Categories
Canadá Dicas de viagem Irlanda Tudo sobre intercâmbio

9 melhores países para imigrar em 2022

Fala, galera! Tudo certinho? Aqui vai mais um post pra te ajudar a escolher seu próximo destino. Separamos os 9 melhores países para imigrar – e no final vamos te contar qual a melhor forma de entrar nestes destinos! Bora lá?

Você verá neste post:

  • Melhores países para imigrar em 2022
  • Qual o caminho mais fácil para imigrar

Melhores países para imigrar em 2022

Cada vez mais brasileiros tem saído do Brasil em busca de uma melhor qualidade de vida.

Segundo um artigo da CNN o número de brasileiros no exterior ultrapassou 4 milhões – ou seja, temos mais pessoas no exterior do que no Espírito Santo, dá pra acreditar?

Pensando nisso, hoje trouxemos os melhores países imigrar – principalmente para quem deseja estudar e trabalhar – assim você já pode ir se preparando para o intercâmbio!

Usamos como parâmetro de comparação os seguintes critérios:

  • Empregabilidade
  • Qualidade de vida
  • Salário mínimo (em relação ao custo de vida)
  • Facilidade de entrada no país

Preparado para conhecer o país dos seus sonhos?

1. Canadá

O Canadá é um país acima da média quando o assunto é bem-estar e segurança da população.

Com paisagens naturais bem preservadas, educação inovadora e de alta qualidade, – principalmente nas áreas de tecnologia – o Canadá conta com cinco universidades entre as 100 melhores do mundo de acordo com a Times Higher Education de 2019. Não é atoa que o Canadá é um dos destinos favoritos de pessoas do mundo inteiro, né?

Desde dezembro de 2021 foi estabelecido um novo salário mínimo no Canadá de CAD$15,00 por hora. Para um estudante que trabalha meio período, o valor acima resulta numa receita média de 300,00 dólares canadenses por semana – que bate perfeitamente com o custo de vida atual no país.

2. Nova Zelândia

Para quem busca qualidade de vida e paisagens deslumbrantes, a Nova Zelândia é um paraíso em terra firme.

As duas ilhas no oceano Pacífico abrigam belíssimas praias e montanhas, cenários ideias para quem curte esportes radicais, trilhas e trabalhos de campo!

Morar na Nova Zelândia é como viajar o mundo.

A Nova Zelândia tem uma das taxas de criminalidade mais baixas do mundo, universidades de alto nível e uma população amigável e receptiva, servindo de destino principal para estrangeiros do mundo inteiro, em especial da Ásia.

Se você fala inglês ou quer aprimorar seus conhecimentos na língua inglesa sem abrir mão de uma prainha, a Nova Zelândia é o seu destino!

Veja também:

Montreal Canadá: conheça a maior cidade de Quebec

Morar na Austrália é viver em um dos melhores países do mundo

3. Austrália

Com vinte Patrimônios Mundiais da UNESCO, a Austrália tem muito a ser explorado.

O país de dimensões continentais ocupa o quinto lugar no ranking da Numbeo, competindo pelo primeiro lugar em qualidade de vida, poder de compra, segurança, saúde e custo de vida com países como Dinamarca e Finlândia.

É referência nas áreas de Meio Ambiente e Conservação, e frequentemente a Austrália abre vagas para a entrada de mão de obra qualificada em cidades que estão com grande demanda. E pode ir sem medo, viu? Apesar de a Austrália ser conhecida pelos seus animais exóticos, quem vai morar lá não se arrepende.

4. Alemanha

A Alemanha oferece estabilidade e estrutura para seus moradores, pontos importantíssimos na hora de escolher entre tantos países para imigrar!

Com oito universidades entre as 150 melhores do mundo, a Alemanha é um paraíso para estudantes do mundo inteiro.

A Alemanha oferta cursos de graduação e pós-graduação em suas instituições públicas.

5. Irlanda

A Irlanda é de longe um dos países para imigrar mais buscados por brasileiros que buscam mudar de vida.

Com um mercado de trabalho com grande demanda, a Irlanda está de portas abertas para estrangeiros.

Para estudar e trabalhar no país basta se organizar direitinho. E se você ainda não domina o inglês, nem precisa se estressar! Dá pra estudar o idioma e ainda trabalhar meio período no país.

Gostou da ideia? Comece a planejar seu intercâmbio com a gente clicando aqui. Já consegue se imaginar recebendo em euro e viajando pela Europa, né?

More em Berlim: tudo sobre uma das cidades mais divertidas do mundo

Vantagens e desvantagens de fazer o intercâmbio em Dublin

6. Holanda

Morar na Holanda é uma experiência única. De todos os países para imigrar que foram citados aqui a Holanda é encantadora pela belíssima paisagem urbana e suas noites inesquecíveis.

Se você busca um lugar seguro, com boas condições de trabalho e qualidade de vida, sem deixar de lado a badalação das cidades grandes, a Holanda pode ser o destino perfeito para você.

Suas cidades são conhecidas por ruas cheias de bicicletas e flores, e também pela postura progressista em relação a comunidade LGBTQI+ e pautas como legalização do aborto e maconha, tornando-o dos melhores países para imigrar.

As universidades holandesas são referência mundial com sua didática que utilizada o método “problem-based-learning” em que o aluno é estimulado a resolver problemas com o objetivo de aprender.

E apesar de o idioma principal do país ser o holandês, é possível estudar inglês em cursos excelentes como British Language Training Center e o UVA Center.

7. Espanha

O espanhol é a quarta língua mais falada no mundo, e é considerada a segunda língua internacional mais importante, atrás somente do inglês.

Para quem deseja aprimorar o espanhol ou morar em um país europeu ensolarado e com excelentes faculdades, a Espanha é um excelente país para imigrar!

Os espanhóis são pessoas simpáticas e acolhedoras, e contam com um excelente sistema de saúde e educação no país.

Localizada na Europa, a Espanha ainda permite fácil acesso a outros países do continente, e com um bônus: brasileiros que residem no país podem adquirir a Cidadania Espanhola após 2 anos de moradia contínua na Espanha. É isso mesmo: você com cidadania europeia com apenas dois anos!

8. Uruguai

Sim, é possível viver bem na América Latina em 2022! E o Uruguai é o melhor país em qualidade de vida, segurança e economia do nosso continente.

A moeda principal do Uruguai é o dólar americano – além do peso uruguaio.

Além da alta qualidade de vida, um grande ponto forte do país é a facilidade de entrada de brasileiros, que não precisam de visto para residir no Uruguai – graças ao acordo entre as Repúblicas.

O ensino também não deixa a desejar, sendo o sistema público e universal. A Universidade ORT do Uruguai está entre as melhores do mundo segundo o ranking da THE.

E como consequência, a taxa de desemprego no país está bem equilibrada: cerca de 10% – no Brasil essa mesma taxa ultrapassa 13% – e o mercado de trabalho promete para 2022!

9. Malta

Malta é um paraíso na Europa localizado entre o sul da Sicília, na Itália, e o nordeste da Tunísia.

O arquipélago situado no Mar Mediterrâneo tem o maltês e o inglês como línguas principais e é um destino interessante para quem deseja imigrar ou fazer um intercâmbio.

O país ainda permite que estudantes estrangeiros trabalhem no país em cursos de mais de 3 meses de duração. Você pode conferir mais benefícios sobre morar em Malta aqui.

Qual o caminho mais fácil para imigrar

Existem diversas formas de imigrar para os países acima, porém a maneira mais efetiva de conseguir um visto para residir é através de um intercâmbio de estudo e trabalho.

Se você pensa em fazer uma graduação, pós ou até mesmo cursos profissionalizantes ou de idiomas, o intercâmbio é o melhor momento para isso.

Além de facilitar o processo de entrada no país, o visto de estudante facilita o ingresso no mercado de trabalho desses países – seja em estágios ou trabalhos de meio-período.

Por que você deveria estar fazendo um intercâmbio na Holanda

Como é morar em Barcelona: Descubra a Espanha 

Malta: Conheça a história e vida noturna [VÍDEO]

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Alemanha Europa Graduação e Pós no Exterior Tudo sobre intercâmbio

Como estudar na Alemanha: conheça o ABITUR

O Abitur é uma das graduações que todo estudante internacional que deseja estudar na Alemanha precisa saber como funciona, principalmente pelas suas peculiaridades e importância para o ensino da Europa como um todo.

Por isso, elaboramos um post completo sobre tudo o que você precisa saber sobre essa graduação tão importante. Abaixo, saiba tudo sobre o Abitur:

O que é o Abitur Alemão?

O Abitur da Alemanha é um exame que atesta a conclusão do ensino médio do aluno, que pode ter concluído a sua trajetória no 13º ou 12º ano do ensino médio.

Criado em 23 de dezembro de 1788, a partir do “Abiturreglement”, ou Regulamento do Abitur, uma lei posta em prática pelo ministro Karl Abraham Von Zedlids, que buscava tornar o acesso às universidades alemãs mais restrito, já que antigamente, não existiam restrições de ingresso nas instituições de ensino superior da Alemanha.

Uma das vantagens de se ter o Abitur é de que ele é aceito internacionalmente, sendo uma ótima porta de entrada em universidades ao longo de todo o mundo.

Por isso, na Alemanha se torna muito importante que os alunos tenham um Abitur em mãos, sejam eles nativos ou estrangeiros.

Para brasileiros que desejam cursar o ensino superior na Alemanha, o Abitur é essencial, já que na Alemanha os diplomas internacionais de conclusão de ensino médio não costumam ser aceitos, sendo necessária a aplicação em um Studienkolleg.

Melhores países da Europa pra fazer intercâmbio em 2022

Como fazer o Abitur no Brasil?

Ao contrário do que você possa pensar imediatamente, o Abitur não é um diploma adquirido exclusivamente dentro da Alemanha. No Brasil, o Abitur pode ser adquirido em escolas bilíngues alemãs, sendo elas:

  • Colégio Benjamin Constant São Paulo
  • Colégio Cruzeiro Centro Rio de Janeiro
  • Colégio Cruzeiro Jacarepaguá Rio de Janeiro
  • Colégio Erasto Gaertner  Curitiba
  • Colégio Humboldt São Paulo
  • Colégio Imperatriz Leopoldina São Paulo
  • Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I São Paulo
  • Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade II Valinhos – SP
  • Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade III São Paulo
  • Escola Alemã Corcovado Rio de Janeiro
  • Pastor Dohms Schule Porto Alegre
  • Escola Waldorf Rudolf Steiner São Paulo
  • Deutsche Berufsschule São Paulo (IFPA) São Paulo

Todas as escolas acima são reconhecidas pelas Representações da República Federal da Alemanha no Brasil, que consequentemente, também são reconhecidas pelo governo da própria Alemanha.

Concluindo a sua jornada em uma escola bilíngue alemã, você terá em mãos o Deutsche Internationale Abiturprüfung (DIAP) ou Diploma Internacional Abitur Alemão, que é totalmente equivalente ao Abitur alemão ou ao International Baccalaureate (IB).

Confira: 9 melhores países para imigrar em 2022

O que é o International Baccalaureate? 

O International Baccalaureate é uma qualificação educacional reconhecida internacionalmente. Ou seja, por meio dela, você consegue ingressar em universidades de outros países de forma mais fácil e direta, servindo como um facilitador para estudantes estrangeiros. 

O IB é oferecido em 49 instituições de ensino brasileiras, desde 1980.

Assim, você pode ingressar no ensino superior da Alemanha por diferentes certificações, que podem ser acessíveis, assim como o Fachabitur.

Quer saber melhor sobre o Fachabitur? Leia até o final!

Estudar Fora: checklist com 10 itens pra estar em dia antes de estudar no exterior

O que é o Fachabitur

Como dissemos acima, o Abitur Alemão é um diploma de conclusão do ensino médio, que serve como uma certificação para que as pessoas consigam ingressar no ensino superior alemão, sendo aberto para qualquer graduação.

O Fachabitur é uma qualificação técnica, onde ao contrário do Abitur, não serve de forma tão ampla, mas sim como um certificado de que você está apto para estudar uma determinada área de conhecimento, fazendo com que o Fachabitur seja muito mais direto em relação a graduação que o aluno deseja.

Além disso, esta modalidade também pode servir como uma qualificação técnica avançada para o ingresso em uma faculdade técnica. Ou seja, o Fachabitur é realmente uma qualificação para um curso de universidade específico, mas também funciona como um facilitador do direcionamento para quem deseja ingressar em uma faculdade técnica.

Na qualificação técnica para o ingresso numa faculdade, a faculdade se divide entre a parte teórica e a prática, onde após aprovado, o aluno poderá aplicar para os estudos em uma universidade de ciências aplicadas. Nesta modalidade, não é necessária a comprovação de uma segunda língua estrangeira.

Você também pode gostar de conferir:

SISU 2022: use sua nota do ENEM para estudar fora do Brasil

Como planejar seu intercâmbio: 5 passos pra tirar seu sonho do papel

Curtiu o conteúdo?
Fica mais um pouco e não deixa de conferir nossas redes sociais pra estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.

Categories
Alemanha Curiosidades Tudo sobre intercâmbio

Estudar na Alemanha: Por que você deveria morar em Berlim?

Fala, galera! Pensando em estudar na Alemanha e ainda está em dúvida entre qual cidade morar? Fica por aqui e descubra porque Berlim é o destino ideal para Brasileiros!

Por que morar em Berlim?

Toda cidade, por mais simples que seja, tem os seus pontos fortes, que podem fazer dela única, ou simplesmente incrível para se constituir uma vida ao longo dos anos.

Para morar em Berlim, é importante que você saiba o que a cidade pode oferecer, então, abaixo, confira coisas incríveis que Berlim tem a oferecer como uma ótima cidade:

O custo de vida é baixo

Para construir a sua história na cidade que você sempre sonhou, é necessário saber quais são as necessidades econômicas que você terá naquele local e período de tempo, por isso o custo de vida é tão importante.

E em Berlim, isso é um ótimo item, pois a cidade tem a fama de ser mais barata do que as suas vizinhas, até mesmo mais do que as cidades de outros países da Europa.

Quer saber mais sobre o custo de vida na Alemanha? Clique aqui e saiba como economizar.

A vida é bem agitada e multicultural

Quem ama música eletrônica, ama Berlim. As baladas da cidade têm a fama de ser além de uma simples noite agradável com música de qualidade, mas uma verdadeira experiência. Além disso, Berlim é uma cidade que tem sido cada vez mais aberta ao público internacional, que tem sido um público cada vez mais frequente dentro da cidade, seja a luz do dia ou à noite.

Por isso, Berlim é uma cidade incrível para quem deseja viver uma experiência além do comum, conhecendo pessoas de outras nacionalidades ao mesmo tempo que se diverte, reunindo memórias que vão ficar para sempre.

Uma cidade verde

O verde das florestas de Berlim é uma grande e bonita faixa da cidade, mas isso se deve a três fatores incríveis: reciclagem, cultivo do verde e o uso contínuo de bicicletas.  São diversas florestas e campos para se aproveitar, não apenas para uma boa trilha, mas também para piqueniques e atividades ao ar livre, o que só melhora a experiência de quem deseja morar em uma cidade que promove uma vida sustentável.

Acima, falamos das bicicletas, que são ótimas para a sua locomoção dentro de Berlim, mas, tem um item importante, que a cidade sabe executar muito bem, e ele se chama:

O transporte público de Berlim

Para estudar, trabalhar ou fazer qualquer atividade enquanto mora em Berlim, você precisa do melhor transporte público. 

O transporte de Berlim é conhecido por ser um dos mais efetivos não apenas da Europa, mas também do mundo. Tendo uma grande variedade de rotas e meios de transporte. Dentre os meios de transporte em Berlim, estão:

  • S-Bahn (Trem)
  • U-Bahn (Metrô)
  • Ônibus
  • Tram (Bondes)

S-Bahn

S-Bahn - Morar em Berlim
S-Bahn

Os trens da cidade de Berlim fazem parte do hall das melhores coisas da cidade de Berlim. Sendo projetados com o intuito da cidade abandonar os trens a vapor, os S-Bahn são muito rápidos e constituídos por 15 linhas, com 330 km e 170 estações.

Nos dias de semana, os trens começam a funcionar a partir das 4h30 da manhã, parando apenas às 1h30 da manhã do dia seguinte, com intervalos de cinco, dez ou vinte minutos. nos finais de semana, funcionam por 24hrs, com intervalos de meia hora entre cada viagem.

U-Bahn

Contando com cinco linhas a menos do que o seu irmão que percorre as superfícies, o U-Bahn, ou metrô de Berlim, tem pouco mais de 146 km de trajeto e 173 estações. O metrô conta com o diferencial de que algumas de suas linhas funcionam de forma híbrida, ou seja, podem percorrer trajetos debaixo e também acima do solo.

U-Bahn em Berlim
Metrô / U-Bahn

Nos dias de semana você pode encontrar o U-Bahn funcionando a partir das 4 horas da manhã, até 1 hora da manhã do dia seguinte. Entre o intervalo de funcionamento do metrô, as linhas noturnas de ônibus assumem o transporte público para quem precisa se movimentar mas não tem possibilidade por falta de metrô. 

De dia, o U-Bahn tem intervalos de 5 minutos, enquanto à noite, costuma ter intervalos de 10. Assim com o S-Bahn, o U-Bahn também funciona 24 horas nos finais de semana.

Ônibus

Ônibus em Berlim

Sendo uma rede constituída por várias linhas de ônibus públicos, fornecida pela BVG – Berliner Verkehrsbetriebe, ou melhor, a Companhia de Transportes Berlinense, a rede urbana de ônibus da cidade é o braço direito que sustenta todas as localidades que os outros meios de transporte não podem atender.

As linhas se dividem entre:

Linhas do dia – As linhas 100 à 399, conectam os subúrbios ao centro da cidade e também às estações de qualquer S-Bahn ou U-Bahn.

Metro Buses – Estes ônibus integrados dos metrôs M11 ao M85 operam 24 horas por dia, todos os dias da semana, com intervalo de 10 minutos.

Ônibus noturnos – Lembra quando falamos dos ônibus que cobrem o horário vago do U-Bahn durante o período da madrugada? Chegamos neles. Os ônibus noturnos carregam um N e como já dissemos, substituem as linhas do U-Bahn quando estas não estão funcionando.

Você também pode gostar:

SISU 2022: use sua nota do ENEM para estudar fora do Brasil
Estudar Fora: checklist com 10 itens pra estar em dia antes de estudar no exterior

Curtiu o conteúdo? Fica mais um pouco e não deixe de conferir nossas redes sociais para estar sempre conectado com novidades sobre viagens, culturas e idiomas.