 14, os alunos perdem a sua autonomia, quando as autoridades locais e papais, começam a interferir no funcionamento da universidade. Até mesmo os professores sofreram com as imposições destas autoridades.
  • Século 15 – Por meio da fama, a instituição começa a atrair alunos de todo o mundo, tendo até mesmo papas e cardeais entre os seus alunos.
  • Século 16 – Com o objetivo de unificar o ensino e facilitar a fiscalização da igreja sobre o que acontecia na universidade, a igreja constrói as primeiras instalações unificadas da Alma Mater Studiorum, que antes disso, precisava das casas dos professores e ou em espaços alugados pela cidade para que pudesse ter aulas.
  • Século 17 ao 18 – Com a fiscalização rígida da igreja, a Universidade de Bolonha começa a perder alunos que não seguiam a religião imposta, fazendo com que ela caia em uma grande recessão, que durou dois séculos, tendo uma nova chance de crescer quando a Academia de Ciências do Instituto de Bolonha permite uma reação às restrições da igreja, fazendo com que a universidade volte a se reconectar com o ritmo da Europa daquele tempo.
Universidade de Bolonha
  • Século 19 – Desde o seu início, a Universidade de Bolonha era privada, se tornando pública após a chegada da República e posteriormente o reino da Itália, que transferiu a universidade para o Palazzo Poggi. Com a unificação italiana, Bolonha e a sua universidade conquistam novamente o seu valor histórico.
  • Século 20 – Em 18 de setembro de 1988, é criada a Magna Charta Universitarum, um documento assinado por 388 reitores e chefes de universidade de toda a Europa, contendo os princípios de liberdade acadêmica e autonomia institucional visando a evolução das universidades do futuro.
  • Século 21 – A universidade se deslocaliza e se torna o primeiro multicampus da Itália, estando presente por toda a região da Romagna, no norte da Itália. Assim, a universidade segue evoluindo com novas tecnologias e respeito pelo meio ambiente.

É muita história, né? Por isso decidimos deixá-la bem exposta através dos séculos, pois a universidade mais antiga do mundo tem tudo isso para contar e muito mais.

A estrutura educacional da Universidade de Bolonha

Agora que você já sabe sobre a história da universidade mais antiga do mundo, é hora de saber do que ela é capaz como uma instituição de ensino, pois afinal, ela é uma universidade e precisa alcançar ótimos níveis educacionais. Atualmente, a Universidade de Bologna ocupa a 166ª posição no ranking mundial de universidades.

Os programas da universidade

A universidade conta com 243 programas de graduação, sendo 97 internacionais, com 80 lecionados em inglês, 5 Erasmus Mundus e 46 desses programas sendo responsáveis por graduações duplas ou até mesmo múltiplas.

A universidade também conta com 48 programas de PhD, sendo 43 deles ensinados em inglês.

Quando o assunto é mestrado, a universidade também não fica atrás, já que são 122 cursos de mestrado, sendo 24 deles internacionais.

Além de tudo isso, existem 55 escolas de especialização, sendo 43 delas, escolas de especialização médica e 11 não-médicas.

Sendo assim, nem se preocupe em saber se pode estudar na universidade ou não, pois ela tem um compromisso com o futuro e com os estudantes que quiserem adentrar nela, sendo eles italianos ou não.

Os cursos

Os cursos oferecidos pela Alma Mater, podem variar de acordo com o que você deseja, sendo divididos por área e de acordo com os 243 programas que a universidade possui. Confira abaixo os cursos que são ofertados pela Universidade de Bolonha em 2022:

  • Agricultura e ciências do alimento
  • Economia e gestão
  • Educação
  • Engenharia e arquitetura
  • Humanas
  • Linguagens e literaturas, interpretação e tradução
  • Lei
  • Medicina
  • Farmácia e biotecnologia
  • Ciências políticas
  • Psicologia
  • Ciências
  • Sociologia
  • Ciências dos esportes
  • Estatísticas
  • Medicina veterinária

Dando um exemplo do que você poderá encontrar em uma área de medicina, por exemplo, existem os cursos de dietética, higiene dental, medicina e cirurgia, biotecnologia medicinal, enfermagem e muitos outros.

Os multicampus

Como dissemos acima, na história da Universidade de Bolonha, houve uma grande expansão pela região do norte da Itália, onde a instituição se tornou a primeira a realizar esta prática. Atualmente, a universidade já se divide entre Bolonha, Cesena, Forlí, Ravenna, Rimni e cruzando os mares, em Buenos Aires.

Universidade de Bolonha

A infraestrutura

A universidade de Bolonha se divide em partes importantes, que fazem dela a gigante histórica que se mantém até hoje, como: salas de aula, departamentos específicos para auxílio dos cursos, centros de pesquisa industrial, bibliotecas e até mesmo museus.

Universidade de Bolonha

Curtiu a Universidade de Bolonha? É muita história e benefício em um único lugar, né? Espero que agora você saiba tudo sobre a universidade.

Até a próxima!

Categories
Higher Education

O segredo por trás da Ivy League

A Ivy League é uma das maiores invenções educacionais quando o assunto é estar em alto nível de educação superior, mas você sabe o que essa sigla funciona, por que ela existe e o que é de fato a Ivy League? Bom, nós temos todas as respostas para essas dúvidas e muito mais, basta ler até o final para ficar um verdadeiro expert no assunto.

Confira abaixo o que é a Ivy League e por que ela é tão requisitada:

O que é a Ivy League?

Quando o assunto é educação, as pessoas, popularmente se reúnem em um único pensamento: “Eu quero estudar na melhor universidade”. Mas, qual é a melhor universidade? O que determina o quão incrível aquela instituição de ensino pode ser?

São perguntas que podem ser respondidas com pequenos quesitos e resoluções para os seus estudantes, como: nível de graduação dos seus professores, infraestrutura, investimentos, a taxa de empregabilidade dos seus formandos, entre outros.

Brasões das universidades da Ivy League

A Ivy League consegue reunir todos esses quesitos e muito mais, mas afinal, o que é a Ivy League?

A Ivy League, ou The Ancient Eight (As oito anciãs) é um conjunto de 8 universidades que estão localizadas, em sua maior parte, no nordeste dos Estados Unidos, sendo elas: Harvard, Cornell, Brown, Princeton, Dartmouth, Yale, Columbia e a Universidade da Pensilvânia.

A Ivy League nasceu nos esportes, mesmo ainda não tendo este nome, quando a NCAA – National Collegiate Athletic Association, criou a Divisão A-1, que reunia apenas a elite das instituições que participavam do futebol americano, assim como no basquete.

E mesmo sem utilizar este nome, o elitismo dessas escolas já se mostrava dentro de campo, pois todas elas se mantinham em alto nível de competição na divisão, fazendo com que elas se tornassem, de fato, uma liga de elite, que transcendeu os esportes e se tornou referência educacional em âmbito mundial.

Nos Estados Unidos, e também no mundo, estas instituições são vistas como a elite educacional que aceita apenas o melhor dos melhores, com processos rigorosos de admissão, assim como o oferecimento de bolsas de estudo para alunos nativos e internacionais, que possam trazer títulos esportivos importantes para a universidade.

Conheça as universidades da Ivy League

Você já aprendeu sobre o que é a Ivy League, agora é hora de saber quem são as universidades que compõem este grupo seleto de universidades, que até hoje são popularmente relevantes a nível mundial de qualidade de ensino.

Harvard

Harvard logo - Ivy League

Sendo a universidade mais antiga dos Estados Unidos da América, Harvard é uma instituição privada, localizada em Massachusetts, Cambridge e Boston, e fundada em 1636.

 A universidade de Harvard tem costume de sempre figurar na primeira posição de diversos rankings mundiais sobre instituições de ensino superior, o que resulta no seu grande prestígio, fazendo dela uma das universidades mais famosa do mundo, sendo citada em filmes e séries, tendo uma reputação que ultrapassa os limites dos EUA, resultando em uma grande quantidade de alunos internacionais, que anualmente, disputam as bolsas de estudo para que possam fazer parte da elite educacional.

Cornell

Cornell University logo

Localizada em Nova York e fundada em 1865 por Ezra Cornell e Andrew Dickson White, a Universidade de Cornell é uma instituição de pesquisa privada e parceira da State University of New York. A universidade conta com 119 mestres em seu corpo docente e expõe o compromisso de abranger todos os campos de conhecimento dentro das suas paredes.

Brown

Brown University - Logo

A Brown University foi fundada em 1764, quando os Estados Unidos nem mesmo eram independentes da Inglaterra, e desde então, a universidade localizada em Providence, na Nova Inglaterra, tem se provado como uma das melhores instituições de ensino do país, responsável pela graduação de diversos famosos que já conhecemos das grandes telas, como Emma Watson, John Krasinski, Julie Bowen e Laura Linney.

Princeton

Princeton University - Ivy League

Assim como a universidade de Harvard e Yale, você com certeza já deve ter ouvido falar na universidade de Princeton em filmes e séries, mas ela definitivamente não se resume a isso. Fundada em 1746, a universidade de Princeton, atualmente, no ranking National Universities, está em 1º lugar, deixando para trás a renomada Harvard, a tradicional Columbia e o grande MIT. Além disso, Princeton é uma instituição de referência no curso de direito.

Dartmouth

Dartmouth College - Ivy League

Fundada em 1769 e tendo um clima muito mais voltado ao ar livre nos campos de New Hempshire, a Dartmouth College é conhecida por ser uma instituição menor, com um estilo único de ensino, com pequenas salas, que consequentemente tem menos alunos, resultando em um aprendizado muito mais aprofundado e rigoroso, que também se reflete nos seus níveis acadêmicos.

Yale

Yale Logo - Ivy League

Sendo uma instituição privada, a segunda mais antiga dos Estados Unidos e fundada em 1701, Yale está localizada em New Haven, Connecticut, podendo ser considerada uma grande e ótima casa para quem ama a arte da atuação, música, ciências sociais, ciências biológicas e biomédicas, história, engenharia, matemática e estatística.

Columbia

Columbia University - Ivy League

Fundada em 1754, a Columbia University tem um campus de característica mais urbana e utiliza as cores azul e branco como o grande destaque do seu brasão. A universidade se orgulha de ter em seu histórico alunos que marcaram época e que fazem parte do hall da fama da instituição, incluindo 4 presidentes, 46 campeões olímpicos, 84 ganhadores do prêmio nobel e mais de 90 ganhadores do Pulitzer.

Pensilvânia

University of Pennsylvania - Ivy League

Há 281 anos, a Universidade da Pensilvânia ganhava vida em um local que você já pode imaginar. Isso mesmo, na Pensilvânia. Em 1740 era fundada a universidade responsável por ministrar e promover a graduação nos cursos de Business, administração, marketing, ciências sociais, ciências biológicas e biomédicas, engenharia, filosofia, estudos religiosos e muitas outras possibilidades. 


Como você pode ver, a Ivy League é um grupo bem diversificado, que na sua base, apenas busca promover um alto nível educacional para os melhores alunos, que buscam se qualificar da melhor forma.

Espero que você tenha entendido tudo e que tenha virado um verdadeiro expert no assunto. Até a próxima! 

Categories
Higher Education

Como fazer cursos profissionalizantes no exterior?

Alunos de curso profissionalizante no exterior

Acabou de se graduar e tá querendo dar um upgrade no currículo? Então, apostar em cursos profissionalizantes para se destacar no mercado de trabalho pode ser muito importante nesse momento. Principalmente se o curso for feito no exterior, já que as chances de conquistar uma vaga na área desejada aumentam e muito! 

Além disso, aliar os estudos com um intercâmbio internacional pode trazer muitos benefícios que vão além de morar em um país com mais qualidade de vida, paisagens deslumbrantes e ensino de referência. Seja qual for sua área de especialização, a Dreams te ajuda a encontrar a melhor opção.

Abaixo falaremos para quem se destinam os cursos profissionalizantes no exterior e requisitos para cursá-los. Se interessou? Continue a leitura com a gente!

Para quem é o curso profissionalizante no exterior?

Curso profissionalizante laboratorial

Essa modalidade de ensino é destinada a pessoas que já concluíram a graduação e agora desejam apostar em uma especialização em outro país para complementar sua formação. E para que sua experiência seja completa, trabalhamos em parceria com as melhores instituições estrangeiras para tornar seus estudos 

Mas, apesar de ser um curso voltado para profissionais e alunos em início de carreira, é necessário um conhecimento mínimo na língua. Como as aulas são voltadas para o mercado de trabalho, elas exigem que o aluno pratique seu inglês e termos técnicos da sua área de formação. Elas são elaboradas para ajudar a expandir sua experiência profissional, superando a concorrência e se destacando dos demais. Abaixo listamos as áreas disponíveis em nossos programas:

Negócios/ Internacional Business
Gerenciamento de Projetos
Marketing
Medicina
Farmácia
Odontologia
Enfermagem
Economia
Direito
Finanças
Preparação de carreira Internacional

Quer saber mais sobre alguma área específica? Então, clique neste link e fale com a gente.

Visto para cursos profissionalizantes no exterior

Visto e passaporte, documentos para entrada em países no exterior

Os cursos profissionalizantes são oferecidos por instituições de vários países, como Reino Unido, África do Sul, Canadá, entre muitos outros. As opções são muitas, mas as experiências, além do reconhecimento internacional de uma faculdade ou universidade e uma certificação profissional, são ainda mais recompensadoras.

Passar um período em outro país é culturalmente muito enriquecedor, mesmo que seja um curto espaço de tempo. E para isso é necessário dar entrada no visto para poder viver essa experiência. Alguns países não exigem o visto e, caso seja seu caso, orientamos a melhor maneira de garantir a permissão de entrada. Já em destinos no continente Europeu e Africano, os alunos brasileiros, mediante ao acordo de Shengen, podem viajar sem visto prévio para cursos de até 90 dias. 

Quer saber quais os países que não pedem visto para entrada no país? Clique aqui e fale com a gente!

Cursos profissionalizantes no exterior com a Dreams

Cursos profissionalizantes com a Dreams

Está pertinho de se formar ou já está planejando uma especialização no exterior?  Basta entrar em contato com a gente para saber os cursos e países disponíveis para cursos na sua área. É só clicar aqui e nosso time de consultores retornará o mais breve possível.

Não perca os próximos posts do blog da Dreams Intercâmbios. Sempre às terças e quintas conteúdos exclusivos para quem quer estudar no exterior. Até lá!

Categories
Higher Education

Ensino no Exterior: cursos na Área de Exatas

Engenharia Civil é um dos melhores cursos na área de exatas no exterior

Antes de tomar a decisão de estudar no exterior, é importante pesquisar bastante, principalmente se for uma graduação, mestrado ou doutorado. Por isso, se você está procurando as melhores universidades com cursos na Área de Exatas, a gente te ajuda na missão. Afinal, são no mínimo dois anos fora de casa em um país completamente novo.

Mesmo não sendo tarefa fácil, encontrar a melhor instituição para você não vai ser um problema. Para isso, a gente conta com os rankings anuais de universidades que são referência no mundo inteiro. Os mais conhecidos são QS World University Rankings, e o Times Higher Education.

E aí, preparado para conhecer as universidades de referência na Área de Exatas e começar a planejar sua viagem? Confere aí!

Melhores universidades na Área de Exatas

Campus da universidade de Harvard, uma das melhores em exatas

De acordo a edição 2020 do ranking da QS, Harvard e Massachusetts foram consideradas as melhores no ranking geral. Porém, o resultado individual na Área de Exatas ficou assim: Harvard lidera em Contabilidade e Finanças, Economia, Negócios e Gestão. Já a lista de Massachusetts provou ser bem maior:

– Ciência da Computação
– Ciências de Materiais
– Estatística
– Engenharias (Civil, Mecânica e Química)
– Engenharia Mineral e de Minas
– Engenharia Elétrica e Eletrônica
– Física e Astronomia
– Matemática
– Química

É importante lembrar que todas elas pontuaram também nas áreas de Humanas e Saúde, alcançando notas acima da média de outras universidades. O ranking completo pode ser conferido neste link.

No entanto, se você quer fugir dos destinos mais famosos e superestimados, existem países com ótimas posições na lista e um ensino de primeiro mundo. Japão, Nova Zelândia, China, Itália, Dinamarca, Holanda, Canadá, Coreia do Sul, Suíça, Taiwan e Suécia estão entre os 50 melhores no ranking.

Bacharelado na Área de Exatas no Exterior 

Aluno de bacharelado no exterior com diploma na mão

Ser uma referência mundial em ensino impõe também seus obstáculos, principalmente financeiros, tornando o investimento estudantil muito alto. Pensando nisso, a Dreams fez questão de listar algumas universidades que cabem no orçamento e marcam pontos na qualidade do ensino.

Entre as opções estão países como Hungria, Canadá, EUA, então é só garimpar um pouquinho para encontrar uma opção no país onde você planeja morar. E o melhor é que com a Dreams você tem acesso fácil a essas universidades. Confira:

Thompson River University

Mont Saint University

James Madison University

HertfordShire University

University of Debrecen

John Cabot University

University of Applied Sciences Europe

Quer saber o que precisa para ser aceito em uma delas? Clica aqui e fala com a gente!

Mestrado e Doutorado no Exterior

Estudante de mestrado no exterior

Se você já concluiu o Ensino Superior e agora procura aprimorar os estudos com um Mestrado ou Doutorado no exterior, podemos te indicar algumas opções. Inclusive, você pode conferir as universidades do tópico anterior, que também ofertam essas modalidades. Mas alguns programas de bolsa de estudos podem fazer a diferença na hora de economizar na viagem.

Já falamos aqui do Orange Tulip Scholarship, um programa de estudos exclusivo para brasileiros na Holanda. São 29 programas de bolsa para estudantes, que envolvem a área de exatas, mas também de humanas e saúde. Os requisitos mudam com o programa, mas ser brasileiro é fundamental! Confira algumas exigências básicas:

– Não possuir vínculo profissional no país
– Certificado de proficiência em inglês
– Bom desempenho acadêmico e diploma
– Histórico escolar traduzidos para o inglês por tradutor juramentado

Uma ótima notícia para mulheres que desejam estudar ciências exatas no exterior é que a Fundação Schlumberger está oferecendo bolsas exclusivas para o gênero. As bolsas são para áreas de ciência, tecnologia e matemática em cursos de PhD ou pós-douturado em universidades estrangeiras com início no ano acadêmico 2021-2022. 

O valor do auxílio é baseado em gastos passados, comprovados por outras mulheres bolsistas, podendo chegar a 50 mil dólares por ano. A bolsa poderá ser renovada até a conclusão dos estudos, mas, para isso, devem ser cumpridos os seguintes requisitos:

– Alto desempenho
– Autoavaliação
– Recomendação de superiores
– Intenção de retorno ao país de origem

Saiba mais sobre mestrado e doutorado no exterior, falando com a gente neste link.

Ensino Superior no Exterior com a Dreams

Estude no exterior com a Dreams

Existem muitas instituições espalhadas pelo mundo, muitas delas com ensino superior excelente, por isso fazer uma pesquisa prévia é extremamente importante. Caso tenha restado alguma dúvida ou quer saber sobre alguma universidade que não apareceu por aqui, nosso time está a postos para te responder. É só clicar aqui que a Dreams vai encontrar a melhor maneira de realizar seu sonho.

Curtiu o post? Fica de olho nos próximos conteúdos do blog da Dreams Intercâmbio. Toda semana traremos um assunto sobre intercâmbio e educação internacional. Até lá!

Categories
Higher Education

Ensino no Exterior: cursos na Área de Humanas

Alunos assistindo aula
Alunos assistindo aula no exterior

Cursar o Ensino Superior em um novo país é o sonho de muita gente que quer incrementar o currículo. Mas seja graduação, mestrado ou doutorado, a tarefa pode não ser simples, por isso obter o máximo de informação sobre universidades no exterior é fundamental. Então, preparamos este post para você conhecer as melhores universidades com cursos na Área de Humanas.

É que, mesmo sendo uma missão difícil, não é impossível descobrir a melhor instituição para você! Isso porque anualmente saem rankings de universidades que são referência no mundo inteiro. Um deles é o QS World University Rankings, elaborado pela consultoria britânica Quacquarelly Symonds.

Então, pronto para conhecer as universidades que são referência na Área de Humanas, e planejar os seus próximos passos com segurança?

Melhores universidades na Área de Humanas

Universidade de Harvard
Harvard, uma das melhores universidades da Área de Humanas

O ranking indica que entre os melhores cursos na Área de Humanas estão filosofia, sociologia, antropologia, história, geografia, literatura e língua inglesa, línguas modernas e linguística. E o destaque foi para as universidades anglófonas, que levaram a melhor no Top 5. Em todos esses cursos, brilharam Estados Unidos, Reino Unido e, em um dos casos, Canadá. O curso mais bem avaliado do grupo foi o de Letras Modernas, da Universidade de Oxford, único a levar nota máxima (100) da QS.

Já na lista geral, está no topo a Universidade de Wisconsin Madison, nos Estados Unidos; já em segundo, a britânica London School of Economics and Political Science. Em terceiro, Berkeley, na Califórnia.

Mas se a carreira internacional em Direito é o que você procura, claro que no topo da lista está a gigante Harvard. Em seguida, Oxford e Cambridge, ambas britânicas. Em quarto, mas não menos importante está outra americana, Yale.

Agora, se você quer fugir dos destinos clichês e superestimados, a Universidade de Melbourne, na Austrália, ocupa a oitava posição do ranking. Já a Universidade de Toronto, no Canadá, está em 21º e a Universidade de Hamburgo, na Alemanha, em 41º lugar. Nada mal para um ranking com as 100 melhores do mundo!

Bacharelado na Área de Humanas no Exterior

Estudantes passeando no campus da universidade
Alunos de bacharelado na área de humanas

Algumas universidades são sim referências mundiais, no entanto se você reparar elas não são públicas ou demandam um investimento mais alto. Por isso listamos aqui algumas universidades públicas e que cabem em qualquer orçamento e não deixam a desejar na qualidade do seu ensino. Todas com tecnologia de ponta, atraindo estudantes internacionais de vários países, e o melhor é que você pode ter destino direto para elas com a Dreams. São elas:

Thompson River University

Mont Saint University

James Madison University

HertfordShire University

University of Debrecen

John Cabot University

University of Applied Sciences Europe

Quer saber mais um pouquinho sobre elas? Clica aqui e fala com a gente!

Mestrado e Doutorado no Exterior

Pilares da estrutura de uma universidade
Universidade oferece bolsas de mestrado e doutorado no exterior

Já concluiu o Ensino Superior? Então tudo bem, existem várias opções para você aprimorar os estudos com um Mestrado ou Doutorado. E o bom é que a gente tem o intercâmbio certo para você! As universidades listadas no tópico anterior são algumas delas, mas também não poderíamos deixar de citar ótimas instituições que oferecem bolsas de estudos, o que já ajuda bastante a economizar na viagem. Mas há também a possibilidade de trabalhar e estudar em alguns países, e a gente falou sobre esse tema neste link.

Na Holanda, existe um programa de estudos exclusivo para brasileiros. É isso mesmo! O Orange Tulip Scholarship oferece 29 programas de bolsa para estudantes de direito, comunicação, artes, sociologia, direitos humanos, ciências políticas e turismo. Os requisitos variam de acordo com o programa, mas ser brasileiro é fundamental!
No mais:

– Não possuir vínculo profissional no país
– Certificado de proficiência em inglês
– Bom desempenho acadêmico e diploma
– Histórico escolar traduzidos para o inglês por tradutor juramentado

A França é um dos países com mais incentivos para Mestrado e Doutorado para cursos nas Áreas de Humanas, como a Bolsa Victor Hugo, por exemplo. A Bolsa Eiffel garante ajuda de custo mensal, além de uma possível formação linguística de dois meses. Incrível, né? Outra opção interessante é para quem quer cursar um mestrado na Ilê de France, a bolsa regional Master Ilê-de-France. Por último, mas não menos importante, o programa Emily Boutmy, que oferece bolsa para mestrado, mas também para graduação!

Quer saber mais sobre mestrado e doutorado no exterior? Fala com a gente neste link.

Ensino Superior no Exterior com a Dreams

Estudante sorrindo no ambiente estudantil
Sorria! Ensino Superior no exterior é com a Dreams

São tantas opções de instituições que não cabem em apenas um post, mas agora você já sabe por onde começar. Se ficou alguma dúvida ou quer saber sobre Ensino Superior em outros países, não se preocupe, nosso time de consultores vai te ajudar! Basta clicar aqui e deixar a Dreams contribuir para realização do seu sonho.

Fique ligado nos próximos conteúdos do blog da Dreams Intercâmbio. Falamos sobre cursos na Área de Saúde e o próximo será sobre a Área de Exatas. Até lá!

Categories
Higher Education

Ensino no exterior: cursos na Área de Saúde

Estudantes da área de saúde em laboratório no exterior

Planejamento é a palavra-chave para quem quer estudar no exterior e, se esse é o seu plano para 2021, a Dreams te ajuda a realizá-lo! Nesse artigo, vamos elencar universidades internacionais que oferecem cursos na Área de Saúde. Afinal o tema saúde nunca foi tão constante quanto nos dias de hoje.

Mas, antes de tudo, que tipo de curso você pretende fazer? Graduação, pós-graduação, mestrado ou doutorado? Confira no tópico abaixo o ranking da Times Higher Education das 10 melhores universidades na área de saúde.

Melhores universidades na Área de Saúde

Estrutura central da universidade de Oxford
Universidade de Oxford, uma das melhores na área de saúde

Cursar um Ensino Superior de qualidade é muito importante para o futuro da sua carreira, principalmente em um país de primeiro mundo, que valoriza a educação. Por isso, nada melhor que ficar de olho nas universidades listadas como as melhores do mundo nesse quesito. Confira a lista, de acordo com o World University Rankings 2019 by Subject: clinical, pre-clinical and health, da Times Higher Education.

1 – University of Oxford (Reino Unido)
2 – Harvard University (EUA)
3 – University of Cambridge (Reino Unido)
4 – Imperial College Longon (Reino Unido)
5 – Stanford University (EUA)
6 – Johns Hopkins University (EUA)
7 – University of California, Berkeley (EUA)
8 – University College London – UCL (Reino Unido)
9 – Columbia University (EUA)
10 – University of Melbourne (Austrália)

Bacharelado na Área de Saúde no Exterior

Alunos formados e comemorando em frente à faculdade
Alunos formandos do bacharelado em frente à universidade

Uma das opções de estudo no exterior são os Bacharelados, o início da sua carreira acadêmica que pode iniciar em um novo país, mas também suas chances no mercado. Muitas pessoas buscam Medicina como primeira opção, mas existem várias outras áreas que você pode encontrar, como Nutrição, Fisioterapia, Psicologia, entre tantos outros.

A Universidade de Debrecen, parceira da Dreams e referência em cursos na Área de Saúde, é a segunda maior instituição da Hungria e uma das mais importantes da Europa Central. Seus programas incluem o International Foundation Year and Semester, além de cursos de inglês, graduação, pós-graduação e doutorado.

Além de programas em Medicina e Ciências da Saúde, oferece também nas áreas de informática, engenharia, ciência, artes, negócios, música e agricultura.

Se interessou em saber mais sobre a Universidade de Debrecen? Clique aqui para tirarmos todas as suas dúvidas.

Mestrado no Exterior

Intercambista estudando no exterior
Estudante de mestrado no exterior

Se você concluiu o Ensino Superior, mas deseja aprimorar seus conhecimentos com Mestrado ou Doutorado, o intercâmbio é uma ótima opção. Inclusive, anualmente, muitas universidades oferecem bolsas de estudo parciais ou integrais, o que ajuda um bocado nos custos para realizar esse sonho, né?

Na Holanda, são oferecidas bolsas para Mestrado na Universidade de Twente que variam de 3 a 25 mil euros por ano. Caso a duração do curso seja de dois anos, a bolsa do mestrado poderá ser renovada. No entanto, é preciso ter média mínima de 7 (de 0 a 10) e pelo menos 50% dos créditos concluídos. Além disso, para participar do programa, você deve comprovar conhecimento em inglês através dos certificados IELTS ou TOEFL.

Doutorado no Exterior

Pesquisadora de doutorado no exterior
Pesquisadora de doutorado no exterior

No Canadá, por exemplo, o governo busca atrair estudantes qualificados para cursar Doutorado no país através do Programa Vanier. As bolsas são de 50 mil dólares canadenses por ano e têm duração de 3 anos, para a área de saúde elas são oferecidas pelos Institutos Canadenses de Pesquisa em Saúde (CIHR). Mas para conquistar uma vaga o estudante precisa demonstrar excelência nos estudos, habilidades de liderança, além de preencher os seguintes requisitos:

– Estar no primeiro doutorado
– Ter a intenção de prosseguir o doutorado em tempo integral no semestre de verão ou no ano acadêmico posterior ao anúncio dos resultados
– Não ter completado mais do que 20 meses do doutorado até 1º de maio de 2021
– Não ter sido contemplado com outra bolsa para estudos do mesmo nível

Além disso, o tema da sua pesquisa deverá ser avaliado pela banca examinadora e a candidatura deve ser preparada pelo estudante e submetida à instituição da sua escolha. Apesar de simples, caso precise de ajuda, basta entrar em contato com o próprio instituto por e-mail: support@cihr-irsc.gc.ca.


Quer saber mais sobre mestrado e doutorado no exterior? Clique aqui e fale conosco.

Ensino Superior no Exterior com a Dreams

Estudante de Ensino Superior no exterior
Estudante de Ensino Superior no Exterior

Ficou interessado em estudar em uma das melhores universidades do mundo, mas não sabe por onde começar? Não se preocupe, nossa equipe está sempre a postos para tirar todas as suas dúvidas. Para tirar suas dúvidas, basta clicar aqui e deixar o seu sonho com a Dreams!

Fique ligado nos próximos conteúdos no blog da Dreams Intercâmbios. Traremos também as melhores universidades com cursos nas áreas de Humanas e também de Exatas. Até lá!

Categories
Intercâmbio Estudo e Trabalho

Como estudar e trabalhar no Canadá

“Como estudar e trabalhar no Canadá?”. Esta é a pergunta que todo intercâmbista mentaliza sempre que quer tornar este sonho realidade, mas não é nada muito difícil, bem longe do bicho de sete cabeças que a maioria das pessoas costuma pensar. Neste post, vamos te mostrar como alcançar o objetivo que você tanto deseja, confira abaixo:

Como estudar e trabalhar no Canadá atualmente

Science World em Vancouver
Science World,  Vancouver, British Columbia, Canadá

O Canadá é um dos melhores lugares para se estudar e trabalhar no mundo, afinal, é um dos países com o 9º maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do mundo. Sendo assim, é natural que sua cultura e suas chances de crescimento despertem a atenção de diversos estudantes brasileiros.

Vancouver, capital da Colúmbia Britânica, é uma das cidades mais étnicas e linguisticamente diversas do Canadá, o que a faz ser a opção número 1 para os estrangeiros. Ainda há as cidades de Toronto e Calgary, que também ocupam o posto de melhores cidades do mundo para se viver. Desse modo, trabalhar e estudar no Canadá se torna mais interessante.

Quer saber mais sobre como fazer para estudar e trabalhar no Canadá? Neste artigo, compartilhamos quais os tipos de curso que permitem trabalho, as razões para escolher esse destino e, por fim, qual o valor para viver nesse país.

O que saber para estudar e trabalhar no Canadá?

Amigas com bandeiras do Canadá
Amigas se abraçando e segurando bandeiras do Canadá

Para trabalhar e estudar no Canadá, é crucial investir em um intercâmbio. É a maneira mais prática e simples. Sendo assim, você deverá tirar seu visto de estudo, que concederá a permissão necessária para a sua estadia em um dos países com maior excelência em qualidade de vida.

Você pode optar por fazer o College Privado ou o Público. O tempo mínimo de um curso no Canadá é de 6 meses, e o estudante internacional de College tem direito de receber uma autorização de trabalho de até 20 horas por semana. Já nas férias, caso o aluno deseje, é permitido trabalhar 40 horas semanais.

Para ingressar no College, você precisa comprovar que tem condições de estudar no  Canadá pelo tempo que deseja. Então, é necessário fazer exames de proficiência de inglês, como TOEFL e IELTS. Além disso, é preciso já ter concluído o Ensino Médio.

Tipos de curso que permitem trabalho

Parque Urbano em Toronto
Parque Urbano em Toronto, Canadá

É inegável que o Canadá atrai estudantes internacionais por sua qualidade de ensino, infraestrutura e, principalmente, por fornecer um dos melhores salários mínimos do mundo.

Segundo o Times Higher Education’s ranking, o Canadá possui 8 Universidades dentre as 100 melhores do mundo. Assim, caso você esteja ponderando se estudar e trabalhar no Canadá é uma boa opção, pode ter a certeza de que sim!

A Dreams oferece as opções de Cursos Técnicos, com duração de até dois anos, nas áreas de Costumer Sevices, Marketing, T.I, Sales e Hospitality. E, para quem busca se dedicar mais à vida acadêmica, ainda há os cursos de Bacharelado e Pós-graduação, todos voltados para o mercado de trabalho.

Motivos para escolher o Canadá

Paisagem canadense
Vista do mar no Canadá

O Canadá é considerado um dos melhores países do mundo e sua extensão territorial é maior do que a do Brasil. O país recebe muitos imigrantes e é bastante acolhedor. Mesmo sendo grande em território, é pouco populosouma grande vantagem para entrar no mercado de trabalho canadense. Além disso, a taxa de analfabetismo é quase zero, o que aumenta a quantidade de oportunidades de trabalho.

Também é uma nação moderna, com grandes centros cosmopolitas. As grandes cidades canadenses são reconhecidas pelo alto índice de qualidade de vida e pelas baixíssimas taxas de criminalidade. Elas sempre aparecem entre as melhores para se viver no mundo. Além disso, o custo de vida é bem mais barato se comparado a outros países de língua inglesa, como os Estados Unidos e a Inglaterra.

Você pode estudar e trabalhar no Canadá pela Dreams em Toronto, Vancouver, Montreal, Calgary, Victoria e Quebec City. Cada uma delas permite modalidades diferentes de estudo para ingresso no país. Todas elas oferecem o ensino de referência e a experiência multicultural pelos quais o Canadá é conhecido.

E tem também um vídeo especial sobre intercâmbio no Canadá, confere só:

Quanto custa estudar e trabalhar no Canadá?

Avenida em Toronto no Canadá
Toronto, Canadá

Os valores do seu intercâmbio podem variar de acordo com a cidade e o período de tempo que você vai ficar. Mas a gente já te adianta que estudar e trabalhar no Canadá é uma grande oportunidade de crescimento profissional. E você ainda terá um mês de férias para se aventurar ou trabalhar em período integral no país.

Se quiser saber mais sobre os valores, fale aqui com um de nossos consultores, eles com certeza vão encontrar o melhor intercâmbio pra você. Aproveite e tire todas as suas dúvidas, caso tenha sobrado alguma.

Gostou de saber mais sobre o Canadá? Continue acompanhando nosso blog para mais destinos!